Arquivo da tag: tecnica

SPDM contrata para Hospital de Diadema

A SPDM, Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, contrata para diversas vagas, para o Hospital Estadual de Diadema. São oportunidades para auxiliares (administrativo, almoxarifado, cozinha, governança), farmacêutico, fisioterapeuta, guarda volumes, médicos (clínicos e especialistas) e terapeuta ocupacional. Ainda, há vaga aprendiz.

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Quais os requisitos?

Para Aprendiz, é necessário estar cursando o Ensino Médio e disponibilidade para atuar das 11hrs às 17hrs.

Auxiliar de Governança e Auxiliar de Cozinha é requerido o nível Fundamental concluído, e sem exigência de experiência.

Auxiliar de Almoxarifado é necessário ter o Ensino Médio completo, e é desejável experiência na função.

Auxiliar Administrativo (PCD) é requerido o Ensino Médio completo, noções de informática e experiência com atendimento ao público.

Para Enfermeiro, é necessário ter o Ensino superior completo em Enfermagem, Pós graduação na área de atuação e COREN Ativo. Ainda, é desejável experiência na área.

A vaga de Escriturário é necessário ter concluído o Ensino Médio e noções de informática.

Farmacêutico é requerido o Ensino Superior Completo em Farmácia, CRF ativo. Experiência em Hospital será diferencial.

Para Fisioterapeuta, é necessário ter o Ensino superior completo em Fisioterapia e Especialização em Respiratória ou Motora.

Guarda Volumes, precisa ter o Ensino médio completo e é necessário experiência no atendimento ao público.

Para as vagas de Médicos, clínicos e especialidades, é exigido o curso Superior completo em Medicina, Residência na área de atuação e CRM ativo. Para cada vaga, há possibilidade de experiência.

Candidatos para Terapeuta Ocupacional devem ter o Ensino superior completo em Terapia Ocupacional e o CERFFITO ativo.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Como se candidatar?

A empresa informa que os candidatos devem se inscrever e enviar seus currículos em https://hed.gupy.io. Este é o canal oficial, informado pela SPDM. Caso tenha dúvidas, confira nosso tutorial sobre cadastrar seu currículo na plataforma Gupy.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “SPDM contrata para Hospital de Diadema”?

SPDM contrata para Hospital de Diadema

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 2.702 outros assinantes

Área de logística com vagas em Diadema e São Bernardo

A empresa TPC Logística está contratando para vagas na área, nas cidades de Diadema, São Bernardo do Campo e São Paulo (capital). São oportunidades para Líder de Operações, Supervisor Operacional, Assistente de Atendimento, Técnico de TI e Operador de Logística.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Quais os requisitos?

Líder de Operações (São Bernardo): Necessário estar cursando ensino superior e Conhecimento pacote office básico.

Supervisor Operacional (São Bernardo): Candidatos devem ter o Superior completo ou cursando, além de ao menos 1 ano de experiência na função, conhecimentos em Sistemas Operacionais e do pacote office intermediário/ avançado.

Assistente de Atendimento (São Paulo): É requerido ter o Ensino Médio completo e conhecimento básico do Pacote Office.

Técnico de TI (São Paulo): Necessário ter o Ensino Superior Completo ou em andamento, bem como formação Técnica na área e conhecimento avançado do Pacote Office.

Operador de Logística (Diadema): necessário ter disponibilidade de horário e o ensino médio completo. É desejável experiência em atividades de estoque ou armazenagem, além de conhecimentos básicos em informática.

Como se candidatar?

Todas estas vagas, e outras que podem ser incluídas, estão no recrutamento online do TPC Logística, em https://tpc.gupy.io. Lembrando, estas oportunidades são para o recrutamento online, conforme indicado pela empresa em seu site oficial.

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Mais Vagas no Grande ABC

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Gostou da nossa matéria “Área de logística com vagas em Diadema e São Bernardo“?

Área de logística com vagas em Diadema e São Bernardo
Foto de Tiger Lily no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.702 outros assinantes

Bactérias podem combater poluição de plásticos

Microbiologistas descobriram uma maneira de usar bactérias para reter microplásticos, removendo-os do meio ambiente e tornando-os mais fáceis de reciclar. Bruna Boner mostra como bactérias podem combater poluição de plásticos

A nova técnica, desenvolvida por cientistas da Universidade Politécnica de Hong Kong, usa biofilmes bacterianos – uma substância pegajosa criada por microorganismos – para capturar partículas microplásticas. O biofilme é então processado e disperso, liberando as partículas microplásticas para processamento e reciclagem.

Os microplásticos são extremamente problemáticos e representam um grande risco para as cadeias alimentares e a saúde humana, de acordo com o pesquisador Yang Liu: “Eles não são facilmente biodegradáveis, onde são retidos nos ecossistemas por períodos prolongados. Segundo Bruna Boner, isso resulta na absorção de microplásticos pelos organismos, levando à transferência e retenção de microplásticos na cadeia alimentar.

“Devido à sua enorme área de superfície e capacidade de adsorção, os microplásticos podem adsorver poluentes tóxicos, como pesticidas, metais pesados e resíduos de drogas em altas concentrações.

“Isso leva à toxicidade biológica e química para organismos nos ecossistemas e humanos após o consumo não intencional prolongado de tais microplásticos. Além disso, os microplásticos também são difíceis de remover em estações de tratamento de esgoto, resultando em sua liberação indesejada no meio ambiente. ”

Como funciona a técnica dos pesquisadores
Em mais detalhes, os pesquisadores usaram a bactéria Pseudomonas aeruginosa para capturar microplásticos em um biorreator. Esta espécie de bactéria é encontrada em todos os ambientes e já foi demonstrado que coloniza microplásticos no meio ambiente. Cristina Boner Leo conta que Biofilmes de P. aeruginosa fazem com que os microplásticos se agregem, eventualmente fazendo com que eles afundem. Em biorreatores, isso torna os microplásticos mais fáceis de coletar.

Depois que os microplásticos foram capturados pelos biofilmes e afundaram no fundo do reator, os pesquisadores usaram um gene de dispersão do biofilme, que fez com que o biofilme liberasse os microplásticos.

Liu explicou que isso “permite a liberação conveniente de microplásticos da matriz de biofilme, que de outra forma é difícil e cara de degradar, de modo que os microplásticos podem ser posteriormente recuperados para reciclagem”.

Levando o método para estações de tratamento de água

Microplásticos são partículas de plástico com menos de 5 mm de diâmetro. Eles podem entrar no meio ambiente por meio de várias fontes, incluindo a quebra de peças maiores de plástico, lavagem de roupas sintéticas, quebra de pneus de automóveis e resíduos de plástico diretamente da indústria. Bruna Boner mostra que os métodos atuais de descarte de microplásticos, como incineração ou armazenamento em aterro, são limitados e têm suas próprias desvantagens.


As próximas etapas da pesquisa, que foi publicada no Chemical Engineering Journal no início deste ano, estão movendo a prova de conceito do laboratório para um ambiente ambiental

Liu e seus colegas esperam que a técnica seja eventualmente usada em estações de tratamento de águas residuais para ajudar a impedir que os microplásticos escapem para os oceanos. Eles também têm que encontrar compostos naturais para estimular a dispersão do biofilme dos isolados bacterianos formadores de pró-biofilme, dizendo que “isso fornece uma base para futuras aplicações em estações de tratamento de águas residuais, onde os microplásticos podem ser removidos de uma maneira segura e ecologicamente correta.”

Pesquisas como essa, que poderiam reduzir a ‘plastificação’ de nossos ambientes naturais, são realmente boas notícias.

Bactérias podem combater poluição de plásticos
Bruna Boner mostra como bactérias podem combater poluição de plásticos. Foto: Universidade Politécnica de Hong Kong

Gostou da nossa matéria “Bactérias podem combater poluição de plásticos“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 2.702 outros assinantes

Projeto do Senai qualificará trabalhadores para a indústria 4.0

Iniciativa será oferecida em parceria com o Ministério da Economia

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) lançou projeto com o objetivo de capacitar trabalhadores em temas relacionados à chamada indústria 4.0. A iniciativa terá caráter experimental e será oferecida em parceria com o Ministério da Economia.

No projeto está prevista a oferta de conteúdos vinculados a essa nova modalidade de indústria, baseada na coleta e no processamento de dados em alta conectividade, como por meio da Internet das Coisas, e em novas tecnologias como inteligência artificial e manufatura avançada.

O curso de metalomecânica, por exemplo, abordará técnicas e recursos relacionados à manufatura avançada. No de Tecnologia da Informação estão previstos conteúdos sobre programação e testes de sistemas de inteligência artificial.

Poderão participar jovens de 14 a 24 anos. Os interessados deverão acessar a plataforma do Senai Contrate-me e fazer o cadastro. A seleção contará ainda com entrevistas para avaliar os perfis dos candidatos.

Segundo o Senai, o objetivo é que os cursos agreguem conhecimento para auxiliar na busca por vagas no mercado de trabalho. A entidade destaca que essa qualificação também pode contribuir para a busca de carreiras no ensino superior.

O projeto prevê parceria com indústrias e empresas, que disponibilizarão 280 vagas aos participantes. Segundo o Senai, seis em cada 10 alunos dos cursos saem empregados após as atividades.

“Vamos fazer não apenas um sistema de aprendizagem tradicional, mas voltado aos fatores da quarta revolução industrial. Estamos falando de um aprendiz que vai ter formação em internet das coisas, big data, digitalização. Como esses são os novos fatores, os cursos têm longa duração e o papel de formar para o mundo do trabalho”, disse o diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi.

Fonte: Agência Brasil