Campanha do agasalho AQUECE DIADEMA é lançada

A Prefeitura de Diadema lançou nesta terça (1) a Campanha do Agasalho 2021, com o tema “Aquece Diadema”. Estiveram na live o prefeito José de Filippi Jr., a vice-prefeita e secretária de Assistência Social e Cidadania Patty Ferreira, o secretário de Defesa Social Benedito Mariano e a presidenta do Fundo Social de Solidariedade, Inês Maria.  

Foi o prefeito que abriu a cerimônia, fazendo uma convocação: “Você que está em casa, aquecido, essa conversa é com você. Ajude a fazer esta campanha. Diadema vem dando show de solidariedade, com doações de toneladas de alimentos, de cestas básicas, e agora voltamos a fazer este chamado. O inverno vem chegando, mas já temos sentido noites muito geladas e a Aquece Diadema vai ajudar não só aquelas pessoas em situação de rua, mas também famílias que perderam seu sustento, que ficaram em situação vulnerável e precisam dessa ajuda agora.”

“Quando a gente fala Aquece Diadema é pra lembrar que a gente já vem aquecido de uma campanha incrível de combate à covid, de combate à fome e agora, de combate ao frio,” comentou a presidenta do Fundo Social, dando um recado: “Acho muito importante higienizar as peças que serão doadas. Coloque, se possível, dentro de um saquinho. Lembrando sempre que estamos em uma situação de emergência sanitária.”

Para o secretário Mariano, cuja Defesa Civil arrecada doações aos mais vulneráveis ao longo de todo o ano, a campanha do agasalho é a campanha da solidariedade e vem em boa hora para ajudar aqueles que mais precisam. “Para a Secretaria de Defesa Social é uma alegria estar participando desta campanha, a guarda municipal estará toda envolvida, e não tenho dúvidas que toda a população, todas as entidades vão atender a este chamado. E queremos ser parceiros estratégicos desta campanha, buscando contatos com o governo do estado, com a coordenação nacional de defesa social, para trazer mais apoio, mais doação e eu não tenho dúvida que nós vamos aquecer muitas famílias e pessoas em Diadema.”

Patty Ferreira lembrou a parceria com a secretaria da Saúde não só em receber doações, nas 20 UBS da cidade, mas também por colocar o SAMU à disposição da população em situação de rua. “O SAMU poderá ser chamado a partir das 17h por qualquer pessoa, para ajudar alguém em situação de rua. Essa pessoa vai para o Hospital Municipal, passa por exames, e depois segue a um de nossos albergues, onde terá uma refeição quente e uma roupa quentinha,” afirmou. Patty ainda agradeceu à empresa Embalagens Bandeirantes, que está fornecendo as caixas de papelão para as doações. “Ou seja, você que quer fazer parte dessa campanha e colocar uma caixa em seu estabelecimento, em seu condomínio, solicite a sua caixa. É um movimento que, de várias mãos, a gente vai conseguindo levar um pouco mais de calor humano a Diadema,” concluiu a vice-prefeita. “Quando a gente faz junto, a gente chega mais longe!”

A Campanha

Roupas e cobertores em bom estado poderão ser doados em todas as UBSs da cidade e em outros equipamentos municipais, como o Mané Garrincha e a Defesa Civil.

Outros parceiros já se engajaram à campanha e doações podem também ser feitas no Shopping Praça da Moça, nas escolas de idiomas Wizard e na Casa Rosada Materiais para Construção, no Jardim Paineiras. Quem quiser doar também pode ligar nos telefones do Fundo Social (4092 5340) e da Defesa Civil (4072 9239) que a Campanha vai retirar em sua casa.

Veja abaixo a lista dos locais de doação:

  • Nas 20 UBSs da cidade (veja a lista aqui: http://www.diadema.sp.gov.br/324-contato/ubs/24994-ubs-por-bairro )
  • Centro Esportivo Mané Garrincha: Rua dos Cariris, 195 – Piraporinha
  • Fundo Social de Solidariedade: Rua Almirante Barroso, 160 – Vila Santa Dirce
  • Defesa Civil: Av. Ulisses Guimarães, 3269 – Vila Nogueira
  • Casa Rosada Materiais para Construção: Av. Brasília, 780 – Jardim Paineiras
  • Escolas Wizard: Praça Angelina de Mello, 32 – Centro / Av. Dona Ruyce Ferraz Alvim, 1851 – Serraria / Av. Casa Grande, 2.549 – Casa Grande/Piraporinha
  • Shopping Praça da Moça: R. Manoel da Nóbrega, 712 – Centro

Gostou “Campanha do agasalho AQUECE DIADEMA é lançada”?

Campanha do agasalho AQUECE DIADEMA é lançada
Foto: Alina Souza

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Doações de sangue em Santo André podem salvar até 552 vidas

O Atrium Shopping, em conjunto com o “Projeto Amorsedoa”, recebeu na última semana o posto de doação de sangue. A iniciativa contou com 137 doações de sangue em Santo André, coletas suficientes para salvar cerca de 552 vidas, já que cada bolsa pode ajudar em média 4 pessoas.

A iniciativa, em parceria com o Grupo AD Shopping, já passou por empreendimentos de São Paulo e tem mais datas no ABC. Nos dias 10 e 11 de junho, o Shopping ABC recebe o posto de coleta, das 10 às 17 horas. Os doadores podem agendar data e horário para a coleta pelo Sympla (www.sympla.com.br/produtor/amorsedoa) ou pelo WhatsApp da H. Hemo Banco de Sangue Paulista (11 9 9340-4585), mas quem se dirigir diretamente ao local também será atendido.

É necessário estar bem de saúde e, neste momento de pandemia, também há a precaução de não ter apresentado sintomas respiratórios e febre nos 30 dias anteriores. Além disso, em caso de contato com pacientes já testados positivo para Covid-19 ou com sintomas, é preciso esperar no mínimo 14 dias para doação.

Campanha Parceiros do Bem – Coleta de Sangue Itinerante
Dias 10 e 11 de junho, das 10 às 17 horas
Piso P1 – loja 123 (próximo a Riachuelo)
Inscrições podem ser feitas no link: www.sympla.com.br/produtor/amorsedoa ou pelo WhatsApp (11) 99340-4585

Shopping ABC
Av. Pereira Barreto, 42, na Vila Gilda – Santo André – SP
Telefone: (11) 3437-7222
WhatsApp: (11) 95691-0070
Estacionamento para visitantes: Carros 10,00 até 3 horas + 2,00 por hora adicional ou fração

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Doações de sangue em Santo André podem salvar até 552 vidas”?

Doações de sangue em Santo André podem salvar até 552 vidas

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Instituto FAR entrega mais 5 toneladas de alimentos em Brasília e Recife

A campanha de doação de alimentos do Instituto FAR teve sequência neste mês de maio e 2,8 toneladas de cestas foram distribuídas em Brasília (DF), em parceria com o projeto Coletivo Motirõ, para 167 famílias de extrema vulnerabilidade, enquanto em Recife (PE), 2,16 toneladas foram distribuídas em parceria com o CCB Social, para 170 famílias. Iniciada em abril, a ação já beneficiou mais de 1.000 pessoas em seu primeiro mês, com 4,1 toneladas de alimentos doados em Porto Alegre (RS) e São Paulo (SP).

Em dois meses, o instituto já doou mais de 9 toneladas de alimentos e independentemente dos valores arrecadados, garante totalizar cerca de 11 toneladas até o fim de junho. A ação também será estendida a outras regiões e alcança o Norte do País no próximo mês.

Atualmente o Instituto FAR recebe contribuições dos mais de 650 mil consultores do Grupo Hinode espalhados pelo País, além de doações do público em geral. “O foco das nossas ações são os projetos que envolvem educação, mas neste momento crítico que estamos atravessando, vimos a necessidade de voltar as atenções para diminuir a fome nos locais mais atingidos pela crise”, comenta Angelo Teixeira, diretor executivo do Instituto.

Outra ação do Instituto FAR em conjunto com o Grupo Hinode é a doação de álcool em gel e produtos de higiene, que, este ano, alcançou 16,9 toneladas de itens distribuídos. Até agora, foram contemplados 12 municípios de Roraima, 14 municípios do Pará e Manaus (AM). Só na última semana foram mais de 30 mil unidades de álcool em gel da marca enviados para distribuição em diversos Estados (SP, GO, MT, MS, DF, ES, BA, MA, CE, RN, PB, PE, SE).

Além dessas iniciativas, o Instituto colabora com outros 11 projetos por todo o País que, só neste primeiro trimestre de 2021, receberam cerca de 330 mil reais. São eles: Amigos do Bem, de Alagoas, Pernambuco e Ceará; Recode, do Rio de Janeiro e São Paulo; Fly Educação, de São Paulo; Associação Amigos da Criança e do Adolescente, de Mato Grosso do Sul; Instituto Peabiru, do Pará; Instituto Beatriz e Lauro Fiuza, do Ceará; Associação Um Chute para o Futuro, do Paraná; Foco Arte e Desenvolvimento, de São Paulo; Pirilampos, de Roraima; Assistência Social Casa Azul, do Distrito Federal e Projeto Uerê, do Rio de Janeiro.

 “O Instituto FAR faz uma seleção bastante criteriosa de projetos para distribuição das doações, seguindo uma política de investimento social, para garantir que tudo chegue nas mãos de quem realmente precisa”, finaliza Teixeira.

Quem quiser ajudar, pode fazer a doação pelo site do instituto e acompanhar nas redes sociais as ações. https://institutofar.apoiar.co/

Instituto FAR – Criado em 2015 para compor as ações de responsabilidade social do Grupo Hinode, tem como causa a educação e o propósito de gerar a transformação de vidas. Busca promover conhecimentos e a atitude empreendedora em crianças e jovens, por meio de apoio a iniciativas terceiras e de projetos próprios, gerando oportunidades para milhares de pessoas.

Gostou da nossa matéria “Instituto FAR entrega mais 5 toneladas de alimentos em Brasília e Recife“?

Instituto FAR entrega mais 5 toneladas de alimentos em Brasília e Recife
Entrega das cestas de alimentos em Brasília (DF). Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Projeto Social +Amor ao Próximo

O Projeto Social +Amor ao Próximo está ajudando pessoas carentes, em situação de rua, desde o início de 2020. Em parceria com a CUFA (Central Única de Favelas) de São Bernardo do Campo, Victor do Carmo conta sobre a trajetória do projeto e seu testemunho, original esta obra que a cada dia está auxiliando mais e mais pessoas.

Projeto Social +Amor ao Próximo

Hoje ele é porteiro, mora no Jardim Silvina, congrega em igreja do bairro, pai de 3 filhas e capitaneia o projeto social. Mas sua história não fora nada fácil, porém também edificou seus passos e abriu seus caminhos, segundo os preceitos de Deus. “Não é um projeto mentiroso, de brincadeira, porque eu passei fome … morei na rua e sei como que é a situação de uma família que está passando dificuldade … sei como é a situação do morador de rua” nas palavras de Victor.

Aos 21 ele conheceu as droga e o tráfico, se envolvendo com a cocaína e, segundo Victor, conseguia controlar seu vício até os 26 anos. Então, até os 29 anos, ele estava totalmente dependente da droga: “Foi no momento que eu vivi em situação de rua, dormia na rua, comia do lixo e passei dificuldades nas ruas. Frio fome. E ali eu vi o povo esquecido na rua.”

“Voltei para casa da minha mãe, mesmo assim ficava na rua usando droga ficava três quatro cinco dia usavam droga e uma vez um amigo meu me falou que Jesus Cristo podia mudar a minha vida. Enquanto isso muitas pessoas me criticavam, desacreditava de mim e um amigo que se chama Luciano ele falou “Victor, Jesus Cristo ele pode mudar a sua vida. Eu lembro que eu tive três começo de overdose meus 29 anos. Eu disse Senhor, se me tirar dessa vida entrego minha alma e meu corpo a ti…”

Victor do Carmo
Projeto Social +Amor ao Próximo
Café da manhã para pessoas em situação de rua, realizado domingo 30 de maio de 2021. Foto: Divulgação

Após a mudança de vida e acolhimento recebido em congregação, Victor experimentou um ano de obra missionária, em Ribeirão Preto. Por lá, prestou auxílio em projeto social com moradores de rua, alimentando-os mas principalmente oferecendo atenção e carinho. Estes, quando do outro lado da situação, Victor sentia falta e sabe bem da importância de ser visto e reconhecido como alguém, não apenas mais um desalentado pela sociedade.

Ao retornar para São Bernardo, Victor procurou pastor da congregação e soube que o projeto social desta igreja estava parado. Não obstante, buscou em Deus as respostas para seus questionamentos. Em seus direcionamentos, recebeu as instruções para desenvolver o Projeto Social +Amor ao Próximo.

Projeto Social +Amor ao Próximo
Victor do Carmo ao centro, entre Alex Camburão e Gil Campos, na CUFA de São Bernardo do Campo. Foto: Divulgação

Com o início da pandemia e falta de apoio aos caminhoneiros, o projeto distribui 50 marmitas, e após toda semana estavam a receber doações para auxiliar moradores de rua, inclusive com café da manhã para estes. Neste ano de 2021, Victor conheceu Alex Camburão, presidente da CUFA de São Bernardo do Campo, iniciando sólida parceria com a destinação de 20 cestas básicas para o Projeto Social +Amor ao Próximo.

Café da manhã para pessoas em situação de rua, realizado domingo 30 de maio de 2021. Foto: Divulgação

Além da ajuda para pessoas em situação de rua, o projeto atende famílias carentes com as cestas básicas, neste mês de maio conseguindo atingir a meta de 100 cestas arrecadadas e distribuídas. Porém, há meses em que a quantidade é em torno de 20, ou 15. Por tanto, o projeto conta com o apoio de mais doares, visando alentar famílias com regularidade e em maior número.

Como posso ajudar?

O contato para doações é através do telefone e Whatsapp (11) 99281-0057. Faça um Pix, de valor que desejar para o projeto, através do CNPJ 42.050.089/0001-40.

Distribuição de cestas básicas, no Jardim Silvina, em 22 de maio de 2021. Foto: Divulgação

Gostou da nossa matéria “Projeto Social +Amor ao Próximo“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Projeto Amorsedoa chega ao Atrium Shopping com campanha de doação de sangue

O estoque de bolsas de sangue atualmente está em alerta, segundo o Banco de Sangue Paulista. Com o momento delicado que o País atravessa por causa da pandemia do Covid-19, é possível que a situação se agrave. O Atrium Shopping, em parceria com o “Projeto Amorsedoa”, abre espaço para seus visitantes participarem da campanha e doarem nos dias 27 e 28 de maio.

Com toda a estrutura montada no Piso 1, ao lado da Casas Bahia, é possível aproveitar aquela passadinha no shopping para fazer uma boa ação e salvar vidas. É necessário estar bem de saúde e, neste momento de pandemia, também há a precaução de não ter apresentado sintomas respiratórios e febre nos 30 dias anteriores. Além disso, em caso de contato com pacientes já testados positivo para Covid-19 ou com sintomas, é preciso esperar no mínimo 14 dias para doação.

Quem tiver entre 16 e 69 anos e pesar pelo menos 50kg pode fazer a doação agendando online, pelo Sympla. As vagas são limitadas e o processo é rápido e muito seguro.

Doação de Sangue
Dia 27 e 28 de maio, das 11h às 17h

Agendamento:
Dia 27/05
https://www.sympla.com.br/doacao-de-sangue-no-shopping-atrium–dia-2705__1212076 

Dia 28/05
https://www.sympla.com.br/doacao-de-sangue-no-shopping-atrium–dia–2805__1212080 

Atrium Shopping
Rua Giovanni Battista Pirelli, 155 – Vila Homero Thon, Santo André
Telefone e WhatsApp: (11) 3135-4500
Estacionamento visitantes:
De segunda-feira a sábado e feriados: 9 reais até 2 horas + 2 reais cada 2 horas adicionais. Aos domingos, 50% de desconto.

Gostou da nossa matéria “Projeto Amorsedoa chega ao Atrium Shopping com campanha de doação de sangue“?

Projeto Amorsedoa chega ao Atrium Shopping com campanha de doação de sangue

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Doação de leite materno: Hospital da Mulher de Santo André estimula

Banco de Leite do local possui certificado na categoria ouro em excelência em bancos de leite humano. Confira sobre a doação de leite materno.

No Dia Mundial de Doação de Leite Humano, celebrado em 19 de maio, o Hospital da Mulher “Maria José dos Santos Stein” ressalta a importância deste gesto para garantir a recuperação e qualidade de vida dos bebês internados na UTI Neonatal. Para que essas crianças não fiquem sem o alimento essencial, o estoque do banco de leite humano (BLH) precisa sempre estar em alta, considerando que a demanda é muito grande. Atualmente há 75 litros estocados no BLH, o que representa 75% da capacidade total.

“O leite materno é fundamental para o desenvolvimento da criança. As mães que podem contribuir ajudam muito as mulheres que não produzem a quantidade suficiente para alimentar o bebê. Mais do que cuidado, um gesto de amor que pode ajudar muitas mamães na alimentação de seus filhos”, afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

A doação de leite beneficia os bebês que estão na UTI Neonatal, pois as mães enfrentam problemas com a produção de leite. Recebendo o leite materno, essas crianças têm mais chances de recuperação já que, além de alimentar, o leite materno garante proteção contra infecções respiratórias, diabetes, alergias e demais patologias.

Toda mulher que está amamentando pode ser uma doadora voluntária e ajudar a salvar a vida de vários recém-nascidos. “Um potinho pode alimentar até dez bebês. A coleta de leite humano sempre foi cercada de muitos cuidados e durante a pandemia o serviço permanece funcionando seguindo todos os protocolos sanitários, proporcionando segurança para a doadora e para o bebê que vai receber o alimento”, explicou a diretora geral do Hospital da Mulher de Santo André, Rosana Pereira Madeira Grasso  

Doadora há cerca de três meses, Priscila Araújo Laurindo, de 35 anos, faz a contribuição semanalmente. “Sinto uma alegria enorme em poder doar. É uma honra fazer parte dessa corrente do bem” comentou.

Mãe de quatro filhos, sendo que os dois mais novos, Catarina, de três anos, e Leonardo, de quatro meses, nasceram no Hospital da Mulher, Priscila Laurindo relata que a rotina de extração do leite varia muito. “Todo dia eu tiro um pouco. Agora que o meu bebê está um pouco maior ele mama mais, então vou fazendo conforme a minha disponibilidade de leite. Às vezes tiro 100 ml de cada mama, às vezes 50 ml, varia bastante. Depois disso eu deixo no congelador até o dia que eles vêm fazer a retirada. Mesmo se você tirar 10 ml você já está ajudando a salvar a vida de uma criança”, explicou.

Como doar – O Banco de Leite Humano do Hospital da Mulher atende de segunda a sexta, das 8h às 18h. Para doar, é preciso ligar no telefone 4478-5048 ou 4478-5027. É realizado um cadastro e agendada uma visita à casa da doadora para o recolhimento do leite. A mãe receberá todas as orientações necessárias sobre extração e armazenagem.

Preparo do leite – Todo o leite doado passa por um processo de pasteurização e é submetido a controles de qualidade antes de ser distribuído aos bebês prematuros e outros bebês que são clinicamente impossibilitados de recebê-lo do seio materno. Há ainda serviços de orientação e tira-dúvidas sobre aleitamento materno.

O hospital também recebe doação de frascos de vidros com tampas de plástico, como os de maionese ou café solúvel – o material é esterilizado e seguro, pois é resistente ao congelamento e descongelamento. Esse processo evita que o leite não perca os seus nutrientes. Também não acumula cheiro e nem resíduos com o uso da tampa de plástico.

Certificado – O Banco de Leite do Hospital da Mulher de Santo André possui o certificado na categoria ouro em excelência em bancos de leite humano, além de também possuir a Certificação de Credenciamento na Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, reconhecendo que a unidade atende as necessidades do Ministério da Saúde em promover a saúde da mulher e da criança.

| Texto: Rafaela Mazarin
| Fotos: Helber Aggio/PSA

Gostou da nossa matéria “Doação de leite materno: Hospital da Mulher de Santo André estimula”?

Doação de leite materno: Hospital da Mulher de Santo André estimula
Doação de leite materno: Hospital da Mulher de Santo André estimula

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias, e também conheça o nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Festival Cultura Solidária arrecada mais de 1,5 tonelada de alimentos em sua 2ª edição

O 2º Festival Cultura Solidária, evento da Prefeitura de Diadema transmitido online, arrecadou mais de uma tonelada e meia de alimentos, que serão destinados a famílias em situação de vulnerabilidade social.Realizado em parceria com a campanha “Sua Vida Importa pra Mim e Sua Fome me Incomoda”, o festival levou ao internauta apresentações ao vivo, entrevistas e depoimentos de artistas.

As doações de alimentos foram recebidas durante a realização do evento no Centro Cultural Diadema – Teatro Clara Nunes. Também foram arrecadados recursos para o Fundo de Solidariedade de Diadema.

Apresentado pela cantora e atriz diademense Ana Cacimba, o festival mesclou shows ao vivo, de ritmos como pop, rap e samba, a vídeos gravados contendo depoimentos e apresentações de artistas representativos da cultura popular.

O internauta que desfrutou essa tarde cultural conferiu artistas como Levi Cintra, com canções de MPB, pop e rock, o sambista Caco Oliveira, o grupo de Hip-Hop Mentes do Gueto, além dos grupos Tambor de Crioula da Encantada Dona Teresa, Mucambos de Raízes Nagô e Celso Ohi e a tradição de Bonecos. O festival também homenageou a Companhia de Danças de Diadema, que completou 26 anos de existência em 2021.

Festival Cultura Solidária arrecada mais de 1,5 tonelada de alimentos em sua 2ª edição

Para o secretário de Cultura Deivid Couto, o festival se notabilizou por “um trabalho belíssimo”, mostrando para quem está em casa que “em Diadema temos artistas de primeira qualidade”. Inês Maria de Filippi, presidenta do Fundo Social de Solidariedade, destacou que já foi possível doar mais de cem toneladas arrecadadas a partir da campanha de combate à fome. “E o envolvimento é cada vez maior”, completa.

Segundo Patty Ferreira, vice-prefeita e secretaria de Assistência Social, as doações estão “alcançando aquelas pessoas que estão sofrendo muito com a pandemia”. “Estão vindo de todo lugar, da indústria, do comércio, da sociedade civil, das entidades, das ONGs, mas vêm também da pessoa que está em casa”, afirma.


Comitê de Combate à Fome
A campanha é uma ação organizada pelo Comitê de Combate à Fome, instituído por decreto e que envolve diversas secretarias municipais, entidades da sociedade civil e o Fundo Social de Solidariedade. Todas as frentes de trabalho têm o mesmo objetivo: diminuir os efeitos sociais da crise da pandemia do coronavírus.

FOTOS: DINO SANTOS

Gostou de “Festival Cultura Solidária arrecada mais de 1,5 tonelada de alimentos em sua 2ª edição“?

Festival Cultura Solidária arrecada mais de 1,5 tonelada de alimentos em sua 2ª edição

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Campanha de Diadema recebeu doações de cooperativas e sindicato

A campanha “Sua Vida Importa Pra Mim e Sua Fome Me Incomoda” recebeu duas doações que vão ajudar mais pessoas de Diadema a terem comida na mesa. A Central de Cooperativas UNISOL Brasil, junto com Coopercentral VR (Central de Cooperativas da Agricultura Familiar do Vale do Ribeiro), trouxeram para o município sete toneladas de frutas e legumes e o SindSaúde – ABC  (Sindicato dos Trabalhadores da Saúde Privada e Filantrópica do ABC) mais 60 cestas básicas e meia tonelada de alimentos não perecíveis. 

A entrega dos comestíveis aconteceu ontem (13/5) em dois lugares diferentes: no Banco de Alimentos de Diadema e no Almoxarifado Central. Eles serão distribuídos para as famílias que vivem em situação de extrema pobreza na cidade e que neste momento de pandemia e crise econômica estão passando por muitas dificuldades. 

Maio solidário – As doações feitas pela UNISOL e pela Coopercentral VR ao município marcou o lançamento do “Maio Solidário – Comida para Todos”. Diadema foi a primeira cidade a receber os alimentos da ação realizada pelas duas cooperativas e que conta ainda com a participação do Coletivo para Todos. A iniciativa tem o objetivo de levar produtos de qualidade para as periferias das cidades e também gerar renda aos trabalhadores da agricultura familiar.

“Foi muito importante lançar essa campanha em Diadema. Daqui vamos levar comida para o povo de rua do centro expandido de São Paulo e de outros lugares”, afirma o presidente da UNISOL e organizador da iniciativa, Leonardo Pinho. Para o diretor da Coopercentral VR, Isnaldo Lima da Costa Jr, a alimentação é direito de todos “e por isso, com a pandemia, onde milhares de pessoas estão sem comida, é necessário contribuir para que juntos possamos dar continuidade a projetos de combate à fome e desigualdades”, afirmou. 

O presidente do SindSaúde-ABC, Almir Rogério “Mizito”, fez questão de ressaltar a importância de colaborar com a campanha de Diadema. “Neste momento de tantas dificuldades para o nosso país é fundamental praticar a solidariedade e dividir o pão”, declarou.

O secretário de Segurança Alimentar, Gel Antônio, disse que a campanha se fortalece com as doações. “Além dos alimentos, de excelente qualidade que as pessoas vão receber, este ato solidário estreita ainda mais os laços que temos com as entidades de trabalhadores e da agricultura familiar”.    

A campanha contra fome em Diadema teve início em 27 de março passado e já repassou doações para mais de 20 mil moradores de Diadema. Nesses 46 dias de atuação arrecadou 101 toneladas de comida e já distribuiu mais 90 toneladas. 

Além dos participantes das cooperativas e do SindSaúde-ABC na entrega dos alimentos, o ato teve ainda as presenças da vice-prefeita e secretária de

Assistência Social e Cidadania, Patty Ferreira, da primeira-dama e presidenta do Fundo Social, Inês Maria de Filippi, que também são responsáveis por realizar a campanha contra a fome de Diadema. 

O diretor da Economia Solidária de Diadema, Arildo Mota Lopes, representou a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e pela Coopercentral VR  também estiveram presentes os diretores Rafael de Oliveira Grothe, Aline Juvêncio e Michel Guzanchi. 

Saiba mais sobre a campanha de Diadema acessando –  

 http://combateafome.diadema.sp.gov.br/

Texto: Iara Santos Luz
Fotos: Adriana Horvath

Com informações da Prefeitura de Diadema.

...

Gostou Campanha de Diadema recebeu doações de cooperativas e sindicato”?

Campanha de Diadema recebeu doações de cooperativas e sindicato

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Empresas de material de construção doam mil cestas básicas

A Campanha Santo André Solidária, realizada pelo Fundo Social de Solidariedade, entregou nesta sexta-feira (7) kits com alimentos, roupas e brinquedos para famílias do Jardim Alzira Franco e comerciantes do Boulevard Itambé, no Centro. Empresas de material de construção doam mil cestas básicas.

Os alimentos fazem parte de uma doação de mil cestas básicas feitas por empresas de materiais de construção, como C&C, Leroy Merlin, Obramax, Sodimac e Telhanorte. As roupas e brinquedos foram doados pelos munícipes.

“A cada entrega destas doações nossa esperança é renovada. São diversas famílias que recebem ajuda graças à solidariedade de outras tantas famílias andreenses, além das empresas da cidade que estão sempre nos apoiando nas campanhas, com um único objetivo, ajudar quem mais precisa”, destacou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

Desde o início da campanha Santo André Solidária, já foram arrecadadas mais de 300 toneladas de alimentos, além de 40 mil itens entre roupas, cobertores, brinquedos, entre outros.

As famílias cadastradas no Núcleo de Ação Local Jardim Alzira Franco puderam retirar os itens na manhã desta sexta. “É muito importante ajudar o próximo, é o sonho da gente poder fazer o melhor para a comunidade e trazer os moradores para perto da gente, tenho certeza que todos que receberam as doações saíram daqui muito felizes”, afirmou o líder do Núcleo, Jacinto Ezequiel de Medeiros.

“Essa doação me ajuda muito, porque eu ganho pouco como aposentada e o dinheiro paga apenas as contas da casa, os alimentos são muito importantes neste momento, fiquei muito contente”, afirmou a moradora do Jardim Alzira Franco, Maria da Silva.

Os comerciantes do Boulevard Itambé também receberam doações nesta tarde. Foram 65 kits com cesta básica, produtos de higiene e hortifrúti.

A campanha Santo André Solidária segue na cidade e podem ser doados alimentos não perecíveis, como arroz, feijão, macarrão, café, óleo, leite em pó, produtos de higiene e limpeza, além de itens como roupas, calçados, cobertores, brinquedos, material escolar, entre outros.

A doação pode ser feita no Banco de Alimentos, localizado na avenida dos Estados, 2195, de segunda a sexta, das 8h às 17h. E para quem for se imunizar, os pontos de vacinação drive-thru seguem recebendo as contribuições. Os pontos de arrecadação em supermercados da cidade também continuam funcionando.

Quem preferir, pode fazer doações via Pix para a chave doe@santoandre.sp.gov.br ou via transferência bancária para a conta do Fundo Social no Banco do Brasil. A agência é 5688-x, conta 6900-0 e CNPJ 46.522.942/0001-30, no nome de Prefeitura de Santo André – Fundo Social de Solidariedade.

| Texto: Daniele Vieira

Gostou da nossa matéria “Empresas de material de construção doam mil cestas básicas“?

Empresas de material de construção doam mil cestas básicas
Fotos: Helber Aggio/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Projeto Colhendo Livros espalha livros para serem “colhidos” pelos visitantes dos Centros Culturais

Iniciativa de doação do Projeto Colhendo livros, da Secretaria Municipal de Cultura acontece, em maio nos centros culturais da Penha, Vila Formosa e da Diversidade

Pensando em incentivar a circulação de livros e estimular a leitura, a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) apresenta o projeto de doação de livros Colhendo Livros. Por meio de uma proposta lúdica e descontraída de instalação, na qual os títulos são dispostos através de suspensão pelo espaço, cria-se um ambiente onde o público possa transitar, observar e então colher a história mais compatível com seus interesses e levar para casa. Em maio, a ação chega ao Centro Cultural da Penha, Centro Cultural Vila Formosa e Centro Cultural da Diversidade – em junho, ela continua em outros espaços da SMC.

Tendo em vista o atual cenário de distanciamento social e as normas de segurança e de prevenção à Covid-19, todos os materiais usados no projeto serão devidamente higienizados. Os livros disponíveis na “colheita” estarão expostos em embalagens plásticas para que se mantenham protegidos. A ideia é “plantar” por volta de 40 livros e, ao longo da semana de instalação, serem feitas reposições com novos títulos, a depender do fluxo de colheita. As obras selecionadas são escolhidas de acordo com o estilo do espaço cultural onde acontece a ação e todas são fruto de doações de livros feitas pelas bibliotecas dos próprios centros culturais.

A semente do projeto foi plantada em 2019, quando uma edição piloto aconteceu no Centro Cultural Penha, a partir da ideia das produtoras culturais do espaço Rafaela Ribas e Victória Alves. Uma das motivações fundamentais da ideia era a circulação dos livros que eram doados às bibliotecas pelo público. Através das observações dos Jovens Monitores do espaço, dispor os livros com um aviso de que estavam disponíveis para doação nem sempre conseguia instigar o público a se aproximar, mas sempre que havia alguma ação mais descontraída que, de alguma forma, quebrasse a relação de formalidade com o espaço, constatou-se que os visitantes se engajavam mais.

Programação Maio

Colhendo Livros

Centro Cultural Penha

formato: presencial com 20% da capacidade

Data: De 09/05 a 16/05

horário: 14h00

classificação indicativa: Livre

duração: 120 minutos

sinopse: Colhendo Livros, uma proposta lúdica de intervenção literária, onde os livros são dispostos através de suspensão pelo espaço, criando um ambiente onde o público possa transitar, observar e então colher a sua história.

Colhendo Livros
Centro Cultural Vila Formosa
formato: presencial com 25% da capacidade
data: De 17 a 23/05
horário: 14h
classificação indicativa: Livre
duração: 120 minutos
sinopse: Colhendo Livros, uma proposta lúdica de intervenção literária, onde os livros são dispostos através de suspensão pelo espaço, criando um ambiente onde o público possa transitar, observar e então colher a sua história.

Colhendo Livros

Centro Cultural da Diversidade

formato da apresentação: presencial com 25% da capacidade

data: 25/05 no CCJ

horário: 14h

classificação indicativa: Livre

duração: 120 minutos

sinopse: Colhendo Livros, uma proposta lúdica de intervenção literária, onde os livros são dispostos através de suspensão pelo espaço, criando um ambiente onde o público possa transitar, observar e então colher a sua história.

Programação Junho

O projeto Colhendo Livros acontecerá no Centro Cultural Grajaú de 2 a 6/06, no Centro Cultural da Diversidade de 10 a 19/06 e no Centro de Culturas Negras de 20 a 27/06.

Gostou de “Projeto Colhendo Livros espalha livros para serem “colhidos” pelos visitantes dos Centros Culturais“?

Projeto Colhendo Livros espalha livros para serem "colhidos" pelos visitantes dos Centros Culturais

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias

Iniciativa do Fundo Social de Solidariedade já arrecadou 300 toneladas de alimentos e mais de 35 mil itens entre agasalhos e cobertores para Campanha Santo André Solidária.

Com a colaboração de muitos andreenses, a campanha Santo André Solidária, realizada pelo Fundo Social de Solidariedade, chegou à marca de mil cestas básicas distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade. Neste sábado (24) foi a vez dos moradores do bairro Sítio dos Vianas receberem as doações.

“A campanha Santo André Solidária continua a todo vapor, seguimos cuidando dos que mais precisam, mesmo nesse momento difícil. Com a ajuda de todos os andreenses que nos auxiliam doando diversos tipos de itens, vamos vencer juntos”, destacou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

A campanha, lançada no aniversário da cidade, em 8 de abril, já arrecadou cerca de 300 toneladas de alimentos e mais de 35 mil itens entre agasalhos e cobertores. Alexandre Vieira, voluntário na campanha, comentou sobre o processo de arrecadação e distribuição. “A colaboração da cidade tem sido muito significativa. Fazemos a triagem e a montagem dos kits para entregar nas residências das mais de 900 famílias assistidas”.

As cestas básicas são compostas por alimentos não perecíveis e, complementando as doações, as famílias recebem ainda kits de higiene pessoal e também produtos de limpeza.

Gabriela de Lima Santana, de 19 anos, recebeu a cesta neste sábado com a filha Mariana de 7 meses no colo. “Veio em boa hora. O momento não está fácil. Moro com mais dez pessoas e estou sem emprego, por isso, agradeço esta grande ajuda”.

Cláudio de Jesus, de 49 anos, comemorou a doação. “Como autônomo, passei momentos difíceis, por isso sou grato por esta ajuda”, pontou o morador.

Para quem quiser contribuir com a campanha Santo André Solidária, a arrecadação é feita em sistema drive-thru de forma segura, respeitando todos os protocolos sanitários, nos seguintes endereços: Parque Celso Daniel (Rua das Caneleiras, s/nº – Bairro Jardim), Parque Central (Rua José Bonifácio, s/nº – Vila Assunção), Parque Regional da Criança (Avenida Itamarati, 536 – Parque Jaçatuba) e Parque da Juventude Ana Maria Brandão (Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo, s/nº – Jardim Ipanema). 

Os quatro drive-thrus solidários localizados nos parques receberão doações até o dia 30 de abril, de segunda a domingo, das 8h às 17h. Os cinco pontos de vacinação em formato drive-thru da cidade também estão recebendo doações.

Outra opção é fazer as contribuições diretamente na sede do Banco de Alimentos, localizado na avenida dos Estados, 2195, em Santa Teresinha. O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 8h às 17h. 

Podem ser doados alimentos como arroz, feijão, macarrão, café, óleo, leite em pó, além de itens de higiene e limpeza, agasalhos, cobertores, brinquedos, material escolar, entre outros.

Quem preferir, pode fazer doações via Pix para a chave e-mail doe@santoandre.sp.gov.br ou via transferência para a conta do Fundo Social no Banco do Brasil. A agência é 5688-x, conta 6900-0 e CNPJ 46.522.942/0001-30, no nome de Prefeitura de Santo André – Fundo Social de Solidariedade.

Entre os bairros que estão sendo beneficiados com a entrega de doações estão Sítio dos Vianas, Jardim Irene, Jardim Cipreste, Aclimação, Vila Linda, entre outros. A distribuição será feita ao longo da realização da campanha Santo André Solidária.

Gostou da nossa matéria “Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias“?

Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias
Campanha Santo André Solidária distribui cestas básicas a mil famílias. Foto: Angelo Baima/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.368 outros assinantes

Rota arrecada 1,1 mil quilos de alimentos para campanha

O Quartel da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) realizou a entrega, na manhã deste sábado (17 de abril), de 1,1 mil quilos de alimentos à Paróquia de São Francisco de Assis do Valo Velho, na zona sul da capital, doados pelos policiais que receberam a vacina contra o coronavírus. Os alimentos serão destinados às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, com déficit nutricional durante o enfrentamento da pandemia. Ação da Rota arrecada 1,1 mil quilos de alimentos na Campanha Vacina Contra a Fome.

A ação faz parte da Campanha Vacina contra a Fome, realizada em todo o Estado de São Paulo, que incentiva a doação de 1 quilo de alimento por parte das pessoas que recebem a imunização contra o coronavírus. Até o momento, mais de 450 municípios aderiram à Campanha e 3 mil toneladas de alimentos foram arrecadados em todo o Estado.

Sobre a Campanha Vacina contra a Fome

O Estado recomenda que os municípios participantes instalem pontos de arrecadação nos postos de vacinação contra a COVID-19, que já chegou a quase 6 milhões de doses aplicadas em São Paulo. A distribuição dos mantimentos será feita pelas próprias Prefeituras a famílias carentes de cada cidade.

“Em um momento tão crítico da pandemia, queremos incentivar a sociedade a contribuir com nossas ações de combate à fome, garantindo a segurança alimentar das muitas famílias em situação de vulnerabilidade”, afirmou Célia Parnes, Secretária de Estado de Desenvolvimento Social.

Com informações da assessoria do governo do Estado de São Paulo.

Gostou da nossa matéria “Rota arrecada 1,1 mil quilos de alimentos para campanha“?

Rota arrecada 1,1 mil quilos de alimentos para campanha
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.368 outros assinantes