Maio Amarelo em Ribeirão Pires: mais de 1500 pessoas abordadas

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires já abordou mais de 1500 pessoas com as ações do Movimento Maio Amarelo. São quase vinte dias de campanha que conta com bloqueios educativos, entrega de materiais didáticos e visitas em setores públicos ou privados na cidade, levando informação sobre práticas seguras no trânsito.

Entre as principais estratégias para chamar a atenção da população para o Movimento, está o personagem Mister Mão que cumpre um importante papel nessas campanhas, interagindo nas ruas durante os bloqueios educativos ou visitando departamentos.

“A imagem marcante do Mister Mão, que cativa e orienta, se tornou um aliado para atrairmos crianças, jovens, adultos e até mesmo idosos que param para conversar, tirar fotos e acabam sendo impactados com nossos materiais educativos”, explicou o secretário de Segurança, Mobilidade Urbana e Defesa Civil, Coronel Carmo Jr.

Ainda nesta semana, bloqueios educativos aconteceram em importantes vias da cidade como a Avenida Humberto de Campos e a Avenida Francisco Monteiro. Os veículos que passaram por estes pontos receberam material gráfico com orientações sobre condução segura, além de porta-lixos para a área interna dos carros.

Maio Amarelo – O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Caravana Mister Mão – Para empresas e comércios que gostariam de receber a presença do personagem Mister Mão, juntamente com distribuição de material gráfico sobre o Maio Amarelo, a equipe de Educação para o Trânsito disponibiliza um e-mail de contato para agendamentos: educacaotransito@ribeiraopires.sp.gov.br. Vale lembrar que esta ação precisa seguir protocolo sanitário estipulado.

Maio Amarelo em Ribeirão Pires: mais de 1500 pessoas abordadas

Gostou da nossa matéria “Maio Amarelo em Ribeirão Pires: mais de 1500 pessoas abordadas”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias, e também conheça o nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.098 outros assinantes

Acidentes em rodovias caem em 2020, mas mortes ficam estáveis

O número de acidentes em rodovias brasileiras diminuiu 6% em 2020 se comparado a 2019. Foram 63.447 acidentes no ano passado, 4 mil a menos do que o registrado no ano anterior. Acidentes em rodovias caem em 2020.

A crise gerada pelo coronavírus influenciou o resultado. Segundo o diretor-executivo da Confederação Nacional do Transporte, Bruno Batista, os meses mais críticos da Covid-19 também foram os que tiveram maior queda no número de acidentes por causa da redução de veículos circulando nas estradas.

Menos acidentes, porém, mais graves e mais letais. De acordo com o levantamento, o número de mortos também diminuiu, mas apenas 1%. Em 2020, 5.287 pessoas morreram nas rodovias, contra 5.332 em 2019, 45 vidas perdidas a menos. As colisões de veículos foram responsáveis por quase 62% das mortes ocorridas nas estradas.

Para o diretor-executivo da CNT, Bruno Batista, os acidentes também são resultado das características viárias do país.

O painel da CNT com dados da Polícia Rodoviária Federal ainda aponta que 55% das mortes foram aos finais de semana, principalmente no domingo.

A rodovia com o maior número de acidentes, ao longo do ano passado, foi a BR-101, que atravessa o país e liga o Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul. Já a BR-116, que começa em Fortaleza e também termina no Rio Grande do Sul, é a rodovia que mais mata.

A CNT estima que os acidentes em rodovias federais produziram um prejuízo de mais de R$ 10 bilhões só no ano passado, e afirma que, para reduzir os acidentes e mortes, é preciso investir em infraestrutura rodoviária e na formação dos condutores.

Em parceria com Agência Brasil.

Gostou de “Acidentes em rodovias caem em 2020, mas mortes ficam estáveis”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Acidentes em rodovias caem em 2020, mas mortes ficam estáveis

Operação Verão no Rodoanel iniciada

A Concessionária SPMAR inicia nessa segunda-feira dia (21) a Operação Verão 2020/2021 nos trechos Sul e Leste do Rodoanel Mario Covas. Com duração até o dia 17 fevereiro, a ação conta com apoio da ARTESP e da Policia Militar Rodoviária (PMRV)

Frequentemente, a concessionária realizará diversas ações de comunicação com objetivo de alertar e conscientizar os motoristas a respeito da segurança viária. Por exemplo, a importância da revisão preventiva veicular, orientações para uma direção segura e a necessidade de não combinar álcool e direção.

“Queremos reforçar as medidas preventivas para que todas as pessoas possam realizar sua viagem com a maior segurança possível. Sem esquecer que estamos em meio a uma pandemia e que os cuidados devem ser mantidos a todo o momento” afirmou Marcos Fonseca, diretor executivo da SPMAR.

Ao longo da rodovia 20 Painéis Móveis Variáveis (PMVs) exibirão mensagens sobre cuidados necessários nesse período de pandemia, como “Previna-se contra o coronavírus. Evite aglomerações” e “Use máscara. Proteja sua vida e a dos outros”.

Mais de 713 colaboradores estarão envolvidos na Operação Verão, que ainda contará com 25 viaturas de apoio. Entre elas: 5 ambulâncias, 7 guinchos, 05 veículos de inspeção e supervisão de tráfego, 1 caminhão de combate ao incêndio e 1 carro de resgate de animais.

Operação Verão no Rodoanel e Papa-Fila

Nos dias de maior movimento, a concessionária implantará a Operação Papa-Fila. Sendo assim, o objetivo será agilizar a venda e cobrança de cupons de pedágios. Dessa forma, eliminando as filas do km 70 que proporcionam o acesso à Rodovia dos Imigrantes no sentido litoral.

Além disso, entre os dias 23 de dezembro a 4 de janeiro, os veículos pesados com carga excedente não poderão circular nos Trecho Sul e Leste do Rodoanel.

Operação Verão no Rodoanel

O motorista que necessitar de qualquer apoio emergencial tem à disposição uma equipe preparada para atendê-lo 24 horas por dia. Em caso de dúvida ou de atendimento na via, o usuário pode entrar em contato com a SPMAR pelo 0800 774 88 77 ou por meio dos 192 telefones de emergências situados a cada quilometro da rodovia. Estes serviços são gratuitos e com funcionamento ininterrupto.

Os Trechos Sul e Leste do Rodoanel também contam com quatro unidades do SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário), localizados nos quilômetros 41, 68, 102 e 121 no caso do usuário precisar para fazer uma pausa em sua viagem ou solicitar algum tipo de informação ou atendimento. Os locais estão equipados com banheiros, fraldários, sala de espera com café e água.

Veja mais em Mobilidade, nossa categoria específica sobre trânsito na região.

SBC: Moradores reclamam de caminhões obstruindo ruas

Moradores do bairro Taboão (São Bernardo do Campo) denunciam transtornos recorrentes na rua Alfredo Bernardo Leite, especialmente entre as ruas Itália e Alemanha.

Diversos caminhões estacionados irregularmente na rua podem ser vistos diariamente, atrapalhando o trânsito na via, a qual é mão dupla, praticamente interditando uma das faixas. Segundo o artigo 181 do CTB, inciso IV, “estacionar em desacordo com as posições estabelecidas pelo Código“, configura-se em infração média, com ônus de 04 pontos na carteira de habilitação ao condutor, remoção do veículo e multa.

Segundo relatos, a empresa proprietária dos caminhões já fora multada algumas vezes. Porém, o mais importante para os moradores, que a empresa não estacionar mais seus caminhões na rua, não teve eficácia tal ação da autoridade responsável.

Há informações de frequentes acidentes no local, causados pela ocupação indevida da via, e também pela falta de visibilidade nos cruzamentos. A falta de semáforos, somado com obstrução da rua, tornou incidentes de trânsito comuns na região.

Os moradores aguardam a resolução deste problema. Retornaremos em breve com o assunto, assim que obtivermos resposta da empresa e da Guarda Municipal de São Bernardo do Campo.