Tecnologia 5G deve revolucionar IoT e chatbots no Brasil

O 5G é a quinta geração da tecnologia de internet móvel, que vai substituir o atual 4G e promete velocidade superior a 100 vezes, quando comparada a rede atual. Com a chegada da atualização da rede móvel, muitas perguntas são feitas sobre seu funcionamento e quais benefícios os usuários terão na sua utilização.

Segundo o especialista em programação e CEO da Ubots, Rafael Souza, o 5G não só trará melhorias para o serviço de internet móvel, como vai transformar a forma de comunicação humana, permitindo conexão e interação entre humanos e dispositivos eletrônicos, os tornando “um só”: a já conhecida Internet das Coisas pode avançar ainda mais. 

“O 5G é mais um passo da evolução tecnológica e promete trazer mais agilidade de downloads e uploads, além de mais estabilidade de conexão. Para o mercado de tecnologia, as possibilidades também são grandes. Estamos vendo o crescente investimento em IoT (Internet das Coisas) o que vai nos trazer novas perspectivas para o futuro” explica Souza.

A relação do 5G com os chatbots

O 5G será um marco no mundo tecnológico e abrirá portas para muitas novidades e avanços no setor e isso inclui o serviço de chatbots. O uso de chatbots é uma realidade no setor de atendimento de muitas empresas, que aderiram à tecnologia nos últimos anos, substituindo o tradicional telemarketing. 

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas passaram a realizar suas atividades por meio do ambiente virtual e, isso, levou as empresas a buscarem soluções para atender às novas demandas, aumentando a utilização dos chatbots.

Segundo o CEO da Ubots, em 2019, cerca de 60 mil chatbots entraram no mercado, enquanto em 2020 esse número quase dobrou, atingindo a marca de 101 mil. Corroborando estes dados, uma pesquisa realizada pela empresa MarketsandMarkets, apontou que o mercado teria um crescimento de US$2,6 bilhões em 2019 para US$9,4 bilhões até 2024.

Com relação ao impacto que o serviço vai sofrer com a chegada do 5G, o especialista em programação, diz que espera avanços no modo como os bots atuam hoje.

“A tecnologia promete oferecer mais agilidade no carregamento de mensagens e transmissão de informações, com menos interferências e sem problemas de conexão. Com isso, o tempo que os clientes terão que esperar para que suas demandas sejam resolvidas vai ser reduzido, bem como o tempo de execução da máquina para realizar as operações”, explica o CEO. 

Para o especialista, com a agilidade na comunicação e a menor latência na transmissão de informações, será possível ver o fortalecimento de algumas tendências no relacionamento entre empresas e clientes. Dentre elas, está a utilização da voz no processo de atendimento e a possibilidade de usar vídeos para ampliar os recursos. 

O caminho até o 5G

Você já imaginou baixar filmes em menos de dez segundos, realizar uma cirurgia sem a presença de médicos, ou ver sua geladeira fazendo um pedido de compras ao perceber que está ficando vazia? Isso tudo pode virar realidade graças ao 5G.

A nova tecnologia vai dar um salto enorme, se comparada ao atual 4G, pois possibilitará que as operadoras utilizem bandas de frequência mais altas, acima de 3GHz, as quais nunca haviam sido utilizadas. 

Este avanço vai proporcionar maior capacidade para o 5G, resultando em uma alta velocidade na navegação pela internet, nos downloads e uploads de arquivos, baixa latência, maior rapidez na transferência de dados, redução no tempo de resposta entre diferentes dispositivos e mais estabilidade nas conexões. 

Para Souza, os principais benefícios que a nova tecnologia vai trazer para seus usuários, são:

Velocidade: estima-se que o 5G vai ser 100 vezes mais rápido que as tecnologias utilizadas atualmente;

Cobertura: maior cobertura de sinal, ampliando seu acesso a mais pessoas e aumentando o número de usuários conectados simultaneamente, sem perda da qualidade de conexão;

Economia de bateria: maior eficiência no consumo de energia e aumento na autonomia da bateria dos dispositivos que suportam a rede, como “modems” e celulares; 

Largura de banda: em relação à quantidade de dados que podem ser transmitidos; 

IoT: com a evolução das conexões vai ser possível ter uma ampliação na utilização de outras tecnologias.

A Internet das Coisas já pode ser observada através de aparelhos como smartwatches e a assistente Alexa, da Amazon. Porém, com a chegada do 5G, haverá uma revolução na utilização de outros dispositivos, como fogões, máquinas e até berços para monitoramento de bebês.

Além disso, vários segmentos serão impactados, como o automotivo, médico e industrial, os quais serão beneficiados pela gama de possibilidades que o 5G permitirá. Em suma, qualquer dispositivo poderá ser interligado aos humanos, através de uma rede de conexão e o 5G será o responsável por esse salto, que promete mudar a forma como vivemos hoje. 

Hoje, o 5G já está em pleno funcionamento em vários países como, Austrália, Alemanha, Japão, Arábia Saudita, Reino Unido, Estados Unidos e Coreia do Sul. O último país citado, inclusive, já lidera o ranking de consumo de dados móveis e na média de velocidade atingida, segundo pesquisa feita pela OpenSignal

O Brasil e o 5G

A nova tecnologia ainda não está disponível no país e, para ela ser oficialmente distribuída para a população, será necessário que a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) realize o leilão das faixas de frequências, que está previsto para ocorrer ainda em 2021.

Atualmente, várias operadoras já oferecem o serviço, contudo, ainda não se trata do verdadeiro 5G, mas de testes feitos pelas operadoras, que utilizando as mesmas frequências do 4G, disponibilizam o chamado 5G DSS (compartilhamento dinâmico de espectro, da sigla em inglês). Com essa tecnologia, é possível entregar algo similar, ou seja, seus usuários já podem desfrutar de uma velocidade e conectividade parecidas com o que o 5G vai proporcionar. 

Souza salienta que o Brasil está apto para atender às novas demandas, mas ressalta que o país terá de passar por uma adaptação.

“Acredito que estamos preparados para receber o 5G, mas, assim como ocorre com qualquer nova tecnologia, nós teremos um período de adaptação. Na telefonia, um dos problemas perceptíveis em relação a isso é a necessidade de hardwares específicos. No momento, só é possível utilizar os benefícios da quinta geração, através de equipamentos que possuam tal capacidade”, explica o programador.

Para aqueles que buscam aparelhos que atendam a essa nova realidade, já é possível encontrar alguns modelos de smartphones no mercado, como Motorola, Apple, Xiaomi, Samsung e Asus. Souza explica que com a chegada da nova rede, será possível investir em novas infraestruturas e, consequentemente, obter mais qualidade nos serviços de internet prestados no país. 

Segundo o ranking mundial de internet realizado pelo site Speedtest, hoje, o Brasil ocupa as posições 74ª e 49ª, no quesito rede móvel e banda larga fixa, respectivamente. De acordo com informações apuradas no site do Governo Federal, o 5G deve estar em pleno funcionamento no país em julho de 2022, atendendo as 26 capitais mais o Distrito Federal.

Sobre Ubots

Fundada em 2016, a Ubots surgiu da vontade de utilizar a tecnologia para facilitar a comunicação de grandes empresas com seus clientes. Para otimizar esse resultado, a Ubots utiliza plataforma própria desenhada para cenários de atendimentos, tanto para uso de agentes humanos, chatbots ou atendimento híbrido, quanto utiliza inteligência artificial. De origem gaúcha, a startup possui clientes no Brasil e Chile e já participou de programas de aceleração, como: Scale Up Endeavor, BNDES Garagem, StartOut Brasil,WesterWelle Foundation, Cubo do Itaú, entre outros. Mais informações no www.ubots.com.br

Veja notícias das cidades do Grande ABC

Gostou “Tecnologia 5G deve revolucionar IoT e chatbots no Brasil”?

Tecnologia 5G deve revolucionar IoT e chatbots no Brasil
Tecnologia 5G. Rafael Souza é especialista em programação e CEO da Ubots

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.158 outros assinantes

Mitos sobre smartphones que você precisa saber já!

Os celulares já fazem parte da rotina de muitos brasileiros e dados da 31ª Pesquisa Anual do FGVcia apontam que, atualmente, são ao todo 234 milhões de celulares inteligentes. No entanto, mesmo diante deste número que impressiona, ainda há muitas dúvidas que rondam o funcionamento destes aparelhos – e não é à toa, afinal, com o avanço da tecnologia, muita coisa mudou nos últimos anos. Para desmistificar algumas delas, Juliano Fagundes, franqueado da rede de assistência técnica para celulares e venda de acessórios, Suporte Smart, esclarece alguns mitos sobre smartphones.

  • Deixar o celular carregando a noite toda aumenta a duração da bateria.

Verdade ou mito? Mito 

A placa dos smartphones conta com controladores de cargas que regulam a tensão da bateria e, portanto, quando o aparelho chega em 100%, a energia é cortada para não danificar e aquecer o aparelho. Mas vale um alerta: muito cuidado com os carregadores paralelos, pois eles podem causar oscilação de energia no smartphone e, consequentemente, um curto circuito.

  • Imagens que são mandadas por whatsapp e fazem o aparelho travar ou desligar tem vírus.

Verdade ou mito? Mito 

Algumas imagens que rodam por aí não são vírus, embora tenham a função de travar ou retardar o funcionamento do Android. Enviadas propositalmente no whatsapp, elas são formatadas para dificultar a leitura correta, o que leva ao bug do celular.

  • Câmeras: quanto mais megapixel, melhor a imagem.

Verdade ou mito? Mito 

A quantidade de megapixels no sensor da câmera de um celular diz respeito apenas ao tamanho das fotos que serão tiradas. Assim, uma câmera com mais megapixels conseguirá tirar fotos maiores, mas não necessariamente melhores que uma câmera com menos megapixels.

Sobre a Suporte Smart

A rede de assistência técnica é uma evolução da iService Soluções, uma empresa focada em applemaníacos. Natural de Curitiba, a entrada no franchising, em 2016, repaginou o negócio, que passou adotar o nome de Suporte Smart e logo expandiu por todo Brasil com seu modelo de franquia acessível, tanto para os modelos de lojas físicas quanto, a partir de 2018, com o lançamento do delivery. Por conta da mobilidade nos grandes centros urbanos, decidiu se diferenciar das demais empresas e lançar um novo modelo de franquia delivery de conserto de celular, conquistando nos primeiros cinco meses cerca 160 microfranqueados e já operando em todos os estados do Brasil.

Gostou da nossa matéria “Mitos sobre smartphones que você precisa saber já!“?

Mitos sobre smartphones que você precisa saber já!

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.158 outros assinantes

Sete dicas para a bateria do seu celular durar mais

Não levar o celular para o banheiro, não deixar o aparelho na tomada a noite toda e usar apenas o carregador original são alguns dos cuidados que garantem vida longa à peça; confira sete dicas para a bateria do seu celular.

A bateria é a parte mais importante de um smartphone e é também a uma das peças mais substituídas nas assistências técnicas, perdendo apenas para a tela que pode se quebrar por acidente e, por isso, é a campeã dos reparos. A curta vida útil da bateria acontece, na maioria dos casos, por mau uso, garante o técnico Clayton Mangulin, fundador da Campinas Celulares, rede especializada em assistência técnica e venda de acessórios. Para ajudar a manter a do seu aparelho funcionando por mais tempo, listamos algumas dicas:

  1. Evite tirar da tomada antes de completar a carga

A carga completa dura mais, o que aumenta o tempo de intervalo entre um carregamento e outro, sendo assim, quanto mais cargas completas você realiza, mais longa será a vida útil do seu aparelho.

  1. Não leve o celular ao banheiro

Pode parecer estranho, mas muita gente tem o hábito de colocar o celular para carregar na tomada do banheiro enquanto toma banho e se arruma para sair. “É um grande erro, pois o vapor do chuveiro pode oxidar a placa e outras peças do smartphone”, alerta Mangulin. 

  1. Cuidado com as altas temperaturas

Outro cuidado importante é não deixar o telefone ao sol por muito tempo. “O ideal é que o aparelho seja operado em ambientes com variação de 15ºC e 30ºC. Temperaturas extremas podem prejudicar o desempenho da bateria e até danificá-la permanentemente”, avisa o especialista.

  1. Fique de olho no tempo de carregamento

O telefone deve carregar, em média, por duas ou três horas, dependendo do modelo, se demorar mais é hora de levar na assistência, pois pode ser a “bateria viciada”. Nesses casos, a troca é recomendada.

  1. Use sempre carregadores originais ou licenciados

Não é interessante usar qualquer modelo de carregador, mesmo que o encaixe seja perfeito. O recomendado é usar o carregador original ou procurar um modelo licenciado equivalente, observando sempre as especificações. “A amperagem da fonte é um dado essencial sobre o produto,  ela  é a medida da energia e representa o cálculo de consumo em relação a gasto/hora”, explica.

  1. Cuidado na hora de guardar o cabo e o carregador

Enrole os fios corretamente, sem dobrá-los e guarde junto com a fonte em um local de fácil acesso e longe de umidade. Afinal, tão importante quanto cuidar da bateria é zelar pelo equipamento usado para o carregamento.

  1. Leve o seu aparelho para limpar

Poeira e sujidades podem entrar nos conectores e causar falhas de carregamento, uma simples limpeza realizada em uma assistência técnica, por profissionais, pode resolver o problema, de forma rápida e econômica.

Sobre a Campinas Celulares

Campinas Celulares é uma rede de franquias de assistência técnica multimarcas especializada na manutenção de celulares, smartphones e tablets nacionais e importados, com 15 unidades nos estados de São Paulo e Minas Gerais. As lojas oferecem também uma gama completa de acessórios para os gadgets. Fundada em 2009, na cidade de Campinas, interior de São Paulo, a empresa vem crescendo exponencialmente nos últimos anos, principalmente em 2020, quando dobrou o faturamento e o número de lojas.

Gostou de “Sete dicas para a bateria do seu celular durar mais?

Sete dicas para a bateria do seu celular durar mais
Smartphone charging via cable in a car

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Fique por dentro das novidades no mundo da tecnologia. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.158 outros assinantes

Motorola acrescenta língua indígena da Amazônia nos smartphones

Além de Nheengatu, falado na Amazônia, a língua Kaingang também estará disponível entre os cerca de 80 idiomas suportados na interface do Android; Confira sobre Motorola acrescenta língua indígena da Amazônia nos smartphones

A Motorola continua a abraçar a inclusão por meio do conceito “Tecnologia mais inteligente para todos” e acrescentou duas línguas indígenas ameaçadas de extinção em seus dispositivos, tornando-se a primeira fabricante de telefones celulares do mundo a dar suporte a um idioma indígena falado na Amazônia. 

Agora, qualquer pessoa que tenha um dos novos dispositivos da Motorola, ou que seja atualizado para o Android 11, poderá acessar as línguas Kaingang e Nheengatu como parte dos outros 80 idiomas suportados na interface do Android e disponíveis em smartphones Motorola. O projeto teve como principal objetivo dar acesso às línguas indígenas por meio da tecnologia, visando também a preservação e perpetuação das mesmas no mundo digital.

A Motorola sabe que as populações indígenas estão interagindo com a tecnologia móvel, e fazem parte dos diversos grupos que constituem sua base de consumidores. Com grande parte dos seus usuários presentes na América Latina, a empresa percebeu que nenhuma das línguas indígenas faladas no Brasil ou nos demais países do continente estão presentes no Android. E tampouco faziam parte do padrão de codificação de caracteres universal, Unicode, que compõe os fundamentos para inclusão e representação digital em uma variedade de interfaces digitais.

Motorola acrescenta língua indígena da Amazônia nos smartphones
Cauã Wirapayé, integrante da comunidade indígena Amazônica, Nheengatu. Foto: Divulgação

Antes da chegada dos portugueses ao Brasil, aproximadamente 1.215 línguas eram faladas no território. E, com o tempo, muitas dessas línguas deixaram de existir. Hoje, 500 anos depois, apenas cerca de 200 delas permanecem vivas. Em menos de um século, esse número poderá chegar a zero. Quando uma língua desaparece, morre também com ela a história, a cultura e a identidade daquela população. E um patrimônio cultural é extinto.

Neste cenário, a Motorola tomou a decisão de trabalhar para preservar e revitalizar algumas dessas linguagens por meio de nossa experiência de software. Atuamos em parceria com o professor e especialista Wilmar da Rocha D’Angelis, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e representantes de cada uma dessas comunidades indígenas, para adicionar Kaingang, falada no Sul e Sudeste do Brasil, e Nheengatu, falada na Amazônia, Colômbia e Venezuela, aos nossos dispositivos por meio do Android.

“Estamos sendo pioneiros, dando um passo importante em direção a uma experiência móvel mais inclusiva. Nosso trabalho foi marcado pelo desejo de contribuir para a revitalização das línguas indígenas que, segundo a Unesco, estão correndo risco de extinção. Nossa meta foi viabilizar que falantes de Kaingang e Nheengatu pudessem usar a tecnologia como ferramenta de empoderamento da sua cultura”, diz Janine Oliveira, diretora executiva de Globalization Software da Motorola Mobility. “Ao compartilhar nossa inovação com outros fabricantes e profissionais da globalização, estamos ampliando o impacto desse projeto, pavimentando o caminho para que mais línguas indígenas estejam disponíveis no Android no futuro”, completou.

Como a integração de línguas nativas escrita é crucial para sua preservação, a Motorola segue trabalhando junto com o Google para disponibilizar essas línguas em AOSP e Google Gboard. Também segue atuando em parceria com o Consórcio Unicode, para assegurar que todos os dados das línguas coletados com seu apoio sejam de fonte aberta.

A Motorola continua conduzindo pesquisas em comunidades indígenas e está engajada com equipes regionais para enriquecer as experiências com a marca e melhorar a vida dos consumidores.

Gostou de “Motorola acrescenta língua indígena da Amazônia nos smartphones?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece nas cidades do Grande ABC. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.158 outros assinantes

Motorola lança campanha global da nova família moto g no Brasil

Motorola lança campanha campanha global, que celebra o novo e mais potente lançamento da marca queridinha dos brasileiros, terá presença marcante nos principais meios de comunicação

Motorola lança campanha global da nova família moto g no Brasil
Motorola lança campanha global. Foto: Divulgação

Após 10 gerações de sucesso absoluto de vendas, como a família moto g poderia elevar ainda mais a experiência do consumidor à potência máxima? Para a Motorola, a resposta está no lançamento dos novos moto g100, moto g30 e moto g10. O novo moto g100 é o carro chefe da nova família e vem com a exclusiva plataforma Ready For, estrela da nova campanha global da marca. Uma plataforma que, de forma simples e prática, é capaz de transformar qualquer tela com entrada HDMI em uma extensão do smartphone permitindo levar jogos, filmes e vídeos para a tela grande, fazer videochamadas com inteligência artificial, ter mais produtividade com o modo desktop móvel, além de ter câmeras inteligentes que acompanham movimentos para criação de conteúdos.

“A Motorola vem em uma crescente nos últimos anos, tanto em termos de portfólio de produtos quanto em reforço de identidade da marca. E quando falamos em moto g, a família mais querida dos nossos consumidores, temos o dever de superar suas expectativas e elevar sua experiência. E portanto, iniciamos nossa campanha com a comunicação da mais nova e exclusiva plataforma Ready for” comenta Juliana Mott, head de Marketing da Motorola.

Além dos novos modelos g10, g30 e g100 e a plataforma Ready For, com nova nomenclatura que segue a tendência da indústria, a Motorola aposta no mercado brasileiro para lançar outras duas inovações. A primeira delas é o projeto pioneiro e piloto que vai aguçar um novo sentido do consumidor, o olfato, com a fragrância da marca motorola. A assinatura olfativa da marca poderá ser sentida nos novos moto g100 e moto g30 quando a embalagem dos modelos é aberta. Esse projeto foi desenvolvido com exclusividade em parceria com a Firmenich, a maior empresa privada do mundo no ramo de perfumes e aromas. 

A Motorola também aposta na inclusão por meio da tecnologia, e, seguindo a missão de levar tecnologia para todos, em mais uma iniciativa pioneira tornou as línguas indígenas caingangue e nheengatu, ameaçadas de extinção no Brasil, disponíveis para qualquer pessoa que tenha um dos novos dispositivos da Motorola, ou que esteja atualizado para Android 11. O projeto contou com o trabalho e empenho de uma equipe de acadêmicos, linguistas e indígenas falantes dos dois idiomas, uma vez que a integração de línguas nativas à escrita é crucial para sua preservação. Todos os dados das línguas coletados com o apoio da Motorola são de fonte aberta, e a marca também incentiva que mais línguas indígenas estejam disponíveis no Android no futuro. 

“Nunca trouxemos tantas novidades em um pacote só. Levamos recursos de topo de linha para a família g; criamos maior conexão com nossos consumidores, até mesmo por meio do olfato, sentido até então ignorado pela indústria. A plataforma Ready For abraça a nossa missão de ‘tecnologia mais inteligente para todos’ e vem descomplicar a vida dos consumidores que, neste momento, têm de trabalhar, estudar e se divertir dentro de casa. Fomos além e promovemos acessibilidade e acesso por meio de novas línguas indígenas, conclui Juliana.  

A nova campanha Ready for, assinada pela Magma, conta com um filme de 30 segundos focado na plataforma Ready For e nos novos modelos. A partir de hoje, a campanha será veiculada na TV aberta, na Rede Globo, e por assinatura, e também contará com grande presença on-line em canais próprios e de influenciadores que se conectam com os valores da marca. Toda a campanha também estará presente nos canais digitais da Motorola Brasil.

Gostou de “Motorola lança campanha global da nova família moto g no Brasil??

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.158 outros assinantes

Conheça a tela OLED de 10000 PPI da Samsung

Em um projeto impressionante desenvolvido pela Samsung e Universidade de Stanford conseguiram desenvolver uma tela de 10000 PPI

Os engenheiros da Standford e da Samsung estão trabalhando em um projeto muito interessante há algum tempo e dizem que estão prontos para mostrá-lo ao mundo. 

É a tela de maior densidade de pixels do mundo, com os incríveis 10.000 PPI (Pixel por Polegada). Para se ter uma ideia, os smartphones mais avançados chegam entre 400 e 500 PPI)

A tecnologia é baseada em painéis solares ultrafinos que efetivamente apresentam uma arquitetura totalmente nova para telas OLED.

Esses monitores de alta densidade de pixels serão capazes de fornecer imagens impressionantes com detalhes realistas – algo que será ainda mais importante para VR headsets projetados para ficar a apenas alguns centímetros de nosso rosto.

Ilustração da tela meta-OLED e da camada metafotônica subjacente, que melhora o brilho e as cores gerais da tela enquanto a mantém fina e com eficiência energética. 
(Crédito da imagem: cortesia do Samsung Advanced Institute of Technology)

Continue a leitura em Dica App do Dia.

Huawei recebe dois prêmios durante 5G World 2020 Summit

Empresa conquistou troféus nas categorias “Parceria Empresarial Mais Inovadora em 5G” e “Melhor solução de Edge Computing”

SÃO PAULO, 15 de setembro de 2020 /PRNewswire/ — Duas aplicações da Huawei, líder global em soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), acabam de ser premiadas no 5G World 2020 Summit, organizado pela Informa Tech. O evento, que elege as melhores aplicações em 5G da indústria de telecomunicações do mundo, elegeu projetos da companhia como os melhores do ano em Parcerias Inovadoras e Edge Computing. 

Inovação em 5G

O prêmio de “Parceria Empresarial Mais Inovadora em 5G” foi para o projeto de saúde inteligente “Wuhan 5G Smart Anti-Epidemic”, desenvolvido pela Huawei junto a hospitais, instituições médicas e instituições governamentais na China no começo de 2020, logo no início da pandemia de Coronavírus.

Por meio dos recursos da tecnologia 5G (maior largura de banda e menor latência), os dispositivos médicos necessários para um sistema de saúde inteligente garantiram um atendimento rápido às demandas de acesso aos dados. Como resultado, os serviços médicos funcionam com total disponibilidade – incluindo transmissão ao vivo com 5G, colaboração remota para consulta, auto verificação do uso de equipamentos de proteção e suporte de conferência para facilitar a coordenação de prevenção e controle da pandemia.

Por exemplo, redes básicas de informações médicas foram rapidamente estabelecidas nos hospitais temporários de Huoshenshan e Leishenshan e vários serviços de diagnóstico remoto baseados em 5G foram executados, como tomografia computadorizada, exame ultra-B e triagem de filme de raio-X.

O projeto beneficiou 1.850 médicos, 3.400 trabalhadores de enfermagem e 8.350 pacientes, aumentando significativamente a taxa de cura e a eficiência dos cuidados de saúde, ao mesmo tempo que reduziu o risco de infecção para os profissionais da área médica.

Edge Computing

O prêmio de “Melhor Solução em Edge Computing” foi concedido à Huawei pela solução 5G Telco Converged Cloud (TCC), que é a primeira plataforma de infraestrutura hiperconvergente do setor.

A 5G TCC apresenta convergência de pilha dupla (OpenStack e Kubernetes), recursos de aprimoramentos de nível e de automação, o que ajuda na reconstrução da plataforma de nuvem e na implantação rápida da rede 5G autônoma (ou 5G SA, do inglês Standalone) das operadoras de telecomunicações.

No segundo trimestre de 2020, a Huawei assinou mais de 800 contratos comerciais de telecomunicação em nuvem em todo o mundo, reforçando seu comprometimento em ajudar as operadoras a acelerar a utilização de Cloud Computing em suas redes, promover a inovação dos serviços com tecnologia 5G e permitir a transformação digital da indústria.

FONTE Huawei

Google lança Android 11 com mudanças de interface e muitas novidades

Fonte: Igor Almenara CarneiroTecmundo

O Android 11 finalmente foi lançado e está sendo distribuído como atualização para dispositivos compatíveis. Após um longo período em fase beta, o sistema operacional da Google estreia com boas novidades para os usuários, indo desde mudanças visuais, otimização de performance, novos recursos nativos e mais privacidade.

Android 11: Saiba Tudo sobre a aualização

O Android 11 vem ao mundo repleto de novidades: gravação de tela nativa, balões para continuar utilizando mensageiros enquanto utiliza o celular, novos gestos e muito mais. A aba de notificações agora reúne mensagens recebidas em uma seção exclusiva, enquanto separa as “Notificações silenciosas” — as mais recorrentes ou de apps que você pouco utiliza — para otimizar o espaço de visualização.

O modo escuro recebe ajustes de acordo com horários — totalmente programáveis pelo usuário. Há novos gestos para navegação sem os três botões principais, somados ao “novo” gesto para abrir o app de câmera, semelhante ao já conhecido nos smartphones Motorola.

Maior controle sobre seus dados

Assim como já estava presente na versão beta, as solicitações de permissão permanente não são a única opção. Apps que precisam acessar sua câmera, localização GPS, microfone ou arquivos pessoais estarão sujeitos a sua aprovação a cada tentativa de acesso.

O mesmo acontece com apps que já receberam autorização de acesso permanente, mas que você deixou de utilizá-los por um tempo. Após certo período inativos, apps uma vez autorizados para acessar seções do aparelho perderão as permissões e precisarão ser aceitos novamente pelo usuário. A perda das autorizações será devidamente notificada pelo usuário, que pode desabilitar esse recurso ou aceitar o acesso do app facilmente.

A partir do Android 11, atualizações de segurança ou privacidade serão totalmente dependentes da Google Play. Dessa forma, a Google manterá maior controle sobre os updates e minimizará a fragmentação de recursos dentro do ecossistema Android.

Controle de mídia e conexões renovado

Com Android 11, ao apertar o botão Power por um longo período, o sistema abrirá um menu de conexões e de recursos em toda a tela. A seção gerenciará os dispositivos conectados ao smartphone — como smartbands, smartwatches, fones de ouvido e mais — e permissões de Smart Lock.

Gravação de tela é um conhecido recurso que finalmente chega nativamente no Android. Fonte:  TecMundo 

O controle sobre músicas e vídeos também mudou: com o novo sistema da Google será possível mudar o dispositivo que exibe o conteúdo com mais facilidade, tornando mais fácil a transição entre ambientes ou suas vontades, como mudar dos fones de ouvido para caixas de som.

Esses são apenas algumas das novidades introduzidas no Android 11. Mais informações serão divulgadas pela Google. A atualização está sendo distribuída gradativamente e deve alcançar todos os dispositivos compatíveis em breve.