Mauá e SAE BRASIL oferecem 25 bolsas de estudo

Assim como na primeira edição, o Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) e a SAE BRASIL (associação que congrega especialistas do setor da mobilidade) oferecem 25 bolsas de estudos integrais, subsidiadas pela FUNDEP, para o exclusivo curso de capacitação de curta duração no modo EAD (Ensino a Distância): Biocombustíveis – conceitos e diferenciais, aplicações em sistemas de propulsão e desafios tecnológicos associados.

Com carga horária de 36h, ao longo de 18 aulas, sempre às terças e quintas-feiras, o curso está previsto para começar no dia 06 de julho, ao vivo e interativo.

Para concorrer às bolsas de estudos, os candidatos devem preencher os seguintes requisitos: profissionais com experiência acadêmica e/ou profissional na área que estejam fora do mercado de trabalho há pelo menos dois anos, profissionais com experiência na área que atuam em startups, micro e pequenas empresas.

Ou seja, instituições com receita operacional bruta menor do que R$16.000.000,00 ao ano, estudantes matriculados e frequentes em cursos técnicos e graduação e pós-graduação que comprovem atuação ou interesse na área.

Todos os candidatos (as) devem residir em território brasileiro. Para as pessoas que não se enquadrarem nos critérios das bolsas, o curso poderá ser realizado, pelo valor de R$387,00.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

As aulas têm como finalidade de capacitação, em nível nacional, de profissionais de nível superior, técnicos, tecnólogos e estudantes de graduação, por meio da introdução aos alunos acerca dos principais conceitos da aplicação de biocombustíveis no transporte, com foco na análise do potencial da redução das emissões dos Gases de Efeito Estufa (GEE) e das tecnologias associadas à utilização deste tipo de vetor energético nos motores a combustão. 

“A grade curricular contempla diversos tópicos associados à utilização dos biocombustíveis, tais como: análise de ciclo de vida de carbono incluindo o potencial de redução de GEE no setor automotivo, como devem ser pensados e desenvolvidos motores de combustão interna com elevada eficiência para operação com biocombustíveis tais como etanol, biodiesel e biometano, a relação entre o uso de biocombustíveis e os programas de controle de emissões veiculares. Tocaremos ainda na associação de tecnologias da eletrificação veicular com biocombustíveis, como são realizados ensaios em motores e veículos, detalhando a instrumentação típica”, detalha o Coordenador do Curso e Engenheiro Mecânico da Mauá, Clayton Barcelos Zabeu.  

Serviço

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Instituto Mauá de Tecnologia e SAE BRASIL

Curso: Capacitação em Biocombustíveis – conceitos e diferenciais, aplicações em sistemas de propulsão e desafios tecnológicos associados.

Inscrições e regulamento: SAE BRASIL 

Início das aulas: A segunda turma está prevista para começar em 06 de julho

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Sobre o Instituto Mauá de Tecnologia

O Instituto Mauá de Tecnologia – IMT – promove o ensino científico-tecnológico há 59 anos, visando formar recursos humanos altamente qualificados. Com dois campi localizados em São Paulo e São Caetano do Sul, o IMT conta com um Centro Universitário e um Centro de Pesquisas.  O Centro Universitário oferece cursos de graduação em Administração, Design e Engenharia. Na pós-graduação, são oferecidos cursos de atualização, aperfeiçoamento e especialização (MBA) nas áreas de Gestão, Design e Engenharia. O Centro de Pesquisas desenvolve tecnologias para atender às necessidades da indústria e atua como importante elemento de ligação entre as empresas e a academia.

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Mauá e SAE BRASIL oferecem 25 bolsas de estudo”?

Mauá e SAE BRASIL oferecem 25 bolsas de estudo

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Bolsas de Estudo: Editech oferece mil em curso de tecnologia voltado para jovens

Inscrições para curso, e bolsas de estudo, oferecido pela Digital House vão até 1º de julho

Relatório da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) aponta que a área de Tecnologia da informação (TI) demandará 420 mil profissionais até 2024. Para suprir essa demanda, seria necessário capacitar, anualmente, pelo menos, 70 mil pessoas para atuar em carreiras, como desenvolvimento de software, engenharia de redes e ciências de dados. No entanto, o Brasil forma apenas 46 mil profissionais por ano na área.

Atenta a essa realidade, a Digital House, em parceria com o Mercado Livre e a Globant, criou o Certified Tech Developer, curso destinado a jovens que acabaram de concluir o ensino médio e precisam de uma qualificação para se colocar no mercado de trabalho. “O curso foi desenvolvido para que, em um período de dois anos, o aluno adquira todos os conhecimentos técnicos necessários para sua inserção no mercado da indústria tecnológica”, explica Sebastian Mackinlay, CEO da Digital House Brasil.

As inscrições para a segunda edição do Certified Tech Developer, cujas aulas têm início em 9 de agosto, estarão abertas até 1º de julho de 2021. Para esta edição do programa, serão concedidas 1000 bolsas de estudo de 95%. O programa quer atrair, principalmente, estudantes de baixa renda, mulheres e outras minorias para a área da tecnologia. Os candidatos deverão cumprir as etapas do processo seletivo conforme prazos informados durante o processo. Quanto antes conseguirem concluir todas as etapas, mais chances de serem contemplados com uma das bolsas. A primeira edição do programa teve mais de 45 mil inscritos para 250 bolsas, uma relação de 180 candidatos por vaga.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

O CEO da Digital House enfatiza que na América Latina existe uma crescente demanda por perfis com especialização tecnológica e uma baixa porcentagem de jovens que se capacitam para trabalhar nesta indústria, especialmente, nas camadas mais carentes da população. “Nesse sentido, o Certified Tech Developer vem atender a demanda urgente do mercado por mão de obra qualificada e, com a concessão de bolsas, oferecer ao jovem de baixa renda a oportunidade de se inserir em uma área cuja taxa de empregabilidade é alta, além da excelente remuneração, que pode transformar a sua condição social”, acredita Mackinlay.

O Certified Tech Developer tem foco na prática e na formação para o mercado de trabalho. De acordo com Mackinlay, a proposta é oferecer ao jovem a possibilidade de ingressar no mercado de trabalho com uma remuneração atrativa, sem que precise fazer um curso universitário. Para isso, o programa se baseia no ensino de habilidades já utilizadas por empresas de tecnologia que são referência no mercado. Além disso, a metodologia de sala de aula invertida, em que o aluno estuda a parte teórica nos momentos fora da aula e usa o período de aula para praticar, dá a oportunidade para que o indivíduo tenha contato e busque soluções para problemas reais desde as primeiras aulas.

“O curso foi estruturado para que, durante o primeiro ano, o aluno estude de forma intensiva a fim de que, ao final deste período, ele tenha conhecimentos suficientes para ingressar imediatamente no mercado de trabalho. Já no segundo ano, a carga horária se torna menor e mais flexível para que o aluno consiga conciliar trabalho e estudo”, salienta o executivo.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Cenário
Somente entre os meses de março e setembro de 2020, o país fechou 897 mil vagas com carteira assinada, de acordo levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A maior parte das baixas aconteceu nos setores de Serviços e Comércio. Ao todo, foram perdidas 181 mil vagas de vendedores em lojas e mercados – o dobro do número de vagas fechadas na indústria. Isso sem contar 1,4 milhão de trabalhadores domésticos que perderam o emprego no mesmo período, ainda de acordo com o IBGE.

Tal cenário mostra que se por um lado a crise sanitária provocou a aceleração da chamada transformação digital, por outro ela acelerou também a tendência de extinção de funções consideradas mais mecânicas. Um relatório da consultoria McKinsey estima que funcionários de atendimento ao público em setores como Varejo, Turismo, Alimentação e profissionais de apoio em escritórios terão os cargos ameaçados de extinção até 2030. Serão 100 milhões de vagas a menos apenas nos oito países que foram foco de estudo da consultoria.

O fato é que as funções mecânicas tendem a ser substituídas pela tecnologia e a transição de emprego e mesmo a inserção no mercado de trabalho irá demandar mais estudos. Nesse contexto, jovens, minorias e aqueles com menor educação formal serão os mais prejudicados. “Tudo isso mostra a urgência da necessidade de as pessoas buscarem, desde já, alternativas para manterem a sua empregabilidade no pós-pandemia. Levando em conta que a automação das atividades é um caminho sem volta, as carreiras digitais se tornam uma das alternativas mais viáveis”, acredita o CEO da Digital House.

SERVIÇO
Curso Certified Tech Developer
Inscrições: de 1/6 a 1/7 pelo site https://www.digitalhouse.com/br/bolsas/certifiedtechdeveloper
Início das aulas: 9/8

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Bolsas de Estudo: Editech oferece mil em curso de tecnologia voltado para jovens”?

Bolsas de Estudo: Editech oferece mil em curso de tecnologia voltado para jovens
Inscrições para curso, e bolsas de estudo, oferecido pela Digital House vão até 1º de julho. Foto de ThisIsEngineering no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Instituto AIPI abre inscrições para o 46º Concurso de Redação

Destinado a estudantes do Ensino Médio de escolas públicas estaduais e municipais do todo o país, o Concurso de Redação do Instituto AIPI abre as inscrições a partir de 1º de junho. Conduzida pelo Instituto AIPI, mantido pela International Paper do Brasil, a iniciativa conta com a parceria do Redação Online. A edição 2021 tem por tema Como os livros podem contribuir para a educação no Brasil e serem agentes transformadores no ensino e na sociedade?

Os três primeiros colocados ganharão, respectivamente, R$ 1.500, R$ 1 mil e R$ 500 em vales-compra para a aquisição de livros e material didático; os 100 melhores alunos ranqueados receberão um plano de videoaulas e correções de textos do Redação Online; as três escolas com maior número de alunos participantes receberão, cada uma, 10 caixas de papel A4 Chamex e doação de livros no valor de R$ 5 mil; os 20 professores com o maior número de alunos inscritos ganharão um curso on-line de treinamento para correção de redação no modelo ENEM.

São Paulo | O combate aos impactos negativos da pandemia na educação do Brasil, sobretudo com a suspensão das aulas, tem sido a tônica de iniciativas de organizações interessadas em endereçar alguns dos desafios com ações efetivas. Com esse objetivo, o Instituto AIPI anuncia a abertura das inscrições para o 46º Concurso de Redação, destinado a alunos de escolas públicas estaduais e municipais de todo o país. A edição 2021 traz uma novidade: Estados e o Distrito Federal contarão com uma redação-destaque reconhecida, além de um grande vencedor nacional. No ano passado, a ação contou com a participação de 33 mil alunos, tornando-se a maior competição do gênero em redações corrigidas; hoje, o concurso nacional é o que reúne um maior número de participantes e o que mais impacta socialmente a vida dos estudantes do país – por contribuir para a adequada preparação de milhares de alunos para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de 1º de junho a 19 de setembro pelo site: https://concursoaipi.redacaonline.com.br/.

Com o objetivo de incentivar jovens estudantes a transformarem as próprias realidades por meio da escrita, o concurso deste ano tem por tema “Como os livros podem contribuir para a educação no Brasil e serem agentes transformadores no ensino e na sociedade?” – relacionado às temáticas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU). Um dos destaques da iniciativa reside no impacto social gerado: para que o aluno se prepare melhor para escrever a redação, o concurso oferece videoaulas específicas de escrita voltada à redação do ENEM. Ao se inscrever, o participante recebe um login e uma senha de cadastro no site; os conteúdos estarão disponíveis a partir de 1º de junho. Assim como as aulas, os critérios de correção estão de acordo com os estabelecidos pelo Exame Nacional do Ensino Médio.

Segundo Mariana Claudio, gerente-executiva do Instituto AIPI, a iniciativa reforça a importância de fortalecer nos estudantes a capacidade de análise crítica da sociedade para que possam ser cidadãos ativos e agentes de mudança. “A parceria com o Redação Online amplia a nossa capacidade de alcance, impactando cada vez mais jovens, além de trazer ao concurso o diferencial de preparação de alunos e professores, indo muito além apenas de um concurso”, afirma Mariana.

“Participar do Concurso de Redação do Instituto AIPI foi uma experiência única e que levarei por toda a minha vida. Fui motivada a participar pela minha professora de Língua Portuguesa e pelos meus familiares. Graças ao Concurso, pude aprimorar minhas habilidades de escrita e aprendi a ter mais confiança em mim mesma”, comenta Ana Lívia, a primeira colocada da 45ª edição do Concurso.

Premiações & critérios

46º Concurso de Redação vai premiar os estudantes, as escolas e os professores. Os 100 primeiros alunos colocados receberão um plano de aulas on-line, com validade de 12 meses na plataforma; as três instituições com maior número de estudantes cadastrados ganharão, cada uma, 10 caixas de Chamex A4 – marca referência de papel da International Paper – e livros educativos até o valor de R$ 5.000. Os 20 professores que tiverem a maior quantidade de alunos inscritos receberão um treinamento para correção de redação no modelo ENEM e um vale-compra cada no valor de R$ 300 para aquisição de livros e materiais escolares. Os resultados serão divulgados no dia 21 de outubro, no site https://concursoaipi.redacaonline.com.br/.

Ao final do processo, os três estudantes com melhor classificação serão convidados a participar de uma banca on-line, com o objetivo de exporem suas referências, intenções e perspectivas diante do tema. Após essa etapa, será selecionado o grande vencedor nacional; o primeiro colocado ganhará R$ 1.500; o segundo, R$ 1 mil; e o terceiro, R$ 500 – os três receberão vales-compra para a aquisição de livros e materiais escolares. Como forma de incentivo, os vinte e sete autores mais bem colocados, sendo um por Estado, irão receber vales-compra fornecidos pelo Instituto AIPI, para a aquisição de livros e materiais escolares.

Sobre o Instituto AIPI |

O Instituto AIPI é mantido pela International Paper do Brasil e tem como foco investir em projetos de transformação social. A organização é responsável por projetos que impactam as comunidades e que estimulam cada vez mais a formação de cidadãos ativos, oferecendo a estrutura necessária para que uma boa intenção vire uma boa ação. Em 14 anos de existência foram investidos mais de R$ 13 milhões em projetos diversos, com 277 mil pessoas impactadas em todo o Brasil.  https://institutoaipi.com.br/

Gostou da nossa matéria “Instituto AIPI abre inscrições para o 46º Concurso de Redação“?

Instituto AIPI abre inscrições para o 46º Concurso de Redação
Instituto AIPI abre inscrições para o 46º Concurso de Redação .Foto de Lisa no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Encontros de Moda da Faculdade Santa Marcelina, inscrições abertas

Em edição virtual, o Encontros de Moda da Faculdade Santa Marcelina, evento que tem como objetivo discutir temas contemporâneos relacionados ao setor, recebe inscrições para suas palestras a partir de 21 de maio. A iniciativa é do pioneiro e tradicional curso de Moda da Faculdade Santa Marcelina e voltada para estudantes e profissionais que diretamente ou indiretamente trabalham com moda.

Ao todo serão 11 palestras dos mais diversos assuntos e vão desde processos de design a ações voltadas para geração de renda de comunidades por meio da moda. Para participar das palestras basta acessar o site da Faculdade Santa Marcelina www.fasm.edu.br.

Programação:

  • 24/05, 09h30: “O ensino de Moda e narrativas negras” – Andreza Ferreira (Escola Neit) e Nathalia Grilo (Preta Velha)
  • 24/05, 19h30: “Olhares sobre o design” – Ronaldo Silvestre (Instituto ITI) e Ariane Santos (Badu Design)
  • 25/05, 09h30: “Nós somos feitos da matéria com que são feitos os sonhos: perspectivas futuras da moda autoral brasileira” – André Hidalgo (Casa de Criadores)
  • 25/05, 19h30: “Experiências com o Desenho: da formação ao mercado de Moda” – Érica Sena (Ex-aluna, Alpargatas)
  • 26/05, 09h00: “Denim e Tricô – experiências macro e micro” – Mieko Cabral (Ex-aluna, MIEKO) e Beatriz Machado (Ex-aluna, Lojas Renner)
  • 26/05, 11h00: “Moda decolonial sob a ótica indígena” – Dayana Molina (Fashion Revolution, NALIMO)
  • 26/05, 19h30: “Experiências pelo mundo afora e a ancestralidade como ponto de partida” – Juliana Silver (Ex-aluna, /ˈsilvər/)
  • 27/05, 09h30: “Itália/Poliarte” – Elia Francinela (MAVRANYMA) e Paolo Monina (Studio Paolo Moninae Book Designer)
  • 27/05, 19h30: “A joalheria entre moda e arte” – Kika Rufino (Fine Arts)
  • 28/05, 09h00: “Processo de criação em design gráfico” – Leopoldo Leal (Pharus Design)
  • 28/05, 11h00: “A fotografia de moda de Cai Ramalho” – Cai Ramalho (Ex-aluna, Vogue e Glamour)
  • 28/05, 19h30: “Fashion Noivas 2021 – Brasilidades” com presença de Bruna Gullaci, Julia Pak, Gabriela e Stella de @dollmodelist, Erica Sena e We’e’ena Tikuna.

Sobre a Faculdade Santa Marcelina    

Faculdade Santa Marcelina é uma instituição mantida pela Associação Santa Marcelina – ASM, fundada em 1º de janeiro de 1915 como entidade filantrópica. Desde o início, os princípios de orientação, formação e educação da juventude foram os alicerces do trabalho das Irmãs Marcelinas. Em São Paulo, as unidades de ensino superior iniciaram seus trabalhos nos bairros de Perdizes, em 1929, e Itaquera, em 1999. Para os estudantes é oferecida toda a infraestrutura necessária para o desenvolvimento intelectual e social, formando profissionais em cursos de Graduação e Pós-Graduação (Lato Sensu). Na unidade Perdizes os cursos oferecidos são: Música, Licenciatura em Música, Artes Visuais, Licenciatura em Artes Plásticas e Moda. Já na unidade Itaquera são oferecidas graduações em Administração, Ciências Contábeis, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Nutrição, Tecnologia em Radiologia e Tecnologia em Estética e Cosmética.

Gostou da nossa matéria “Encontros de Moda Santa Marcelina, inscrições abertas“?

Encontros de Moda Santa Marcelina, inscrições abertas

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Aulas presenciais em Santo André retornam a partir desta segunda

O retorno às aulas presenciais na rede pública terá início nesta segunda-feira (24) em Santo André. Na rede municipal, os alunos do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos serão os primeiros a voltar para as salas de aula, na primeira etapa de um processo que ocorrerá de forma gradual.

“As escolas estão preparadas para esse retorno gradual, que acontecerá de forma responsável e com todas as medidas sendo tomadas. Mas não é obrigatório. Quem optar por não vir pode continuar acompanhando os conteúdos de casa”, destacou o prefeito Paulo Serra, durante vistoria realizada na Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Profª Elaine Cena Chaves Maia, no Jardim Santo Alberto.

O prefeito acrescentou que uma parceria entre a Secretaria de Educação e a empresa Microsoft, sem custo para o município, possibilitará o acesso de todos os alunos e professores da rede à plataforma Teams, desenvolvida especialmente para atender ao universo da Educação.

“Agora a rede tem essa nova ferramenta, que é como uma sala de aula no computador para garantir ainda mais qualidade para a nossa educação. Além disso, em junho vamos entregar 7.192 tablets para os alunos do 4º e 5º ano do ensino fundamental e 293 para os professores, e também 529 para os professores da creche”, acrescentou Paulo Serra. Segundo o prefeito, o retorno é fundamental para a reconstrução do vínculo das crianças e das famílias com as escolas. “O aspecto emocional das crianças é muito importante”, destacou.

Para o retorno, as turmas têm de ser formadas por 35% dos alunos matriculados em cada sala e o revezamento será semanal entre o grupo de alunos que manifestou interesse em retornar presencialmente.

O período de permanência nas escolas também será menor, de 2h30, e haverá escala de horário para a entrada dos alunos na escola, para evitar a concentração de estudantes e familiares nas áreas dedicadas à entrada e à saída dos estudantes. As escolas comunicarão as famílias sobre a data de retorno de cada aluno.

Para receber os estudantes com toda a segurança, as escolas municipais de Santo André adequaram seus espaços para o cumprimento dos protocolos de segurança, como a retirada de carteiras das salas de aula, marcações no chão para o distanciamento dos alunos e colocação de dispositivos com álcool em gel por diversos pontos.

Etapas – Os alunos da educação infantil, com idade entre 4 e 5 anos, retornam no dia 31 de maio. As crianças do primeiro ciclo final das creches (3 e 4 anos), voltam em 7 de junho. O retorno dos alunos do primeiro ciclo inicial das creches (2 e 3 anos) está previsto para 14 de junho.

A semana que antecede a volta é sempre dedicada ao acolhimento das famílias e alunos. O retorno das aulas das escolas estaduais será definido pelo calendário divulgado pelo Governo do Estado de São Paulo.


| Texto: Paola Zanei
| Fotos: Helber Aggio/PSA

Gostou da nossa matéria “Aulas presenciais em Santo André retornam a partir desta segunda“?

Aulas presenciais em Santo André retornam a partir desta segunda

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Programa Qualieducação lançado em Santo André

Com o objetivo de promover a modernização das unidades da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Santo André está lançando o programa Qualieducação, que irá proporcionar melhorias no ambiente escolar, com reformas, manutenção, informatização e um padrão visual único. A iniciativa prevê também a implementação de novas tecnologias e a humanização do ensino aliada à qualificação dos profissionais da rede.

“A pandemia de Covid-19 nos desafiou a renovar a Educação, implantando tecnologia e novos métodos de aprendizado, capazes de encurtar distâncias e integrar os alunos. E o Qualieducação corrobora este processo. Desde o início, buscamos as melhores alternativas e plataformas utilizadas no Brasil e no mundo para concretizarmos um novo modelo de Educação para a nossa rede”, enfatizou o prefeito Paulo Serra.

O programa foi desenvolvido em três eixos principais: a formação aliada à humanização, o investimento em tecnologia e a manutenção das unidades. Todos os recursos necessários serão oriundos do próprio orçamento da Secretaria de Educação, que já possui contratos ativos (licitações já homologadas) e termos de cooperação sem custos ao município.

Para adequar as escolas à nova rotina que mesclará aulas presenciais com o ensino remoto, foram adquiridos 568 computadores, que já estão instalados em todas as salas de aula de 51 Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental), em três creches (que possuem atendimento para educação infantil) e cinco Centros Públicos de Formação Profissional.

Em junho serão distribuídos tablets para alunos e professores do 4° e 5° ano do ensino fundamental, sendo 7.192 para os estudantes e 293 para os docentes destas turmas. Serão distribuídos ainda 529 tablets para os professores das creches municipais.

Uma parceria com a Microsoft, sem custo para os cofres públicos, possibilitará o acesso dos 33 mil alunos da rede e todos os professores à plataforma Teams, específica para atender as necessidades do universo da educação.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

A plataforma Teams possibilita, por exemplo, que os professores criem salas de aula virtuais, reunindo todos os alunos simultaneamente. A ferramenta permite ainda reuniões com cerca de 300 pessoas, tem opção de armazenamento de dados, entre outras funções.

“A qualificação profissional e humanização do ensino serão prioridades no retorno das aulas presenciais”, destacou a secretária de Educação, Cleide Bochixio. Por isso o Qualieducação proporcionará ações como o curso Trilhas de Formação para o Ensino Híbrido, fruto de uma parceria sem custo com o Instituto Singularidades, que será oferecido a todos os professores para garantir sustentabilidade no processo de ensino e aprendizagem em um novo formato.

Outros exemplos são a parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC) para realização de formação online para professores de alfabetização e para alfabetização matemática. Bem como uma parceria com a Fundação Santo André que possibilitará a oferta de pós-graduação em gestão escolar para os diretores das escolas municipais.

Com foco na humanização da rede, duas importantes ações podem ser destacadas: a oferta de apoio psicoemocional aos profissionais das escolas, e a implementação de atendimento com assistentes sociais para realização de busca ativa de alunos evadidos no período de pandemia e também para apoiar e encaminhar para a rede de apoio as famílias em situação de vulnerabilidade social.

“Esse programa vai muito além da aquisição de equipamentos tecnológicos. Está relacionado, principalmente, ao investimento em pessoas, para que se apropriem das ferramentas para instaurar novas práticas pedagógicas, e assim alcançarem os alunos e promoverem a interação necessária para que as crianças aprendam, as famílias acompanhem e participem do processo, em uma nova prática escolar”, concluiu Cleide Bochixio.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Programa QualieducaçãoNova identidade e manutenção itinerante – As escolas municipais receberão uma nova identidade visual, com padronização de cores, além de manutenção e reformas. As intervenções serão realizadas após vistorias prévias, para que cada unidade receba ações de acordo com a necessidade. As obras de grande porte serão realizadas durante as férias.

A suspensão das aulas presenciais permitiu que as reformas do Qualieducação tivessem início. Ao todo 26 unidades passam por intervenções, sendo 13 Emeiefs, quatro Cesas (Centros Educacionais de Santo André) e nove creches, além do Nanasa (Núcleo de  Natação Adaptada de Santo André), que já teve sua recuperação concluída.

Além disso, três vans totalmente equipadas e com profissionais especialistas em manutenção serão disponibilizadas para atender as mais de cem escolas municipais de Santo André, que serão divididas em regiões para que cada veículo atenda em média 35 escolas, realizando manutenções preventivas e corretivas.

| Texto: Paola Zanei
| Fotos: Angelo Baima/PSA

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Programa Qualieducação lançado em Santo André”?

Programa Qualieducação  lançado em Santo André
Programa Qualieducação lançado em Santo André

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Maio Laranja: Colégio Adventista cria revista interativa para auxiliar alunos

Maio laranja é o mês de alerta a toda a população sobre o combate ao abuso e a exploração sexual infanto-juvenil. Segundo o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, 52% dos casos de violência, abuso ou exploração sexual acontecem dentro da própria casa da vítima e 1 em cada 10 casos é informado às autoridades.

Para incentivar a denúncia e prestar apoio e auxílio aos alunos, o Colégio Adventista passou a trabalhar com a Revista Quebrando o Silêncio Kids e Quebrando o Silêncio Teen, utilizada em conversas e aulas interativas com objetivo de orientar jovens e crianças a como identificar e reagir a qualquer tipo de abuso.

A professora Noeme Santos Gibilisco, da unidade de Mauá criou um espaço na rede Tik Tok para gravar um vídeo educativo para as crianças [hiperlink do vídeo]. “Fiz esse vídeo para mostrar aos alunos de forma lúdica a importância de cuidar do nosso corpo de maneira especial e orientá-los que o respeito não pode faltar”, explica a educadora.

A denúncia de casos de abuso ou exploração sexual pode ser realizada pelo Disque 100. A ligação é gratuita e pode ser feita de forma anônima. O serviço está disponível 24 horas, todos os dias, inclusive fins de semana e feriados.

Gostou “Maio Laranja: Colégio Adventista cria revista interativa para auxiliar alunos”?

Maio Laranja: Colégio Adventista cria revista interativa para auxiliar alunos
Dia do Hamburguer. Foto de Jonathan Borba no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Future Dojo: Exame e ACE se associam em nova escola digital

As empresas se unem em joint venture Future Dojo, que criará cursos voltados ao desenvolvimento de habilidades que mais impactarão a capacidade de inovação das empresas

Uma pesquisa da consultoria McKinsey estimou que 75% das empresas listadas do S&P500 (as principais da Bolsa de Valores americana) vão desaparecer até 2027. Por trás disso está a dificuldade das companhias em acompanhar as mudanças cada vez mais rápidas no comportamento dos consumidores, e nas tecnologias que surgem e escalam com velocidade nunca vista. 

Dados como esse motivaram ACE, uma das principais empresas de inovação do país, e Exame, a mais tradicional publicação de negócios do Brasil, a se unirem em uma joint venture de educação.

As duas se associaram na criação da Future Dojo, uma escola digital com cursos nas áreas de liderança e gestão, inovação, competências do futuro, métodos ágeis e empreendedorismo.

“A missão da Exame transcende o conteúdo jornalístico: é impacto, conhecimento, transformação. Dito isto, educação é um caminho natural da nossa jornada” diz Pedro Thompson, CEO da Exame. “A ACE é o parceiro perfeito para esta aventura: tecnologia, empreendedorismo e ideias fora da caixa são os atributos que vão mudar o mundo e conhecimentos que a ACE certamente possui”, conclui.

A joint venture será comandada por Felipe Collins, sócio da ACE e professor de diversas instituições de ensino, como a ESPM. “A velocidade com o qual o futuro modifica negócios e carreiras está maior do que nunca, e as pessoas ainda não estão preparadas para tal – e isso trava o crescimento delas”, explica Felipe, que também atuou como CMO (Chief Marketing Officer) e Venture Capitalist da ACE antes de assumir a Future Dojo. “Nos inspiramos nos dojos orientais, com aprendizado prático, imersivo e voltado para enfrentar o mundo real, para ensinar as habilidades do futuro que destravam esse crescimento”. 

Future Dojo já nasce com um portfólio de 5 cursos, em formatos ao vivo, gravado e híbridos., em trilhas de aprendizado nas áreas de liderança e gestão, inovação, competências do futuro, métodos ágeis e empreendedorismo. 

  • Inovação na Prática: ensina os 6 Princípios da Inovação criados por Pedro Waengertner em “Inovação Radical”, e conta com depoimentos de AstraZeneca, BTG Pactual, Banco Votorantim e outros;
  • Transformação Ágil: traz de modo prático e aplicável os fundamentos de Scrum, Kanban, Lean Startup e Mindset Ágil, para que o aluno consiga implementar os métodos ágeis e cultura ágil na sua equipe.
  • Liderança Data-Driver: uma formação completa de data science a visão de negócios, passando por criação de metas e análise de KPIs e OKRs. O curso forma profissionais aptos a tomar decisões e guiar a sua empresa com dados. 
  • Decodificando a Cultura: “cultura come estratégia no café da manhã”, disse Peter Drucker. O curso ensina como criar uma unidade coesa de valores, práticas e comportamentos, com Design Cultural e muitos cases.
  • Gestão do Tempo e Produtividade: especialmente em contexto de pandemia. aproveitar melhor o tempo garante maior performance e qualidade de vida. O curso ensina técnicas para abandonar a procrastinação e ser mais produtivo. 

Além destes, também foram realizadas turmas de bootcamps como Imersão Corporate Venture, que reuniu os maiores expoentes da aproximação entre startups e grandes empresas do País, e Bootcamp RH Ágil, que trouxe os fundamentos de agilidade, cultura e tendências para que a área de Recursos Humanos se torne cada vez mais estratégica. 

A lista de oferta será reforçada ao longo dos próximos meses, com o objetivo de possibilitar que profissionais de diversas áreas adaptem suas práticas para os métodos e técnicas utilizados pelas empresas mais inovadoras. Os cursos são disponibilizados para alunos que queiram impulsionar suas performances e carreiras, e também para companhias que desejam treinar os seus colaboradores nas competências do futuro. 

Sobre a Future Dojo

Future Dojo é uma joint-venture formada por ACE, uma das principais empresas de inovação do país, e Exame, a mais tradicional publicação de negócios do Brasil. A escola digital oferece cursos em 5 trilhas de aprendizagem (Métodos Ágeis, Liderança e Gestão, Inovação, Competências do Futuro e Empreendedorismo) conectadas às necessidades e boas práticas das empresas mais inovadoras do mercado. 

Gostou “Future Dojo: Exame e ACE se associam em nova escola digital”?

Future Dojo: Exame e ACE se associam em nova escola digital
Divulgação
Felipe Collins, sócio da ACE e professor

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Cursos com bolsas de estudos no SENAI, em São Bernardo do Campo

O SENAI Almirante Tamandaré (São Bernardo do Campo) está com cursos gratuitos e com direito a bolsas de estudos. Para todas, é necessário comparecimento presencial na unidade, portando documentos e comprovantes solicitados no ato da inscrição.

Os cursos abertos, todos na modalidade presencial, são os de Instrutor de Qualidade, Metrologia Aplicada à Mecânica, Operação de Máquina CNC, AutoCad 3D e Dashboard em Excel.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Quais os requisitos dos cursos?

Instrutor de Qualidade: no mínimo 16 anos de idade e ter concluído o Nível Fundamental.

Metrologia Aplicada à Mecânica: no mínimo 14 anos de idade e ter concluído o Nível Fundamental, além de conhecimentos ou experiências anteriores referentes à Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico.

Operação de Máquina CNC: no mínimo 16 anos de idade e ter concluído o Nível Fundamental. Ainda, ter concluído a qualificação profissional Inspetor da Qualidade ou Operador de Máquina de medir por Coordenadas (Manual) ou Mecânico de Usinagem Convencional ou comprovar conhecimentos e experiências anteriores referentes a esse aperfeiçoamento, adquiridos em outros cursos, no trabalho ou em outros meios informais

AutoCad 3D: no mínimo 16 anos de idade e ter concluído o Nível Fundamental, além de conhecimentos de Informática Básica e AutoCAD 2D adquiridos em outros cursos, no trabalho ou em outros meios informais

Dashboard em Excel: no mínimo 16 anos de idade e ter completado a 5ª série/ano do Nível Fundamental, comprovar conhecimentos e experiências anteriores referentes à Excel adquiridos em outros cursos, no trabalho ou em outros meios informais

Como ter direito a bolsas de estudos?

No ato da inscrição, deve apresentar comprovantes, indicando renda per capita igual ou menor que 1,5 (um e meio) salário mínimo federal, o que corresponde atualmente a R$ 1.567,50, não ser bolsista em outro curso no SENAI-SP e corresponder aos requisitos exigidos para os cursos (acima descritos)

Como se candidatar?

Interessados devem comparecer na unidade, localizada na Avenida Pereira Barreto 456, no Centro de São Bernardo do Campo/SP. Em caso de dúvidas (não há inscrição sem ser presencialmente), há os contatos Telefone: (11) 4331-6050 e e-mail:senaitamandare@sp.senai.br.

Após se inscrever, poderá acompanhar o processo seletivo em http://bolsa.sp.senai.br. Para estes cursos, há apenas a modalidade com bolsas de estudos. Confira em sbc.sp.senai.br/cursos/11/4312/bolsas-de-estudo?bolsa=true informações sobre horários, vagas e conteúdo. Para outros cursos em geral confira em https://sbc.sp.senai.br.

OBS: Apenas divulgamos as vagas, não solicitamos nenhum dado pessoal ou currículo. Nos canais abaixo compartilhamos mais publicações sobre vagas, NUNCA exigimos cadastro no Jornal Grande ABC. Responsabilidade das ofertas é por parte dos contratantes.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Mais Vagas no Grande ABC

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Gostou da nossa matéria “Cursos com bolsas de estudos no SENAI“?

Cursos gratuitos com bolsas de estudos no SENAI

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Mackenzie cresce na modalidade a distância e destaque para o presencial

Chat e WhatsApp, utilizados pela primeira vez pela instituição na captação, foram responsáveis pela melhoria do relacionamento em toda a jornada do potencial aluno, Mackenzie cresce na modalidade a distância.

Na contramão do atual cenário do setor de educação superior, conseguindo atingir a mesma meta de 2020 na captação de novos alunos para a graduação presencial, o Mackenzie comemora a estabilidade do momento. Para que obtivesse esses resultados, a Instituição contou com os serviços da Persone Educação (https://persone.com.br/), birô de vendas especializado em conversões de matrículas.

A performance do setor em 2021 sente as consequências da pandemia do novo coronavírus, que atingiu o mundo há mais de um ano. O cenário atual é de queda no índice de alunos ingressantes em faculdades particulares, com uma redução estimada em 13%, comparado ao ano passado, segundo dados do Semesp, divulgados no final de março.

Diante do cenário, a instituição conseguiu não só manter a estabilidade para os cursos de graduação presencial, mas também se destacar nos cursos de pós-graduação a distância. “Entendemos que o fato de mantermos a conversão para graduação presencial, muito parecida com a do ano passado, foi uma grande conquista. A atuação da Persone com as ferramentas de Chat, WhatsApp e telefonia, bem como a gestão dos processos e indicadores utilizando as tecnologias adquiridas pela instituição, contribuíram para que o Mackenzie não só mantivesse, mas melhorasse, a performance na captação de novos alunos”, conta Mariana Alves de Miranda, coordenadora de marketing do Mackenzie.

“Ainda estamos trabalhando junto com o time do Mackenzie para finalizar a automação dos processos que estão suportados pelo CRM, adquirido pela instituição, porém, já é possível identificar uma significativa melhora na gestão dos dados e processos, o que permite o aumento da produtividade, eficiência e controle. E, acima de tudo, procuramos proporcionar aos candidatos uma experiência de atendimento diferenciada, com uma equipe de vendas que atua com uma abordagem consultiva, o que gera engajamento e fortalece o relacionamento com os potenciais alunos”, explica Helen Toyama, CEO e fundadora da Persone Educação, sobre os resultados obtidos.

A tecnologia é um dos pilares na automação e conversão de leads, fundamental para otimizar o processo de captação de novos alunos. Paralelo a isso, é importante ressaltar que a tecnologia é suportada pela definição e implantação de processos, bem como um time qualificado e treinado para utilizá-la.

Em uma comparação com o cenário antes da pandemia, a coordenadora de marketing explica os ganhos com a parceria. “Expandimos a atuação e atenção despendida ao lead, assim como o retorno às necessidades apresentadas por meio das ferramentas de Chat, WhatsApp e formulários, melhorando o relacionamento e o acompanhamento do potencial aluno em toda a sua jornada”.

Além do investimento em tecnologia e aposta em uma empresa que não só fizesse o atendimento aos futuros alunos, mas também que agregasse valor ao negócio, o Mackenzie também teve que traçar rotas e dar andamento a algumas estratégias no que tange ao ensino, como: adquirir plataformas digitais altamente preparadas para as aulas de graduação e pós-graduação, para fornecer aulas on-line ao vivo, com diversas possibilidades de interação, também aumentou a capacidade dos servidores e capacitou o corpo docente, para melhor utilização da tecnologia, além de outras iniciativas.

Sobre o Mackenzie

O Mackenzie é uma instituição centenária construída sobre os pilares da educação, da confessionalidade e da filantropia. Nascido em 1870, já se baseava no ensino de qualidade, sem fazer distinção entre as pessoas e suas origens, investindo no ser humano de maneira integral.

Sua visão cristã reformada permite educar e cuidar das pessoas, criadas à imagem de Deus, para o exercício pleno da cidadania. Voltado para as ciências humanas e divinas, o Mackenzie está comprometido com a responsabilidade social, ambiental, e em constante busca da excelência acadêmica e de gestão.

Hoje, o Mackenzie atua em cinco estados brasileiros e conta com uma infraestrutura crescente, que atende pessoas desde a educação básica até o ensino superior, atuando também na área da Saúde, por meio de hospitais, na Agropecuária e ensino profissionalizante, por meio de suas escolas técnicas e fazenda-escola.

Para cumprir sua missão de cuidado e educação integral, o Mackenzie sempre teve o esporte como uma de suas bases, carregando desde sua origem nomes de destaque em diversas modalidades, e expandindo ano a ano os investimentos em atletas olímpicos e paralímpicos. O esporte é parte da história do Mackenzie, e o Mackenzie é, sem dúvida alguma, um protagonista na história do esporte.

Em seu projeto estratégico de expansão, a Instituição traçou novos rumos, que permitiram ao Mackenzie alcançar novas cidades e estados brasileiros, contando agora com dois hospitais, uma faculdade de medicina, além das escolas técnicas e fazenda-escola, reforçando ainda mais sua atuação na área da Saúde, Agropecuária e Educação. Para além do preparo de profissionais, o Mackenzie se preocupa integralmente com pessoas.

Sobre a Persone

Empresa de soluções em atendimento e vendas, formada por profissionais que atuam há mais de 18 anos nos segmentos de Tecnologia e Educação, fornece consultoria e outsourcing de processos, sistemas e equipe de vendas.

A Persone dispõe de uma equipe especializada em implantação, gestão e execução de operações de vendas, retenção, relacionamento e atendimento ao cliente.

Utilizando as mais diversas tecnologias – sistemas de CRM, CTI, chat, chatbot, inbound, BI, e-mail marketing, SMS e WhatsApp, a Persone executa o processo de vendas do início ao fim.

Gostou da nossa matéria “Mackenzie cresce na modalidade a distância e destaque para o presencial“?

Mackenzie cresce na modalidade a distância e destaque para o presencial
Mackenzie cresce na modalidade a distância e destaque para o presencial. Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

O Museu é Nerd! é destaque da programação de maio do MM Gerdau

Principal destaque da programação do mês, que será realizada nos dias 19, 20 e 21 de maio, O Museu É Nerd integra as atividades propostas pelo MM Gerdau para a 19ª Semana Nacional de Museus pelo Ibram.  A proposta é reverberar a temática nerd em diálogo com o recorte curatorial do museu por meio de atividades como bate-papos, workshop, exposições, concurso de cosplay, K-pop, RPG, Games, HQs, além de um inédito e inovador Artist’s Alley virtual

A cada atividade cultural proposta pelo MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, o espaço busca, ao máximo, promover discussões teóricas e atividades práticas a fim de pensar o museu que se virtualiza e cria novas relações com outros campos e esferas. É a partir desta premissa que o MM Gerdau realiza o Museu É Nerd – iniciativa que integra a programação do museu desde 2017 – nos próximos dias 19, 20 e 21 de maio. Este ano a ação faz parte da 19º Semana Nacional de Museus pelo Ibram, que, em 2021,dialoga com o tema geral proposto: “O futuro dos museus – recuperar e reimaginar”.

Agora, em maio de 2021, a intenção é incentivar a discussão e a troca (por meio de atividades como apresentações de cosplay, K-pop, RPG, games, HQs, feira, espaço para jogos, bate-papo, workshops, exposições, etc) entre um universo que já nasce imerso no imaginário science fiction (sci-fi),  e espaços museológicos, já que, na suspensão de atividades físicas, o tecnológico, o digital e o ficcional, passam a ser também uma expansão de olhares para as constituições dos museus.

As conversações propõem, também, um paralelo interessante entre o surgimento do universo nerd no fim dos anos 30 – com a criação de Superman (1938) e Batman (1939) para os quadrinhos – e sua relação com o contexto pós-Revolução Industrial, da mesmo forma como, em 2021, a digitalização e a virtualização da vida se tornaram as questões temporais que imergem o mundo geek em um futurismo centenário de temas como universos ampliados e estendidos, NFT – arte digital e cryptoart, preload de games e animação, The GDMC Competition.

Todos estes temas e recortes serão discutidos e condutores para as atividades que contam com nomes como Carlos Fraiha, animador brasileiro indicado ao Oscar de animação com o filme “Os Guardiões da Galáxia” com os criadores do game brasileiro “Lampião Verde – A maldição da botija”, de Campina Grande, com o professor Claus Aranha da Universidade de Tsukuba, no Japão, e com o professor Gabriel Menotti, da Queen’s University, Canadá. Esses são alguns dos convidados para a construção de diálogos entre o universo nerd e o futuro dos museus.

Todas as atividades são gratuitas e serão realizadas de forma 100% online, uma vez que o museu segue com todas as ações em âmbito virtual como medida de combate à pandemia do COVID-19.

PROGRAMAÇÃO / O MUSEU É NERD:

Trilha: “Universos estendidos e ampliados” – 19/05

– 19/05, às 10h: “The GDMC Competition – A Inteligência Artificial e a experiência Minecraf” com Prof. Claus Aranha | Universidade Tsukuba (JP)

O Museu é Nerd! é destaque da programação de maio do MM Gerdau - Museu das Minas
MM Gerdau/Divulgação Claus Aranha – Universidade Tsukuba – O Museu é Nerd!

Transmissão ao vivo no canal do YouTube do Museu, com tradução em LIBRAS.

Mediação: Rangel Soares

Sinopse da atividade: Entre 2020 e 2021, o mundo mergulhou no metaverso; saímos dos encontros presenciais para encontros virtuais; a Realidade Estendida (XR-Extended Reality) passou a fazer parte de nossos dias; os vários lugares de uma realidade ficcional nos provocou a intensificação dos usos da tecnologia para a vivência em experiências com interfaces computacionais baseadas em Realidade Aumentada (AR-Augmented Reality), Realidade Virtual (VR-Virtual Reality) e Realidade Mista (MR-Mix Reality). É provável que, se você fez uma visita aos museus nos últimos anos, óculos de Realidade Virtual estiveram presentes para garantir sua imersão na obra. Quantos filtros AR você usou no Instagram? Já parou para pensar? As conferências de tecnologia ou os megas shows de música trouxeram a AR para a sala da sua casa, podendo, em um futuro próximo, acelerar a possibilidade de outras experiências coletivas – da arte à ciência. A trilha Universos estendidos e ampliados se inicia com a apresentação do professor da Universidade de Tsukuba – Japão, o maranhense Claus Aranha, que orienta alunos sobre o uso da Inteligência Artificial na competição de Design Generativo no Minecraft – The GDMC Competition (Generative Design Competition in Minecraft). O design generativo tem na tecnologia a relação de criação conjunta, e, através de algoritmos, a capacidade criativa é expandida. A competição tem auxiliado no desenvolvimento de novas possibilidades para se pensar o planejamento urbano, e o jogo Minecraft é a base para a criação.

Convidado: Claus Aranha | Universidade Tsukuba (JP)

Claus Aranha se formou na UNICAMP e hoje é professor na Universidade de Tsukuba, Japão. Sua pesquisa é focada em Vida Artificial, Evolução Computacional e Inteligência Artificial para jogos como Lobisomem e Minecraft. Nas horas vagas, gosta de participar de Game Jams.

Mediação: Rangel Sales | Docente UNI-BH e Doutorando na Escola de Design – UEMG (BR)

Docente no Centro Universitário de Belo Horizonte – UniBH desde 2010, atua profissionalmente nas áreas de design gráfico e editorial. Seus interesses acadêmicos são comunicação, educação e museologia. Tem experiência profissional em coordenação acadêmica, docência e pesquisa em design. É graduado em Comunicação Social, especializado em Projetos Editoriais e é Mestre em Educação Tecnológica. Atualmente, dedica-se à pesquisa, para doutoramento em Design, intitulada: “Do imaginário ao representativo: a atuação do design emocional na concepção dos espaços museais da hipermodernidade” no programa de Pós-Graduação em Design da Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG, sob orientação da Profa. Dra .Marcelina das Graças de Almeida.

14:30   Visita Virtual Mediada – “Entre Blocos e Picaretas: uma visita craftada”

(ação educativa do MM Gerdau por meio das plataformas Zoom ou Meeting, traduzida em LIBRAS)

“Entre Blocos e Picaretas: uma visita craftada” é um convite para uma aventura virtual pelo Museu, inspirada nos modelos de mundo aberto à maneira de alguns jogos contemporâneos e, mais especificamente, ao Minecraft, criado por Markus Persson. Enquanto estiverem “logados” conosco, os visitantes serão estimulados a explorar o ambiente, conhecer suas características e a descobrir minerais presentes na produção tecnológica. Ao longo dessa jornada o visitante poderá refletir sobre as potencialidades dos jogos virtuais e suas conexões entre diferentes mundos.

Inscrições individuais:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfdSZ-ZgVVYxN9HC_mDmO2TRUrz66aAa0gMf6UbRDufFh32Jg/viewform

Inscrições para grupos pelo e-maileducativomm@mmgerdau.org.br

– 19/05, às 19h: “Museu sem Paredes”, com Prof. Gabriel Menotti | Queen’s University (CA)

Transmissão ao vivo no canal do YouTube do Museu, com tradução em LIBRAS.

Hervan Rossi Gabriel Menotti / Queen’s University – O Museu é Nerd!

Mediação: Karla Danitza

Sinopse da atividade: Na mesma trilha, professor assistente em curadoria e imagem em movimento na Queen’s University, em Ontário, Gabriel Menotti, antecipa as conexões da semana: ele apresenta o projeto “Museus sem Paredes” realizado em parceria com o Museu de Artes do Espírito Santo – MAES, com o apoio do Social Sciences and Humanities Research Council do Canadá e da Agnes Etherington Art Centre, Canadá. O encontro é um convite para se pensar que futuro há no presente da virtualização das realidades.

Convidado: Prof. Gabriel Menotti | Universidade Federal do Espírito Santo (BR)

Gabriel Menotti é pesquisador e curador independente, atuando em diversas formas de cinema. Atualmente trabalha como professor assistente em curadoria e imagem em movimento na Queen’s University, em Ontário. É autor e organizador de diversas publicações sobre imagem e tecnologia lançadas no Brasil e no exterior. Seu livro mais recente é “Practices of Projection: Histories and Technologies” (Oxford University Press, 2020), co-editado com Virginia Crisp. Coordena a rede de pesquisa e festival Besides the Screen.

– 19/05, às 20h /  “NFTs e CryptoArt, a Arte em um universo intangível e não fungível”, com Mônica Rizzoli e Shima Hirokazu Shimabukuro (BR)

Transmissão ao vivo no canal do YouTube e na Twitch TV do Museu, com tradução em LIBRAS.

Acervo pessoal Shima Hirokazu Shimabukuro – O Museu é Nerd!

Mediação: Shima Hirokazu

Sinopse da atividade: Os debates do dia se encerram com a mais recente discussão sobre mercados, propriedade intelectual e autenticidade na produção artística arquivada no digital: o NFT – Non-Fungible Tokens, tokens não fungíveis ou bens de dados únicos. NFTs e cryptoart ganharam força nos últimos meses e têm provocado controvérsias sobre sua efetividade como geração de recursos, visto que usa criptomoedas, como a Ethereum ou a mais conhecida, a Bitcoin, para compra e venda de obras de arte no universo intangível e, agora, não fungível do digital.

Convidada: Mônica Rizzoli | Artista Plástica (BR)

Monica Rizzolli é artista-programadora, estudou no Instituto de Artes da UNESP e na Kunsthochschule Kassel (Alemanha). Participou de projetos internacionais como MAK Center Artists and Architects (EUA), Creatives in Residence (China), Sweet Home (Espanha) e A.I.R. DRAWinternational (França). Recebeu o prêmio MAK Schindler, do MAK – Museum of Applied Arts Vienna. É co-fundadora da Noite de Processing e co-organizadora do Processing Community Day São Paulo de 2019, evento anual da Processing Foundation. É sócia da type foundry Just in Type e do estúdio de design Contrast – programação, tipografia e design.

Mediador: Shima Hirokazu Shimabukuro (BR)

Shima (São Paulo, 1978), vive e trabalha em Belo Horizonte/MG. É artista, pesquisador e professor em artes visuais formado em Desenho Industrial e pós-graduado em Gestão Cultural Contemporânea. Sua produção artística envolve performances, instalações, intervenções urbanas, audiovisuais, pinturas, desenhos e fotografias. Coordena o Espaço Efêmero, em Carrancas/MG e orienta artistas na construção de ferramentas para gestionar a carreira. É chef executivo no bistrô A Casa da Agnes e Designer na Agência New Friends on the Block, voltado para o mercado de Blockchains. Recentemente ingressou no mercado das NFT e participa da criação da comunidade CryptoArtBr e da 1ª Exposição Brasileira de CryptoArt. http://www.shima.art.br

– 21h / “Streaming Games – Among us com Canal RZero, GM Station Oficial, Capitão Serket (BR)”

Onde: Na Twitch TV do MM Gerdau

Mediação: Organizadoras do Museu é Nerd

Streamers Convidados:

– canal_rzero: Raphael Zero, carioca que mora em SP, ótimo em piadas ruins e fazer rimas aleatórias. Fã de JRPGs, RPGs Táticos, Roguelikes, Metroidvanias, indies e jogos de aventura.

– gmstation: George, cosplayer, editor de vídeo, criador de conteúdo e streamer na GM Station. Paulistano de nascimento, atualmente mora em BH. Curte jogos de RPG, de aventura, mundo aberto e plataforma. Gosta de focar na exploração do enredo e aproveita a aventura para conhecer mais sobre a obra, suas ligações e referências.

– capitaoserket: Felipe Cássio, conhecido como Serket, é streamer e cosplayer, especializado em Legends of Runeterra, Magic e League of legends. Aos 27, é atualmente o maior streamer de Legends of Runeterra do Brasil.

Organizadoras e apresentadoras do Museu é Nerd:

– Melânya Fiaux (Mel) é professora de inglês, tradutora, atriz e dubladora. É cosplayer desde 2006 e trabalha apresentando eventos em Belo Horizonte e região desde 2013. Melânya faz parte da equipe organizadora do “Museu é Nerd” desde sua primeira edição.

– RachAsakawa: Rachel é cosplayer desde 1999, apresentadora de palcos desde 2004, assim como juíza e organizadora de concursos em diversos eventos pelo país. Também conhecida por seu trabalho de cosplay e fotografia junto de sua esposa Rizzy, formando o time Praia de Concreto, nome também do canal de streaming da dupla.

– Rayara Eckhardt, ou Rizzy, como é conhecida nas redes sociais, é fotógrafa e cosplayer há aproximadamente 8 anos. Já participou e venceu diversos concursos cosplays e hoje é organizadora/jurada de concursos cosplays.

– Vitória Barros, conhecida também como Vii Princess, se dedica há 11 anos à divulgação da moda japonesa como coordenadora do grupo Moda Harajuku MG. Nesse tempo, já passou por Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba representando o grupo e palestrando sobre o estilo de Harajuku. Antes disso foi cosplayer desde os 13 anos de idade, e desde os 18 participa da organização de eventos dedicados à cultura pop japonesa no estado de Minas Gerais. 

Trilha: Universos Nerd – 20/05

Sinopse da atividade: Já em sua 5ª edição, o Museu é Nerd tem a intenção de aproximar o público nerd do Museu das Minas e do Metal. Ele compõe a trilha que traz workshop, concurso e feira. Do universo recente do K-pop à feira no estilo Artist’s Alley dos grande eventos nerd, quatro garotas nerds, Mel, Rach, Ray e Vic fazem um convite aos cosplayers, gamers, streamers, dubladores e um professor de língua japonesa para a exibição de uma programação diversa. Entre os convidados estão a campeã nacional e jurada da CCXP – Comic Con Experience, Thais Yuki, Júlio Shirou – vencedor da CCXP 2019 e Nando Grey, representante do Brasil no Mundial de Cosplay WCS (World Cosplay Summit).

O Museu é Nerd! é destaque da programação de maio do MM Gerdau - Museu das Minas
Thais Yuki /Divulgação Cosplay Mulher Gato – Thais Yuki – O Museu é Nerd!

– 20/05, às 15h: Workshop – K-Pop com Giulia Chan (BR)

Duração: 1h

Canal: Zoom

Quantidade de participantes: 20

Faixa Etária: livre

Inscrições pelo Sympla

Sinopse da atividade: O k-pop se popularizou nos últimos anos, puxados pela popularidade de ídolos que alcançaram fama internacional como Psy – Gangnam Style, Black Pink e BTS. As coreografias elaboradas fazem sucesso com o público. Oficina de introdução aos passos de dança K-Pop.

Professora: Giulia Chan é professora de Kpop há 4 anos e acompanha o estilo musical desde 2014!  Se dedica à dança há aproximadamente 9 anos, tendo feito aulas de jazz e danças urbanas. Atualmente faz parte de um grupo cover de Kpop chamado B&W Dance Crew.

Acervo pessoal Giulia Chan

– 20/05, às 16h: Workshop – Cosplay com Thaís Yuki (BR)

Duração: 1h

Quantidade de participantes: 20

Faixa Etária: 16+

Canal: Zoom
Inscrições pelo Sympla

Sinopse da atividade: A campeã nacional e jurada da CCXP Thais Yuki ministra uma oficina de cosplay ao vivo, ensinando técnicas de construção de acessórios com a oficina de elaboração de circuito de LED para iluminar armaduras e outros props.

Sobre Thaís Jussimmais conhecida como Yuki Lefay, é uma referência do cosplay nacional. Durante anos venceu diversos concursos em todo o país, e foi  representante brasileira no WCS Japão. Cenógrafa, figurinista, maquiadora profissional e produtora atuante principalmente no mercado publicitário e de eventos, também é sócia da Cosplay Art, empresa responsável pela organização e curadoria das atividades de cosplay dos maiores eventos do país. Frequentemente convidada a participar e julgar concursos em grandes eventos por todo o mundo, Yuki conta com mais de 70 cosplays realizados, e diversos títulos acumulados. Por sua vasta experiência e conhecimento nas mais diversas áreas do cosplay, é jurada de concurso de cosplay e consultora em eventos como CCXP, BGS, GameXP, Geek City, entre outros.

– 20/05, às 18h: Bate Papo – Dublagem em filmes, games e animações com Melânya Fiaux e Luciano Vivacqua (BR)

Transmissão ao vivo no canal do YouTube e Twitch TV do Museu, com tradução em LIBRAS.

Sinopse da atividadeA dublagem é umas das principais profissões ligadas ao entretenimento e que desperta muita curiosidade entre os fãs de jogos, filmes e animações. Na live, os dubladores profissionais Melânya Fiaux e Luciano Vivacqua contam mais sobre a profissão, como se tornar um dublador e técnicas de dublagem.

Convidados:

– Luciano Vivacqua é Bacharel em Literatura pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP, 2003) e Ator pelo Centro de Formação Artístico e Tecnológico (CEFART, 2006). Dublador e diretor de dublagem há mais de dez anos, Luciano tem seus trabalhos como dublador e voice over exibidos em canais como SBT, HBO, AMC, Netflix, Paramount, Studio Universal, National Geografic, entre outros. Como diretor de dublagem, já contabilizou mais de uma centena de filmes dirigidos em versão brasileira, desde voice over, passando por desenhos animados, séries, longas e curtas metragens. 

– Melânya Fiaux (Mel) é professora de inglês, tradutora, atriz e dubladora. É cosplayer desde 2006 e trabalha apresentando eventos em Belo Horizonte e região desde 2013. Melânya faz parte da equipe organizadora do “Museu é Nerd” desde sua primeira edição.

– 20/05, às 19h30 – Premiação – Concurso Cosplay (BR)

Informações sobre regras de participação e premiação serão informadas no Instagram do MM Gerdau – Em breve

Transmissão ao vivo no canal do YouTube e Twitch TV do Museu, com tradução em LIBRAS.

Jurados: Paula Kamei (jurada do WCS Belo Horizonte), Júlio Shirou (vencedor da CCXP 2019) e Nando Grey (representante do Brasil no Mundial de Cosplay WCS).

Bios jurados:

– Júlio Shirou (BR): Júlio César, cosplayer mineiro, conhecido no meio cosplay como “Shirou” e praticante do hobby desde 2007. A parte que mais gosto do cosplay é o play (performance), representar uma cena em palco retratando meus personagens favoritos. Sou também apaixonado pela criação artística de props para cosplay das mais diversas técnicas, formas e materiais. Os trabalhos que mais me inspiram estão diante do cenário competitivo pois posso atrelar o amor ao cos e ao play de maneira completa.

– Nando Grey (BR): Cosplayer desde 2010, 4 vezes finalista do world cosplay summit Brasil, e campeão brasileiro em 2014, representando o Brasil no Japão em 2015. Além de competidor, também atua como jurado desde 2014, tendo integrado o júri de dezenas de concursos em diversos estados brasileiros.

– Paula Kamei (BR): Olá, sou Kamei, sou cosplayer e frequento eventos geek desde 2008. Com o passar dos anos aprendi a produzir meus cosplays, costurar, fazer props, estilizar perucas, maquiagem e muito mais. O hobby me ajudou tanto pessoalmente como profissionalmente, trabalhei em muitos eventos e ações como cosplayer. Fico muito feliz de ser novamente convidada pelo O Museu é Nerd para ser júri do concurso cosplay!

Trilha: Preload – 21/05

Recorte curatorial: Em jogos, o game preloading é a possibilidade de se realizar a descarga/download dos jogos antes de eles estarem disponíveis. No Preload da Semana Nacional de Museus,  jogo e animação são partes da reflexão sobre o futuro dos museus. Em um universo de realidades estendidas e ampliadas, a virtualização e a digitalização são também a gamificação das artes, das ciências e da vida? Há mais de oitenta anos o historiador Johan Huizinga escreveu sobre o homem e o jogo. Em seu livro Homo ludens: o jogo como elemento da cultura (1938), ele fala sobre o homem que transcende o sapiens, o faber e passa a ser ludens. Para o historiador “é no jogo e pelo jogo que a civilização surge e se desenvolve”.

– 21/05, às 14h30: Workshop – Japonês com Tsuyoshi (BR)

Sinopse da atividade: O professor do Centro de Língua Japonesa de BH, Tsuyoshi, apresenta uma aula online em que ensina o básico da língua japonesa para os participantes. Exibição de trechos curtos, de menos de 20 segundos, de animações japonesas e páginas de quadrinhos para contextualização da aula.

Duração: 1h

Canal: Zoom

Quantidade de participantes: 20

Faixa Etária: 13+

Inscrições pelo Sympla

Professor: Renato Tsuyoshi é professor de língua japonesa há 12 anos, tendo atuado na escola modelo de língua japonesa de Minas Gerais e é um dos fundadores do Centro de Língua Japonesa de Belo Horizonte. Em 2014 foi para o Japão como bolsista do programa JICA para formação de professores de japonês. Suas aulas tem como foco a cultura japonesa associada ao aprendizado da língua.

– 21/05, às 16h – Ceci n’est pas une mouche – Isto não é uma mosca, com Carlos Fraiha (CA)

Mediação: Karla Danitza

Transmissão ao vivo no canal do YouTube e Twitch TV do Museu, com tradução em LIBRAS.

Sinopse da atividadeCeci n’est pas une mouche – Isto não é uma mosca, traz um bate papo sobre a animação que conta o percurso do belo-horizontino Carlos Fraiha, animador profissional desde 2008. Ceci n’est pas une mouche – Isto não é uma mosca talvez seja uma aventura sobre o imaginário nos museus. Carlos integrou a equipe vencedora do Oscar de efeitos especiais de 2017, por Mogli: o menino lobo. Em 2021 concorre ao Oscar com A Caminho da Lua como melhor longa de animação.

ConvidadoCarlos Fraiha é animador profissional desde 2008, com passagem por alguns dos principais estúdios do mundo na área, como a Industrial Light & Magic e Weta Digital. Atualmente faz parte da equipe de animação da Sony Pictures Imageworks, no Canadá. Entre seus trabalhos estão os filmes Guardiões da Galáxia, Vingadores: Guerra Infinita, Mogli, O Hobbit, Planeta dos Macacos: A Guerra, Jurassic World: Fallen Kingdom, e o longa de animação A Caminho da Lua.

– 21/05, às 18h – Mundo acessível com Christian Bernauer | AbleGamers (BR) + Lucas Ramon | Educativo MM Gerdau

Mediação: Mateus Nogueira

Transmissão ao vivo no canal do YouTube do Museu, com tradução em LIBRAS.

Sinopse da atividade: Em preload, a acessibilidade e a inclusão são discutidas em colaboração com a AbleGamers, que trata especificamente do desenvolvimento de suportes para atendimento às diversidades das Pessoas com Deficiências. Nesse encontro, o museu lança o seu Librário Digital, um jogo de libras que ensina a todos a Língua Brasileira de Sinais – LIbras.

ConvidadoChristian Bernauer | AbleGamers (BR) | Representante da AbleGamers no Brasil, instituição que há mais de 15 anos atua para tornar videogames mais acessíveis para pessoas com deficiência (PcD). Desde 2017 organizando eventos para arrecadar fundos para a AbleGamers e discutindo o tema de acessibilidade em videogames. Ex-apresentador do Xbox Drops e Sextou Xbox, programas do canal oficial de Xbox Brasil no Youtube. Ex-redator no blog Nós Nerds. Idealizador da campanha Rod In Brazil, que mobilizou a comunidade de Xbox para trazer Rod Fergusson, diretor da franquia Gears of War para a BGS 2018.

ConvidadoLucas Ramon – Educativo MM Gerdau | Lucas Ramon é cartunista e surdo brasileiro. Apresentou desenhos no Festival Internacional de  Quadrinhos em 2015 sobre os Três Patetas Surdos. Após este evento passou a ministrar palestra em quase todos os estados no Brasil com o mesmo tema. Aos 25 anos de idade, se profissionalizou em desenho, curso ofertado pela Casa dos Quadrinhos, em Belo Horizonte, onde conheceu o mundo das histórias em quadrinho e animação Cartoon Network, onde se apaixonou. O livro “Três Patetas Surdos” foi lançado no Bienal Minas Gerais em 2016. Lucas também fez exposição de seus desenhos na Gibiteca de Curitiba; deu entrevistas para emissoras de TVS Rede Minas, Record e outras; foi convidado para participar do dia dos quadrinhos em Belo Horizonte-MG (2016, 2017 e 2018), e lançou o livro “Os Dinossauros Sobrevivem”, que até 2021 já alcançou 1720 unidades vendidas.

– 21/05, às 19h – Sertão Profundo e o game brasileiro “Lampião Verde – A maldição da botija” com Rubem Medeiros

Mediação: Luciano Jorge

Transmissão ao vivo no canal do YouTube do Museu, com tradução em LIBRAS.

Sinopse da atividade: Nascido em Campina Grande, na Paraíba – “Lampião Verde – A maldição da botija” é um jogo brasileiro inspirado no herói Lanterna Verde. O game é um passeio pelas culturas nordestinas do sertão e os imaginários nas histórias de Lampião. Em um pequeno trecho sobre o desenvolvimento, que a turma do Narsvera mantém updates sobre o processo de criação, há indicações dos caminhos do que veremos no game. Já Sertão Profundo é um jogo de ação e aventura ambientado num universo fantástico inspirado no imaginário da cultura nordestina. Com jogabilidade que conta com exploração, combates e puzzles, o jogo conta a história de um Lampião moribundo que vai entrar nesse novo mundo e tentar refazer seu bando enquanto lida com seu passado de terror.

Convidados:

– Rubem Medeiros | Sertão Profundo (BR) | Rubem Medeiros é graduado e mestre em Engenharia Elétrica, tendo também cursado Composição Musical. Além de professor na área de Computação e presidente da Associação Paraibana de Games, atua principalmente como diretor no estúdio Narsvera, desenvolvendo jogos e aplicações interativas com viés mais artístico e cultural.

  • Luciano Jorge (BR) | Professor da rede pública de Belo Horizonte e do Estado de Minas Gerais. Luciano também é membro do Observatório da Discriminação racial no Futebol e contribui com o Jornal Empoderado. Seus trabalhos passam pelo Ensino da Educação Física, mundo nerd, futebol e questões raciais e temas correlatos

AGENDA – SEMANA NACIONAL DOS MUSEUS – O MUSEU É NERD

TRILHAS

Universos estendidos e ampliados

Quarta-feira, dia 19 de maio

10:00  The GDMC Competition – A Inteligência Artificial e a experiência Minecraf  – Prof. Claus

Aranha | Universidade Tsukuba (JP) – Transmissão ao vivo no canal do YouTube do Museu, com tradução em LIBRAS.

14:30   Visita Virtual Mediada com o Educativo – Entre Blocos e Picaretas: uma visita craftada – Plataformas Zoom ou Meeting, com tradução em LIBRAS.

19:00  Museu sem Paredes – Prof. Gabriel Menotti | UFES (BR-CA) –  Transmissão ao vivo no canal do YouTube do Museu, com tradução em LIBRAS.

20:00  NFTs e CryptoArt, a Arte em um universo intangível e não fungível – Mônica Rizzoli e Shima Hirokazu Shimabukuro (BR) –Transmissão ao vivo no canal do YouTube e na Twitch TV do Museu, com tradução em LIBRAS.

21:00  Streaming Games – Among us com Canal RZero, GM Station Oficial, Capitão Serket (BR) – Na Twitch TV do MM Gerdau

Universo Nerd e cosplays

Quinta-feira, dia 20 de maio

15:00  Workshop – K-Pop com Giulia Chan (BR) – Plataforma Zoom

Inscrições:https://www.sympla.com.br/workshop—k-pop-com-giulia-chan-br__1211101

16:00  Workshop – Cosplay com Thaís Yuki (BR)- Plataforma Zoom

Inscriçõeshttps://www.sympla.com.br/workshop—cosplay-com-thais-yuki-br__1211140 

18:00  Bate-papo – Dublagem em filmes, games e animações com Melânya Fiaux e Luciano

Vivacqua (BR) – Transmissão ao vivo no canal do YouTube e Twitch TV do Museu, com tradução em LIBRAS.

19:30  Premiação – Concurso Cosplay (BR) – Transmissão ao vivo no canal do YouTube e Twitch TV do Museu, com tradução em LIBRAS.

Preload

Sexta-feira, dia 21 de maio

14:30  Workshop – Japonês com Tsuyoshi (BR) –  Plataforma Zoom

Inscrições: https://www.sympla.com.br/workshop—japones-com-tsuyoshi-br__1211165 

16:00  Ceci n’est pas une mouche – Isto não é uma mosca com Carlos Fraiha (CA) – Transmissão ao vivo no canal do YouTube e Twitch TV do Museu, com tradução em LIBRAS.

18:00  Mundo acessível com Christian Bernauer | AbleGamers (BR) + Lucas Ramon – Educativo

MM Gerdau – Transmissão ao vivo no canal do YouTube do Museu, com tradução em LIBRAS.

19:00  Sertão Profundo e o game brasileiro “Lampião Verde – A maldição da botija” com Rubem Medeiros – Transmissão ao vivo no canal do YouTube do Museu, com tradução em LIBRAS.

:: SOBRE O MM GERDAU O MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal ::

 |@mmgerdau |  

MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, integrante do Circuito Liberdade desde 2010, é um museu de ciência e tecnologia que apresenta de forma lúdica e interativa a história da mineração e da metalurgia. Em 20 áreas expositivas, estão 44 exposições que apresentam, por meio de personagens históricos e fictícios, os minérios, os minerais e a diversidade do universo da Geociências.

O Prédio Rosa da Praça da Liberdade, sede do Museu, foi inaugurado em 1897, juntamente com Belo Horizonte. Tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA), o edifício passou por meticuloso trabalho de restauro, que constatou que a decoração interna seguiu o gosto afrancesado da época, com vocabulário neoclássico e art nouveau.  O projeto arquitetônico para a nova finalidade do Prédio Rosa, que já foi Secretaria do Interior e da Educação, foi feito por Paulo Mendes da Rocha e a expografia, que usa a tecnologia como aliada da memória e da experiência, foi de autoria de Marcello Dantas.

O MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal é patrocinado pela Gerdau, via lei Federal de Incentivo à Cultura, com o apoio da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM).

Gostou da nossa matéria “O Museu é Nerd! é destaque da programação de maio do MM Gerdau – Museu das Minas“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Santo André abre inscrições para edital emergencial para agentes culturais

A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Cultura, abriu nesta sexta-feira (7) novo edital emergencial para agentes culturais. O objetivo é auxiliar no enfrentamento da pandemia de Covid-19 no setor. O valor total é de R$ 400 mil e os interessados podem realizar as inscrições até o dia 17 de maio.

Serão contratados até 320 proponentes, que receberão R$ 1.250 cada. Podem participar pessoas físicas que sejam trabalhadoras da cultura há pelo menos dois anos e residam na cidade, dentre outros requisitos.

Os selecionados deverão entregar uma atividade cultural, online e inédita nas modalidades Texto, Gravação e Imagem. As linguagens aceitas incluem artesanato, cultura e comunicação digital, cultura hip hop, culturas tradicionais e/ou populares, gestão cultural, leitura e literatura, patrimônio e memória, gastronomia étnica ou tradicional e artes (artes integradas, circo, dança, música, teatro, artes visuais, audiovisual).

Ampliação – Este é o segundo edital que a Prefeitura de Santo André realiza com recursos próprios no intuito de amparar quem trabalha com cultura na cidade durante a pandemia. Em maio de 2020, ainda no início da fase de isolamento social, a primeira iniciativa foi lançada com valor total de R$ 200 mil.

“Devido ao grande impacto que a pandemia causou no setor cultural, este ano conseguimos dobrar o valor destinado ao Edital Emergencial, aumentando a quantidade de pessoas contempladas e a parcela que cada uma receberá”, explicou a secretária de Cultura, Simone Zárate.

Atendimento online – Para facilitar o entendimento sobre o Edital Emergencial 2021 para Agentes Culturais, a Secretaria de Cultura preparou um calendário de encontros online.

As reuniões de apresentação serão realizadas nos dias 8/5 (sábado), às 18h, 10/5 (segunda-feira), às 19h, 12/5 (quarta-feira), às 16h, e 14/5 (sexta-feira), às 16h, na sala virtual: meet.jit.si/ApresentacaoEditalEmergencial2021.

Já os plantões de dúvidas estarão disponíveis de terça (11/5) a sexta-feira (14/5), das 19h às 21h30, sábado (15/5), das 14h às 17h, e domingo (16/5), das 14h às 20h, na sala virtual: meet.jit.si/PlantaoTiraDuvidasEditalEmergencial2021.

O resultado será divulgado até o dia 31 de maio. As atividades serão veiculadas nas redes sociais dos artistas e no site da agenda ‘Cultura em Casa SA’. O edital completo, ficha de inscrição e calendário de reuniões estão disponíveis em bit.ly/EditalEmergencial2021-CulturaSantoAndre.

Serviço:

Edital emergencial 2021 para agentes culturais

Inscrições: até 17 de maio de 2021.

Mais informações: bit.ly/EditalEmergencial2021-CulturaSantoAndre

| Texto: Daniela Mian
| Fotos: Helber Aggio/PSA

Gostou da nossa matéria “Santo André abre inscrições para edital emergencial para agentes culturais“?

Santo André abre inscrições para edital emergencial para agentes culturais
Foto: Helber Aggio/PSA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Projeto Colhendo Livros espalha livros para serem “colhidos” pelos visitantes dos Centros Culturais

Iniciativa de doação do Projeto Colhendo livros, da Secretaria Municipal de Cultura acontece, em maio nos centros culturais da Penha, Vila Formosa e da Diversidade

Pensando em incentivar a circulação de livros e estimular a leitura, a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) apresenta o projeto de doação de livros Colhendo Livros. Por meio de uma proposta lúdica e descontraída de instalação, na qual os títulos são dispostos através de suspensão pelo espaço, cria-se um ambiente onde o público possa transitar, observar e então colher a história mais compatível com seus interesses e levar para casa. Em maio, a ação chega ao Centro Cultural da Penha, Centro Cultural Vila Formosa e Centro Cultural da Diversidade – em junho, ela continua em outros espaços da SMC.

Tendo em vista o atual cenário de distanciamento social e as normas de segurança e de prevenção à Covid-19, todos os materiais usados no projeto serão devidamente higienizados. Os livros disponíveis na “colheita” estarão expostos em embalagens plásticas para que se mantenham protegidos. A ideia é “plantar” por volta de 40 livros e, ao longo da semana de instalação, serem feitas reposições com novos títulos, a depender do fluxo de colheita. As obras selecionadas são escolhidas de acordo com o estilo do espaço cultural onde acontece a ação e todas são fruto de doações de livros feitas pelas bibliotecas dos próprios centros culturais.

A semente do projeto foi plantada em 2019, quando uma edição piloto aconteceu no Centro Cultural Penha, a partir da ideia das produtoras culturais do espaço Rafaela Ribas e Victória Alves. Uma das motivações fundamentais da ideia era a circulação dos livros que eram doados às bibliotecas pelo público. Através das observações dos Jovens Monitores do espaço, dispor os livros com um aviso de que estavam disponíveis para doação nem sempre conseguia instigar o público a se aproximar, mas sempre que havia alguma ação mais descontraída que, de alguma forma, quebrasse a relação de formalidade com o espaço, constatou-se que os visitantes se engajavam mais.

Programação Maio

Colhendo Livros

Centro Cultural Penha

formato: presencial com 20% da capacidade

Data: De 09/05 a 16/05

horário: 14h00

classificação indicativa: Livre

duração: 120 minutos

sinopse: Colhendo Livros, uma proposta lúdica de intervenção literária, onde os livros são dispostos através de suspensão pelo espaço, criando um ambiente onde o público possa transitar, observar e então colher a sua história.

Colhendo Livros
Centro Cultural Vila Formosa
formato: presencial com 25% da capacidade
data: De 17 a 23/05
horário: 14h
classificação indicativa: Livre
duração: 120 minutos
sinopse: Colhendo Livros, uma proposta lúdica de intervenção literária, onde os livros são dispostos através de suspensão pelo espaço, criando um ambiente onde o público possa transitar, observar e então colher a sua história.

Colhendo Livros

Centro Cultural da Diversidade

formato da apresentação: presencial com 25% da capacidade

data: 25/05 no CCJ

horário: 14h

classificação indicativa: Livre

duração: 120 minutos

sinopse: Colhendo Livros, uma proposta lúdica de intervenção literária, onde os livros são dispostos através de suspensão pelo espaço, criando um ambiente onde o público possa transitar, observar e então colher a sua história.

Programação Junho

O projeto Colhendo Livros acontecerá no Centro Cultural Grajaú de 2 a 6/06, no Centro Cultural da Diversidade de 10 a 19/06 e no Centro de Culturas Negras de 20 a 27/06.

Gostou de “Projeto Colhendo Livros espalha livros para serem “colhidos” pelos visitantes dos Centros Culturais“?

Projeto Colhendo Livros espalha livros para serem "colhidos" pelos visitantes dos Centros Culturais

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Santander oferece bolsas de especialização e vagas em TI

A área de tecnologia é o foco das bolsas de especialização, na qual o Santander oferece 50 mil bolsas. Com recursos online e duração de 75 dias, o Bootcamp será dinâmico e voltado para as transformações digitais do banco. As áreas do Santander Universidades, Tecnologia da Informação e Recursos Humanos são responsáveis por promover o bootcamp da empresa. Ainda, há centenas de vagas efetivas, a maioria na área tecnológica, em sua plataforma de recrutamento.

As inscrições estão abertas para o Santander Bootcamp, até 3 de junho e devem ser feitas na plataforma do Santander Becas (clique aqui). Esta modalidade de treinamento tem sido muito utilizado na área de TI, pois dispõem de metodologia na qual as cargas prática e teórica ocorrem em ambiente de imersão, agilizando a formação profissional.

Os jovens interessados em tecnologia e com desejo de desenvolverem seus conhecimentos são o público-alvo da capacitação oferecida pelo Santander no Brasil, pensando no ingresso destes no mercado de trabalho.

O Santander Universidades promoverá diversas oportunidades destinadas para o ambiente da tecnologia, focado na transformação digital do próprio Banco. No final do programa, os participantes que mais se destacarem serão convidadas a participar de processos de seleção internos.

O Santander Bootcamp terá desafios nas linguagens fullstack, java+angular, mobile kotlin. O curso também oferece mentorias e jornadas colaborativas com profissionais de destaque do Santander.

Vagas de hoje 18 de março 2021

Pensando em mudar de carreira ou se preparar melhor para entrevistas de emprego? Conheça a RC Locus, referência em Recrutamento & Seleção, em todos os níveis.

Como se candidatar para vagas efetivas?

O Santander Brasil possui atualmente centenas de vagas de tecnologia. As oportunidades estão disponibilizadas para seleção no recrutamento da empresa, em https://santander-tech.gupy.io. Caso tenha dúvidas, consulte nosso tutorial sobre como cadastrar seu currículo no Gupy.

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Mais Vagas no Grande ABC

Vagas de hoje 17 de março 2021

Conheça nossa parceria com o site Lista de Vagas. Visite e confira mais vagas verificadas e reais.

Gostou da nossa matéria “Santander oferece bolsas de especialização e vagas em TI“?

Santander oferece bolsas de especialização e vagas em TI
Santander bank logo is seen in Krakow, Poland on February 5, 2020. (Photo by Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Cursos de idiomas on-line podem alavancar agências de intercâmbio

O ano de 2020 foi extremamente desafiador para as agências de intercâmbio. Com a mudança gerada pela própria pandemia de Covid-19 em relação aos hábitos, as pessoas estão mais propensas e familiarizadas ao ensino não-presencial.

A Pesquisa Belta (Brazilian Educational & Language Travel Association) de 2020, realizada pela Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio, trouxe algumas informações reveladoras sobre essa tendência.

Os cursos de idiomas aparecem em primeiro e segundo lugar, principalmente por conta da crescente procura por programas de intercâmbio que proporcionem a oportunidade de também trabalhar no país de destino.

Diante da necessidade de ganhar fluência rapidamente em um idioma estrangeiro, as EdTechs, organizações que oferecem cursos e serviços educacionais mediados por tecnologia, “devem experimentar um crescimento significativo em 2021 por estarem mais adaptadas aos novos desejos e necessidades dos estudantes”, na opinião de Fabricio Vargas, fundador da Uniway Education Group, EdTech especializada nos exames de proficiência em inglês TOEFL, TOEIC e IELTS.

Segundo o educador, as EdTechs são baseadas em três princípios:

  • Acessibilidade: por permitirem um acesso mais amplo com uso de tecnologias;
  • Engajamento: pelo uso de práticas inovadoras para tornar o processo de aprendizagem mais empolgante;
  • Personalização: por oferecerem uma experiência customizada para cada aluno.

Outra vantagem apontada por Vargas é o fato de, na maior parte das vezes, as soluções educacionais de uma EdTech serem mais baratas que outras de formato tradicional. “Do ponto de vista da agência de intercâmbio, isso pode significar uma margem muito maior de ganho”, estima.

A Uniway é uma EdTech que trouxe inovação para o setor de educação, mais especificamente para o ensino do idioma inglês orientado para a preparação para os exames de proficiência, tais como o TOEFL, TOEIC e IELTS.

Por meio de uma metodologia inédita orientada para resultados, a Uniway oferece aulas preparatórias on-line focadas em estratégias e práticas para essas certificações. E está presente em mais de 50 países.

Vargas ainda ressalta que, para as agências de intercâmbio, as principais vantagens são:

  • Continuar comercializando produtos, independentemente do cenário político e sanitário ao redor do mundo;
  • Flexibilidade para oferecer os cursos da Uniway integrados com outros programas e pacotes pelo fato de a maior parte das universidades, principalmente as americanas, exigirem certificação de proficiência;
  • Comissionamento extremamente vantajoso, podendo chegar até a 50%.

Outro ponto destacado por Vargas é a importância de estudar inglês em uma escola com um método criado exclusivamente para o ambiente digital. “Boa parte das escolas tradicionais migraram o modelo de aula presencial para o digital, sem adequar a metodologia. E isso pode ser muito desestimulante para aquele aluno que está nas aulas de inglês on-line”, avalia.

Sobre Fabricio Vargas

Iniciou a sua carreira na área da educação logo após o seu retorno ao Brasil, depois de morar e estudar por mais de cinco anos no continente Europeu. Estudou e trabalhou em diversas áreas durante esse período, inclusive como intérprete dentro das cortes Irlandesas e Inglesas. Logo após a sua chegada ao Brasil, começou a lecionar aulas de inglês dentro de algumas escolas e, portanto, percebeu que o ensino precisava de mais, os alunos mereciam algo diferente e inovador. Fabricio percebeu que as escolas de idiomas estavam muito engessadas ao modo tradicional de ensinar e avaliar os seus alunos. Em 2017, depois de trabalhar muito e conseguir um certo valor para investir, Fabricio abriu a sua própria escola de inglês, a Uniway School, foi um dos anos mais comemorados por ele e também o mais desafiador. Para mais informações, acesse https://uniwayschool.com/ ou pelas redes @uniwayschool

Gostou da nossa matéria “Cursos de idiomas on-line podem alavancar agências de intercâmbio“?

Agências de intercâmbio
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Vestibular de Medicina tem inscrições abertas para o 2º semestre na Faculdade Santa Marcelina

Os vestibulandos de Medicina já estão atentos aos processos seletivos do segundo semestre. A Faculdade Santa Marcelina abriu as inscrições para o vestibular, curso de medicina, 100% online até o dia 19 de maio.

Os candidatos poderão considerar notas do ENEM das edições de 2009 a 2020, mediante o preenchimento da ficha de inscrição e pagamento da taxa de R$ 180,00. A nota final do vestibular será obtida pela média aritmética simples das cinco áreas de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação.  

Renomada na cidade de São Paulo, a instituição possui corpo docente composto por mestres e doutores. O curso, reconhecido com nota máxima pelo MEC, possui o diferencial de treinamento no maior hospital geral da zona leste da cidade, no Hospital Santa Marcelina, com capacidade para 706 leitos e população de 2.500.000 habitantes, em 45 programas de residência médica e aperfeiçoamento profissional. 

Serviço: 

Vestibular de Graduação da Faculdade Santa Marcelina – 2º semestre 2021 

Curso: Medicina – Unidade Itaquera (SP) 

Inscrições abertas: até 19 de maio de 2021 

Site: https://www.santamarcelina.org.br/educacao/fasm_unidade_processo_seletivo_interna.asp?id=62&idUnidade=29 

Quaisquer dúvidas poderão ser esclarecidas por meio do próprio site, na seção “Fale Conosco”, via WhatsApp (11) 98207-1646 ou através do telefone (11) 3824-5800. 

Sobre a Faculdade Santa Marcelina    

Faculdade Santa Marcelina é uma instituição mantida pela Associação Santa Marcelina – ASM, fundada em 1º de janeiro de 1915 como entidade filantrópica. Desde o início, os princípios de orientação, formação e educação da juventude foram os alicerces do trabalho das Irmãs Marcelinas. Em São Paulo, as unidades de ensino superior iniciaram seus trabalhos nos bairros de Perdizes, em 1929, e Itaquera, em 1999. Para os estudantes é oferecida toda a infraestrutura necessária para o desenvolvimento intelectual e social, formando profissionais em cursos de Graduação e Pós-Graduação (Lato Sensu). Na unidade Perdizes os cursos oferecidos são: Música, Licenciatura em Música, Artes Visuais, Licenciatura em Artes Plásticas e Moda. Já na unidade Itaquera são oferecidas graduações em Administração, Ciências Contábeis, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Nutrição, Tecnologia em Radiologia e Tecnologia em Estética e Cosmética.

Gostou da nossa matéria “Vestibular de Medicina tem inscrições abertas para o 2º semestre na Faculdade Santa Marcelina “?

Vestibular de Medicina Santa Marcelina

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Dia do Livro: Como escrever e onde publicar sua obra gratuitamente?

Durante a pandemia, a mudança de comportamento entre leitores e escritores fez com que o Clube de Autores, maior plataforma de autopublicação da América Latina, aumentasse exponencialmente sua comunidade de autores. Fundada em 2009, a plataforma surgiu no intuito de facilitar a vida dos escritores que sonham com a publicação de seus livros. Além disso, é possível colocar as obras à venda em grandes livrarias, tudo isso sem custo algum. Hoje, ela representa cerca de 27% de todos livros publicados no País e lança cerca de mil novos títulos por mês. Confira mais dicas sobre o Dia do Livro.

“Eu escrevo desde adolescente e, pra mim, não fazia sentido algum viver em uma era hiperconectada e tecnológica sem a possibilidade de publicar um livro gratuitamente, sem a necessidade de imprimir tiragens gigantescas, que poderiam acabar mofando na minha própria prateleira ao invés de chegar ao leitor”, explica Ricardo Almeida, CEO do Clube de Autores.

Para celebrar o Dia Mundial do Livro, comemorado nesta sexta-feira, 23 de abril  e estimular ainda mais os novos escritores, Ricardo Almeida elaborou um passo a passo essencial para quem deseja escrever seu primeiro livro e faz o convite: “Nunca, em nenhum momento da história da humanidade, publicar um livro foi tão acessível quanto hoje. Aproveite”. 

Passo 1: Claro, é ter uma história para escrever;

Passo 2: Leitura crítica: deve ser feita por um profissional que pode ser contratado e que levante pontos que devam ser retrabalhados ou ajustados na obra;

Passo 3: Revisão ortográfica-gramatical: fundamental para que o livro seja bem recebido pela comunidade de leitores;

Passo 4: Projeto gráfico e capa;

Passo 5: Conversão para formato EPub: é o formato ideal para a versão eletrônica do livro;

Passo 6: Registro de ISBN: essencial para que livrarias revendam o título;

Passo 7: Organização de campanha de lançamento: esse é o tipo de trabalho fundamental que precisa ser encabeçado pelo próprio autor. 

Passo 8: Lançamento em plataformas de autopublicação digital: No caso do Clube de Autores, o site funciona de maneira bem intuitiva e simples para a autopublicação. Todo o processo é feito rapidamente e é o próprio autor quem define cada característica do seu livro, determina quanto quer ganhar de direitos autorais e decide se quer ou não distribuir sua obra, física e digital, pelos maiores e-commerce do mundo. É possível ainda acompanhar suas vendas com total transparência. 

Para finalizar, o CEO da maior plataforma de autopublicação da América Latina, ainda deu algumas dicas. Confira:

Não precisa gastar muito

“Se o autor conseguir negociar com amigos as tarefas necessárias para finalizar sua obra (como revisão, capa etc.), ele consegue publicar gastando um valor ínfimo”, diz o CEO do Clube de Autores.

Invista em uma boa capa

“Há a máxima de que livros são escolhidos pelas suas capas. E, gostemos ou não, isso é verdade. Se a capa for pouco atrativa, as chances de sucesso de um livro despencam. Temos um dado prático aqui: ao publicar um livro no Clube de Autores, o escritor pode escolher entre subir a sua própria capa ou montar uma a partir do nosso banco, utilizando modelos padrão. Pois bem: livros com capas não padronizadas, bem trabalhadas, vendem, em média, 82% a mais. É um argumento forte esse, não?”, questiona Ricardo Almeida.

Promova seu Livro

“Há diversas maneiras de se divulgar um livro, mas o mais importante é ter em mente que o papel de divulgação do livro é do autor: é ele que precisa formar sua audiência. Na plataforma do Clube de Autores tem disponível um manual para divulgação”, explica.

Não ache que o trabalho termina ao publicar o livro

“Ele precisa ter em mente que, hoje, o escritor que não assume o papel de empresário de si mesmo, cuidando da divulgação de seu livro, dificilmente terá sucesso. Sendo assim, nossa recomendação é que mergulhem na Internet, achem o mundo de conteúdo que já está disponível para ajudá-los nessa missão, arregacem as mangas e trabalhem.” finaliza Ricardo.

Sobre o Clube de Autores
Clube de Autores é a maior plataforma de autopublicação da América Latina. Hoje, a plataforma on demand representa cerca de 27% de todos os livros publicados no Brasil no último ano. Além disso, oferece uma gama de serviços profissionais para os autores independentes que pretendem crescer e se desenvolver no mercado de literatura.

Dia do Livro: Como escrever e onde publicar sua obra gratuitamente?
Foto de Ketut Subiyanto no Pexels

Gostou da nossa matéria “Dia do Livro: Como escrever e onde publicar sua obra gratuitamente?“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais vagas de emprego abertas. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

SP oferece linha de crédito emergencial para setor cultural

Para apoiar as micro e pequenas empresas dos setores mais afetados pela pandemia, o Governo do Estado de São Paulo anunciou diversas ações e parcerias em prol dos empreendedores. Entre as medidas está a linha emergencial com condições especiais pelo Banco do Povo, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado. Entre beneficiados com crédito emergencial está o setor Cultural, além da Economia Criativa.

Estão disponíveis R$ 50 milhões em microcrédito para capital de giro com taxas de juros de 0% a 0,35% ao mês, com carência de seis meses e prazo de pagamento de até 36 meses.

“A pandemia de coronavírus deve causar uma perda de R$34,5 bilhões para o setor cultural e criativo de São Paulo, impactando cerca de 500 mil postos de trabalho. Com essas ações do governador João Doria para mitigar a crise e estimular o setor, acreditamos que a recuperação se dê a partir do próximo ano”, afirma o secretário de Cultura e Economia Criativa Sérgio Sá Leitão.

Linha emergencial
A linha emergencial atende diversos setores compostos de empreendedores formais (inclusive MEI, ME, EPP, LTDA e EIRELI), que não tenham restrições de crédito junto ao SERASA e que realizaram cursos dos programas Empreenda Rápido ou Empreenda Mulher. Não é necessário apresentar avalista.

Os empreendedores podem solicitar as linhas de crédito de forma totalmente online pelo site www.bancodopovo.sp.gov.br e da Desenvolve SP:www.desenvolvesp.com.br, onde é possível verificar mais detalhes.

Gostou da nossa matéria “SP oferece linha de crédito emergencial para setor cultural“?

SP oferece linha de crédito emergencial para setor cultural
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

WhatsApp para captação de alunos: Tema da live da Persone

Diversos fatores determinam o comportamento do consumidor e, entre eles está a praticidade, um dos motivos que posicionou o aplicativo como instrumento de negócio nos últimos anos. Desenvolvido e utilizado inicialmente para entretenimento e relacionamento, passou a se firmar como o principal canal entre empresas e clientes, desde o último ano, com o impacto da pandemia. O Whatsapp tem sido aplicado às empresas não apenas como um meio de comunicação, mas também como um canal direto para vendas e captação de alunos.

Convencer potenciais alunos a efetivarem suas matrículas é um grande desafio, porém, existem alternativas. Por este motivo, essa manobra tem sido destaque no setor educacional. “O WhatsApp já se tornou o principal canal de conversão, mas cuidado para não se tornar um spammer”, alerta o especialista André Sales, sobre saber abordar e não cruzar a barreira da inconveniência.

“Conversaremos sobre a importância do WhatsApp no processo de captação, seu protagonismo em termos de canal e como fazer uma boa abordagem sem ser invasivo ou chato”, completa o head of sales, da Faculdade Descomplica.

  • Como utilizar o WhatsApp na captação de alunos?
  • O que deu certo e o que deu errado?
  • O WhatsApp é complementar a outros canais de vendas?
  • Como fazer a gestão da qualidade e da produtividade da equipe?
  • O uso da API official.

Esses são alguns dos questionamentos que serão respondidos por André Sales, na live realizada pela Persone Educação, no dia 22 de abril, em seu canal do YouTube (www.persone.com.br/live).

A tecnologia é um braço na conversão de leads e uma ferramenta para gerenciar esse momento de incertezas que tem ganhado destaque é o aplicativo de relacionamento. No início de 2020, o WhatsApp marcou presença em 99% dos smartphones brasileiros, conquistando uma base de mais de 120 milhões de usuários.

O relatório CX Trends 2020, identificou que, até fevereiro, o app já era usado por 57% dos clientes para falar com empresas, tendo na sequência o e-mail, com 47%, site (44%), Facebook (37%) e chat online (33%).

Essa live, que abordará as possibilidades dentro dessa temática, terá duração de até 20 minutos. Durante o bate-papo os participantes podem enviar suas dúvidas, que serão esclarecidas pelo convidado.

Serviço:

Live: WhatsApp para captação de alunos?

Quando: 22 de abril

Horário: às 20h

Onde: YouTube www.persone.com.br/live

Sobre Helen Toyama

Helen Toyama, CEO e fundadora da Persone, tem larga experiência em marketing e vendas. Ao longo de sua carreira passou por grandes players do setor educacional, atuando como Gerente de Marketing, Diretora Administrativa e Consultora em Empresas como Insper e Hoper. Bacharel em Publicidade e Marketing pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Gestão de Vendas, pela ESPM.

Em 2013, tomou a decisão de abrir sua própria empresa de soluções em atendimento e vendas para o segmento educacional. Mais de sete anos depois, a Persone é reconhecida pela expertise e qualidade nos processos de atendimento e vendas.

Helen tem participação ativa em processos de reestruturação organizacional e planejamento estratégico, também se destacando por desenvolver parcerias com empresas como Apple, Microsoft, J&J, Embraer, Cisco, SAP.

Sobre a Persone

Empresa de soluções em atendimento e vendas formada por profissionais que atuam há mais de 18 anos nos segmentos de tecnologia e educação, fornece consultoria e outsourcing de processos, sistemas e equipe de vendas.

A Persone dispõe de uma equipe especializada em implantação, gestão e execução de operações de vendas, retenção, relacionamento e atendimento ao cliente.

Utilizando as mais diversas tecnologias – sistemas de CRM, CTI, chat, chatbot, inbound, BI, e-mail marketing, SMS e WhatsApp, a Persone executa o processo de vendas do início ao fim.

Gostou da nossa matéria “WhatsApp para captação de alunos: Tema da live da Persone“?

WhatsApp para captação de alunos: Tema da live da Persone
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Ensino Remoto: “Meu filho foi alfabetizado durante a pandemia”

O ano de 2020 foi marcado por grandes adaptações na educação. A pandemia causada pela Covid-19 fez com que crianças e adolescentes passassem praticamente 10 meses estudando em suas casas, no modelo de ensino remoto. Algumas famílias encontraram dificuldades no manuseio da tecnologia e, principalmente, na criação de uma rotina de estudo para os filhos. Entretanto, muitos pais e mães conseguiram se habituar com a nova realidade que transformou casas em verdadeiras salas de aula.

Um dos grandes desafios do ensino remoto foi a alfabetização das crianças que estavam só no início da jornada educacional.  É o caso de Darliane da Silva que é mãe do Kaue Henrique Domingues da Silva, de sete anos, e aluno do Colégio Acesso em Almirante Tamandaré. Ela conta que a adaptação ao ensino remoto trouxe muitas dúvidas no início, já que ninguém sabia até quando duraria a pandemia.

“Quando matriculamos o Kaue no Colégio Acesso em 2020, logo veio a pandemia e as aulas presenciais foram suspensas. Cogitamos tirar ele da escola, mas graças à diretora da unidade que nos convenceu a experimentar o modelo remoto, ele aprendeu a ler e a escrever durante as aulas online”, conta a mãe do aluno.

Modelo de educação digital

Um dos setores mais impactados pela pandemia foi o da educação que precisou, de forma emergencial, adaptar o modelo de ensino ao formato online. Mas, de acordo com especialistas, muitas escolas não conseguiram obter sucesso no ensino remoto, uma vez que o método aplicado não era adequado para o online. Eles ainda citam como exemplo situações em que as crianças ficam horas assistindo vídeos no Youtube e no Netflix, mas que não conseguem permanecer por 50 minutos no homescholling.

Segundo a diretora pedagógica do Grupo Acesso, Guida Weber, a tecnologia utilizada somada a metodologia aplicada pelos professores e a dedicação dos pais e alunos foi o que resultou no sucesso do ensino remoto. “Desde o começo sabíamos que somente a didática aplicada nas aulas presenciais não seria eficaz no remoto. Então, criamos um modelo de educação digital que combina uma plataforma tecnológica para o acompanhamento das aulas e progresso do aluno com um método específico para o online”, explica.

Para Darliane da Silva, a metodologia utilizada pelo colégio fez toda a diferença, assim como a orientação dos professores aos pais sobre quando e como ajudar a criança que está aprendendo em casa. “Os professores eram maravilhosos e conseguiam prender a atenção de todos os alunos na tela. O Kaue esperava ansioso pela hora da aula e, depois de alguns dias, já se desenvolvia sozinho e nem precisava do meu auxílio. Aos poucos ele foi aprendendo a reconhecer as letras, depois os sons e então aprendeu a ler e escrever, inclusive, formar frases. Tudo isso durante as aulas online”, relata a mãe do aluno.

Aulas presenciais em 2021

O modelo híbrido de aulas ainda é uma incógnita para 2021. Desde janeiro, muitas cidades e estados liberaram o retorno das aulas presencias em escolas privadas, mas diante do agravamento da pandemia no país, suspenderam diversas vezes o retorno. Com isso, as famílias estão adotando cada vez mais o modelo de ensino 100% remoto, já utilizado em 2020.

Mesmo sabendo da importância pedagógica do ensino presencial e o impacto emocional que o isolamento causa nas crianças, alguns pais estão dispostos a continuar com os filhos estudando em casa. “É nítido que a criança em casa fica mais irritada, mais nervosa, querendo tudo para a mesma hora. Mesmo com as atividades de educação física adaptadas para casa, não há um gasto efetivo de energia e nem de socialização com os colegas. Mas se para garantir a saúde e a segurança do meu filho seja necessário voltarmos com as aulas em casa, já estamos adaptados”, afirma Darliane da Silva.

SOBRE O GRUPO ACESSO

Fundado em 2003, o Grupo Acesso surgiu com o objetivo de preparar alunos para os vestibulares, com qualidade, preço acessível e um grande vínculo com a disciplina e resultados. Atualmente, possui dez unidades espalhadas por Curitiba e Região Metropolitana, formando alunos desde a Educação Infantil, com o Acesso Kids, ao tradicional Pré-Vestibular. Em 2020, o Grupo Acesso recebeu o reconhecimento de ‘Escola com maior eficiência digital’, comparado com outras 34 escolas do Brasil, reafirmando o compromisso com o resultado na formação, aliado a inovação e o acolhimento aos alunos, principalmente durante as aulas remotas, sendo referência em termos de escola completa e humana.

Gostou da nossa matéria “Ensino Remoto: “Meu filho foi alfabetizado durante a pandemia”“?

Ensino Remoto: "Meu filho foi alfabetizado durante a pandemia"
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Edição virtual da Feira de Paranapiacaba prossegue neste fim de semana

A versão virtual da Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba prossegue neste fim de semana com várias atrações. Na programação, de sexta-feira a domingo, sarau, música, teatro infantil e oficina de ginástica, sempre pelas redes sociais. O público pode conferir ainda os artigos de 43 expositores. A feira, realizada com recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc do Estado de São Paulo, conta com apoio da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Santo André.

Edição virtual da Feira de Paranapiacaba prossegue neste fim de semana

Nesta semana a programação terá início nesta sexta-feira (9), às 20h, com a cantora e pianista Anette Camargo, que apresentará duas canções de seu trabalho autoral.

A oficina de ginástica brincante para a família, com Leo Dias, abre o sábado (10), às 11h. Com jogos recreativos, música, corpo e movimento, a atividade é destinada a pais e mães para se exercitarem com os filhos. E às 20h, a atração será o Sarau Algumas Coisas P[O]R[A] Dizer. Parece que algumas vezes deixamos coisas por dizer… e dizemos tantas outras que por algum tempo ficaram nos rondam. É dessa maneira que os artistas Edu Guerra, Marcos Lemes e Paulo Dantas se encontram nesse Sarau: prontos para dizer, cantar, ler, tantas coisas que fazem parte do seu universo artístico/estético.

E no domingo (11), às 15h, a Cia. Furunfufum apresentará o a peça de teatro infantil ‘Os 3 Porquinhos’. Dividido em duas partes, o espetáculo se mantém fiel à história original. A primeira parte terá canções e histórias musicais tradicionais com acompanhamento instrumental ao vivo. E a segunda, representará, com bonecos, a história dos Três Porquinhos. A novidade está no ritmo vertiginoso da encenação, que utiliza amplamente o improviso e convida a plateia a interagir com os personagens. Recomendado para crianças a partir de dois anos, com duração de 50 minutos. E às 19h, a cantora Juliana Lima apresentará a música autoral ‘Pode Ser o Dom’.

Esta edição virtual da Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba contou com recursos provenientes da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc do Estado de São Paulo, que tornaram possível a ampliação da programação e a contratação de mais de 220 artistas de diversas áreas. Além de muita música, teatro, circo e saraus, a feira terá um total de 130 eventos, até 30 de abril. Todas as atividades poderão ser conferidas no site https://www.fparanapiacaba.com/, no Facebook (@feiraparanapiacaba), no Instagram (@fparanapiacaba) e no canal do YouTube da feira.

História – A Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba é realizada desde 2015 com expositores da Região Metropolitana de São Paulo, inclusive com moradores da Vila de Paranapiacaba. Entre as artes, há o tradicional artesanato em tecidos, linhas e pedras e antiquários. A feira também tem parceria com grupos que buscam novas formas de interagir com o mercado de trabalho de forma coletiva, como a Associação Fibras da Serra e o Coletivo FOOP.

Nesta edição a produção executiva e a curadoria são de Anita Carvalho e Leonete Accetto e a proponente do projeto foi a empresa Ba Rocco Produções.

Serviço:

Feira de Artes e Artesanato de Paranapiacaba – edição virtual

Além de 43 expositores, participação de artistas visuais, além de apresentações musicais, saraus, teatro e circo, entre outros, num total de 130 eventos. Até 30 de abril.

Confira a programação em www.fparanapiacaba.com

Transmissão pelo site www.fparanapiacaba.com/, Facebook (@feiraparanapiacaba), Instagram (@fparanapiacaba) e canal do YouTube da feira.

O projeto contou com o apoio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Santo André.

Atividades gratuitas.

Gostou de “Edição virtual da Feira de Paranapiacaba prossegue neste fim de semana?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Homeschooling não é pauta prioritária. Educação pública sim

Ana Paula de Andrade Janz Elias é autora de “Homeschooling não é pauta prioritária. Educação pública sim”.

O governo federal quer aprovar o homeschooling ainda no primeiro semestre deste ano. Há quem defenda e há quem condene. O homeschooling é a chamada educação familiar, ou seja, pais ou tutores responsáveis tornam-se professores das crianças sem que elas precisem frequentar a escola.

Diante desta situação, é possível levantar a seguinte questão: o homeschooling deveria estar entre as prioridades de uma pauta de governo neste período que estamos vivendo enquanto sociedade? Em tempos de pandemia, de crianças que não têm acesso à internet para poder assistir as aulas, seria coerente que a principal pauta do governo para o ensino fosse melhorar as condições e a infraestrutura das instituições públicas.

Novamente, a educação pública no Brasil é deixada à margem! Entra governo e sai governo e os estudantes que precisam frequentar as escolas públicas não têm as mesmas condições de aprendizagem que àquelas que estudam em escolas privadas. Professores com salários baixos, por vezes, ainda são tratados como os responsáveis pelo declínio no sistema educacional brasileiro.

O homeschooling pode até ser o direito de algumas famílias, mas quais delas teriam efetivamente condições de educar os filhos em casa? Certamente aquelas de classe alta ou de classe média. Pois, ter em casa uma estrutura para educar os filhos não é a realidade de um grande percentual dos brasileiros. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) de 2019 apontaram que mais de 80% de alunos da Educação Básica estão matriculados na rede pública de ensino. Essa é a prioridade.

A escola pública precisa de investimento! Chega de deixar a maior parte da população à margem. Homeschooling não é uma pauta prioritária, a qualidade da educação pública sim! 

Ana Paula de Andrade Janz Elias é Mestre em Ensino em Ciências e em Matemática. Doutoranda em Educação. Docente na área de Exatas da Escola Superior de Educação do Centro Universitário Internacional Uninter. Email: ana.el@uninter.com

Gostou de “Homeschooling não é pauta prioritária. Educação pública sim?

Homeschooling não é pauta prioritária. Educação pública sim
Ana Paula de Andrade Janz Elias. Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

USP cria plataforma para conectar inovação e empreendedorismo

Projeto pioneiro no País, Hub USP Inovação visa a fomentar empreendedorismo, parcerias com startups, empresas e comunidades de negócios disponibilizando informações de docentes, patentes, programas, laboratórios e incubadoras espalhadas pelas 42 unidades de ensino e pesquisa da universidade

A Universidade de São Paulo (USP) vai lançar amanhã, dia 9 de abril, uma plataforma com foco em inovação e empreendedorismo para facilitar a conexão entre o ambiente acadêmico, organizações voltadas para pesquisa, startups, comunidades de negócios, órgãos governamentais e a sociedade civil.

Idealizada para fomentar parcerias e disseminar o conhecimento técnico de uma das maiores universidades do mundo, a  plataforma Hub USP Inovação (hubusp.inovacao.usp.br) oferece informações detalhadas sobre iniciativas em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&D&I) de organizações, programas, laboratórios e incubadoras ligadas à USP.

“A USP é a primeira universidade no Brasil a ter um projeto desse tipo, que reúne e disponibiliza numa plataforma suas iniciativas, competências e tecnologias geradas em suas 42 unidades de ensino e pesquisa, distribuídas em sete campi em todo o estado de São Paulo”, afirma o Professor Marcos Nogueira Martins, coordenador da Agência USP de Inovação (AUSPIN), órgão responsável pelo projeto. “O Hub USP Inovação traz um levantamento abrangente de todas as áreas da universidade e estamos cadastrando as competências, serviços tecnológicos e equipamentos de cada um dos 5.300 professores atuais, além do legado representado pelas quase 1.200 patentes registradas pela USP, todas classificadas”, acrescenta Nogueira Martins.

Fruto de um trabalho integrado, sob supervisão da Agência, a plataforma foi alimentada com a colaboração dos laboratórios, docentes, institutos de pesquisa e Pro-Reitorias. O algoritmo para a ferramenta de pesquisa da plataforma, por exemplo, foi desenvolvido com participação do USPCodeLab, grupo de extensão universitária que tem como objetivo estimular a inovação tecnológica da USP, formado por alunos de graduação, pós-graduação e professores, que se originou no Instituto de Matemática e Estatística.

Com uma busca simples na plataforma, uma empresa ou instituição poderá encontrar projetos e especialistas que procura. Por exemplo, se uma empresa está interessada em um projeto de biotecnologia desenvolvido na USP ou em encontrar os especialistas nesta área, basta digitar “biotecnologia” no campo da busca e encontrará todas as competências, laboratórios e docentes associados ao tema.

De acordo com a Professora Geciane Porto, vice-coordenadora da AUSPIN, a plataforma foi desenhada para facilitar a aproximação da universidade com o setor produtivo interessado em desenvolver soluções tecnológicas relevantes. “Para uma empresa, inovação representa sobrevivência a longo prazo e o Hub oferece uma porta de entrada para identificar que tipo de solução existe na universidade para a necessidade que essa empresa procura”, afirma Geciane.

Na plataforma, há uma separação por áreas de busca para facilitar a navegação. São elas: Iniciativas, P&D&I, Competências, Educação, Empresas e Patentes. Na aba “Iniciativas”, por exemplo, o usuário poderá encontrar editais, programas e as estruturas da USP para fomento do empreendedorismo e inovação, como as incubadoras e parques tecnológicos. Em “P&D&I”, há diversos laboratórios, organizações e programas de desenvolvimento para consulta. Na aba de “Competências”, há a separação por área de conhecimento, facilitando a busca por informações na USP pela comunidade externa.

Em “Educação”, há várias possibilidades de busca para cursos de graduação e pós-graduação, com foco em Inovação e Empreendedorismo, oferecidos pela universidade. A aba “Patentes” reúne as patentes da USP que estão disponíveis para que empresas e organizações possam licenciar para aplicação e uso, inclusive aquelas que se encontram em domínio público.

A área de “Empresas”, por sua vez, reflete todo o peso da USP no desenvolvimento do setor produtivo brasileiro. Ali é possível encontrar cerca de 1.700 empresas e startups formadas por alunos e ex-alunos da USP, ou que passaram por processo de incubação na Universidade, as quais são identificadas com a marca DNA USP. Para se ter uma ideia da importância da marca, 7 dos 15 unicórnios (startups avaliadas em pelo menos 1 bilhão de dólares) brasileiros têm DNA USP: Nubank, 99, Gympass, iFood, C6 Bank, Wild Life e Loggi. “São empresas que foram fundadas por alunos e ex-alunos ou são fruto de algum projeto ou pesquisa da universidade ou passaram por alguma das incubadoras da USP”, acrescenta Geciane.

O lançamento do Hub USP Inovação ocorrerá por meio de um evento online às 11h de sexta-feira, dia 9, com a presença do Reitor Vahan Agopyan, além de personalidades acadêmicas e do setor produtivo. “Nosso objetivo é consolidar, cada vez mais, a USP como uma universidade que inova e empreende”, conclui o professor Nogueira Martins.

Após o evento online de lançamento da plataforma, às 11h30 de sexta-feira, o canal da AUSPIN no YouTube vai transmitir uma edição especial do projeto “Fala, Inovação”, um webinar para discutir perspectivas de qualificação profissional e da educação para a inovação e empreendedorismo.

Com a moderação do jornalista Herton Escobar, do Jornal da USP, os especialistas Fernando Shayer e Milton Daré vão conversar sobre experiências bem-sucedidas, perspectivas e desafios da sociedade na formação de profissionais inovadores e empreendedores e como a Universidade deve se preparar para atender novas demandas e qualificações requeridas.

ATENÇÃO:
O link do Hub USP Inovação só estará disponível a partir do dia 9 de abril. Até lá, para navegar e conhecer as funcionalidades da plataforma, acesse o link provisório:
hubuspinovacao.if.usp.br
PARA AGENDAR
Lançamento da plataforma Hub USP InovaçãoData: sexta-feira, 9 de abril de 2021
Horário:  11h
Transmissão ao vivo pelo canal da AUSPIN no YouTube:
https://youtu.be/0ivJpqthTwk

NA WEB:Hub USP Inovação (a partir do dia 9 de abril)
hubusp.inovacao.usp.br
Contato
hubuspinovacao@usp.br

Gostou de “USP cria plataforma para conectar inovação e empreendedorismo?

USP cria plataforma para conectar inovação e empreendedorismo

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

“Adaptar-se é Preciso… ” 12 mulheres relatam suas histórias

No dia 13 de março foi lançado na Livraria Blooks do Reserva Cultural, em Niterói, o livro “Adaptar-se é Preciso – histórias de mulheres que conquistaram o protagonismo em seus negócios”. No projeto, 12 mulheres relatam histórias de superação e resiliência no mundo do empreendedorismo, por meio de suas próprias histórias reais e surpreendentes. Foi realizada também uma roda de conversa com Jordana Luchetti, CEO e fundadora da JLC Relações Públicas e Marketing.

O livro foi idealizado pelas gestoras do grupo Somos Empreendedoras – Helga Vianna, Letícia Torzecki, Queila Moraes e Thaís Garcia – e editado pela Texto & Café Comunicação e Editora. A escolha do tema adaptação não poderia ser mais atual, com as mudanças enfrentadas pelo mundo em meio à pandemia. E o livro veio a reboque de todo esse processo de transformação que exige cada vez mais criatividade na solução dos problemas.

Ao longo das 128 páginas será possível conhecer um pouco sobre o Somos Empreendedoras e sua trajetória muito voltada para o fomento de parcerias e o estímulo ao apoio mútuo, reproduzindo o verdadeiro sentimento de sororidade. Até mesmo o livro cumpre o papel de conceder o tão reflexivo “lugar de fala” a mulheres que não desistiram dos seus sonhos em troca de qualquer relação de trabalho desigual. Ao contarem suas histórias de vida, muitas relataram o quanto se sentiram ressignificando a sua existência.

“Mais do que um livro para inspirar, ele cumpre o papel de destacar o importante papel das mulheres no mundo dos negócios, com dicas valiosas sobre como prosperar em seu voo solo”, conta Queila Moraes, uma das gestoras do grupo Somos Empreendedoras.

Forte, mas sem perder a ternura

Todas as histórias foram contadas, partindo do passado para o presente, ressaltando características pessoais. Todas guiadas pelo mesmo enredo: mostrar a evolução dessas mulheres, a partir da sua resiliência e força para modificar o curso da vida. Como resultado desse texto cadenciado por um certo lirismo, mas sem perder a objetividade, é passível ver a poesia concernente a essas mulheres nas suas “falas” e nos seus olhares captados pelas lentes da fotógrafa Adriana Oliveira.

Além da curadoria das gestoras, o livro foi todo produzido por mulheres ligadas ao Somos Empreendedoras, seja no papel de agência colaboradora ou como participante. A começar pela jornalista e escritora Verônica Oliveira, da Texto & Café; a fotografia de Adriana Oliveira; maquiagem de Marcella Quintino; distribuição do Clube Girafa, de Fernanda Figueiredo, e toda a divulgação nas redes sociais, orquestrada pelas sócias Raquel Bianchi e Carol Azevedo, da Bloom Comunicação e Branding.

O próprio livro é o exemplo vivo de onde é possível chegar, quando um grupo de mulheres unem seus talentos e expertises em prol de algo maior: gerar uma obra que marca o valor do voo compartilhado e do ideário de que “juntas somos mais fortes”. A própria capa, idealizada pelo ilustrador Cícero Lopes, já demonstra a força feminina refletida no revoar dos pássaros, muito imbuídos de buscar o voo solitário, mas que sempre percorrem o céu em bandos, como forma de vencer a resistência do ar.

Enfim, uma obra que tem tudo para marcar uma geração importante de empreendedoras que fazem a diferença na sociedade, refletindo dignidade, gerando empregos e alimentando seus filhos com a dedicação ao seu trabalho. Uma vida que se transforma em muitas vidas e que tem contribuído para um mundo melhor, mais igualitário e justo, com a leveza e sensibilidade de mulheres arrojadas, mas sem perder a ternura.  

Interessados podem adquirir a obra na loja virtual do Clube Girafa (www.loja.clubegirafa.com.br).

Ficha técnica:

“Adaptar-se é Preciso... " 12 mulheres relatam suas histórias
Adaptar-se é Preciso – histórias de mulheres que conquistaram o protagonismo em seus negócios

Título: “Adaptar-se é Preciso – Histórias de mulheres que conquistaram o protagonismo em seus negócios”
Autora: Verônica Oliveira
Capa: Cícero Lopes
Organização: Helga Vianna, Letícia Torzecki, Queila Moraes e Thaís Garcia
Curadoria: Queila Moraes e Thaís Garcia
Assunto: empreendedorismo feminino/histórias/negócios
Editora: Texto & Café Comunicação e Editora
ISBN: 978-65-992028-1-0
Páginas: 128
Formato: brochura
Venda: (www.loja.clubegirafa.com.br )
Fotos: Adriana Oliveira
Maquiagem: Marcela Quintino

Sobre o grupo Somos Empreendedoras

Criado na cidade de Niterói, o grupo de empreendedoras formado pela sócia diretora na C.Chaves Comunicação e Marketing – Helga Vianna; por Letícia Torzecki – proprietária da Ri Happy Icaraí e Itaboraí e Loja Valisere Niterói – Icaraí; por Thais Garcia- proprietária da Gráfica Printmill e por Queila Moraes – Gerenciamento de Projetos, tem como papel fundamental promover um ambiente sinérgico de valorização do empreendedorismo feminino. Sob o lema de que “juntas somos mais fortes”, as gestoras do grupo incentivam a troca de experiências e vivências, estimulando o crescimento e desenvolvimento do grupo.

Gostou de ““Adaptar-se é Preciso… ” 12 mulheres relatam suas histórias?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais em nosso Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Balanço do programa ExploreCarlotas com vídeo e relatório anual

2020 foi o ano de estabelecer relações de convívio coletivo mais saudáveis e de respeito, cada um em sua casa. Confira o balanço do programa ExploreCarlotas

Em um ano desafiador para a educação brasileira, a empresa Carlotas mostra em vídeo a retrospectiva do programa ExploreCarlotas com o ponto de vista de professores e professoras que enfrentaram a pandemia mostrando dedicação e coragem.

O programa ExploreCarlotas, que cria espaços de diálogo e aprendizagem por meio de oficinas, tem como objetivo levar reflexões sobre diversidade, respeito e empatia de forma lúdica para crianças, jovens e educadores em escolas públicas e instituições de assistência gratuitamente.

O vídeo ilustra os sentimentos e emoções vividos nesse ano de incertezas, além de trazer depoimentos de professoras das escolas públicas. Veja aqui:  https://youtu.be/ESINKOT2QlQ. Em 2020 o Programa ExploreCarlotas focou em acolher e criar vínculos com os professores e professoras de escolas públicas. Os participantes dividiram com Carlotas seus medos, aflições, aprendizados e como foi o ano mais difícil de suas carreiras.

O programa ExploreCarlotas que é financiado com 10% do faturamento da empresa, esteve em 14 escolas públicas. Nestes encontros foram explorados temas tão relevantes quanto atuais como empatia, acolhimento e a importância do olhar para a diversidade com um material inédito: a BOX Carlotas, uma caixa repleta de ferramentas lúdicas focadas em educação emocional para o uso em sala de aula. Nas duas unidades da Fundação Casa, Azaléia e Chiquinha Gonzaga, os relatos de que quem passou pela experiência foi de que os encontros transformaram a maneira como veem o mundo, as pessoas e a si mesmas.

Balanço do programa ExploreCarlotas

Devido à pandemia, os instrumentos de apoio foram apostilas de histórias, atividades lúdicas e jogos para falar sobre as emoções com crianças e jovens. O primeiro Café Virtual foi um encontro remoto para dialogar e organizar as experiências internas com o tema: “Saúde Emocional dos educadores em Tempos de Pandemia.” Com esta atividade a devolutiva de professores, educadores, pais e mães foi muito positiva.

Ao todo 517 educadores participaram de 6 oficinas presenciais e 30 oficinas online onde 6 macrotemas foram abordados: Saúde Emocional, Arteterapia e Saúde, Tempos de Incerteza, o livro Saudade Sabor Chocolate, o Poder Transformador das Histórias e Empatia, Diversidade e Segurança Psicológica.

Um material digital inédito foi construído: uma trilha de aprendizagem em educação emocional adaptado para todas as faixas etárias (de 0 a 17 anos). Respeitando os pilares da UNESCO (aprender a ser, a conhecer, a fazer e aprender a conviver) e fortalecendo as competências socioemocionais da Base Nacional Comum Curricular – BNCC (autoconhecimento, autogestão, amabilidade, relações e tomada de decisão responsável). Com isso, 6 apostilas garantem que educadores e educandos tenham acesso a informações de qualidade. Para mais informações do relatório do Programa ExploreCarlotas clique aqui para fazer o download: http://bit.ly/2020_ExploreCarlotas.

Sobre Carlotas 

Uma empresa com propósito social, localizada no Brasil, nos Estados Unidos e na Alemanha, que busca realçar o potencial da empatia, por meio de uma abordagem única. Carlotas ilustra o diálogo sobre a desconstrução do perfeito e aceitação da diversidade, por meio da arte e do lúdico, encoraja o desenvolvimento das habilidades socioemocionais para melhorar as relações humanas. Para mais informações acesse: https://carlotas.org/

Gostou de “Balanço do programa ExploreCarlotas com vídeo e relatório anual?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais em nosso Caderno Cultural. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Estudantes desenvolvem projeto para pequenos produtores rurais

Por meio de consultorias, estudantes universitários desenvolvem projeto que auxiliam na produção orgânica de hortaliças e leguminosas na região de Campinas

No interior de São Paulo, grupos de jovens estão se reunindo para ajudar pequenos produtores. A iniciativa partiu de estudantes de Empresas Juniores (EJs) que visam contribuir com seus aprendizados em sala de aula para cultivos orgânicos na região de Campinas. 

O projeto consiste em consultorias remotas, com recomendações dos manejos necessários para hortaliças e leguminosas, como adubação a partir de análises ou controle de pragas e doenças. Além disso, a iniciativa conta ainda com visitas periódicas nas propriedades, para avaliar o tratamento e realizar possíveis melhorias. O objetivo final é fazer com que obtenham o selo de certificação orgânica e gerem lucro aos pequenos produtores.

Para Bruno Ferreira, vice-presidente da ECAP Jr., empresa júnior responsável pelo projeto, a iniciativa beneficia tanto os estudantes quanto os produtores: “Com vivência empresarial, temos a possibilidade de aplicar nossos conhecimentos em benefício dos produtores e ainda aprendemos muito com eles! O resultado veio, alguns já estão colhendo seus respectivos produtos e obtendo suas certificações orgânicas”, relata.

Estudantes desenvolvem projeto para pequenos produtores rurais
Pequenas produtoras de Juquitiba, São Paulo, que foram beneficiadas pelo projeto. [Imagem: Divulgação]

As chamadas Empresas Juniores (EJs) são organizações sem fins lucrativos compostas por estudantes da graduação de diversas áreas. Esses universitários têm a oportunidade de colocar em prática aquilo que aprendem em sala de aula e fomentar seu aprendizado. Além disso, podem contribuir com a sociedade a partir da vivência empresarial nas universidades. Dentro de EJs, surgem projetos de sucesso como o da ECAP Jr, que ajuda na transformação de vidas da região. 

O Núcleo Campinas é a rede que representa as EJs da região metropolitana de Campinas e de suas cidades vizinhas no Movimento de Empresas Juniores (MEJ). Engajados pela sua missão, mais de 1200 estudantes foram impactados e 600 projetos foram executados. O Núcleo Campinas já movimentou sozinho 1.7 milhões de reais, que foram reinvestidos na educação empreendedora das universidades da região.

Contrate uma EJ!

O que está esperando para apoiar o movimento? Iniciativas como a da ECAP Jr. não estão isoladas! Empresas Juniores são uma ótima opção para quem precisa de ajuda em seu empreendimento. Além de soluções personalizadas e preço abaixo do mercado, ainda contribui para a educação de universitários em sua região. Contrate uma EJ você também!

Acompanhe o trabalho do Núcleo Campinas:

Site: https://nucleocampinas.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/nucleocampinas/

LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/n%C3%BAcleo-das-empresas-juniores-de-campinas/

Gostou de “Estudantes desenvolvem projeto para pequenos produtores rurais?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece nas cidades do Grande ABC. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Museu das Minas e do Metal: Programação Cultural em debate

Dando sequência a programação digital diversa e gratuita, o Museu das Minas e do Metal oferece nesta quinta, a partir das 19h, um bate-papo com o tema “Programação, ainda é possível?”, reunindo 4 programadoras de espaços dedicados à fruição cultural.

O setor cultural foi certamente um dos mais impactados com o avanço da pandemia e as medidas de isolamento social. Museus, teatros, casas de shows e espaços destinados à cultura foram fechados e a arte precisou de adaptar à nova realidade para continuar chegando até as pessoas. Em contrapartida, o público pode perceber o quão essencial deve ser este convívio com as manifestações culturais, contribuindo para a nossa saúde mental, além de provocar reflexões no ser humano.  

O MM Gerdau promove nesta quinta o segundo encontro virtual da programação de abril. A partir das 19h, 4 convidadas irão debater sobre o tema “Programação, ainda é possível?”, elaborado a partir de questionamentos levantados pelo programador cultural António Pinto Ribeiro em seu livro “Questões Permanentes: ensaios escolhidos sobre cultura contemporânea”, que traz a pergunta: “Programar em nome de quê? Ainda do Humano?”.

Assim, o Museu lançou um convite às diretoras, curadoras, gestoras e programadoras culturais de diversos espaços localizados em cidades distintas como Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Itabirito(MG), para uma conversa conjunta e reflexões sobre os desafios de criação e desenvolvimento de programações culturais para múltiplos espaços. Participam deste encontro: Clarisse Marinho (diretora de Extensão das Artes da Secretaria de Patrimônio Cultural e Turismo de Itabirito-MG), Karla Bittar Silveira (gerente de Cultura do SESI-Cultura), Keyna Eleison (diretora Artística do MAM – Museu de Arte Moderna-RJ) e Milena Lago (gerente de Programação da Fundação Clóvis Salgado – Palácio das Artes e Serraria Souza Pinto). A ação terá transmissão ao vivo no canal do Youtube do museu, incluindo  tradução em LIBRAS.

A atividade é uma oportunidade de reflexão e troca de experiências entre importantes profissionais do mercado cultural, contribuindo para esclarecer e mapear os principais desafios na condução e na curadoria de programação dos espaços culturais no país.

:: SOBRE O MM GERDAU O MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal ::

 |@mmgerdau |  

MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, integrante do Circuito Liberdade desde 2010, é um museu de ciência e tecnologia que apresenta de forma lúdica e interativa a história da mineração e da metalurgia. Em 20 áreas expositivas, estão 44 exposições que apresentam, por meio de personagens históricos e fictícios, os minérios, os minerais e a diversidade do universo da Geociências.

O Prédio Rosa da Praça da Liberdade, sede do Museu, foi inaugurado em 1897, juntamente com Belo Horizonte. Tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA), o edifício passou por meticuloso trabalho de restauro, que constatou que a decoração interna seguiu o gosto afrancesado da época, com vocabulário neoclássico e art nouveau.  O projeto arquitetônico para a nova finalidade do Prédio Rosa, que já foi Secretaria do Interior e da Educação, foi feito por Paulo Mendes da Rocha e a expografia, que usa a tecnologia como aliada da memória e da experiência, é de Marcello Dantas.

O Museu funciona de terça a domingo, das 12 às 18h, e na quinta, das 12 às 22h, entrada franca. Para além da exposição permanente, o MM Gerdau oferece uma programação diversa e para todas as idades. Todas as atividades são gratuitas.

O MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal é patrocinado pela Gerdau, via lei Federal de Incentivo à Cultura, com o apoio da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM).

PROGRAMAÇÃO e INFORMAÇÕES COMPLETAS: @mmgerdau

Instagram: @mmgerdau

Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=Qv9wh8j6hqM

Serviço:

08/04 – quinta-feira

Bate-papo “Programação, ainda é possível?”, com Clarisse Marinho (diretora de Extensão das Artes da Secretaria de Patrimônio Cultural e Turismo de Itabirito-MG), Karla Bittar Silveira (gerente de Cultura do SESI-Cultura), Keyna Eleison (diretora Artística do MAM – Museu de Arte Moderna-RJ) e Milena Lago (gerente de Programação da Fundação Clóvis Salgado – Palácio das Artes e Serraria Souza Pinto

Horário: 19h

Transmissão ao vivo pelo YouTube – MM Gerdau, incluindo tradução em libras

Gostou de “Museu das Minas e do Metal: Programação Cultural em debate?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Desemprego e pandemia fazem aumentar a busca por cursos online

Com os altos índices de desemprego no país, muitas pessoas passaram a buscar por cursos onlines que os ajudem a se recolocar no mercado de trabalho, durante esta pandemia.

Em meio a pandemia e os altos índices de desemprego no país, a busca por especializações e cursos que façam a diferença no currículo e no desenvolvimento pessoal vêm crescendo. Por sua comodidade, valores mais baixos e acesso mais fácil, os cursos online estão se tornando a opção ideal para o brasileiro.

Buscando por qualificação curricular, muitos acabam optando por cursos no segmento de idiomas, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), os cursos de idioma EAD (ensino à distância) cresceram 59% em 2020 e esses dados continuam sendo promissores para 2021. 

Segundo, Anna Carolyna Diniz, fundadora da BeFaster – School of English e criadora do método “Transforme o seu Inglês”, ao levar seu negócio para o online por conta da pandemia, suas aulas tiveram um aumento de busca e de alunos considerável. Hoje, Carolyna já conta com mais de 5 mil alunos em sua plataforma online e o número só cresce. 

“Muitos adultos me procuram buscando por um curso intensivo, no qual ele já consiga se desenvolver no inglês, muitas vezes porque o chefe está exigindo, ou, porque a vaga que ele procura exige o domínio da língua”, conta Carolyna.

De acordo com o IBGE a taxa de desemprego em 2020 chegou a 13,9%, dada a situação econômica do país e a crise por conta da pandemia de covid-19, os números para 2021 não devem ser muito melhores. 

A alta concorrência no mercado de trabalho, faz com que cada vez mais os profissionais busquem meios de se destacar através de cursos e certificações.

Desemprego e pandemia

Sobre Carolyna Diniz:

Fundadora da BeFaster – School of English, instrutora de língua Inglesa desde 2003 e criadora do método “Transforme o seu Inglês”.

Trabalhou em NYC como interprete auxiliando deficientes visuais brasileiros à adquirir cão guia nos Estados Unidos.

Master e Practitioner em PNL pela Sociedade Brasileira de Programação

Neurolinguística. Formada em Hipnose Ericksoniana e coach através da

Sociedade Brasileira de Coaching em 2016.

INSTAGRAM: https://www.instagram.com/carolinadinizsoueu/

YOUTUBE: https://www.youtube.com/results?search_query=carol+diniz

Gostou de “Desemprego e pandemia fazem aumentar a busca por cursos online ?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

100 bolsas de intercâmbio no exterior exclusiva para brasileiros

O maior programa de bolsas de estudos internacional, o SEDA Dream, oferecerá dez bolsas integrais, no valor de até R$ 15 mil cada, e 90 bolsas parciais, com até 50% de desconto para estudar em Dublin na Irlanda; Confira sobre 100 bolsas de intercâmbio no exterior exclusiva para brasileiros

As inscrições iniciaram na quinta-feira (1) e término em 15 de abril; os testes serão realizados em duas etapas nos dias 24 e 25/4 e 1º e 2 de maio;

SEDA College , escola de idiomas irlandesa, dá início ao maior programa de intercâmbio do mundo, o SEDA Dream. Com o investimento na ordem de R﹩ 500 mil, a iniciativa oferecerá com exclusividade aos brasileiros 100 bolsas de intercâmbio, destas dez integrais, no valor de até R﹩ 15 mil cada, e outras 90 bolsas com descontos de até 50%, para estudar em Dublin, na Irlanda. As inscrições têm início na quinta-feira (1) e término em 15 de abril.

Para participar os candidatos deverão preencher formulário e realizar a inscrição no site do programa SEDA Dream (https://sedadream.com). Os testes serão realizados em duas etapas nos dias 24 e 25/4 e 1º e 2 de maio. A taxa para participar é de R﹩ 97 e oferece neste valor três meses de acesso a plataforma SEDA College Online com mais de 60 cursos de inglês de todos os níveis.

Para a CEO da SEDA College Online, Vanessa Melo, a iniciativa está alinhada ao objetivo da escola em contribuir com o acesso de todos ao ensino de idiomas, bem como apoiar no aperfeiçoamento profissional. “Queremos preparar os brasileiros para evoluir em suas carreiras por meio da vivência internacional e a conquista de um novo idioma”, comentou a executiva.

Após o preenchimento do formulário e realização da inscrição, o processo de seleção ao programa ocorrerá em duas etapas: na primeira nos dias 24 e 25 os candidatos realizarão uma prova de inglês e outra de conhecimentos gerais sobre a Irlanda.

Na etapa seguinte, nos dias 1º e 2 de maio, será aplicado um teste de lógica e outro sobre a SEDA College. A soma de pontos nas provas de conhecimento gerais, lógica e sobre a SEDA College, equivalem ao valor do desconto, que pode chegar até 50%. Já na avaliação de inglês a pontuação será utilizada apenas para avaliar o nível de cada aluno. Todos que concluírem as quatro provas estarão elegíveis para o programa. No dia 5 de maio será anunciado nas redes sociais do SEDA Dream o nome dos ganhadores das bolsas integrais e parciais. E após a abertura das matrículas, também no dia 5 de maio, as vagas se encerrarão por ordem de adesão.

Contudo, com as restrições para viagens ao exterior, em decorrência do período pandêmico, os selecionados do programa podem optar por postergar a ida em até 12 meses, ou renovar essa data caso necessário. Vale lembrar também que é necessário ter idade mínima de 18 anos completos para o ingresso em outros países.

Os vencedores da última edição do programa podem ser conferidos no site SEDA Dream, entre eles o depoimento dos estudantes: Erick de Oliveira, do Rio de Janeiro; Gabriela Alvarenga, de Minas Gerais; e Lucas Riani, de São Paulo.

A escola de idiomas conta, ainda, com o programa de estágio no exterior, SEDA Internship, e o projeto de empregabilidade, SEDA Jobs. Ao todo são cerca de 300 mil inscritos na plataforma SEDA College Online, que oferece cursos de inglês para os níveis básico a avançado, além de inglês para negócios, entrevista de emprego e viagens.

Serviço:

Programa SEDA Dream

Início das inscrições: 1º de abril de 2021

Término das inscrições: 15 de abril de 2021

Taxa de inscrição: R﹩ 97

Provas: os testes serão realizados em duas etapas nos dias 24 e 25/4 e 1º e 2/5

Mais informações: https://sedadream.com

Sobre a SEDA College

Há mais de 10 anos em atuação na área de intercâmbio e docência na Irlanda, a SEDA College foi eleita por três consecutivos a melhor escola de idiomas da Irlanda. Desde 2018, a instituição mantém a SEDA College Online, plataforma com aulas realizadas exclusivamente pela internet, com apoio de professores especializados.

Gostou de “100 bolsas de intercâmbio no exterior exclusiva para brasileiros?

100 bolsas de intercâmbio no exterior exclusiva para brasileiros
Foto: Divulgação

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Qual a importância do Ensino a Distância na sociedade atual?

Quando falamos em Ensino a Distância, muitas pessoas se perguntam qual a importância? Ou ainda, será que tem o mesmo nível de ensino que uma aula presencial?

Pois acredite, a educação a distância não perde em nada para o ensino tradicional. Ao contrário, esta modalidade possibilita que pessoas que jamais teriam acesso a uma sala de aula, devido aos valores abusivos ou falta de horários de turmas abertas, possam se formar, trabalhar em uma função melhor, mais qualificada e conquistar, dessa forma, uma melhor qualidade de vida.

Portanto, a importância da EaD está na forma como ela democratiza o acesso ao ensino. Porém, não imagine que esta é a única vantagem do ensino a distância.

Essa modalidade de ensino traz diversos benefícios que corroboram para desmistificar o conceito e mostrar a importância da EaD na sociedade contemporânea ou pós-moderna, em meio aos tempos líquidos, tão falados pelo filósofo e sociólogo polonês, Zygmunt Bauman, em suas diversas obras.

Qual a importância do Ensino a Distância na sociedade pós-moderna?

Você sabia que essa forma de ensino não é tão nova quanto todos pensam? Se você acha que a EaD surgiu com o advento da internet, está muito enganado.

Desde 1728 as pessoas já faziam cursos pelos Correios. Exatamente isso, o ensino era via correspondência e existe desde a época em que as cartas eram levadas a cavalo.

Obviamente, a qualidade que se tem hoje, com todos os recursos digitais e de pesquisa a disposição, é outra. Isso faz a importância da EaD ficar ainda maior, uma vez que o aluno pode acessar as aulas de qualquer lugar.

Por exemplo, supomos que você tenha aula em um determinado dia da semana. Na aula presencial, você teria que faltar e perderia aquele conteúdo.

Já na EaD é totalmente diferente. Você pode levar sua aula consigo para onde quiser e não precisa ficar preso a uma grade de horários fixa, que iria engessar a sua vida. Com certeza, essa é uma liberdade e flexibilidade que todos almejam.

Além disso, como falamos anteriormente, a diferença de valores de cursos presenciais para cursos EaD é enorme.

E é aqui que muita gente comete um terrível equívoco. As pessoas acham que por ser mais barato a qualidade é menor, quando muitas vezes pode ser exatamente o contrário.

  • Mas, então, como um produto mais barato pode ser melhor que um mais caro?

Bem simples, isso se dá devido aos contratos feitos com os professores, que em aulas EaD recebem para produzir conteúdos, os quais são usados diversas vezes e precisam de uma qualidade extrema.

Na aula presencial, o professor é pago para dar diversas vezes a mesma aula. E todos somos humanos, o que faz um dia a aula do professor ser melhor do que em outros. Afinal, são diversos fatores que podem influenciar no desempenho do profissional.

Ou seja, em uma aula EaD, você terá sempre o melhor do professor, porque o material foi feito com um cuidado extremo para oferecer a melhor qualidade possível.

Como você pode notar a importância da EaD na sociedade é imensa e tende a aumentar cada vez mais.

Conforme dados do Censo da Educação Superior de 2018, mais de 6,3 milhões de alunos são de cursos presenciais e mais de 2 milhões de cursos de ensino a distância.

Além disso, o Censo registrou uma diminuição de 2,07% na quantidade de alunos do ensino presencial e um aumento de 14,56% na quantidade de estudantes EaD.

Pense que essa modalidade fez mais de 2 milhões de pessoas terem acesso ao nível superior, número que cresce vertiginosamente todos os anos justamente por existir essa modalidade de ensino.

Vale ressaltar também que, em tempos de pandemia, até mesmo quem havia optado pelo ensino presencial se viu obrigado a ter aulas EaD.

Contudo, os profissionais que ministram aulas a distância possuem toda uma formação para essa modalidade, o que professores presenciais nem sempre têm, uma vez que não necessitam executar a tarefa desse modo.

Entretanto, como você bem sabe, a pandemia mudou tudo, fez todos precisarem se reinventar e o brasileiro perder o medo de diversas coisas virtuais, como comprar pela internet, usar aplicativos de entrega de alimentos e estudar a distância.

  • Mas, quais são as vantagens de estudar online?

As vantagens de cursar EaD são imensas. Por isso, decidimos elencar as três principais, a fim de que você veja a importância dela para realizar todos os seus sonhos.

1 – Flexibilidade de Horários

Como falamos anteriormente, você ser dono dos seus horários e da sua rotina não tem preço. Cada vez a vida está mais corrida e é mais difícil podermos reservar quatro horas por dia para sentarmos em uma sala de aula.

Muitas pessoas precisam conciliar uma rotina quádrupla, entre trabalho, estudos, casa e filhos. E, obviamente, ter essa flexibilidade de horário para os estudos facilita muito a vida.

2 – Custo baixo

Outro ponto super relevante é o custo. Por não ser necessário pagar salários altíssimos para professores ficarem todos os dias em sala de aula e por não ser preciso gastar com estruturas imensas que comportem todos os alunos, o preço acaba reduzindo.

Ou seja, você tem acesso ao mesmo material só que por um valor, algumas vezes, até 90% mais barato.

3 – Melhor aprendizagem

Diferentemente do que muitos pensam, é possível aprender mais de forma online do que de forma presencial.

  • Mas por que isso?

Bem simples, na aula presencial você vai ver o conteúdo uma única vez. Talvez no dia você até memorize o material, mas, um mês depois, será que você ainda vai lembrar do conteúdo?

Na metodologia do ensino a distância, você poderá acessar o material quantas vezes quiser. Poderá voltar o vídeo, reler as apostilas, tudo para a melhor fixação do conteúdo. E, caso no futuro você não se lembre mais do que aprendeu, basta acessar novamente a aula.

Além de que, você pode fazer ela onde desejar, o que irá permitir que estude em ambientes que lhe trarão uma concentração maior, logo, uma maior aprendizagem e fixação.

Como você pode notar são os benefícios que trazem toda essa importância para a EaD.

Duas dicas de como conquistar o seu melhor futuro

Agora que você já conhece a importância da EaD e sabe as principais vantagens desse método de ensino, nada mais justo do que lhe ensinar como você pode usar a educação a distância para conquistar todos os seus sonhos.

1 – Planeje-se

Nossa primeira dica é fazer um planejamento. Como diz o velho ditado popular: “não é possível chegar a um lugar diferente seguindo o mesmo caminho”.

Por isso, você vai precisar de planejamento, tanto para escolher qual curso quer fazer, quanto depois, para gerenciar seus horários e poder estudar para as aulas.

Isso fará você ter mais tempo. Além de que, seu tempo será mais produtivo e irá render mais.

Se você conseguir, um bom tempo diário é uma hora de estudos. Caso consiga mais, perfeito.

Muitas vezes você terá mais tempo em um dia do que em outro. Verifique sua agenda e monte seu calendário de estudos da forma que ficar melhor para você.

2 – Escolha com sabedoria

Tão vital quanto saber a importância do EaD é você saber como escolher um bom curso.

Mas como escolher um curso entre tantos?

Bem simples, observe os professores da grade, veja o que outras pessoas que já fizeram aquele curso estão comentando nas redes sociais.

Atualmente, não existe nada velado. Tudo fica exposto na internet. Então use isso a seu favor para fazer a melhor escolha.

E, caso ainda tenha dúvidas, fale com um dos nossos profissionais.

O Portal da Educação (UOL) está aqui para lhe auxiliar a conquistar todos os seus sonhos e fazer com que você tenha a carreira que tanto merece.

Caso você queira aproveitar e começar logo os seus estudos, o Portal Educação está com promoção de férias, há descontos de até 40% em cursos nas áreas de:

Saúde; Educação e pedagogia; Marketing e design; Administração e negócios; Biologia; Tecnologia; Dentre outras. Aproveite os descontos, clique AQUI.

Fonte: Portal Educação. Gosta de tecnologia? Conheça o Dica App do Dia.

Gostou de “Qual a importância do Ensino a Distância na sociedade atual??

Qual a importância do Ensino a Distância
Qual a importância do Ensino a Distância?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Merenda em Casa retorna na rede estadual de SP

Nesta quarta-feira (31/03), o Governador João Doria anunciou que vai retomar o pagamento do programa Merenda em Casa. O benefício vai atender 920 mil estudantes matriculados na rede estadual de São Paulo, de R$ 55 por aluno. O valor estará disponível a partir da próxima quarta-feira (07/04).

“A retomada do pagamento do Programa Merenda em Casa beneficia, agora, 920 mil estudantes da rede estadual de ensino, em vulnerabilidade, que passarão a receber R$ 55 por mês, cada aluno, para a compra de seu alimento em casa, a partir do dia 7 de abril”, afirmou Doria.

Merenda em Casa retorna na rede estadual de SP


Para ter certeza do pagamento desta nova fase do Merenda em Casa, o Governo do Estado vai investir, com recursos próprios integrais, o valor de R$ 50,6 milhões, todo mês. O benefício será pago durante o período em que as aulas presenciais estiverem suspensas.

É necessário destacar que as refeições que estão sendo servidas nas escolas estaduais, neste período, continuam disponíveis também aos estudantes contemplados no Merenda em Casa, independente do benefício. Mesmo na fase vermelha da pandemia, as escolas estaduais continuam abertas, para que seja servida a merenda escolar, e também para a entrega de materiais e do chip de internet.

“Em meio a esta terrível pandemia, o papel social e acolhedor das nossas escolas é cada vez mais importante. Este benefício, aliado à continuidade da merenda servida na escola a estes 920 mil alunos que mais precisam, é um apoio importante no combate à fome, nesta crise”, disse Rossieli Soares, Secretário de Estado da Educação.

Os estudantes beneficiados são de famílias que se encontram em situação de pobreza, e, portanto, estão registradas no Cadastro Único de programas sociais. São classificadas desta forma as famílias que possuem renda familiar per capita de até R$ 178 mensais. No ano passado, o Governo de SP pagou nove parcelas do subsídio a 720 mil estudantes e, neste ano, incrementou o número de beneficiados com mais 200 alunos da rede, totalizando os 920 anunciados hoje.

Pagamento

Assim como no ano passado, o pagamento será feito por meio do aplicativo PicPay, sem cobrança de taxa.

Confira, abaixo, o passo a passo para ter acesso ao benefício:

– Pesquise por “PicPay” nas lojas virtuais Apple Store (para dispositivos iOS) ou Google Play (para dispositivos Android) e faça o download do aplicativo.
– Crie uma conta no PicPay com seu nome, CPF e data de nascimento.
– Valide sua identidade. O usuário receberá notificações no aplicativo pedindo o envio de uma selfie e uma foto do RG ou carteira de habilitação. A medida garante a segurança do usuário no aplicativo e a confirmação da família como beneficiária do programa.
– Após a confirmação da selfie e do documento, o benefício é creditado na conta PicPay do usuário.

Não é necessário ter conta bancária ou cartão de crédito. É possível sacar o dinheiro em um caixa eletrônico da rede 24Horas e transferir o valor para outras contas, sem taxa adicional.

Gostou de “Merenda em Casa retorna na rede estadual de SP?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes


Música é o destaque da Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba

No fim de semana do feriado da Páscoa a programação da edição virtual da Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba continua com série de atividades, com destaque para a música. De sexta-feira a domingo o público pode conferir ainda os artigos de 43 expositores e uma contação de história. A feira, realizada com recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc do Estado de São Paulo, conta com apoio da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Santo André.

Música é o destaque da Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba

Nesta sexta-feira (2), às 20h, acompanhada do guitarrista e arranjador Dino Barioni, a cantora Graça Cunha interpretará duas músicas de sua autoria: Saudade e solidão, que integra o seu primeiro álbum “De virada”, e “Mulheres de Gaya”.

A programação do sábado (3), a partir das 20h, terá a apresentação da banda punk Os Desconhecidos, formada pelos irmãos Schivittez. No show, músicas do último álbum “Viemos em pás”, lançado em 2020, além de outras composições.

No domingo (4) as atrações da feira serão, às 15h, a contação de histórias com Sandra Guzmán, que estará acompanhada do músico André Gonçalves (percussão e flauta doce). E para fechar o fim de semana, às 19h, o cantor, guitarrista e gaitista Vasco Faé, um dos grandes nomes do cenário do Blues no Brasil, apresentará as canções autorais Furacão e Worried Mind.

Esta edição virtual da Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba contou com recursos provenientes da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc do Estado de São Paulo, que tornaram possível a ampliação da programação e a contratação de mais de 220 artistas de diversas áreas. Além de muita música, teatro e circo, saraus, a feira terá um total de 130 eventos, até 30 de abril. Todas as atividades poderão ser conferidas no site https://www.fparanapiacaba.com/, no Facebook (@feiraparanapiacaba), no Instagram (@fparanapiacaba) e no canal do YouTube da feira.

História – A Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba é realizada desde 2015 com expositores da Região Metropolitana de São Paulo, inclusive com moradores da Vila de Paranapiacaba. Entre as artes, há o tradicional artesanato em tecidos, linhas e pedras e antiquários. A feira também tem parceria com grupos que buscam novas formas de interagir com o mercado de trabalho de forma coletiva, como a Associação Fibras da Serra e o Coletivo FOOP.

Nesta edição a produção executiva e a curadoria são de Anita Carvalho e Leonete Accetto e a proponente do projeto foi a empresa Ba Rocco Produções.

Serviço:

Feira de Artes e Artesanato de Paranapiacaba – edição virtual

Além de 43 expositores, participação de artistas visuais, além de apresentações musicais, saraus, teatro e circo, entre outros, num total de 130 eventos. Até 30 de abril.

Confira a programação em www.fparanapiacaba.com

Transmissão pelo site www.fparanapiacaba.com/, Facebook (@feiraparanapiacaba), Instagram (@fparanapiacaba) e canal do YouTube da feira.

O projeto contou com o apoio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Santo André.

Atividades gratuitas.

Gostou de “Música é o destaque da Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Especialistas debatem retorno de aulas presenciais em audiência

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados realizou uma audiência pública para debater o retorno às aulas presenciais. O evento aconteceu de forma remota, na manhã desta segunda-feira (29), e contou com a participação de especialistas de diferentes entidades.

Especialistas debatem retorno de aulas presenciais em audiência

Deputados e atores da educação brasileira apresentaram pesquisas e levantamentos a respeito do tema para aumentar o diálogo sobre o ponto polêmico, ressaltando assuntos como a vacinação contra a Covid-19 e protocolos sanitários na pandemia.

A audiência foi um pedido da deputada Professora Rosa Neide (PT-MT), e foi aberta pela presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação no Rio de Janeiro (Undime-RJ), Stella Magaly Salomão Correa. A especialista detalhou relatórios da Undime sobre a situação pedagógica do país na pandemia.

“Encontramos redes que não ofereceram nenhum conteúdo, aguardando um retorno presencial. Temos um trabalho grande nas redes para aproximar professores e alunos com segurança, não só física, mas também biossanitária e emocional”, disse. 

Para Stella Magaly, segundo pesquisas da entidade, o acesso dos estudantes à internet é uma das principais dificuldades das Secretarias de Educação Municipais. “Como estará a educação daqui há cinco anos? Como nós, atores da educação, vamos pensar políticas públicas que possam minimizar, no longo prazo e recuperar a longo prazo esse dano, esse contexto que a pandemia tem trazido?”, questionou.

Outros dados e informações de estudos que acrescentaram o debate foram levados por Ethel Maciel, pós-doutora em Epidemiologia e professora da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Ela levantou pesquisas que mostraram os impactos da volta às aulas em diferentes nações.

“Temos alguns estudos importantes, um deles analisou 41 países para verificar quais medidas impactaram mais a taxa de transmissão. O fechamento de escolas e universidades e o limite de ter dez pessoas ou menos em qualquer atividade foram os que mais impactaram a transmissão da doença. O lockdown com escolas fechadas apresenta uma redução da transmissão bem significativa”, apresentou.

Protocolos e desigualdades

Ethel também lembrou que mesmo estratégias bem definidas não garantem 100% de eficiência contra a disseminação do vírus. “Há muitas crianças com comorbidades, muitas que não apresentam febre. Aquele protocolo de medir a temperatura não é totalmente eficaz. Às vezes os protocolos têm vários itens, mas as crianças não conseguem seguir. E temos diferentes realidades nas escolas.”

Paulino Delmar Rodrigues Pereira, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares no Estado do Maranhão (Sinepe-MA) e diretor-adjunto da Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino (Confenen), defendeu que “em qualquer período de lockdown, as escolas devem ser as últimas a fecharem e as primeiras a abrirem”, citando um entendimento da Unicef.

Ele afirmou que ouvir especialistas e a comunidade escolar foi fundamental em um exemplo de boa construção de protocolo no estado. “Contratamos uma consultoria de uma médica infectologista e tivemos a discussão de um fórum que foi formado com o Ministério Público do Trabalho, da Educação, e entidades que fizeram duas ou três reuniões para discutir a situação. São 71 itens de exigências. Ele foi muito bem elaborado e discutido, inclusive por professores, pais de alunos e funcionários administrativos”, detalhou.

Centralização de esforços

A avaliação de que o país precisa de uma coordenação central para minimizar as problemáticas do ensino remoto foi citada por quase todos os participantes. O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, abriu a fala dizendo lamentar que o país esteja “desgovernado”. 
 
“Nós, trabalhadores da educação pública, queremos voltar às aulas presenciais, mas com segurança sanitária. Ou seja, estarmos vacinados, com o país com testagem em massa, fazendo rastreamento dos casos de infecção, controle para evitar a disseminação do vírus. Exigimos a plena execução de protocolos, que eles não fiquem só no papel”, ressaltou.

Para o secretário de Educação do Estado da Bahia e representante do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consd), Jerônimo Rodrigues, “a ausência do governo federal faz muita falta”. “Observamos até comportamentos de ‘jogo contrário’. Tivemos recentemente o veto à situação da internet, o Enem, a questão do Fundeb”, pontuou.

Também houve a participação do deputado federal General Peternelli (PSL-SP), que defendeu o debate pensado nos estudantes, professores e envolvidos no sistema de ensino. “Não é o caso de politizar nada, o foco tem que ser nas nossas crianças. Algumas escolas particulares estão voltando às aulas e as públicas não. E os alunos de todas vão fazer o mesmo Enem”, opinou.

Fonte: Brasil 61

Gostou de “Especialistas debatem retorno de aulas presenciais em audiência?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Minuto Unicef: como manter a ventilação adequada no ambiente escolar?

As aulas estão de volta, seja a distância ou presencial. Nessa volta às aulas, é preciso seguir as novas regras para proteger todos contra o coronavírus. Na escola, é importante manter a ventilação adequada das salas. Mas como fazer isso na prática? Marta Litwinczik, coordenadora de Água, Saneamento e Higiene do UNICEF no Brasil, explica.

Minuto Unicef: como manter a ventilação adequada no ambiente escolar?

“Devemos observar se todas as portas e janelas estão abertas. Garantir que fiquem abertas o maior tempo possível, nos diversos espaços da escola: na sala de aula, na sala da direção, na sala da coordenação pedagógica, na cantina, na biblioteca. Ar-condicionado não é recomendável. Mas se não houver outra possibilidade, é necessário fazer a higienização e a limpeza do equipamento com maior regularidade. Com relação à ventilação, é necessário observar e garantir também no transporte escolar”, recomenda.

O fechamento das escolas deve ser sempre a última opção. Caso elas tenham que ser fechadas, devem ser as primeiras a reabrir assim que a situação epidemiológica permitir.

Nessa volta às aulas, cada um faz a sua parte. Use máscara, lave sempre as mãos, mantenha a distância e siga as orientações da escola. Saiba mais em unicef.org.br.

Fonte: Brasil 61

Gostou de “Minuto Unicef: como manter a ventilação adequada no ambiente escolar??

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Governo de SP investe em ônibus escolares

Nesta segunda-feira (22/03), O Vice-Governador Rodrigo Garcia fez um anuncio sobre o investimento de R$ 211,6 milhões na compra de ônibus escolares. Mesmo com o recesso antecipado em todas as escolas estaduais, em vigor desde segunda-feira (15/03), a Secretaria Estadual da Educação (Seduc-SP) segue com uma série de investimentos previstos para este ano.

Governo de SP investe em ônibus escolares
O Vice-Governador do Estado de São Paulo Rodrigo Garcia durante a Coletiva de Imprensa com a Área do Governo e a Área da Saúde. Dia: 22/03/2021 Local: São Paulo/SP Foto:Governo do Estado de São Paulo


“Os ônibus foram adquiridos com recursos estaduais e estarão à disposição de centenas de municípios para dar mais segurança no transporte escolar dos alunos, preparando para o momento adequado da retomada das aulas”, falou o Vice-Governador.


No total de 868 ônibus, 549 já foram entregues a 372 municípios. O investimento de R$ 211,6 milhões foi integralmente feito pelo Governo do Estado de SP.

São 168 ônibus modelo ORE 2, da Mercedez Benz, com capacidade para transportar 44 estudantes mais o condutor e 700 ônibus do modelo ORE 3, da Volkswagen, com capacidade para 59 estudantes, e o condutor. Os dois modelos são equipados com dispositivos de acessibilidade para estudantes com deficiência ou com mobilidade reduzida.


“O transporte escolar é executado por convênio com as prefeituras, por isso essa parceria é muito importante. Quando do retorno das aulas, um dos itens mais importantes e inclusivos é o transporte escolar. Sem ele, não chegamos a todos”, destacou o Secretário da Educação, Rossieli Soares.

Gostou de “Governo de SP investe em ônibus escolares?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Festival virtual do Mundo Pensante chega com programação diversa

Anelis Assumpção, Chico César, Di Melo, Funmilayo Afrobeat Orquestra, Luê, Metá Metá e UriaS fazem shows na 10ª edição do evento

O nome já diz tudo! No Festival Mundo Pensante, a diversidade artística é abordada através de shows, oficinas, rodas de conversa, com foco em gestão cultural, e DJs sets. Com 22 atrações, entre os dias 17 e 27 de março, acontece a 10ª edição do evento. Pela primeira vez, o festival será totalmente online e gratuito.

Festival virtual do Mundo Pensante chega com programação diversa

O festival que tem a curadoria do designer, músico, produtor e fundador do Mundo Pensante Paulo Papaleo conta com shows de Anelis Assumpção, Chico César, Di Melo, Funmilayo Afrobeat Orquestra, Luê, Metá Metá e UriaS nos dias 26 e 27 de março. Além das apresentações, o evento terá Vivian Marques e o DJ NUts no comando das pick-ups.

A grande novidade desse ano é a interação com profissionais das mais diversas áreas de comunicação, acessibilidade e música nas rodas de conversa e oficinas. Esses especialistas criam trabalhos bem diferentes para públicos semelhantes, em uma programação curiosa pelas escolhas e interessante por suas possibilidades de resultado. E nessa edição vem ainda mais forte e conectado com as necessidades do público, ávido por conhecimento e coletividade: a especialista em comunicação digital com foco em cultura, música e diversidade, Bia Bem apresenta a Oficina de Comunicação e Música; cantora, compositora e atriz  Luiza Caspary comanda a Oficina de Acessibilidade Cultural; no comando da Oficina de Produção Musical Gravando em Casa, o baixista e produtor musical Guilherme Chiapetta.

A programação de shows e rodas de conversa pode ser vista no YouTube do Festival Mundo Pensante https://youtube.com/user/mundopensantesp .

Informações aqui.

Oficinas:

Dias: 17, 18, 19 e 20 de março

Local : YouTube Mundo Pensante

Oficina de Comunicação e Música – palestrante: Bia Bem

Datas: 17, 18 e 19 de março

Horário: 16h

Foco: Aspectos da comunicação para artistas de música. Linguagem, plataformas, pontos de atenção e oportunidades. Possibilidades de divulgação para artistas que buscam ampliar o alcance do seu trabalho estão na pauta.

Inscrições gratuita aqui.

Oficina de Acessibilidade Cultura – palestrante: Luiza Caspary

Datas: 18, 19 e 20 de março

Horário: 19h

Foco: Essa oficina visa oferecer caminhos mais amplos de comunicação, com o intuito de que o acesso à cultura chegue a todos. As ferramentas já estão disponíveis, mas para usá-las com sabedoria, é preciso saber para que servem de fato, o público a ser atendido e a melhor forma de fazer uso das mesmas.

Inscrições gratuitas aqui.

Dia 18 – Primeiro Dia

Produzindo conteúdos e eventos acessíveis incluindo pessoas com deficiência visual.

*Participação de um consultor cego e uma audiodescritora.

Dia 19 – Segundo Dia

Produzindo conteúdos e eventos acessíveis para pessoas com deficiência auditiva. Introdução ao uso e produção de legendas e outros recursos utilizados para a comunicação.

*Participação de uma profissional em legendagem e consultor surdo.

Dia 20 – Terceiro Dia

Produzindo conteúdos e eventos acessíveis para pessoas com deficiência auditiva. Introdução ao universo da Libras (Língua Brasileira de Sinais) e sua importância na cultura surda.

*Participação de um representante da comunidade surda e uma intérprete de Libras.

Oficina de Produção Musical Gravando em Casa – palestrante Guilherme Chiappetta

Datas: 17, 18, 19 e 20 de março

Horário: 19h

Foco: Direcionada para músicos e produtores de todos os estilos musicais, que desejem produzir e gravar suas músicas. Durante estes encontros, Guilherme Chiappetta apresenta conceitos, técnicas e práticas de gravação.

Inscrições gratuitas aqui.

Rodas de Conversa

SÁBADO 19/03

13h – Direitos Autorais

 Convidados: Raquel Lemos (Lemos Consultoria) + Renato Dolabella (Dolabella advocacia)

Mediação: Rico Manzano (Música em Rede)

14h30 – Festivais Independentes

Convidados: Gutie (Rec Beat) + Ana Morena (Do Sol)

Mediação: Rodolfo Lacerda (Música em Rede)

16h00 – Distribuição Digital

Convidadas: Renata Mader (Altafonte) + Cris Falcão (Ingrooves)

Mediação: Rico Manzano (Música em Rede)

DOMINGO 20/03

13h-Agenciamento e booking:

Convidados: Eduardo Porto (Agencia Let´sGig) + Felipe Gonzales (Difusa Fronteira)

Mediação: Rodolfo Lacerda (Música em Rede)

14h30- Produção Musical

Convidados: Pablo Bispo (Dogz e Brabo) + Barral Lima (UN Music)

Mediação: Rico Manzano (Música em Rede)

16h-

 Dani Rodrigues (Foco na Missão:Rashid) + André Bourgeois (Urban Jungle: Céu, Edgar e Boogarins)

Mediação: Rodolfo Lacerda (Música em Rede)

Shows

Datas: 26 e 27 de março

Horário: 19h

Dia 26 de março – 19h

  • Show case 1
  • Show case 2
  • Di Melo
  • Metá Metá
  • Anelis Assumpção
  • DJ Vivian Marques

Dia 27 de março – 19h

  • Show case 3
  • Show case 4
  • Luê
  • UriaS
  • Funmilayo Afrobeat Orquestra
  • Chico César
  • DJ Nuts

Gostou de “Festival virtual do Mundo Pensante chega com programação diversa?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Reality Show do Grande ABC abre inscrições para segunda edição

O Reality Show do Grande ABC “O Grande Morador” está novamente com inscrições abertas, desta vez para a segunda edição.

A competição acontece de forma virtual pelo Instagram e coloca criadores de conteúdo para participar de dinâmicas com provas e votações, bem parecido com o Big Brother Brasil e outros programas do gênero. Desta vez, o que está em jogo é um voucher de R$300 em produtos de tecnologia da loja Etech – Tecnology Store, além de outras premiações surpresas durante a competição.

Reality Show do Grande ABC abre inscrições para segunda edição

O objetivo da atração é gerar entretenimento e movimentar as redes sociais dos participantes. Para ser selecionado, é importante ser uma pessoa que goste de fazer vídeos para a internet, postar fotos e queira aparecer. Participe dessas brincadeiras que movimentam os seguidores do Instagram e criam conexão com outros criadores de conteúdo.

Os produtores do projeto inovador para a região são o casal Júlio Pacheco e Amanda Moretti, da página Morador do ABC (instagram.com/morador.abc). “Na primeira edição, nós convidamos apenas pessoas que já acompanhávamos, para participar. Desta vez, queremos abrir espaço para que mais gente possa se candidatar à brincadeira e, com isso, expandir ainda mais as possibilidades e garantir personalidades diferentes”, explicou Júlio.

Regras Básicas – O jogo reúne, virtualmente, um grupo de participantes selecionados. Eles serão desafiados em provas e dinâmicas de votação entre eles, para definir quem continua no jogo e quem vai para a votação popular (paredão). O público e os seguidores votam para definir quem se mantém na disputa. No final, o último competidor que continuar no jogo, levará o prêmio de R$300 em produtos de tecnologia. 

Como me inscrevo?

Para se inscrever na segunda edição da competição, é bem simples!


Acesse o link abaixo com o questionário onde será possível conhecer um pouco mais sobre você. Após enviar as respostas, aguarde produção do Reality Show entrar em contato, por mensagem privada (DM) no Instagram, utilizando o perfil @morador.abc

Importante! Apenas moradores das sete cidades do Grande ABC (Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra) serão selecionados. 

O Reality Show “O Grande Morador” é uma brincadeira para gerar conteúdo nas redes sociais dos participantes selecionados – não há pagamento de cachê ou qualquer outro tipo de remuneração aos participantes. O objetivo é divertir, movimentar, gerar entretenimento e criar conexões entre pessoas, sendo a premiação algo simbólico.

Link do questionário de inscrição: https://forms.gle/VGrvna42cbxh1Fnm9


Não esqueça de deixar seu perfil no Instagram aberto!
O Grande Morador é uma competição para quem quer ser visto. Seu perfil deverá estar aberto durante toda a competição, para que a produção do Reality Show possa compartilhar vídeos e fotos que você postar.

Gostou de “Reality Show do Grande ABC abre inscrições para segunda edição?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Workshop e palestras do festival Virtuosi

Seguindo até o dia 28 de março de forma online, a programação formativa do XXIII Virtuosi Virtual reserva momentos de reflexão e conversas a respeito da música de câmara e de aspectos de interpretação e composição musical. Com acesso gratuito e possível de se assistir pelo Facebook e pelo Zoom. O evento também contará com recursos de tradução em LIBRAS, para a série Virtuosi Diálogos Virtuais, nas Palestras “O Quarteto de Cordas” com Marcelo Jaffé e “A Interpretação Musical e a Subjetividade” com Marisa Rezende.

A programação do evento é completamente gratuita e ao longo dos dias, em qualquer lugar do mundo, o público poderá conferir uma rica programação de concertos e recitais exclusivos em suas casas, através do: www.virtuosi.com.br.

Ministrado pelo professor Sérgio Barza, o Virtuosi Diálogos Virtuais apresenta elementos gerais de como compositores buscam criar ordem e inteligibilidade em suas obras no decorrer da história da música. Até a quarta-feira (18), o workshop apresenta repertórios musicais variados através de um modelo tripartite baseado na ideia musical, projeto composicional, no material e na técnica composicional.

Com um profundo conhecimento musical, o violista Marcelo Jaffé que comanda o programa “O Prazer da Música” desde 2010 na Rádio Cultura FM, fala a respeito dos Quartetos de Cordas na história, na próxima segunda-feira (22). Na terça (23), a compositora e pianista Marisa Rezende apresenta relatos sobre suas obras buscando vínculos entre decisões subjetivas e as tarefas da interpretação musical no momento da performance.

A programação do evento foi aprovada pela Lei Aldir Blanc e Sistema de incentivo à Cultura da Prefeitura do Recife.

Link para as palestras: https://us02web.zoom.us/j/85271075209?pwd=U08yc2dWV0VZVWdhT1IxVFRHNVJOdz09

SERVIÇO:

INCLUSIVO: WORKSHOP E PALESTRAS DO FESTIVAL VIRTUOSI CONTAM COM RECURSOS DE ACESSIBILIDADE

Até o dia 28 de março

Gratuito

Inscrições:  www.virtuosi.com.br

Apresentação: Lei Aldir Blanc, Fundarpe, Secretaria de Cultura, Governo de Pernambuco; Prefeitura do Recife

Incentivo: pelo Sistema de Incentivo à cultura, da Prefeitura Municipal do Recife

Patrocínio: STN , Excelsior Seguros, Uninassau

Produção: CODA

Realização: Virtuosi, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal.

Informações: 3203 6023

www.virtuosi.com.br

Assessoria de Imprensa:

Mexe Mexe Comunicação

Luma Araujo – (81) 9 8532.6635 / lumali.araujo@gmail.com

Gostou de “Workshop e palestras do festival Virtuosi?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Ribeirão Pires adia retorno de aulas presenciais

No último sábado (13/03) a Prefeitura de Ribeirão Pires publicou um decreto municipal (N° 7.124/2021) que adiou, novamente, o retorno das aulas presenciais para as redes estadual e particular da cidade para o dia 5 de abril.

Esta é uma medida preventiva à disseminação do coronavírus e foi tomada no momento em que o município enfrenta o aumento dos casos de covid-19 e consequente, alta na demanda por internação em leitos da rede pública de saúde, que está sobrecarregada.

Ribeirão Pires adia retorno de aulas presenciais

As atividades presenciais na rede municipal já estavam previstas para serem retomadas no dia 5 de abril (Decreto Municipal N° 7.115/2021) – unidades particulares e estaduais retornariam presencialmente no dia 22 de março.

O retorno presencial, entretanto, segue em discussão pela Prefeitura, considerando o cenário da pandemia e as condições epidemiológicas locais.

“Em Ribeirão Pires nós priorizamos a vida de nossas crianças, jovens e profissionais da Educação. O momento é delicado e exige sensibilidade de todos os que atuam nas redes de ensino. Estamos ouvindo toda a comunidade escolar e as autoridades de saúde para a tomada de decisões”, explicou a secretária de Educação do município, Rosi Ribeiro de Marco.

Novas orientações para a Educação – As medidas de combate ao coronavírus foram endurecidas em Ribeirão Pires, seguindo, inclusive, a Fase Emergencial do Plano São Paulo, válida para todo o Estado entre 15 a 30/03.

A Secretaria de Educação terá, neste período, atendimento presencial totalmente suspenso. Moradores que precisem de informações ou orientações deverão entrar em contato com os setores pelo e-mail sec@ribeiraopires.sp.gov.br – segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h. Os funcionários da Educação permanecerão temporariamente em sistema de teletrabalho (home office).

Já nas escolas, o atendimento será feito por meio dos canais eletrônicos – e-mail ou WhatsApp das escolas. Todos os atendimentos presenciais para a retirada de atividades do programa de ensino remoto, por exemplo, deverão ser previamente agendadas com as escolas.

A rede municipal de ensino de Ribeirão Pires manterá o programa Educa Ribeirão (ensino remoto) neste período.

Todas as atividades podem ser acessadas por meio de plataforma online ou, caso aluno não tenha acesso à Internet, é possível realizar a retirada agendada de conteúdos impressos nas escolas.

Gostou de Ribeirão Pires adia retorno de aulas presenciais?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

“Águas de Março”, o novo e emocionante romance policial

O primeiro romance policial escrito pelo jornalista Jonatas Oliveira chega para despertar a curiosidade, mas principalmente, aguçar os instintos investigativos e prender os leitores até a última página. Águas de Março foi um desafio para o autor, pois foi escrito em 31 dias em tempo real. Assim, cada capítulo faz referência direta a um dia do mês e a trama passa a sofrer interferência direta dos fatos ocorridos no período, impactando o andamento da história e o desenvolvimento do roteiro.

Em Águas de Março diversas mulheres aparecem mortas na cidade de São Paulo ao longo de março de 2019, crimes que ficam sem solução imediata. Dois policiais e um jornalista de um programa sensacionalista de TV começam a investigar e fazem descobertas que os levam a um implacável serial killer e a uma assustadora descoberta: o mal às vezes pode estar ao nosso lado.


“Escrever um livro em tempo real foi interessantíssimo, pois qualquer coisa pode acontecer e mudar o rumo da história em pouco tempo. Eu tinha uma trama pré-definida e sabia onde queria chegar com a história. Porém, o roteiro era editado e revisado todos os dias já que no processo criativo, optei por direcionar os rumos da narrativa de acordo com questões que realmente aconteciam, fazendo com que a vida real influenciasse diretamente a ficção”.

Prenda o fôlego e tente desvendar nos pequenos detalhes de quem é o serial killer dessa história inspirada na canção “Águas de Março” de Tom Jobim.

Serviço:

Título: Águas de Março Autor: Jonatas Oliveira Editora: Edição do Autor Formato: e-Book e impresso (ambos disponíveis na Amazon) Nº de páginas: 170 Preço: R$ 9,99 (digital) e 56,59 (impresso)

Sobre o Autor

Jonatas Oliveira nasceu em Belo Horizonte e cresceu em Rio Claro, interior de São Paulo, e hoje mora na Capital do Estado. Estudou Jornalismo na Universidade Católica de Santos, onde aprimorou o olhar para o cotidiano e se tornou um apaixonado por desenvolver histórias de ficção baseadas em fatos. É autor de “O Diário de Arthur Ferraù”, também disponível em formato digital na Amazon, com mais de 1000 cópias vendidas. Atualmente trabalha em um novo romance policial inspirado no lockdown ocasionado pela pandemia da Covid-19 e publica algumas crônicas e poemas em seu blog pessoal: www.jonatas.com.br

Gostou de ““Águas de Março”, o novo e emocionante romance policial ?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba terá edição virtual

A tradicional Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba agora vai ter uma nova edição a partir desta sexta-feira (12/03). Devido a pandemia do coronavírus a atividade acontecerá pelas redes sociais.

A novidade é que a programação virtual se estenderá até 30 de abril. Além de 43 expositores, a programação terá a participação de artistas visuais, além de apresentações de música, teatro e circo, saraus, entre outros, num total de 130 eventos.

Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba terá edição virtual

Segundo os organizadores, os recursos provenientes da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc do Estado de São Paulo tornaram possível a ampliação da programação e a contratação de mais de 220 artistas de diversas áreas.

Os destaques são o Sarau da Floresta, com poemas que contam histórias indígenas e da Mata Atlântica e o Sarau Paranapiacaba: afetos e memórias com histórias da vila ferroviária de Santo André. O público poderá conferir ainda grupos como: Irmandade do Blues, Serial Funkers, Os Desconhecidos, O Bardo e o Banjo, Fanta Konatê e Trupe Djembedon, Cia. Corpo Mágico e Irmãos Becker.

Já os grupos infantis farão, entre outros espetáculos, releituras de grandes clássicos como Três Porquinhos, Pinóquio e o Flautista de Hamelin. Entre os músicos participarão Ellen Oléria, Kleber Albuquerque, Graça Cunha, Rodrigo Régis, Marquinho do Pandeiro e Adriano Grineberg. Nas artes visuais, destaque para Valdo Rechelo, Milton Toller, Edu Guimarães, Elton Hipólito e Croma. Todas as atividades poderão ser conferidas no site

https://www.fparanapiacaba.com/, no Facebook (@feiraparanapiacaba), no Instagram (@fparanapiacaba) e no canal do YouTube da feira.

História – A Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba é realizada desde 2015 com expositores da Região Metropolitana de São Paulo, inclusive com moradores da vila de Paranapiacaba. Entre as artes, há o tradicional artesanato em tecidos, linhas e pedras e antiquários. A feira também tem parceria com grupos que buscam novas formas de interagir com o mercado de trabalho de forma coletiva, como a Associação Fibras da Serra e o Coletivo FOOP.

Nesta edição a produção executiva e a curadoria são de Anita Carvalho e Leonete Accetto e a proponente do projeto foi a empresa Ba Rocco Produções.

Serviço:

Feira de Artes e Artesanato de Paranapiacaba – edição virtual

Além de 43 expositores, participação de artistas visuais, além de apresentações musicais, saraus, teatro e circo, entre outros, num total de 130 eventos.

Confira a programação em: https://www.fparanapiacaba.com/

De 12 de março a 30 de abril.

Transmissão pelo site: https://www.fparanapiacaba.com/, Facebook (@feiraparanapiacaba), Instagram (@fparanapiacaba) e canal do YouTube da feira.

O projeto contou com o apoio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc do Estado de São Paulo.

Atividades gratuitas.

Gostou de “Feira de Artes e Antiguidades de Paranapiacaba terá edição virtual?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Junte-se a 1.360 outros assinantes

Orquestra Sinfônica de Santo André faz Concerto Sensorial

Trata-se do primeiro concerto realizado pela Orquestra Sinfônica de Santo André concebido especialmente para pessoas com deficiência auditiva. A orquestra reapresenta nesta quinta-feira (11/02), às 19h em seu canal do YouTube, o Concerto Sensorial.

60 anos da Orquestra Sinfônica Nacional

A atração integrou a série Conversando sobre Música e foi realizada em setembro de 2016 como parte das celebrações do Dia Nacional da Deficiência.

As atividades, que tiveram a participação de alunos da rede municipal de ensino e da unidade Senai A. Jacob Lafer, incluíram ações de sensibilização e introdução a conceitos musicais, nas quais os participantes puderam “sentir a música” produzida pelos diversos instrumentos de uma orquestra, ampliando as fronteiras da percepção das atividades de uma orquestra para além do som. A programação teve a participação também da professora Viviane Louro, especialista em educação musical inclusiva.

Link para o concerto:  https://www.youtube.com/watch?v=zDACVMBZDhg

Serviço:

Concerto Sensorial com a Orquestra Sinfônica de Santo André

Primeiro concerto da orquestra concebido especialmente para pessoas com deficiência auditiva em setembro de 2016

Reapresentação pelo canal da OSSA no You Tube no dia 11/3, às 19h:

Atividade gratuita

Gostou de “Orquestra Sinfônica de Santo André faz Concerto Sensorial?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Cursos gratuitos no Senai Mario Amato, com apoio da ACISBEC

A ACISBEC (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo) é uma das apoiadoras dos cursos presenciais (gratuitos) direcionados a pessoas de baixa renda que serão realizados na Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Mario Amato, no Bairro Assunção. O programa é gratuito, terá início dia 20 de abril e segue até 19 de agosto com temas variados. As vagas são limitadas e as inscrições vão de 22 de março a 4 de maio.

Estarão disponíveis cursos sobre Preparação de Cosméticos, Excel Avançado, Operador de Logística, Auxiliar de Almoxarife e Inspetor de Qualidade, entre outros.

As matrículas serão realizadas presencialmente por ordem de chegada, das 8h às 19h. Candidato menor de idade deverá comparecer com o responsável legal. É necessário apresentar cópia de documentos como RG, CPF, comprovante de endereço, de requisitos (se o curso exigir) e declaração de baixa renda. Todos os cursos terão módulo extra obrigatório de Competências Pessoais e Profissionais, com carga horária de 40 horas. Para os cursos com necessidade de utilização de EPI’s, o aluno deverá providenciar a aquisição, que poderá ser feita diretamente no bazar da AAPM.

A Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Mario Amato fica localizada na Rua Vitória Maria Médice Ramos, 330, Bairro Assunção, São Bernardo. Outras informações podem ser obtidas pelos números de telefone e WhatsApp: 4344-5018 e 4344-5096. www.marioamato.sp.senai.br

A ACISBEC (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo) é uma das apoiadoras dos cursos presenciais direcionados a pessoas de baixa renda que serão realizados na Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Mario Amato, no Bairro Assunção. O programa é gratuito, terá início dia 20 de abril e segue até 19 de agosto com temas variados. As vagas são limitadas e as inscrições vão de 22 de março a 4 de maio.Estarão disponíveis cursos sobre Preparação de Cosméticos, Excel Avançado, Operador de Logística, Auxiliar de Almoxarife e Inspetor de Qualidade, entre outros.As matrículas serão realizadas presencialmente por ordem de chegada, das 8h às 19h. Candidato menor de idade deverá comparecer com o responsável legal. É necessário apresentar cópia de documentos como RG, CPF, comprovante de endereço, de requisitos (se o curso exigir) e declaração de baixa renda. Todos os cursos terão módulo extra obrigatório de Competências Pessoais e Profissionais, com carga horária de 40 horas. Para os cursos com necessidade de utilização de EPI's, o aluno deverá providenciar a aquisição, que poderá ser feita diretamente no bazar da AAPM.A Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Mario Amato fica localizada na Rua Vitória Maria Médice Ramos, 330, Bairro Assunção, São Bernardo. Outras informações podem ser obtidas pelos números de telefone e WhatsApp: 4344-5018 e 4344-5096. www.marioamato.sp.senai.brSobre a ACISBECInstituição com mais de sete décadas de existência, foi fundada em 27 de setembro de 1944 e tem como presidente Valter Moura. Instalada em sede própria com área de quatro mil metros construídos, dispõe de ampla estrutura distribuída em seis pavimentos com auditório para 400 pessoas, salas de reunião, salão de exposição para feiras e fóruns de negócios, cursos e palestras, entre outros.

Sobre a ACISBEC

Instituição com mais de sete décadas de existência, foi fundada em 27 de setembro de 1944 e tem como presidente Valter Moura. Instalada em sede própria com área de quatro mil metros construídos, dispõe de ampla estrutura distribuída em seis pavimentos com auditório para 400 pessoas, salas de reunião, salão de exposição para feiras e fóruns de negócios, cursos e palestras, entre outros.

Ao longo dos anos, a ACISBEC implantou serviços, projetos, realizou convênios e parcerias em benefício dos associados e comunidade. Entre os atendimentos prestados estão consulta Pessoa Física e Pessoa Jurídica; Cadastro Positivo; Certificado Digital; Certificado de Origem; ACISBEC Mobile; Cursos e Eventos e dispõe de locação de salas.

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Cursos gratuitos no Senai Mario Amato, com apoio da ACISBEC”?

Cursos gratuitos no Senai Mario Amato, com apoio da ACISBEC
Foto: José Paulo Lacerda

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Matrícula de alunos da Florestan Fernandes

A Fundação Florestan Fernandes, instituição profissionalizante mantida pela Prefeitura de Diadema, dispensou os alunos aprovados em seu último processo seletivo da exigência de comparecerem antes do início das aulas para a matrícula presencial.

Agora todos os alunos aprovados estão automaticamente pré-matriculados e precisarão levar a documentação apenas durante a primeira semana de aulas, de 5 a 9 de abril.  

Matrícula de alunos da Florestan Fernandes


Com a mudança, busca evitar-se o deslocamento dos alunos em um contexto de alta no número de mortes e de casos de covid-19. Neste sábado (6/3), o Estado de São Paulo entrará na fase vermelha, a mais restritiva da quarentena.

Caso a documentação apresentada na primeira semana de aulas não esteja completa ou candidatos venham a ser considerados inabilitados por algum outro motivo, como não cumprir os requisitos para o curso, serão convocados os estudantes da lista de suplentes.
Para este semestre, são oferecidas 1.496 vagas gratuitas, voltadas exclusivamente a moradores do município, em 35 cursos de áreas como administração, beleza, gastronomia, juventude, terapias naturais, setor automotivo, eventos e festas, informática, serviços e construção civil.


DOCUMENTAÇÃO
Os candidatos aprovados deverão levar, durante a primeira semana de aulas, os originais e cópias de toda a documentação exigida, como RG, CPF e comprovantes de escolaridade (diploma, histórico escolar ou declaração de escolaridade) e de residência recente (com até dois meses).  


Caso não possua comprovante de residência em seu nome, o candidato pode comparecer com originais e cópias do comprovante de residência da casa em que mora e do título de eleitor ou cartão da UBS (Unidade Básica de Saúde), caso vote no município ou o cartão seja de Diadema. Quem realizou a prova para dois cursos e passou nos dois deverá trazer duas cópias da documentação (uma para cada curso).


Para os candidatos aprovados para as vagas de Pessoas com Deficiência, é necessária a entrega do laudo médico. Candidatos aprovados para as Vagas Sociais devem apresentar a carta de encaminhamento fornecida pela Rede de Assistência Social do município. A lista completa dos aprovados e dos suplentes pode ser acessada no site da Florestan: www.florestan.org.br.

SOBRE A FUNDAÇÃO FLORESTAN FERNANDES

A Fundação Florestan Fernandes oferece 35 cursos gratuitos profissionalizantes direcionados à população de Diadema. As aulas proporcionam o aprimoramento profissional e pessoal, facilitando a inserção no mercado de trabalho e transformando positivamente a vida dos estudantes. Fundada em 1996, a instituição recebe cerca de 1.500 estudantes por semestre e é apoiada pela Prefeitura de Diadema, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social da cidade. Mais informações podem ser obtidas na página: http://florestan.org.br/

Gostou de “Matrícula de alunos da Florestan Fernandes”?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

Escola Livre de Dança recebe encontros virtuais

A Escola Livre de Dança (ELD) de Santo André recebe nos próximos dias 22 e 24 de março, às 19h, o projeto Corpos de Fronteira, da T. F. Style Cia. de Dança. Por conta da pandemia, a programação, que terá vivência prática, bate-papo e apresentação da obra ELO, contará com encontros virtuais.

Para participar é necessário preencher o formulário disponível no link: https://forms.gle/KeqvdBXnCVVkxrGUA. Atividade gratuita.

Escola Livre de Dança recebe encontros virtuais

O projeto Corpos de Fronteira foi aprovado pelo edital Programa de Ação Cultural (PROAC) Expresso Lei Aldir Blanc 48/2020, da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

De acordo com os idealizadores, o trabalho tem como objetivo atravessar as fronteiras físicas e virtuais e dar a oportunidade de intercâmbio de experiências entre o núcleo e artistas de oito cidades do Estado de São Paulo, entre elas Santo André.

Estas cidades receberão num outro momento a estreia da obra homônima. A atividade é também uma forma de reconhecer o histórico de realização em dança que o núcleo realiza no estado desde 2002 e que teve suas ações comprometidas no período da pandemia.

Em todas as cidades, o projeto contará com a ação Atravessando Fronteiras, com dois encontros virtuais. Em Santo André, no primeiro dia (22), às 19h, será realizada a vivência prática; o segundo dia (24), no mesmo horário, contará com bate-papo com os participantes.

E em seguida a apresentação da obra ELO, uma proposição poética para espaços alternativos que dialoga corpo, arquitetura e público em busca de outro olhar para a cidade. (45 min., livre). A programação num total de cinco horas, visa estimular o intercâmbio de experiências e reflexões.

Num outro momento, dependendo do controle da pandemia, o projeto prevê ainda o momento da Partilha, com a estreia de Corpos de Fronteira, obra inédita que terá duas sessões em cada cidade participante, promovendo o encontro físico e concretizando o atravessamento das fronteiras.

Serviço:

Inscrições para o Projeto Corpos de Fronteira da T. F. Style Cia. de Dança em Santo André

Encontros virtuais, dia 22, 19h, vivência prática, dia 24, 19h, bate-papo e apresentação do espetáculo ELO

Inscrições gratuitas: https://forms.gle/KeqvdBXnCVVkxrGUA

Projeto aprovado pelo edital Programa de Ação Cultural (PROAC) Expresso Lei Aldir Blanc 48/2020, da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. Mais informações: igorgasp.tf@gmail.com

Gostou de “Escola Livre de Dança recebe encontros virtuais”?

Escola Livre de Dança recebe encontros virtuais

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

São Paulo mantém escolas abertas para quem mais precisa

Nesta quarta-feira (03/03), o Governo de São Paulo confirmou que as escolas estaduais continuarão abertas, mesmo na fase vermelha, a mais restritiva do Plano SP.

A medida, já prevista no plano com obediência aos protocolos de segurança sanitária, tem objetivo de atender aos estudantes em situação de vulnerabilidade.

A frequência presencial não é obrigatória e o ensino remoto será mantido, com aulas transmitidas diariamente pelo Centro de Mídias da Secretaria de Educação do Estado. As redes municipais e particular têm autonomia para fazer o próprio planejamento, respeitando os limites legais e os protocolos do Plano SP.

O Governo de SP definiu como critérios para formar o grupo de mais vulneráveis os alunos que têm necessida de de se alimentar na escola; os que possuem dificuldades de acesso à tecnologia ou não têm os equipamentos necessários para estudar remotamente.

São Paulo mantém escolas abertas para quem mais precisa


Ainda terão prioridade os estudantes com a saúde mental em risco e aqueles com severa defasagem de aprendizagem ou que fazem parte da educação especial. Da mesma forma, será priorizada a presença dos alunos cujos responsáveis trabalhem em serviços essenciais, como a área da Saúde.

As escolas ficarão abertas para fornecer refeições para todos os estudantes que necessitam, até mesmo para os que entrarem no rodízio e não puderem participar das aulas presencialmente, em um determinado dia, por conta do limite máximo permitido.

“Educação é essencial, sempre com cuidado extremo nos protocolos, atendendo aos que mais precisam. Temos pessoas que precisam muito da escola aberta”, destacou o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares.

Modelo híbrido

Na educação básica, as aulas presenciais serão ministradas de acordo com a necessidade de cada unidade. Os alunos que optarem pelas aulas remotas, terão de acessar o Centro de Mídias SP, por meio dos aplicativos com dados patrocinados ou pela TV Educação. Serão fornecidos roteiros de estudos impressos para todos os estudantes que precisarem de apoio.

Redução da circulação

Mesmo com as escolas abertas para os alunos mais vulneráveis, haverá uma redução expressiva de pessoas em circulação. No mês de fevereiro, cerca de 2,5 milhões de alunos e 165 mil funcionários estiveram presencialmente nas escolas estaduais. A previsão para os próximos 14 dias é que 500 mil alunos e 50 mil funcionários frequentem as unidades escolares.

Protocolos

Durante as atividades presenciais, as escolas de toda a rede estadual devem cumprir os protocolos estabelecidos pela Secretaria da Educação de acordo com as normas e fases do Plano SP. O regramento está previsto na resolução SEDUC 11, de 26-01-2021 (https://diariooficial.imprensaoficial.com.br/nav_v6/index.asp?c=30059&e=20210125&p=1)

As escolas poderão receber diariamente até 35% dos alunos matriculados. Ao adentrarem nas unidades, todas as pessoas terão a temperatura aferida e o indivíduo que estiver com 37,5 graus ou mais será orientado o retorno para casa.

Estudantes e servidores devem lavar as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool em gel 70% ao entrar na escola. É obrigatório o uso de máscara de tecido dentro da escola. Os servidores devem utilizar além da máscara de tecido, o face shield (protetor de face) durante sua jornada laboral presencial. Dentro das salas de aula, os alunos devem manter o distanciamento de 1,5 metro.

Eventos como feiras, palestras, seminários, festas, assembleias, competições e campeonatos esportivos estão proibidos. Já as atividades de educação física, arte e correlatas podem ser realizadas, preferencialmente ao ar livre.

Gostou de “São Paulo mantém escolas abertas para quem mais precisa”?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

EJA de Santo André está com inscrições abertas

Para os maiores de 15 anos que pararam de estudar mas querem concluir o Ensino Fundamental, as inscrições estão abertas até 23 de março nas turma de EJA II de Santo André (Educação de Jovens e Adultos) deste ano.

Para quem não está alfabetizado ou parou no Ensino Fundamental I, ou seja, entre o 2º e o 5º ano, as inscrições também estão abertas, mas nesse caso é possível se inscrever o ano todo.

EJA de Santo André está com inscrições

O curso EJA tem carga horária reduzida em comparação ao ensino regular, assim o estudante concluí os estudos na metade do tempo. Com o EJA é possível finalizar os estudos em dois anos.

As aulas deste ano acontecerão de maneira remota. O modelo híbrido acontecerá quando as aulas presenciais na rede municipal retornar.

Quem não tem acesso à internet pode retirar todo o material impresso para fazer as atividades em casa.

A aluna Joselice de Jesus Santos Teixeira, de 59 anos, que neste ano irá concluir o Ensino Fundamental em uma turma da EJA de Santo André nos contou como foi sua experiência.

“No começo achei que era um bicho de sete cabeças ter que acompanhar as aulas remotas. Afinal, se é difícil aprender na sala de aula, imagina pelo celular, eu pensava. Mas eu continuei. Fui lá, peguei as apostilas, passei a fazer os exercícios e esclarecer minhas dúvidas pelo celular com os professores, que estão sempre prontos para ajudar”, afirmou.

Dona Joselice é uma das pessoas que não desistiu do sonho de terminar o Ensino Fundamental.

“Eu sempre quis acabar os estudos, mas nunca cheguei a frequentar uma escola. Agora que eu já formei duas filhas na faculdade, percebi que tinha chegado a hora de eu cuidar de mim”, disse.

Joselice nasceu na Bahia, em junho de 1961. Em 1977 tentou estudar, matriculando-se no antigo Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização), extinto programa do Governo Federal para combater o analfabetismo. Porém não ficou por muito tempo, pois tinha que ajudar no sustento de sua família. Conseguiu voltar a estudar apenas em 2018, quando se matriculou na EJA de Santo André.        

“Na EJA eu me encontrei. Fui muito bem acolhida pelos professores, que são como amigos, estimulam a gente a seguir em frente e estão muito bem preparados para ensinar a nós, que somos mais velhos. Sem contar o cuidado com a nossa auto-estima”, acrescentou. Joselice diz estar tão feliz e realizada, que ajuda o quanto pode os colegas, com incentivos para que não desistam.

“Eu sempre fiz questão de apoiar e incentivar quem está cansado ou desanimado, querendo desistir. Porque existe um ponto na vida que a gente acha que já fez tudo e acaba se anulando. Não podemos deixar isso acontecer”, frisou.

Atualmente existem salas de EJA em 19 Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental) e cinco Centros Públicos de Formação Profissional. Nos cinco Centros Públicos (EJA I e EJA II) e em cinco Emeiefs (EJA II), o Ensino Fundamental está integrado ao ensino profissionalizante.

Para a matrícula é preciso apenas procurar a unidade com EJA mais próxima de casa com os seguintes documentos:

  • cópia do RG
  • comprovante de endereço
  • histórico escolar

Caso a pessoa não possua histórico escolar, a escola ajudará a buscar as informações necessárias.

Para saber quais são as unidades com salas de EJA, ou obter mais informações, basta entrar em contato pelos telefones 4468-4296 ou 4468-4297. Site da Prefeitura de Santo André.

Gostou de “EJA de Santo André está com inscrições abertas”?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no ABC Cidades todo dia no Grande ABC.

USP oferece cursos gratuitos e on-line

A Universidade de São Paulo (USP) oferece cursos gratuitos disponíveis para todos os públicos, sem exigência de formação específica. Os conteúdos estão disponíveis on-line, na plataforma coursera, e são de diferentes áreas do conhecimento, desde ciências de dados, tecnologia, negócios e mais.

Grupo de divulgação de vagas no Facebook (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Whatsapp (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Telegram (clique aqui)

Entre as aulas dos cursos, o aluno terá conteúdo sobre vários temas, como gestão de projetos, estatística, marketing digital, estrutura jurídica e financeira, marketing e vendas, criação de startups.

No momento, são 15 cursos publicados desenvolvidos por professores da USP para quem busca ampliar os conhecimentos e aperfeiçoar o currículo.

  • Marketing Digital
    Aprenda a desenvolver a estratégia de marketing digital para a sua empresa ou startup, nesse curso você irá aprender sobre os principais pontos do Marketing como ROI, SEO, SEM, Testes AB e como gerenciar o funil de conversão e também como usar plataformas como Google adwords e Analytics, Facebook Ads e Email Marketing.

  • Introdução aos Princípios e Práticas da Gestão De Projetos
    esta série de cursos e atividades práticas proporciona as habilidades para que seus projetos sejam executados e os resultados esperados entregues conforme o cronograma e o orçamento. Você vai adquirir sólidos fundamentos da gestão de projetos que poderão ser aplicados em seu trabalho.

  • Econometria Básica Aplicada
    Buscaremos introduzir aos alunos métodos de estimação de modelos lineares que relacionam variáveis econômicas. Espera-se que o aluno seja capaz de entender modelos simples e testar hipóteses sobre os modelos de interesse.

  • Criação de Startups: Como desenvolver negócios inovadores
    Ao final desse curso, esperamos que você esteja familiarizado com os principais conceitos e metodologias de criação de startups. Para melhorar o seu aprendizado, trabalhe com uma ideia ou um projeto e tente trabalhar nas entregas opcionais ao final de cada módulo.

  • Mapas conceituais para aprender e colaborar
    Você aprenderá a fazer bons mapas conceituais, ou seja, mapas que representam com fidelidade o seu entendimento sobre o tema mapeado – revelando o que você sabe e o que você não sabe!

  • Introdução à Análise Macroeconômica
    Neste curso de introdução à análise macroeconômica, objetivamos apresentar a estrutura lógica (modelos) da macroeconomia moderna, de maneira simples e com auxílio de gráficos básicos e intuitivos.

  • Origens da Vida no Contexto Cósmico
    É um curso com formato multidisciplinar que o levará a compreender melhor os aspectos envolvidos no surgimento de vida na Terra e no possível surgimento de vida em outros planetas.

  • Introdução ao Teste de Software
    Ao completar o curso, os estudantes serão capazes de planejar e aplicar as principais técnicas, critérios e ferramentas de teste em variados domínios e tipos de software.

  • Marketing e vendas B2B: Fechando novos negócios
    Aprenda a aumentar as vendas em negócios B2B com técnicas e estratégias de Marketing. Este curso introdutório oferece conteúdos teóricos e práticos dados pelos profissionais das maiores startups brasileiras, como Lean Survey, looqbox, Colaboradores, entre outras.

  • UX / UI: Fundamentos para o design de interface
    Aprenda com uma das maiores startups do Brasil, a Taqtile sobre com criar a melhor experiência para o seu usuário, formas de gerar ideias, princípios básicos de design e como desenvolver interfaces de aplicativos e sites, esse curso introdutório é composto de aulas teóricas com exemplos práticos de aplicação de cada assunto abordado.

  • Compreendendo o Zika e doenças emergentes
    Através deste curso você vai saber porque tantas doenças que surgiram atualmente (doenças emergentes) são causadas por vírus, como elas surgem e se espalham. Veremos como vírus causadores de doenças entram em contato com o ser humano e como se espalham, principalmente aqueles transmitidos por mosquitos, como os vírus da Dengue e Zika. Você será capaz de identificar como e onde o Zika vírus começou a causar a atual pandemia, entenderá como ele circula e quais os sintomas que causa nas pessoas em geral e em gestantes e particular, com ênfase na microcefalia.

  • Consolidando empresas: Estrutura jurídica e financeira
    Ao final desse curso, esperamos que você esteja familiarizado com os principais conceitos, ferramentas e princípios de como regulamentar a sua empresa, como geri-la financeiramente, como encontrar o seu modelo de negócio e como lidar com investimentos e investidores.

Gostou de “USP oferece cursos gratuitos”?

USP oferece cursos gratuitos
USP oferece cursos gratuitos

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Google Brasil oferece vagas em cursos gratuitos no país

São 2.000 oportunidades para jovens de todo o país. Quem oferece as vagas é o Google Brasil, em parceria com a ONG de educação Junior Achievement e o Bid Lab. As inscrições para o curso tech.já estão abertas. A capacitação de profissionais qualificados e jovens é o objetivo, visando a demanda na área de tecnologia.

O estados contemplados são Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Os participantes do curso tech.já serão capacitados nos conteúdos de tecnologia e, ao final, receberão certificação de Profissional de Suporte de TI. Todo o curso será online, devido a pandemia.

Poderão se inscrever as pessoas que almejam carreira nessa área, com idades entre 18 e 29 anos e que tenham concluído o ensino médio (em escola pública). além disso, não estejam trabalhando e nem matriculados em curso de graduação, pois é necessário ter tempo disponível para os estudos.

Serão 300 horas do curso, e acontecerá entre março e julho. A metodologia desenvolvida prevê os conteúdos de tecnologia e das soft skills importantes para o mercado de trabalho.

Os jovens aprenderão sobre os fundamentos de suporte técnico, redes de computadores, sistemas operacionais, administração e segurança em TI, além de praticarem atividades de criação de currículo, comunicação, criatividade, marketing pessoal, empreendedorismo, finanças e atendimento ao cliente.

Pensando na inclusão digital, o projeto ainda conceberá um auxílio aos participantes que não têm internet e/ou computador em casa para possibilitar o acesso ao conteúdo. As aulas começam no início de março e as inscrições podem ser efetuadas até o dia 23 de fevereiro, no link: http://jabrasil.org.br/ti.

Grupo de divulgação de vagas no Facebook (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Whatsapp (clique aqui)
Canal de divulgação de vagas no Telegram (clique aqui)

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou de “Google Brasil oferece vagas em cursos gratuitos no país”?

Google Brasil oferece vagas em cursos gratuitos no país

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Gabarita Enem ajuda estudantes na reaplicação do exame

Uma iniciativa que conta com cerca de 30 professores, entre ao mais conhecidos do país, deve dar uma mão para quem vai participar da 2ª aplicação do Enem, ainda este mês. Inicialmente pensado apenas para alunos do Amazonas e de Rondônia, que não fizeram as provas por causa da pandemia, o “Gabarita Enem” vai oferecer ajuda aos estudantes, com aulas gratuitas, via internet, para interessados de qualquer parte do país.

As reaplicações do exame serão realizadas nos dias 23 e 24 de fevereiro e os pedidos para esta nova chance de fazer a prova já foram feitos. O resultado será divulgado na Página do Participante do Enem no dia 12 de fevereiro.

A organização da iniciativa aconselha que os alunos já comecem a seguir o perfil @gabaritaenem no Instagram para terem acesso a todas as informações, orientações, materiais e horários, nos próximos dias.

O professor de física Rafael Vilaça, faz parte da equipe do esquema para ajudar ao máximo cada candidato. As aulas do Gabarita Enem já começam no dia 8, próxima segunda-feira, às 19h pelo horário de Brasília e segue até a véspera das provas, dia 22 de fevereiro.

E para quem tem interesse, já tem simulado para fazer, com inscrições gratuitas até o dia 13 de fevereiro. Serão 180 questões e acesso a relatórios para ajudar o candidato a identificar pontos que precisa aprimorar.

Com Agência Brasil.

Gostou de “Gabarita Enem ajuda estudantes na reaplicação do exame“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Gabarita Enem ajuda estudantes na reaplicação do exame

Divulgados os resultados da pré-seleção do Fies 2021

O resultado da pré-seleção do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2021 está disponível no site do programa.

Os candidatos para as cerca de 93 mil bolsas oferecidas pelo Ministério da Educação (MEC) já podem consultar o resultado no site do programa ou na instituição para a qual se inscreveu.

De acordo com o MEC, serão disponibilizados R$ 500 milhões para as bolsas de financiamento estudantil. Os candidatos pré-selecionados deverão complementar sua inscrição entre os dias 3 e 5 de fevereiro de 2021. Além disso, os candidatos não selecionados integrarão uma lista de espera, podendo ser convocados a qualquer momento, entre os dias 3 de fevereiro e 18 de março.

Com informações de Brasil 61.

Gostou de “Divulgados os resultados da pré-seleção do Fies 2021“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Divulgados os resultados da pré-seleção do Fies 2021

Favela Mundo disponibiliza aulas gratuitas na internet

Com a pandemia, muitos profissionais tiveram que se reinventar. E a internet tem conectado pessoas das mais diversas atividades profissionais, culturais e sociais. É o caso da ONG Favela Mundo, que disponibiliza aulas no ambiente virtual.

Criado em 2010, com objetivo de promover a cidadania através da cultura, com aulas de dança, música e teatro, o projeto já passou por 12 comunidades cariocas, atendendo mais de 6.100 crianças e adolescentes.

Com repercussão no Brasil e no exterior, tendo passado por países como Estado Unidos, Canadá, Marrocos e México, o Favela Mundo foi reconhecido, em 2014, pela ONU, como modelo de inclusão social nas grandes cidades.

E a partir desta semana, para atender aos novos tempos, o Favela Mundo apresenta sua edição 2021 por meio de plataformas digitais.  A programação inclui contação de histórias indígenas e africanas, musicalização infantil e dança. O conteúdo será transmitido pelas redes sociais do projeto.

A cada semana, sempre às terças e quintas, às 10h, serão liberados dois novos vídeos, que podem ser acompanhados por jovens de todas as regiões, como explica o professor Marcelo Andirotti, criador do Favela Mundo.

A programação aberta ao público pode ser conferida no canal do Favela Mundo, no Youtube, nas redes sociais do projeto e no site do projeto.

Com informações de Agência Brasil.

Gostou de “Favela Mundo disponibiliza aulas gratuitas na internet“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Favela Mundo disponibiliza aulas gratuitas na internet
Workplace with person working on laptop watching video player, concept of webinar, business online training, education on computer, e-learning concept, video tutorial vector illustration

MEC anuncia plataforma de monitoramento dos planos de educação

O Ministério da Educação (MEC) anuncia uma nova plataforma para auxiliar no desenvolvimento e monitoramento dos planos educacionais dos estados, Distrito Federal e municípios. A Plataforma +PNE será lançada pelo governo federal para permitir ações de gestão, monitoramento e avaliação dos sistemas de ensino espalhados pelo País.

O principal objetivo da plataforma é propiciar uma convergência de metas, estratégias e diretrizes do Plano Nacional de Educação (PNE), estabelecendo um Sistema Nacional de Educação construído de forma conjunta. Para que isso seja possível, foram publicados detalhes de assistência técnica na Portaria nº 41, de 25 de janeiro de 2021, que institui a Plataforma +PNE. 

Foram definidos atores de participação no programa para o suporte dos gestores das unidades da federação e municípios. Entre eles, estão os articuladores locais, formados por uma equipe das secretarias de educação estaduais, municipais e distrital, e os coordenadores +PNE, profissionais selecionados por edital de chamada pública do MEC para coordenarem os trabalhos por região, após capacitação disponibilizada pela Secretaria de Educação Básica. 

O Ministério da Educação promete ainda a elaboração de um atendimento especializado, por meio de uma central de atendimento disponível via telefone e e-mail, para orientações técnicas contínuas sobre rotinas, agendas e cronogramas da metodologia de monitoramento e avaliação. 

Em parceria com Brasil61.

Gostou de “MEC anuncia plataforma de monitoramento dos planos de educação”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

MEC anuncia plataforma de monitoramento dos planos de educação

Escolas privadas de SP começam 2021 com sistema híbrido

As escolas particulares de São Paulo começaram o ano letivo de 2021 nessa segunda-feira, com atividades presenciais. As escolas privadas de SP começam 2021 com sistema híbrido de ensino.

Mas, por enquanto, as aulas vão funcionar em sistema híbrido, com parte das atividades presenciais e parte por internet.

Isso porque todas as regiões do estado estão classificadas ou na fase laranja ou na fase vermelha, as fases mais restritivas do Plano São Paulo, que orienta as medidas de combate à pandemia do novo coronavírus.

Com isso, as escolas vão ter que organizar grupos de estudantes que se revezam ao longo da semana, mantendo máximo de 35% da ocupação.

Apesar das restrições, o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo, Benjamim Ribeiro da Silva, avaliou que o retorno às atividades presenciais foi positivo.

Ele calcula que mais de 95% das escolas particulares do estado abriram as portas nessa segunda-feira.

Já os professores não ficaram felizes. Na verdade, estão preocupados. Para o presidente do Sindicato dos Professores de São Paulo, Luiz Antonio Barbagli, o protocolo de segurança que está sendo exigido, como uso de máscaras e álcool gel, é o mesmo que vem sendo adotado nos estabelecimentos comerciais, como as padarias, realidade diferente das salas de aula.

Na próxima semana, dia 8, está prevista a retomada das aulas presenciais das escolas públicas estaduais, e no dia 15 de fevereiro nas escolas públicas municipais.

Em parceria com Agência Brasil.

Gostou de “Escolas privadas de SP começam 2021 com sistema híbrido”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Escolas privadas de SP começam 2021 com sistema híbrido
Photo by Pixabay on Pexels.com

Capacitação de educadores visa retorno às aulas presenciais

O mundo ainda vive dias de tensão em meio à pandemia causada pela Covid-19, sem que possamos saber quando a vida vai retomar certa normalidade. Mas agora em fevereiro, a maior parte das escolas pelo Brasil vão retomar as aulas presenciais. Por isso, a capacitação de educadores visa retorno às aulas presenciais, em evento gratuito, com objetivo de preparar educadores para os novos desafios do retorno às aulas. 

Esse evento é promovido pela Rede Pedagógica, maior rede de educadores da América Latina, e vai fornecer certificado de 120 horas de atividades. Tudo com objetivo de preparar melhor os profissionais da área da educação que ficarão responsáveis por cuidar e ensinar as crianças em um momento como esse.

Camila de Cássia Mariano é mãe da Mariana, uma menina de 5 anos que, como as demais crianças do Brasil, passaram meses sem frequentar as salas de aula nas escolas por conta da pandemia. Esse fato gera bastante preocupação no que se refere ao retorno das atividades presenciais pelas escolas, mas a Camila acredita que é importante as crianças voltarem aos estudos.

“Estamos com uma expectativa enorme ao mesmo tempo em que ficamos apreensivos, pois foi muito tempo fora da escola e, como eu pude observar por conta da minha filha, a educação infantil foi prejudicada pela falta de convívio com outras crianças e por não terem condições de maturidade para enfrentar um ensino à distância, apenas online. Tirando as questões de saúde e higiene, a maior preocupação é como será o comportamento em sala e como os profissionais da educação estarão preparados para lidar com essas questões emocionais”, afirmou Camila.

Capacitação de educadores visa retorno às aulas presenciais

O desenvolvimento das competências socioeducacionais é relevante em um momento como esse, em que os estudantes passaram quase um ano longe das escolas, vivendo todo o tipo de situações inesperadas que a pandemia trouxe, como isolamento social, aulas virtuais e possível morte entre familiares. E isso se estende aos educadores, que precisam estar preparados para lidar com os medos, anseios e dificuldades dos alunos além das suas próprias emoções, explicou a diretora pedagógica da Rede, Erika Radespiel.

“Como aprender se nós não estivermos bem emocionalmente? Nós temos a nossa individualidade, mas também somos um coletivo dentro da sociedade. Portanto, precisamos falar sobre isso, realizar atividades que ajudem os alunos nesse desenvolvimento, promover formações para que os professores se sintam capazes de fazer essa intervenção e para que também possam se preparar emocionalmente e se desenvolver emocionalmente. Isso é muito importante”, argumentou a pedagoga.   

De acordo com Erika Radespiel, é um esforço elevado exigir competência em disciplinas fundamentais como matemática e português, sem que seja feito um trabalho prévio para que alunos e professores estejam preparados para voltar às salas de aula dando o melhor de si. Esse é um reflexo do mundo e não apenas uma abordagem importante no Brasil, destacou.

E essa é a mesma opinião da professora da Rede Pública do Distrito Federal, Maria Leuza Medeiros Lima, que vê na capacitação uma proposta coesa e bem elaborada para oferecer apoio no meio acadêmico, tanto para alunos como professores, além de ser uma forma de valorização da carreira dos educadores.

“Um dos principais desafios para nós, educadores, neste momento de pandemia foi manter os alunos engajados em relação às atividades. E para isso foi necessário não somente investir em teorias e disciplinas, mas investir em currículo humano e, assim, manter os alunos com aprendizado significativo. Uma vez que a escola foi para dentro da casa do aluno, foi necessário saber utilizar também esses espaços como um lugar de educação, porque a educação não acontece somente na escola, acontece também nos lares e qualquer outro lugar”, avaliou a professora.

Em parceria com Brasil61.

Gostou de “Capacitação de educadores visa retorno às aulas presenciais”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Estudante já pode conferir aprovação na primeira fase da Fuvest

Fuvest divulga a lista dos aprovados para a segunda fase do vestibular 2021. Estudante já pode conferir.

São 33 mil 315 candidatos aptos para participar da próxima etapa, no dias 21 e 22 de fevereiro.

Desse total, 21 mil 262 foram convocados pela modalidade de ampla concorrência.

Outros oito mil 997 são estudantes que, independentemente da renda, cursaram o ensino médio em escola pública.

A lista ainda inclui três mil e 56 candidatos que se autodeclararam pretos, pardos ou indígenas, além de terem cursado o ensino médio na rede publica.

A Fuvest oferece neste vestibular oito mil 242 vagas em cursos de graduação da Universidade de São Paulo, a USP.

Para outras duas mil 905 vagas, os estudantes são selecionados por meio do Sistema de Seleção Unificada, o Sisu, que utiliza a nova do Enem.

Na próxima fase da Fuvest, o primeiro dia será de provas de língua portuguesa e literatura, além da redação.

No segundo dia, os candidatos responderão questões de duas a quatro disciplinas, de acordo com o curso escolhido.

A primeira chamada dos aprovados no vestibular da Fuvest será em 19 de março. 

Em parceria com Rádio2.

Gostou de “Estudante já pode conferir aprovação na primeira fase da Fuvest”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Estudante já pode conferir aprovação na primeira fase da Fuvest

Parcela extra para alimentação escolar em estados e municípios

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) transferiu parcela extra para alimentação escolar, no valor de R$ 366,3 milhões para alunos matriculados na rede pública de ensino. Do montante, R$ 114,9 milhões são para os Estados, enquanto R$ 251,3 milhões são para os municípios.

Os recursos são referentes a mais uma parcela extra do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE, e estão disponíveis nas contas dos entes federativos nesta segunda-feira (1º). O FNDE já havia transferido R$ 394 milhões da primeira parcela extra acordada junto ao Ministério da Educação (MEC). 

Os recursos adicionais têm o objetivo de auxiliar estados e municípios a garantir a segurança alimentar e nutricional dos estudantes em meio à pandemia da Covid-19. Todos os anos, o programa repassa dinheiro em dez parcelas, de fevereiro a novembro. 

Devido à situação de exceção, duas parcelas extras foram transferidas em dezembro e, agora, em janeiro. 

Em parceria com Brasil 61.

Gostou de “Parcela extra para alimentação escolar em estados e municípios”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Parcela extra para alimentação escolar em estados e municípios

68% de abstenção no Enem Digital; Prova foi nesse domingo

Com uma abstenção de 68%, o Enem Digital foi realizado neste domingo (31) em 104 municípios. A taxa de ausências repetiu o ocorrido nos últimos finais de semana, durante a aplicação do Enem tradicional. Foram 93.079 inscritos, mas apenas 29.703 participaram.

Após o encerramento das provas, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, Alexandre Lopes, disse que a pandemia foi, de novo, a responsável pelo alto número de faltas.

Além das faltas, 70 participantes foram eliminados por irregularidades.

E essa nova versão do Enem também não foi aplicada em algumas cidades. Foi o caso de Macapá, no Amapá, onde houve a interdição do  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá por problemas estruturais.

Já no Amazonas e em mais dois municípios de Rondônia – Espigão D’Oeste e Rolim de Moura –  não houve o exame por causa da pandemia. Os candidatos que não fizeram podem participar da reaplicação do exame nos dias 23 e 24 deste mês.

Esta foi a primeira vez que o Inep realizou o Enem Digital no país. Para Alexandre Lopes, este é o início da digitalização de todos os exames e avaliações feitos pelo instituto. A perspectiva é que em 2026, o Enem seja totalmente em formato digital. A ideia é possibilitar a aplicação de provas ao longo do ano para milhões de pessoas.

A possibilidade de informações em tempo real foi o destaque o diretor de Tecnologia do Inep, Camilo Mussi.

O Enem Digital contou, neste domingo,  com uma redação. O tema foi: “O desafio de reduzir as desigualdades entre as regiões do Brasil”. Além disso, teve ainda 45 questões sobre linguagens, códigos e suas tecnologias; e ciências humanas e suas tecnologias. A prova durou cinco horas e meia. 

No próximo domingo, dia 7 de fevereiro,  será a vez das avaliações sobre ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

Com informações de Agência Brasil.

Gostou de “68% de abstenção no Enem Digital”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

68% de abstenção no Enem Digital
Estudantes de todo Brasil, fazem o segundo dia de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio

Matrículas na educação básica caíram 1,2% no Brasil

O número de matrículas na educação básica, que compreende a educação infantil, ensino fundamental e médio, em 2020, caiu 1,2% no Brasil, quando comparado ao ano anterior. Os dados são do Censo da Educação Básica 2020, divulgado nesta sexta-feira (29) pelo Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. A maioria das matrículas era na rede municipal.

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, esclareceu que o censo serve para elaboração de políticas educacionais

Essa primeira etapa do censo escolar 2020 foi realizada até o dia 11 de março, portanto, antes da pandemia. A segunda vai começar no dia 22 de fevereiro. A fase já concluída do levantamento revelou que as matrículas na educação infantil apresentaram decréscimo 1,6% de 2019 para 2020. A queda foi ocasionada principalmente por uma redução de mais de 176 mil matrículas nas escolas particulares. Porém, a rede pública de ensino apresentou crescimento de mais de 33 mil alunos.

O diretor de estatísticas educacionais do INEP, Carlos Moreno, detalhou quantas crianças ainda estão fora da escola e quais as idades que mais preocupam.

O censo mostrou ainda que já no ensino médio e profissional, o número de matrículas aumentou 1,1% em 2020 em relação ao ano anterior. E na educação de Jovens e Adultos houve uma redução de 8,3% quando comparado ao ano de 2019.

Quanto a comparação dos dados do ano passado com 2016. Em 2020, no ensino fundamental foram registradas quase 27 milhões de matrículas. Número 3,5% menor, do que em 2016. A queda no número de matrículas foi maior nos anos iniciais, do que nos anos finais dessa etapa educacional.

Em 2020, o Brasil possuía quase 180 mil escolas, mais de dois milhões de professores e mais de 188 mil diretores.

Com informações de Agência Brasil.

Gostou de “Matrículas na educação básica caíram 1,2% no Brasil”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil.

Matrículas na educação básica caíram 1,2% no Brasil

Enem digital começa domingo (31) com aplicação em 104 cidades

O próximo domingo (31) marca a data de início do primeiro Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) digital da história. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplicará o modelo-piloto em 31 de janeiro e 7 de fevereiro, em locais de provas escolhidos pelo órgão. 

Essa é a primeira vez que o exame conta com opções de realização de provas digitais. Foram disponibilizadas 100 mil inscrições para esse modelo. Ao todo, 96.086 pessoas confirmaram a participação, em 104 cidades brasileiras. A implementação do modelo será progressiva, com previsão de se consolidar em 2026. 

Essa edição digital é voltada exclusivamente para concluintes do ensino médio e pessoas que já concluíram essa etapa de ensino em anos anteriores. O Inep avalia que a alternativa digital flexibiliza a logística, permite maior economia e agilidade e ainda possibilita uma possível aplicação do exame em várias datas ao longo do ano, por agendamento. 

Realizada pelo computador, a prova exige que os candidatos estejam nos locais de prova e levem caneta esferográfica de cor preta, para aplicação da redação, que continua sendo feita em papel, escrita à mão. Neste momento, não haverá aplicação para os 2.896 inscritos do Amazonas, por conta do agravamento da pandemia. As datas previstas para a reaplicação são os dias 23 e 24 de fevereiro.

Em parceria com Brasil 61

Gostou de “Enem digital começa domingo (31) com aplicação em 104 cidades”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil, e fique por dentro dos principais assuntos do momento.

Enem digital
Aplicativo de Celular ENEM 2019

São Paulo voltará a oferecer merenda escolar para rede estadual

O governo de São Paulo anunciou que a partir do dia 1º de fevereiro as escolas da rede estadual estarão preparadas e voltará a fornecer merenda escolar a todos alunos que estiverem na escola presencialmente, seguindo o sistema de revezamento por conta da pandemia do coronavírus. Isso quer dizer os mais de três milhões de estudantes poderão se alimentar nestas escolas durante os dias de aulas presenciais. Além disso, a merenda será servida todos os dias para os 770 mil mais vulneráveis. São Paulo voltará a oferecer merenda escolar para rede estadual.

O investimento para garantir essa alimentação é de mais de um bilhão de reais, sendo R$ 900 milhões do governo de São Paulo e o restante por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). O retorno no fornecimento da merenda acontece uma semana antes do início do letivo, marcado para o dia 8 de fevereiro, e tem objetivo de atender os alunos mais vulneráveis. De acordo com o estado, 60% dos alunos das escolas estaduais se alimentam na escola.

Em parceria com Brasil 61

Gostou de “São Paulo voltará a oferecer merenda escolar para rede estadual”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email. Aproveite e leia mais notícias do Brasil, e fique por dentro dos principais assuntos do momento.

São Paulo voltará a oferecer merenda escolar para rede estadual