O efeito pipoca, piruá

Rogério de Caro é palestrante, coach, mentor e autor de “O efeito pipoca, piruá”.

Podemos dizer que o PIRUÁ é a pipoca que se recusa a estourar. Geralmente são pessoas resistentes a mudança, por mais que o fogo esquente. Essas pessoas não estão felizes com a situação atual, mas reclamam sempre achando um responsável, amigo, empresa, governo, crise, mas nunca ela.

Na sua maioria são pessoas acomodadas e aceitam a situação atual, porque podem ter medo da mudança ou não sabem como agir para a mudança.

Em casos mais graves as pessoas podem chegar ao estado emocional de pânico, nestes casos muitas não conseguem fazer nada da sua rotina diária e muito menos ter cabeça para resolver problemas.

São pessoas que tem potencial e talento para manter a sua vida pessoal e profissional normal perante ao que a vida impõe.

No processo de mudança eu posso te ajudar, participe do programa de mentoria com Rogério De Caro.
https://lnkd.in/gAC9iEK
11 94777 9496
Whatsapp
rogerio@rogeriodecaro.com.br

Veja mais sobre o Grande ABC

Gostou “O efeito pipoca, piruá”?

O efeito pipoca, piruá

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Compras semanais: Como se organizar?

Rosângela Lopes é autora de “Compras semanais: Como se organizar?”

Hoje é dia de fazer a organização da semana, com algumas orientações você economiza tempo dinheiro e evita desperdício.

* Faça uma lista de compras de acordo com o que você vai cozinhar para a semana;
* Confira os alimentos que tem na dispensa e na geladeira e anote o que está faltando;
* Faça boas escolhas, 2 a 3 alimentos de cada grupo (carboidrato, proteína e gordura);
* Planeje as refeições diárias e varie os legumes e frutas;

Por exemplo

Carboidrato: quinoa, mandioca, batata doce;
Proteína: frango, ovo, peixe;
Gorduras saudáveis: abacate, castanhas, azeite;
Vegetais: abobrinha, brócolis, berinjela;
Frutas: banana, laranja, morango;
Acrescente folhas verdes diariamente como couve, espinafre e rúcula.

Esses são só alguns exemplos procure variar sempre. Você costuma se planejar?

Veja mais dicas sobre nutrição, em nossa coluna, assinada por Rosângela Lopes.

Informação sobre a Cesta Básica no Brasil (com Agência Brasil)

Em maio, o custo médio da cesta básica ficou mais alto em 14 das 17 capitais brasileiras que são analisadas na Pesquisa Nacional da Cesta Básica, estudo divulgado mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). No mês passado, a cesta só ficou mais barata em Campo Grande (-1,92%) e Aracaju (-0,26%).

O Dieese analisou, mas não divulgou o custo médio da cesta básica de Belo Horizonte, por mudança na metodologia.

A capital que apresentou a maior alta no mês foi Natal (4,91%), seguida por Curitiba (4,33%) e Salvador (2,75%).

Entre as capitais analisadas, a cesta mais cara foi a de Porto Alegre, onde o custo médio dos produtos básicos somou R$ 636,96. Em seguida aparecem São Paulo (R$ 636,40), Florianópolis (R$ 636,37) e Rio de Janeiro (R$ 622,76). A cesta mais barata foi a de Aracaju, cujo preço médio encontrado foi de R$ 468,43.

Com base na cesta mais cara, registrada em Porto Alegre, o Dieese estimou que o salário mínimo do país deveria ser de R$ 5.351,11, valor que corresponde a 4,86 vezes o piso nacional vigente, de R$ 1.100,00.

Gostou “Compras semanais: Como se organizar?”?

Compras semanais: Como se organizar?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Planos de voo

Lorena Pelais é autora de “Planos de voo”.

Pássaros são simplesmente lindos, livres, seres de beleza encantadora, impressionantes, hipnotiza quem os vê, armadilhas ao seu redor, esplendor prestes a ser trancafiado.

Caçadores por natureza, homens e predadores assustam, anseiam por liberdade de horizontes vespertinos coloridos.

Independência engaiolada, asas cortadas, nova morada é apresentada, casa, comida e “roupa lavada”, descabidas são as táticas exibidas para aprisionar soberana beleza

Manumissão é o lema dos pássaros com suas “obrigações” progressistas polinizar novos frutos, flores semear vida.

Alma determinada, confiança, alforria querem encaixotar toda liberdade.

Aurora redentor
Outrora apreensor

Restam-se lembranças das andanças.
Ascensão ao crepúsculo turvo iminente.

Noutrora, saudosistas são suas experiências cheias de encanto e magia, acompanhar o Sol, descansar assim que a Lua no horizonte surgia, enamorar-se as estrelas, aninhar-se ao infinito.

Chances perdidas, ciclo não cumprido, tivera seu plano de vôo comprometido, trilha interditada, sem prévio aviso, rascunhos e esboços perdidos.

Quefazeres tinham propósitos e desígnios, estranhamente abortados pelos destino.

Enclausurado estais com canto retido , calado, mudo, não responde a estímulos, vive empoleirado em um abrigo , capturado foste , sucumbido pelo egoísmo.

Lorena Pelais ॐ∞

Leia mais em Xicas

Gostou “Planos de voo”?

Planos de voo
Foto de Lisa no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e veja nosso Caderno Cultural. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Qual o sentido da vida?

Lorena Pelais é autora de “Qual o sentido da vida?”?

Eis a questão mais intensa que possuímos …
Só conseguimos compreender com um pouco talvez de exatidão quando atribuímos nossa existência a um conhecimento externo, assim podemos compreender um pouco melhor o porquê e para que estamos aqui …

Todos como seres já passamos por essa dúvida em algum momento, quem sou, o que vim fazer e seus porquês…

Envolver-se com fatos históricos e com auxílio de uma experiência religiosa contribui positivamente, eliminando dúvidas assertivamente aprimora o “achismo” dando mais certeza que temos uma missão a qual devemos cumprir sem saber com exatidão de qual se trata, mas que temos uma função a ser desenvolvida dentro da sociedade e principalmente, não temos tempo para cultivar dúvidas, temos que ser eficaz e eficiente do erro ao acerto para evitar danos estrondosos a nós mesmos e aos que nos cercam.

Embora, achemos que estamos sós, sempre há alguém a procura de algo que assim como nós desconhece.

Um “ciclo vicioso e contínuo”

Isso resumiria a dádiva da vida e toda sua consistência?? Obtendo resultados expressivos de “plenitude existencial“, pós e contras, toda a dúvida que nos cerca e a força de vontade que nos fortalece continuamente nessa jornada que é Viver Costumam dizer : “A vida é uma festa!

Deleite-se, encha a cara e curta a ressaca, rsrs
Geralmente, nos sentimos embriagados em plena lucidez, delicie-se de uma ressaca moral de vez enquanto, é bom pra rever-se no todo em tudo como ser humano.

Repita esse processo quantas vezes for necessário, tire as melhores lições, cresça, evolua, liberte-se , nascemos livres, mas nos permitimos ser acorrentados a pensamentos hipócritas de uma sociedade insana devido ao cansado mental de ideias mal planejadas que são ditadas todos os dias para quem se acha ter o poder.

Somos seres pensantes e temos a obrigatoriedade de fazer adaptações aos termos definidos para que se enquadrem à realidade geral que cada um vive de acordo com os recursos morais, financeiros, culturais, religiosos que herdamos de nosso núcleo familiar, ao invés de, seguir “modinha”, batalhar pelas futilidades sociais que buscam nos entubar que saltam os olhos deslumbrando-se ao desnecessário e evasivo.

Batalhemos por um bom caráter, condições de educação, saúde e profissional dignas para que, assim, possamos reestruturar e moldar os conceitos arcaicos que nos forçam a seguir sem opção de escolha, só nos apresentam como o que é certo a fazer sem orientações específicas de sobrevivência na selva, “somos ovelhas lançadas ao lobo faminto” que nos persegue uma vida inteira, sem que possamos ter espaço e ar fresco para solidificar nossos pensamentos.

Obviamente, os tais ditadores das regras sairiam em desvantagens, uma multidão em prol de uma reforma existencial e quem sabe assim teríamos as amarras cortadas e desfrutaríamos da plenitude da liberdade de Ser e Existir em um mesmo espaço em tempo em uma só conexão extremamente harmoniosa e feliz!!!

Lorena Pelais ॐ∞

Leia mais em Xicas

Gostou “Qual o sentido da vida?”?

Photo by Lucas Pezeta from Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e veja nosso Caderno Cultural. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Queremos respostas que ainda não temos

Rogério de Caro é autor de “Queremos respostas que ainda não temos”.

O artigo de hoje é sobre o momento que estamos vivenciando e achando que não teremos consequências no futuro.

A pandemia, isolamento social, trabalho home office, mudança do perfil da necessidade do trabalhador e das profissões que o mercado esta buscando, será que estamos preparados para isso?

Acredito que não, estamos focados em mostrar os pontos positivos da nossa adaptação as mudanças que foram impostas em tão curto prazo de tempo, com o trabalho, isolamento social, luto sem despedida, nova forma de relacionarmos entre
outras.

Claro que não podemos deixar de reconhecer o alto grau de adaptação e resiliência que estamos passando e respondendo bem, más a que custo, não sabemos acredito que o futuro dirá.

Desde de o início de 2020 as mudanças estão ocorrendo de forma rápida e radical, os nossos hábitos de anos foram mudados em meses, e o que notamos é que tudo está cada vez mudando muito rápido, chega e não pede licença e a partir de agora é assim e não é mais assado.

O mercado de trabalho mudou e vai mudar muito mais o que servia não serve mais e teremos que nos adaptar, hoje existe uma forte polarização, as redes sociais passaram uma forte forma de nos comunicar. Existe treino para isso? Não.

Como diz o ditado, colocaram o avião para voar e tem que arrumar tudo em pleno voo. Claro que vejo saída para minimizar os problemas futuros, as empresas podem começar a dar uma atenção à saúde mental dos seus funcionários já, por que a cada problema detectado trata no momento e não deixa acumular e virar uma bola de neve.

Quanto as novas necessidades do mercado de trabalho, vejo que as empresas terão que ter um papel determinante investindo na formação destas novas profissões para obter profissionais e a mais curto prazo de tempo.

Cuidem da sua saúde emocional, dos seus parentes e ajude aos que precisam.

Quer saber mais sobre o meu programa de mentoria, acesse o link: http://rogeriodecaro.com.br/site/index.php/lider-treinamento
11 94777 9496 Whatsapp

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “Queremos respostas que ainda não temos”?

Queremos respostas que ainda não temos
Foto de mentatdgt no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Mulheres Revolucionárias: Grace Hopper

Grace Hopper é conhecida por ser uma cientista da computação norte-americana e contra-almirante da Marinha.

No ano de 1949 ela entrou para a equipe de desenvolvimento do UNIVAC I, o primeiro computador eletrônico de grande escala. Ela queria provar que podíamos usar a nossa linguagem e a máquina poderia transformá-lo em linguagem de programação, mas sua ideia logo foi negada.

Mulheres Revolucionárias: Grace Hopper
Imagem do Google

Foi apenas em 1952 que Grace e sua equipe desenvolveram um compilador de linguagem de computador, chamado A-0. Ele traduzia um código matemático e transformava em código binário legível por máquinas, o que fez com que o sonho de Hopper ficasse um passo mais perto de ser realizado.

Continuando suas pesquisas mesmo sem acreditarem nela, conseguiu desenvolver a Flow-Matic, a primeira linguagem de programação a ser adaptada para o idioma inglês. Ela serviu para o desenvolvimento do COBOL (Common Business Oriented Language), usado no processamento de bancos de dados comerciais.

Além disso, ela é conhecida por ser a autora do termo bug, que usamos até hoje para falar quando algo está com problema.

..

Gostou de “Mulheres Revolucionárias: Grace Hopper?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no História e Luta e no Blog PS toda semana.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Desvende-se

Lorena Pelais é autora de “Desvende-se”.

Não tem porque ou por que entender tudo de uma só vez.
Por mais que sempre queiramos saber os porquês de tudo e para que de fato queremos obter em um único momento tantas informações?!?

Saberíamos exatamente como usá-las devidamente?!? Conseguiríamos assim montar e solucionar nosso interminável quebra-cabeça pessoal?

Seríamos de fato, melhores conosco e para o outro?!?Temos sabedoria, empatia e bom senso para lidar com o todo em modo geral?!?

Quem garante que não nos envaideceríamos, esnobaríamos ou seríamos extremamente arrogantes num nível que nem mesmo nós seríamos capazes de suportar.

Sem garantias, sem respostas para muitas perguntas, é assim que é e devemos seguir, ao seu tempo “deciframos” uma nova verdade que dá todo sentido a uma das muitas questões que possuímos, embora a vida seja tão fugaz, apressar as descobertas não contribui tanto quanto exatamente ansiamos.

O dia após dia nos traz a maturidade necessária para fazer bom uso das dádivas, se bem que, sem generalizar idade e maturidade sejam aliadas plenas, porém se aplica bem no contexto em geral, o que seria da vida se não houvessem exceções.

O fundamental é, conhecer bem as “leis da vida”, estar abastecido de informações sólidas, devendar não seria um grande enigma, mas sim, um bom passo dado na “escada” evolutiva a nosso favor, em prol da experiência na Terra e em nosso aperfeiçoamento como ser.

Não importam todos os porquês e “para ques”, se não fizer bom uso, temos o conhecimento necessário no momento exato , a busca incessante amortecem valores primordiais , cega, sem garantias de chegada ao final do túnel.

Vagarosamente também é um bom caminho, as quedas são inevitáveis, porém temos maior tempo de cicatrização entre um tombo e outro, “cair” faz parte do processo , erguer-se dá oportunidade a uma nova etapa , uma nova versão aperfeiçoada com conhecimentos aprimorados.

A lebre corre e logo se cansa , a tartaruga em seus passos lentos é capaz de viajar o mundo e vive muito mais…

Nada contra viver intensamente, mas hoje em dia percebo que é tenso abraçar o mundo de uma única vez. Aos poucos , de pouco a pouco é possível se conhecer melhor, menos impulsiva, mais razoável diante dos próprios sentimentos, aumentando as chances de acertos, diminuindo os erros e assim caminhar com mais leveza, por mais que a bagagem aparente ser pesada e infinita a certeza dizimará todos os porquês sem espaço e tempo para as dúvidas que conturbavam o dia a dia.

Dia após dia, ouvirá o coro angelical invadir a mente e a alma enviando a sensação de “missão” realizada com êxito e pronto para a próxima fase com louvor.

“A pressa é inimiga da perfeição”, e de repente quando o coração se acalma tudo se encaixa esplendidamente, revelando o quão fácil sempre foi desde o início, era necessário somente, receber, aceitar, entregar e confiar.

“Para sempre , sempre acaba” assim é tudo que tem que ser, acontece “cedo demais” para uns e no tempo exato para outros de acordo com o nosso merecimento do uso da vida, as escolhas que fazemos, como agimos, todos os nossos aspectos pessoais são observados dos céus, onde nada é oculto, tornamos “ocultos” a nós mesmos pelo fato de ver o que somos e como somos , conheça a ti mesmo e conhecerás o universo e verás sua autotransformação.

No palco da Vida, Você desempenha muitos papéis seja o melhor que puder ser , acorda-te e verás olho a olho o mundo com clareza.
Lorena Pelais ॐ∞

Leia mais em Xicas

Gostou “Desvende-se”?

Desvende-se
Desvende-se

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

SOFT SKILL LIDERANÇA E COMUNICAÇÃO

No processo de mentoria com os meus mentorados, trabalho muito forte as habilidades referentes ao Soft Skill, bem como a liderança e comunicação.

O que são soft skills ? São as competências sociais, emocionais e mentais ligadas à personalidade de cada um. Claro que existem várias, mas vou comentar sobre duas em especifico “liderança e comunicação”. No momento atual as pessoas tem que entender que saber se relacionar de forma saudável e agradável é o que todas empresas querem.

Mas para você desenvolver é preciso praticar, só a teoria não é suficiente, são habilidades comportamentais e exigem contato com uma ou mais pessoas.

Quando tratamos de comunicação pode ser falada, escrita, olhar, gesto e OUVIR. Qual você precisa aprimorar mais, é importante saber para dar foco quando for praticar. A outra habilidade é a liderança você também precisa do contato com pessoas para se desenvolver.

Como fazer? O que acha de tomar um café online (15 minutos, uma vez por semana) com os seus colaboradores ou amigos para praticar. Fale sobre assuntos diversos, não necessariamente sobre trabalho estimule outros assuntos compartilhe a iniciativa é uma forma de liderança.

Então, saia do quentinho, pratique você vai se surpreender com os resultados e estará se aproximando das pessoas, ouvindo, conhecendo melhor e praticando o que mais precisa. Para o momento atual de distanciamento até que cai bem, não acha?

Caso tenha dificuldade em falar com alguém, entre em contato podemos combinar e tomar um café. O que acha?

Quer saber mais sobre o meu programa de mentoria, acesse o link: http://rogeriodecaro.com.br/site/index.php/lider-treinamento
11 94777 9496 Whatsapp

Conheça todos nossos canais (Whatsapp, Telegram, Facebook, Buscador): https://jornalgrandeabc.com/inicio/nossas-redes-sociais/

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “SOFT SKILL LIDERANÇA E COMUNICAÇÃO”?

SOFT SKILL LIDERANÇA E COMUNICAÇÃO
Foto de mentatdgt no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Alimentação e acne: Qual a relação?

Afinal, a alimentação pode ter influência sobre a acne?

O que é acne?

É o nome dado a espinhas e cravos que surgem devido a um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilossebáceos*. Muito frequente na fase da adolescência, sem deixar de ser comum também em adultos, principalmente em mulheres.

Se você está passando por esse processo procure seguir uma dieta rica em alimentos anti-inflamatórios:

  • Vegetais verde-escuros ou alaranjados (ricos em betacarotenos) que auxiliam na manutenção e reparação da pele;
  • Alimentos ricos em fibras;
  • Nozes, castanhas e amêndoas não podem faltar, pois são ricas em vitamina E e ácidos graxos essenciais (anti-inflamatórios), que são excelentes para a pele;
  • Alimentos ricos em proteínas são fundamentais para o tratamento, como carnes magras, feijões, ervilhas, iogurte com lactobacilos vivos (para a melhora da flora intestinal), ovos, peixes (anti-inflamatórios).

Sempre procure uma Nutricionista.

Veja mais dicas sobre nutrição, em nossa coluna, assinada por Rosângela Lopes.

*Um folículo piloso é uma estrutura dérmica tegumentar que é constituída por três invólucros (ou bainhas) epiteliais e é capaz de produzir um pelo. As bainhas rodeiam a raiz do pêlo, na profundidade da pele.

A secção transversal do folículo piloso revela a existência de 3 zonas concêntricas, de dentro para fora: bainha radicular epitelial interior, bainha radicular epitelial exterior e bainha radicular dérmica.

Quando nos referimos ao folículo piloso com uma glândula sebácea anexa, sua denominação passa a ser folículo pilossebáceo.

Gostou “Alimentação e acne: Qual a relação?”?

Alimentação e acne: Qual a relação?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro. Veja também as Últimas Notícias.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Biscoito de queijo e tapioca

Ingredientes para Biscoito de queijo e tapioca:

2 xícaras de farinha de tapioca granulada;
250 ml de leite;
100 g de queijo da sua preferência;
2 colheres de polvilho doce;
1 ovo;
Sal a gosto

Modo de preparo

Em uma vasilha, coloque a farinha de tapioca e o leite e deixe descansar por 10 minutos para que hidrate. Em seguida, acrescente os restantes dos ingredientes e misture até o ponto de moldar. Faça bolinhas ou molde com a colher e asse em uma forma untada em forno pré aquecido a 180° por 20 minutos ou até ficarem dourados. Sirva a seguir.

Obs.: A tapioca tem que ser GRANULADA!⁣ Podem utilizar o queijo de sua preferência (minas padrão, minas frescal, muçarela, coalho, etc.)⁣⁣.

Curiosidade (com informações de Tia Pipoca)

Você já se perguntou como surgiu a Tapioca? De onde vem e como se comporta? A tapioca é uma das comidas mais importantes do nosso país, considerada em 2006 um Patrimônio Imaterial e Cultural, pelo Conselho de Preservação do Sítio Histórico de Olinda.

A tapioca, ou beiju para os nordestinos, surgiu durante a colonização dos portugueses, como uma alternativa ao trigo. Extraída da mandioca por índios da região, se tornou famosa por ser tão nutritiva quanto o trigo e logo ganhou o Norte e o Nordeste brasileiro.

Atualmente a tapioca pode ser encontrada em todo o Brasil. Na região Sul e Sudeste, ganhou uma nova forma, sendo servida de diversas maneiras, com chocolate, doce de leite, salmão, presunto entre outros acompanhamentos.

Gostou da nossa matéria “Biscoito de queijo e tapioca“?

Biscoito de queijo e tapioca

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais das colunas Nutrição em Prática e Pratos & Sabores. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Você sabe o que é comida de verdade?

Você já deve ter ouvido falar que devemos comer comida de verdade, mas você sabe o que isso significa?

É muito mais simples do que podemos imaginar: é tudo o que se planta, colhe, caça ou cria. São alimentos ricos em vitaminas e minerais, não possuem aditivos químicos* e são minimamente processados.

Exemplos : 
• Frutas (Todas)
• Legumes (Todos)
• Verduras (Todas)
• Tubérculos (batatas, mandioca, inhame)
• Ovos e carnes (frango, vaca, peixe, suína)
• logurte NATURAL

Outros: arroz, feijão e aveia. Pode incluir também azeite, azeitona, palmito, queijos menos processados e a manteiga.

*Sobre Aditivos Químicos em alimentos (Com informações do Blog da Segurança Alimentar)

A ANVISA define como aditivos químicos todas as substâncias que não possuem valor nutritivo, usada de forma intencional na indústria de alimentos. A finalidade dos aditivos são modificar, preservar e intensificar as características físicas, sensoriais, químicas e biológicas dos alimentos.

De acordo com esta definição, é correto afirmar que as substâncias adicionadas aos alimentos que tenham valor nutritivo, como vitaminas e sais minerais, não são consideradas aditivos químicos.

Identificar um aditivo químico no rótulo dos produtos industrializados é muito simples. Tudo aquilo que não fizer parte dos ingredientes básicos do alimento (farinha, ovo, óleo, fermento, água e assim por diante) são aditivos.

Convém ressaltar que muitos desses aditivos, principalmente os corantes, podem causar reações alérgicas. Caso você sinta algum sintoma de reação alérgica ao ingerir um produto industrializado, procure o alergista quanto antes.

O uso de aditivos químicos em alimentos permitiu a evolução da indústria alimentícia. Muitas pessoas preferem ingerir alimentos não industrializados para evitar o consumo dos aditivos. Se você também se preocupa com o uso dos produtos químicos em alimentos, então não deixe de ler os rótulos.

Gostou da nossa matéria “Você sabe o que é comida de verdade?“?

Você sabe o que é comida de verdade?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias e mais das colunas Nutrição em Prática e Pratos & Sabores. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Híbrido

Composto por elementos diferentes, as salas de aula de 2021 apresentam o sistema híbrido de ensino devido as normas de segurança de distanciamento em locais públicos, exceto transportes públicos por lá rola superlotação diariamente, certamente as concessionárias higienizam adequadamente a cada embarque e desembarque de passageiros, senso de humor à parte, até porque este não é o assunto em pauta, não neste momento.

Voltemos às salas de aula…
Temos que parabenizar aos educadores que assumiram o risco de uma “plateia” tão diversificada presencial e on line simultaneamente, provavelmente se sentem no programa ao vivo, “se vira nos trinta”…

Além da dinâmica em sala, eles têm que dar uma atenção aos alunos em casa de forma igualitária, parece tudo muito lindo, mas na prática, a conexão e seu delay não colaboram, por outro lado as criancinhas não desligam o microfone e os ruídos externos interferem na aula presencial com uma acústica assustadora, mas para os menores não assusta tanto assim, é mais um motivo de risos e desvio de atenção, como em toda sala tem aquela criança que se distrai facilmente, logo temos um alvo atingido, um aprendizado comprometido, ao lado tem o coleguinha piadista que aproveita pra divertir a turma pro desespero da professora que tem que ter muita paciência e educação ao pedir que a criancinha do microfone em casa mantenha no mudo ou “mutado”, haha se viralizou esse termo não sei ao certo, mas ouvi muito esses comentários em 2020 enquanto estava cada um na sua casa.

Enfim, a flexibilização permite que nossas crianças voltem as suas atividades escolares em sistema de rodízio.

Híbrido.
Híbrido. Foto: Reprodução/Internet

Tudo muito bom, tudo muito lindo, crianças de volta às salas de aula parcialmente e a outra parte de casa, assistindo a aula sozinhos ou papai, mamãe e periquitos, os responsáveis em casa questionam a conduta da professora, reclamam da instituição de ensino , mas ninguém pensa na “santa” da professora, santa sim, está a frente da lente do BBB , amada por uns, odiadas por outras se mantem no paredão que nunca saberemos quando será o fim.

Entendo perfeitamente a preocupação dos responsáveis, mas quis muito me colocar no lugar das professoras em sala de aula e buscar entender o como e quanto é difícil interagir com a ausência do corpo a corpo, controlar as criancinhas para evitem as confraternizações, “obas obas” relembrar vinte vezes da importância do álcool em gel, que não pode merendar sentados juntos aos colegas e seguir com o planejamento, fingindo que tudo está do jeito mais normal de sempre, quando vemos que tá tudo diferente desde a realidade do mundo inclusive na escola, mas os responsáveis querem resultados iguais, como é isso gente?!? 

Híbrido. Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Em que momento haverá empatia em compreender que a mesma dificuldade que as crianças têm on line, a tia tem em sala de aula, se não bastasse a presença “distante” onde a afetividade têm sido mostarda através de palavras de carinho, porque nem sorrisos são realmente visto devido ao uso das máscaras, o quanto essa tia não perde o fôlego se sentindo sufocada em ter que elevar seu tom de voz pra de fato ser ouvida dentro e fora da sala de aula (on line).

Ela fala para dois públicos diferentes, pra melhorar nem sempre a internet coopera, ela falha e a conexão se perde para o desespero dos pais que acusam logo a professora de má vontade em ensinar.

Noto que os educadores atuantes nesse momento de pandemia deveriam levar o Oscar de excelência profissional assim como os funcionários da área de saúde , a galera da área de saúde e afins um Salve gigantesco pela coragem, por se manterem firmes na linha de frente, parabéns!!!

Parabéns a todos que cumprem com as regras básicas de saúde, parabéns a todos que se mantiveram firmes e foram às ruas para servir a nossa sociedade, manter o pão nosso de cada dia à mesa, sabemos que o pão em muitas mesas se mantiveram em pedaços menores e infelizmente houve grupos que tiveram suas refeições e alimentação totalmente reduzidas , eu sei que não está fácil pra ninguém, estamos todos atravessando esse momento “pandêmico” juntos, mesmo que separados cada um em suas casas, visitas continuam proibidas, assim como festas e aglomerações, saúde em primeiro lugar, evite a circulação e a mutação vírus que parece ganhar forças mesmo em nosso clima tropical ceifando cada vez mais vidas.

O que quero com tudo isso?!?Conscientizar?!? Se lhe servir, muito bem, um ótimo elixir, se não o melhor está por vir.

Eu quero dizer que andamos cada vez mais críticos, cada vez mais rabugentos e ranzinzas, custa elogiar, incentivar e principalmente valorizar o sacrifício que muitos profissionais de diversas áreas têm feito por si e por todos nós em áreas diferentes, mesmo com algumas ramificações “fechando” e “abrindo”, os locais essenciais se mantiveram de portas abertas, esqueçam o que os motivou, mas que sempre estiveram ali com um belo sorriso nos olhos, com um tom de voz doce para servir a população, vamos agradecer mais e criticar menos, todos têm as mesmas necessidades básicas, todos têm os boletos pagos e os em aberto, todos têm que pôr comida à mesa, todos temos problemas!!

Custa ter empatia?!?Ser agradável?!?Buscar a tolerância e praticar a paciência?!? 
Ser solidário não é só contribuir filantropicamente é se doar, é ser bom, se colocar no lugar do outro, ser amoroso, agradável e paciente, temos passado por tempos tão difíceis, tantas perdas de entes queridos a bens materiais conquistado com suor de trabalho árduo.

Híbrido.
Híbrido. Foto: Reprodução/Internet

Vão-se os anéis e ficam os dedos
Nós somos os dedos que resistimos e continuaremos persistentes na luta contra o vírus, permita que se vá o orgulho, a vaidade, a soberba, a arrogância, “o rei que mora na sua barriga”, elimine tudo que não te acrescenta e seja amável com o seu próximo que está na mesma luta com você.

Somos todos irmãos, amigos e aliados, enquanto não cremos que nosso único inimigo real é o vírus, estaremos atirando uns nos outros julgando estarmos certos quando na verdade ninguém mais tem razão, esquecidos foram os valores da criação. 
Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou da nossa matéria “Híbrido“?

Híbrido.
Híbrido. Foto de Julia M Cameron no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

O PORQUE DA MENTORIA

Rogério de Caro é o autor de “O PORQUE DA MENTORIA”.

O processo de mentoria é estruturado e orientado para o desenvolvimento pessoal e profissional, que ocorre por meio de aconselhamento utilizando a experiência do mentor. É uma parceria que permite a troca de experiências de vida e carreiras, onde o mentor é o provedor do conhecimento e nunca deixando de analisar oportunidades e riscos.

Relaciono 6 razões para investir em um Programa de Mentoria:

1 – Fortalece a (relação) empregado e empregador que gera ótimos resultados para a a carreira do colaborador.

2 -Retém colaborador: é um ponto muito forte, que o colaborador considera e importante em poder gerenciar a sua carreira e ter o reconhecimento que está sendo valorizado.

3 – Durante o processo de mentoria os envolvidos irão identificar os seus pontos fracos e fortes, barreiras a serem superadas e metas a serem alcançadas. No processo são os mentorados que receberão feedbacks. É um processo desafiador porque foram assumidos compromissos consigo e com a empresa.

4 – O processo de mentoria é acelerado e desenvolve competências importantes para o momento atual e para o futuro, e pode estar conectado à característica que precisem ser reforçadas na empresa, de acordo com os desafios estratégicos dos negócios.

5 – O processo de mentoria melhora o relacionamento interno e gera networking interno com outras áreas. Ocorre a oportunidade de uma maior exposição.

6 – A mentoria promove o processo da cultura de inovação e diversidade: promove transferência de conhecimento e experiência dentro do ambiente de trabalho. Promove o aprendizado aos demais colaboradores da organização.

Quer saber mais sobre o meu programa de mentoria, acesse o link:
http://rogeriodecaro.com.br/site/index.php/lider-treinamento
11 94777 9496 Whatsapp

Mais Vagas no Grande ABC

Gostou “O PORQUE DA MENTORIA”?

O PORQUE DA MENTORIA

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email assim que estiverem online em nosso site. Aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

O Problema de Israel

Marcio Pinheiro é o autor desta coluna e do artigo “O Problema de Israel”.

O Estado de Israel está cercado de problemas. A começar dos países muçulmanos em volta de Israel, mais os países europeus politicamente corretos dominados pela mentalidade de esquerda, mais os países comunistas e seus satélites, como a Rússia e a China. Ainda tem os problemas dentro do país, os que, embora estejam em Israel, não são Israel de coração.

O centro do mundo fica em Jerusalém. É incrível como é possível fazer uma linha reta a partir de Jerusalém para qualquer lugar do mundo com uma certa facilidade. Israel é o centro espiritual do mundo, ainda. Mas há o problema de Gaza, que agora será reconstruída por Biden, o presidente socialista do país capitalista, sobre o qual pende dúvidas da lisura das eleições fraudulentas, e Xi, o ditador comunista genocida do sofrido povo chinês, que já se acostumou com a ausência de liberdade.

Quem reconstruiu a atual Israel foram os judeus marxistas. Provavelmente foi a única coisa certa que a esquerda fez: reconstruir o Estado de Israel. Desde o final do século XIX, o jornalista Theodor Herzl (autor do livro “O Estado Judeu”), os judeus internalizaram o sionismo como meta de um povo, para voltar ao local extremamente devastado e seco, que quase nada produzia.

A Inglaterra, somente em 1920 (até 1948) passou a controlar o local, no Mandato Britânico da Palestina, e facilitou a entrada dos judeus no território que ninguém queria. Aos poucos, os judeus foram habitando os locais, fazendo seus kibutz.

Os kibutz foram uma experiência comunista judaica, que deu certo por alguns anos. Lá a regra da igualdade era levava a ferro e fogo, de modo que as crianças deveriam ser tratadas com igualdade total. Foi nesse período que se mostrou uma tendência biológica: meninos tinham predileção por máquinas, meninas tinham predileção por comunicação e cuidado. Existe biologia nas opções de gênero, não há como negar.

Os kibutz começaram a produzir naquela terra seca e infértil, de modo que somente os judeus conseguiam produzir comida em grande quantidade, algo impensável para quem morava lá antes da chegada dos judeus marxistas.

O povo palestino era o povo judeu que morava lá antes mesmo dos ingleses protegerem os interesses judaicos. Palestino vem de Filisteu, e era usado de modo geral para todos os habitantes daquela terra até o século XX, quando o povo judeu refundou o Estado de Israel, a única democracia num mar de totalitarismo religioso e autocrático.

Israel é a única solução num local onde só há problemas. Se os vizinhos de Israel não pegarem em armas, haverá paz. Se Israel não pegar em armas, será dizimado. Essa é uma verdade mais inconveniente do que aquela mentira do Al Gore.

Mas isso não é dito na mídia ou na universidade. É impressionante como gastamos dinheiro sustentando um bando de vagabundos em universidades, que fingem que estudam, passam boa parte do tempo se drogando e só conhecem o que o PSOL prega.

Não tenho ódio às universidades. Tenho ódio do que elas viraram na mão da esquerda. Assim como Israel. Eu amo Israel e os judeus. Mas se é para odiar alguém, eu escolho odiar os inimigos de Israel. Quem ama Israel é amado por Deus. Quem odeia Israel é odiado por Deus. Você já escolheu a quem amar e a quem odiar?

CONFIRA A COLUNA OPINIÃO DIREITA

Gostou de “O Problema de Israel“?

O Problema de Israel
O Problema de Israel. Foto de cottonbro no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Hipocrisia

Acho que essa palavra tá na moda. Por onde passei Virtualmente, hipocrisia está no top 10, está em todo lugar. Hipocrisia associada a um julgamento feito e uma resposta dada.

Sei lá….Seria hipocrisia usar o verbo, com a força da palavra em si para justificar um conceito que tem sido fortemente utilizado?!?

A necessidade que as pessoas têm em se autoafiramarem constantemente não seria uma fábrica de novos hipócritas futuros?!? A banalização da palavra, se faz uma boa ação, mas no momento em que o outro discorda, surge um dedo indicador e grita: *- Hipócrita!!*

Estilo “querem controlar, mas são todos descontrolados” Somos todos falhos em demasia, muito, muito mesmo. Existem estratégias que funcionam na prática, outras preferem a teoria, em tese, como material didático é de fácil manuseio, quando vamos entender que pessoas são complexas?!?

Concordo, cada um com uma forma de pensar, por cada um ter classe social, moral, cultural, religiosa diferente, que as motiva e manteve até aqui. Mas quando uma pessoa se torna hipócrita por pensar diferente do que eu penso?!? Quando a sua verdade que não é a mesma que a minha se torna hipocrisia?!?Estaria eu sendo hipócrita agora, por observar que pessoas pensam diferente, interagem em meios diferentes e que são exatamente as nossas diferenças que nos tornam únicos e especiais.

Que por meio da suposta “hipocrisia” podemos compartilhar novos conhecimentos compreender novas e diferentes formas de pensar e ajustar para que se enquadrem a nossa realidade e as variáveis de nosso hábitat natural.

Seria “antologia” pensar assim e “analogar”, não para me justificar, mas sim deixar claro que somos livres para pensar de maneiras diferentes e agir de acordo com o que achamos mais conveniente e proprício conforme os ensinamentos aprendidos e alguns enraizados?!?

O agir, esse sim foi comprometido brutalmente com o passar do tempo e todas as novas informações, valores foram perdidos, pessoas esfriam-se na Fé, sem diretrizes de caminhar, sem exatamente certo ou extremamente errado , hipócrita seria falar que tudo é muito mais fácil de uma maneira complicada?!?  O “meio” uso das palavras, a separação do diálogo, o afastamento de pessoas por : raça, crenças, grau de escolaridade, bens materiais, entre outros , esses sim são problemas que antecedem a jornada de muitos a qual iniciou-se em navios negreiros e toda comercialização de pessoas como mercadorias de uso e desfruto de seus senhores.

Nascemos em uma sociedade marcada por muitas guerras, intolerância, escravidão, disseminação de ódio, discursos de dias melhores, mínimas foram as ações de esperança, digo, não houve praticamente nenhuma de quem rege o tal poder da nação, estamos sempre diante de seis ou meia dúzia.

O tempo que dedicamos pensando na solução mundial, esquecemos que nós crescemos mal resolvidos e levamos esta indignação até o sepulcro que se repete , se repete incansavelmente.

A ação mundial se inicia em dar atenção primária a nós mesmos, identificar os pontos que necessitamos aprimorar e explorar, lapidar o melhor que possuímos de berço.

Suponha que nascemos, “meta-meta” 50% bondade e 50% maldade, seria justo dizer que somos hipócritas ao não reconhecermos nossas imperfeições, dedicar-se a busca da perfeição Divina que “jamais” atingiremos.

Somos semelhança do Criador, ter a mesma “sagacidade”, clareza de pensamentos e relacioná-los a pessoas e atitudes cotidianas sem julgar, deduzir, especular ou supor criticamente, geralmente, são usadas palavras ofensivas ou maldosas seria um bom ato ou hipocrisia?

Somos hipócritas ao pensarmos em hipocrisia, porque na maioria das vezes nos falta humildade para ouvir, aceitar ou discordar respeitosamente, a partir do momento em que desconheço os aspectos que motivam e a linha de pensamento usada pra chegar até ali.Não são palavras que justificam maus atos, a atrocidade fala por si, por trás de um monstro, um dia houve um ser, o que seria da humanidade se pensássemos assim?!?

Sobretudo respeitar o próximo. Não temos como hábito respeitar a nós mesmos, excedemos e vamos além de nossos limites quase sempre , mas dificilmente dedicamos tempos para nós identificar como seres atuantes de uma sociedade.

Não identificamos de “cara” nossas falhas e somos falhos exatamente por isso, não ouvimos nossas indignações para tratá-las adequadamente, elevaríamos por assim dizer a bondade original destruindo de vez a matriz de fábrica, superando os 50% em busca dos 100% da bondade que podemos atingir.

Aqui chegamos cheias de resquícios, onde o objeto é reestruturar nossa condição e o primeiro passo, não para um sucesso promissor financeiro, mas sim para uma evolução espiritual necessária , quanto mais acertos tivermos, menos dúvidas teremos e ficaremos mais próximos da missão cumprida e despedida deste plano.

A Fé é o melhor combustível, in natura temos essa semente, basta que sejamos solos férteis para o cumprimento de todas as etapas do ciclo de vida, seja ela: mineral, vegetal, animal e hominal.

Como se estivéssemos armados, selecionamos as melhores pedras a serem lançadas, quando intimamente fomos alvos inúmeras vezes, sem motivos explícitos. Feridas foram abertas e jamais cicatrizadas, mas sempre há um bom comentário da vida alheia na agulha a ser feito.

Poderia dizer que nascemos todos hipócritas pela facilidade de nos deixarmos envolver com as belezas materiais, ignorando a verdadeira beleza que não vemos a olho nu, a *Beleza Espititual* , onde a hipocrisia se torna uma palavra vã, sem moral alguma diante do objetivo de ser e existir preenchendo o mesmo momento espaço tempo sem alterações dando lugar a toda bondade em sua magnitude, transbordaríamos alegria e contagiaríamos a todos por onde quer que passemos sem hipocrisia, assumindo o controle de si, sem julgamentos precoces de situação que desconhecemos ou das quais não temos todos os detalhes.

Mente aberta.
Nossa mente e bons pensamentos , nos conduzirá onde quer que originalmente fomos “programados” tenhamos leveza , empatia e gentileza, sem medo do que quer que sejamos julgados ou simplesmente observados, boas ações e tolerância nos afastam da hipocrisia que quer nos consumir para deixarmos de ser e existir.

Exista realmente, sem teatro, dissimulação e fingimentos.Seja temente a Deus sem “beatice”, permita que habite seu coração em essência, compreenda suas intenções sem sugestões de terceiros. Use e abuse da *Boa Fé* não dissemule verdadeiros sentimentos, para o hipócrita só existe a falsidade!

Lorena Pelais ॐ∞.

Gostou da nossa matéria “Hipocrisia“?

Hipocrisia
Foto de Anete Lusina no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Não espere ninguém

Marcio Pinheiro é o autor de “Não espere ninguém”.

O brasileiro tem um costume péssimo, que é esperar o Estado resolver. Dizem que esse costume veio de Portugal, pois segundo se conta, durante a Idade Média, o rei e sua comitiva iam de cidade em cidade para resolver os problemas presentes. Assim, o povo português se acostumou a esperar o Estado chegar para resolver os problemas.

Por conseguinte, o Brasil não foi colonizado por uma nação que formou o Estado. Pelo contrário, quem chegou já o fez como Estado, com visão de Estado, espírito de Estado, para instituir uma possível colônia de um outro Estado. Claro que a visão de mundo ali era o normal para a época. Mas estamos presos nisso até hoje.

Com as redes sociais, foi possível ao brasileiro comum entende que ele tem força suficiente para fazer número e volume populacional, além do mero comparecimento à cabine de votação para escolher alguém que vai mandar nele por quatro anos. Não sou contrário ao voto. Mas votar é o mínimo da participação cidadã, e se pautar pelo mínimo não é nem um pouco ideal.

Algo que o jornalista Allan dos Santos fala bastante, e que aprendeu com Olavo de Carvalho, é que o cidadão não pode, de forma alguma, esperar o Estado. Ele deve fazer o que entende que é correto (claro, com o devido embasamento legal) e exigir do Estado que o mesmo também o faça. Vemos casos de pessoas que se uniram para asfaltar ruas e o Prefeito tentou impedir, pois esse asfaltamento era “ilegal”. Ora, se o Prefeito não determina o asfaltamento, que moral ele tem para impedir que os populares, unidos num intento comum, se quotizem e façam eles mesmos o asfaltamento? Seria esse asfalto uma prova da incompetência deste Prefeito? Fica a questão.

Não espere ninguém. Faça aquilo que você acha devido, sem aguardar o Estado. Melhor ainda: pediu ao Estado para fazer, e não houve resultado, faça-o você mesmo, e depois peça ao Estado (num protocolo geral do Município, por exemplo) um ressarcimento pelo gasto que você teve. O exemplo do asfaltamento da rua é um belo exemplo. Junte notas fiscais e exija o pagamento. Obviamente, não haverá pagamento. Aí chega a hora de postar nas redes sociais o que o Prefeito deixou de fazer. Quiçá um processo judicial de ressarcimento? É uma ótima ideia para se aplicar em massa no Judiciário.

O mesmo se aplica à segurança pública: você confia que a polícia chegará em tempo de evitar o assalto? Nenhum brasileiro em sã consciência acredita nisso. É por isso que armas de fogo deveriam ser obrigatórias. Vou além: o brasileiro serve ao Estado ou o Estado serve ao brasileiro? Se a resposta correta é que o Estado serve ao brasileiro, é o brasileiro que tem o direito de portar a arma de fogo que bem entender, e o Estado é que deveria estar restrito às mais fracas armas. Quer justiça no caso da insegurança pública? A solução é armar a população ao máximo, e permitir que a polícia tenha apenas revólveres e pistolas. É a única forma plausível de se evitar que agentes de segurança pública violem os direitos fundamentais dos inocentes. Parece exagerado sim, mas qual seria a outra opção para evitar que os agentes continuem vilipendiando a vida, a liberdade e a propriedade dos inocentes?

Esperar o Estado é sempre a pior opção. O brasileiro deve agir com os agentes públicos como se eles fossem empregados, e não autoridades. Enquanto o brasileiro médio continuar dando “autoridade” aos agentes públicos, estes continuarão achando que são mesmo autoridades, alguém importante, quando na verdade não o são. O agente público que não se comporta como escravo da Constituição e servo do povo deve ser expulso pelo próprio pagador de impostos que o sustenta.

Enfim, não é para esperar ninguém. Fale nas redes sociais o que você entende como correto, faça na sua vida e na vida de sua comunidade o que você acha que vai melhorar a vida. Use a razão e faça, não espere.

CONFIRA A COLUNA OPINIÃO DIREITA

Gostou de “Não espere ninguém“?

Não espere ninguém
Foto de cottonbro no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Cadê o laudo?

Decisões estapafúrdias e criminosas, no mais puro nível de lixo jurídico, foram tomadas por governadores e prefeitos, com o aval do STF. Decisões estas que só me fazem perguntar: Cadê o laudo?

Não houve laudo comprovando que lockdown funciona. Não houve laudo comprovando que ônibus cheio não transmite coronavírus. Não houve laudo comprovando que proibição de circulação em determinadas horas dificultam a propagação da covid-19.

Os governadores e prefeitos criminosos que cuspiram na Constituição e estupraram os direitos fundamentais não apresentaram um laudo para comprovar cientificamente a eficácia das medidas restritivas.

O Judiciário e o Ministério Público não apresentaram laudo para justificar a perseguição política que fizeram contra aqueles que não realizaram restrições. Mas o que dizer de um Judiciário e Ministério Público que violaram sexualmente o direito de ir e vir? Os magistrados apresentaram laudo que comprovava a medida imposta em suas liminares e sentenças? Os membros do Ministério Público apresentaram laudo que justificava as ameaças feitas em seus ofícios?

O que é preciso entender é que os operadores do Direito no Brasil, de modo geral, são idiotizados. Ou seja, pensam apenas naquilo que orbita a si mesmo, dentro de uma bolha de convivência em que todos concordam com tudo, ou estão fora. A classe universitária, da qual os operadores do Direito fazem parte, é plenamente estupidificada em si mesmo.

A elite intelectual Brasileira, sobretudo a jurídica, acredita no Jornal O Globo e na Folha de São Paulo. Acreditam piamente. Essa velha mídia está aí justamente alimentada por uma elite brasileira, que passa adiante o que lê nesses dois jornais, validando uma coletânea de mentiras.

Então vamos às fake news. Donald Trump usou esse termo para designar a CNN, principalmente um de seus jornalistas. Esse termo, fake news, não significa “notícia falsa”, mas sim “notícia fraudulenta”. Fake news é uma notícia fraudulenta, ou seja, uma notícia que tem elementos de verdade e elementos de mentira. Algo na notícia é verdadeiro, mas as conclusões (ou normalmente, a manchete) é falsa, e não condiz com os elementos verdadeiros.

Assim, o laudo seria um elemento verdadeiro. Mas não há laudo. E quando há laudo, o mesmo é, de toda forma, destruído, para que as fake news sejam superiores à verdade. As notícias fraudulentas são superiores a tudo. Inclusive à verdade. Cadê o laudo?

Não sabemos, mas os direitos foram destruídos por todo lado por parte de Governadores e Prefeitos com alianças incomuns com o Partido Comunista Chinês, com o apoio do pior Judiciário do mundo, e do pior Ministério Público do planeta. Cadê o laudo? Não tem. Mas destruição de vidas humanas, tem sim. Bastante.

CONFIRA A COLUNA OPINIÃO DIREITA

Gostou de “Cadê o laudo?“?

Cadê o laudo?
Foto de Bich Tran no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Ódio do Bem

Existe um tipo de ódio tolerado na mídia e nas redes sociais, conhecido como “ódio do bem”, no qual o odiador tem todo o direito de ofender alguém porque é “do bem”, e o alvo é “do mal”. Um grande exemplo é xingar o presidente, acusá-lo de crimes sem provas e, após isso, ser aplaudido pela grande mídia e pela esquerda em geral. Já o mesmo comportamento contra alguém protegido pelo sistema é considerado um crime contra a humanidade. Vamos dar um exemplo bobo: se você xingar com a mesma ofensa o Chico Buarque e o Eduardo Bolsonaro, você é um monstro imoral com relação ao Chico, e um filósofo sapiencial com relação ao Eduardo.

Duvido que você leitor, usuário de rede social, não tenha percebido isso. O ódio do bem não depende o que você fala. Depende de quem fala e sobre quem você fala. O conteúdo é desconsiderado. Não importa se é verdade ou mentira. O que importa é você estar a favor do establishment, a favor da revolução, a favor de tudo o que não presta. As pessoas que vivem por este padrão já se despediram da consciência da realidade. Não tem mais massa cinzenta válida, se despiram da moralidade básica da convivência humana.

A patrulha politicamente incorreta fica buscando, tal qual um sabujo de Stálin, algum erro (na opinião deles) de alguém que não faz parte da patota, do grupelho deles, de modo que, mais uma vez, a opinião em si não é importante, mas quem é o emissor e quem é o objeto do qual se fala. Ressalto aqui que quem pratica ódio do bem ainda pode ser humano, mas abandonou a humanidade.

A pessoa já não tem mais uma concatenação de ideias morais válidas, pois o cérebro já disse adeus. A culpa disso é da relativização moral imposta pelo marxismo cultural reinante nas universidades, que por sua vez nutrem a mídia, a política, a cultura geral. As pessoas comuns, incapazes de se nutrir de alta cultura, acabam recebendo esse choque de loucura e o rejeitam, já que a mente ainda se mantém com alguma integridade. O comum que vai à igreja, trabalha e toma uma cerveja com o pessoal do trabalho sexta-feira de noite tem maior capacidade de discernimento que algum figurão midiático, que vive numa bolha informacional, sem qualquer vontade de acessar aquilo que é a realidade do povo comum brasileiro.

E em outros países do ocidente ocorre o mesmo. As universidades brasileiras de ciências humanas deveriam ser transformadas em quartos grátis para população de rua. Seria mais barato e o resultado seria mais dignificante aos seres humanos em geral do que a atual situação em que se encontram.

Tantas pessoas vivendo numa bolha cultural, nutrindo ódio aos próprios pais depois de um mês de aula, idolatrando assassinos (Che), genocidas (Mao, Stalin, Lênin, Pol-Pot), bebendo no gargalo de satanistas (Marx) e chamando os outros que não concordam com ele de nazista e fascista. Todo universitário brasileiro que aderiu à bolha cultural esquerdista é, ele mesmo, um autêntico nazifascista, sem perceber que, quando aponta o dedo aos outros, apenas aponta para um espelho.

Gostou de “Ódio do Bem“?

ódio do bem

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

ACREDITANDO EM VOCÊ E NO QUE FAZ

Rogério de Caro é autor desta coluna e da matéria “ACREDITANDO EM VOCÊ E NO QUE FAZ”.

Em um dos meus trabalhos de mentoria, o mentorado é um executivo bem ponderado e discreto na forma de pensar e agir. O que não tem nada de errado é uma qualidade. Tem o seu tempo para tomar decisão e isso também é bom. Um dia ele me surpreendeu e veio dizendo vou viajar para o exterior, OK vou ver o que precisa ser feito.

Quando retornei para minha casa vinha pensando, ele já sabe o quer, ele já definiu o que deve ser feito e fará. Sabe o que está acontecendo, “rompendo o lacre do potencial”, pensar, acreditar e agir.

Não sei se é medo ou receio, quando temos essa emoção, ela de alguma forma inibe ou posterga o que vamos fazer, tanto na vida pessoal como profissional.

Romper o lacre do potencial é quando você acredita no que faz e não tem medo de se desafiar a fazer algo que nunca fez, a sua crença é uma fé inabalável e quando isso ocorre você é conduzido para aquilo que quer, o sucesso.

Somos capazes de tudo, basta querer fazer a coisa acontecer da forma certa e acreditar com fé (acreditar com fé é inabalável sob qualquer adversidade).

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “ACREDITANDO EM VOCÊ E NO QUE FAZ”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Teatro da vida

Lorena Pelais é autora de “Teatro da vida“.

Feche os olhos, inspire imagine o que mais te agrade, que te faça se sentir bem , um lugar, uma sensação, um elemento da natureza, limpe sua mente, abstraia de todas as preocupações que te cercam, expire lentamente, abra os olhos vagarosamente para que o excesso de luz não te cegue.

A partir daí, estaremos preparados para realizarmos quaisquer que sejam as atividades, prontos para plantar , colher, rascunhar, editar e quem sabe apta para reescrever sua própria história.

Existem momentos em que os desafios parecem montanhosos, mas só possuem esse tamanho para quem os cria, aqueles que conseguem “invadir” , visualizar seu mundo não veem o mesmo que você.

A vida é bela, é um sonho ou real??
Quais são os grandes mistérios que envolvem a existência humana??
As dúvidas algum dia cessarão??

Existem tantos porquês, quase sempre sem respostas, por que na verdade as respostas são buscadas em fontes errôneas, pois na verdade elas sempre estiveram bem ali na sua frente, só você e eu não queríamos ver, seja por falta de conhecimento, por não sabermos fazer bom uso ou simplesmente temos medo de agir, mas as respostas sempre estão dentro de você é como um enigma, mito da caverna , “conheça a ti mesmo que terás as respostas para tudo que te aflige”.

A falta de conhecimento interno, nos embosca de tal maneira que involuntariamente e inconscientemente, participamos de planos macabros contra nós mesmos, desenvolvidos por nós mesmos, soa como loucura, pode até ser, rsrsrs.
Somos guardiões do bem e do mal, administre-se , nem oito ou oitenta, busque o equilíbrio e seja bom para você mesmo, não se maltrate!!

Excessos são causadores de problemas, excesso de confiança e alto estima, junto vem o superego e vaidade, a necessidade de ser melhor sempre como se fosse uma competição, sabotam-nos invisivelmente , é corda pra se enforcar, é dar linha demais à pipa, é acelerar sem testar primeiro o break.

É estar a mercê da própria sorte, age-se deliberadamente, como se fosse portador de “super poderes” sem ter acesso as regras de uso, com instruções minuciosas e principalmente sem a supervisão de alguém treinado e devidamente habilitado.

Uauuuuu, pressentem o tamanho da catástrofe?

Seu “Transformer do mal” foi criado, a mente te “engana” acelerada te passa informações de bem-estar e plena funcionalidade, o ápice, um monstro com ferocidade de uma bomba nuclear, capaz de emitir ondas elétricas de altas tensões, suas explosões serão internas seus destroços com aspectos variados, erupção de alcance desmedido sem previsão de longitude e latitude.

Que a mente humana é um grande mistério, sabemos, não é de hoje, não sabe-se ao certo o que nos motivam constantemente, capaz de gerar energia sem que haja necessidade de substâncias externas, necessidades básicas primárias.

Motivação como fonte primordial de energia e alimento para o corpo e a alma, a exposição ao sol como fonte de calor para crescimento sadio, a chuva para refrescar, mesmas gotas que aliviariam a sede, tudo na medida certa, excessos são prejudiciais e causam danos irreparáveis, aprisiona-se a mente em objetivos fracos e mal embasados perdendo a essência da alma entregando-se aos demônios ocultos e alheios, entocados nas profundezas de seu ser, aguardando uma pequena brecha para “tomarem de assalto”, te roubam, destroem e por fim matam nem sempre o próprio ser , mas os sonhos e as habilidades naturais que nos são dadas no dia de nosso nascimento, que deveríamos ter a humildade de desenvolvê-las pra serem nosso maior trunfo e grande troféus , um dom que calamos, matamos e enterramos por nos envaidecer.

Quer conhecer alguém? Dê poder e verás todas as suas faces ocultas.
Nós somos nossos maiores inimigos, dizem que mente vazia, torna-se obra do maligno, retirando o pouco que temos interiormente, a paz.

Limpe a mente e siga em frente, busque seu Eu, faça bom uso das dádivas divinas presentes em sua vida.

A vida não tem muitas explicações a te dar cotidianamente, erre, conserte e acerte.

O mundo gira, “em cima em baixo” tenha nobreza de espírito para distinguir seus próprios desafios e sair deles um ser melhor do que quando entrou.

Passagem ….
A vida é uma grande passagem, um sonho, uma realidade, neste espetáculo chegamos como coadjuvantes, mas o objetivo é ser o protagonista principal, respeitando as leis divinas.

📿 Lorena Pelais ॐ∞.

Gostou da nossa matéria “Teatro da vida“?

Teatro da vida
Teatro da vida. Foto de Mohan Reddy Atalu no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Marcha da Família Cristã pela Liberdade

Hoje, dia 15 de maio de 2021, ocorrerá a Marcha da Família Cristã pela Liberdade, marcada pelas redes sociais de forma descentralizada por diversos grupos ativistas da direita política. A ideia do movimento é demonstrar força popular por parte daqueles que tem cosmovisão cristã e se opõe às medidas imorais e inconstitucionais de fechamentos de empresas e restrições à circulação de pessoas. O presidente Jair Bolsonaro, em sua live de 13 de maio de 2021 confirmou participação.

Grupos antes silenciados pela velha mídia, que censurava veladamente a opinião da maioria, permitindo apenas a opinião com a qual já concordava, evita difundir o acontecimento, antes, durante e depois, por se tratar de apoio explícito ao presidente, mais críticas ao Supremo Tribunal Federal e outros políticos.

O que temos no Brasil, há muitas décadas, é uma cultura satânica nas universidades, conhecida como comunismo. Satânica porque o próprio Marx utilizou Satanás como símbolo e objeto de elogios, como provou Richard Wurmbrand em seu livro Marx & Satan. Outro comunista, Saul Alinsky, na edição de capa mole do livro Rules for Radicals, publicado em 1972 por Vintage Books e que serviu de inspiração para Barack Obama e Hillary Clinton, Alinsky escreveu: “Para que não nos esqueçamos de pelo menos um reconhecimento irônico da primeira e mais radical de nossas lendas, mitologias e história (e quem é que sabe onde a mitologia termina e começa a história — ou qual é qual), o primeiro radical da história humana, o qual se rebelou contra a classe dominante e fez uma rebelião tão eficaz que pelo menos ganhou seu próprio reino — Lúcifer”.

A primeira coisa dita por qualquer defensor do comunismo seria que Marx era ateu, e não acreditava em Satanás. Bom, o satanismo é um ateísmo radical, para quem não sabe disso. O satanista utiliza Satanás como símbolo de rebeldia “contra o sistema”, e faz a missa negra como uma paródia da missa católica. O comunismo, em sua base ateia, é satânico, pois provoca rebeldia para instaurar sua ditadura.

É com base nisso, ainda que distante, que a Marcha da Família de 2021 vem digladiando. Temos universidades tomadas pelo comunismo, na qual não é aceita tese anticomunista nos últimos cinquenta anos, pelo menos. As ciências humanas, de modo geral, são inúteis à população, graças aos comunistas que ocupam as cadeiras das universidades e só promovem os iguais entre si para subir nas mesmas cadeiras. É redundante dizer que as universidades brasileiras são satânicas, posto que são comunistas.

Essa ocupação de espaços ensinada por Gramsci funcionou tão bem aqui que qualquer pessoa, para subir nestas cadeiras, precisa pagar o pedágio ideológico, sem o qual fica “cancelado”. A cultura do cancelamento começou na universidade brasileira, e continua sendo feita diariamente. Quais mídias mostraram os universitários  da UFF tentando matar Sara Giromini (Sara Winter) enquanto ela dava uma palestra contra o feminismo? Nenhuma.

As elites de um país são formadas nas universidades. É por isso que as elites brasileiras são tão apodrecidas de moralidade. Elas não tem um referencial absoluto de moral e bondade, são doutrinadas no sistema de “nós contra eles”, pensam 24 horas por dia em tirar vantagem de alguma forma, seja dinheiro, seja sexo. A aparência universitária brasileira é o maior engodo que já se viu.

O correto a se fazer no Brasil é prender todos os reitores e catedráticos das universidades brasileiras nos últimos 50 anos, pelo crime de gastar dinheiro do pagador de impostos para destruir a vida deste mesmo pagador de impostos. Enquanto não prenderem TODOS os reitores e catedráticos das universidades brasileiras dos últimos 50 anos, não começará o conserto do Brasil.

Gostou de “Marcha da Família Cristã pela Liberdade“?

Marcha da Família Cristã pela Liberdade
Foto: Sergio Souza | UnSplash

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Experimente um novo alimento, sempre que possível

Rosângela Lopes é nutricionista e autora de “Experimente um novo alimento, sempre que possível”.

Por conta da nossa rotina, muitas vezes optamos por tudo que seja mais fácil e prático, e claro que também temos aquela famosa listinha de alimentos que não gostamos, não comemos de jeito nenhum.

Quando temos essa listinha acabamos deixando de lado muitas opções que são nutritivas.

Por isso te pergunto: Quando foi a última vez que você experimentou algo novo?

Você consegue variar a sua alimentação ao longo da semana?

Será que você realmente não gosta desse alimento?

Quantas vezes você comeu esse alimento para ter certeza de que não gosta dele?

Portanto, aqui estão algumas orientações que vão te auxiliar:

Escolha pelo menos um alimento diferente, sempre que possível, para comer no seu dia ou na sua semana; Prove novamente aqueles alimentos que você não gosta, de preferência preparados de formas diferentes, com novos temperos ou até mesmo por pessoas diferentes; As vezes pensamos que não gostamos de um determinado alimento porque só o provamos de uma maneira, assim faça um teste e você pode se surpreender.

Gostou de “Experimente um novo alimento, sempre que possível“?

Experimente um novo alimento, sempre que possível
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Foro de São Paulo: Crimes de 30 anos

O Jornal do Commercio de 15 de junho de 1991 trouxe uma tímida notícia sobre uma organização quase desconhecida, chamada Foro de São Paulo. O jornal noticiou que Lula estava no México, na segunda reunião do Foro, em 1991, e publicava a opinião do ex-presidente sobre as eleições. Prometia, inclusive, repetir a experiência popular brasileira nos outros países da América Latina.

Após isso, com a compra de consciências jornalísticas promovida pela mentalidade da esquerda, os próprios não ousaram publicizar a existência das reuniões ou conteúdo das mesmas, de modo que o Foro de São Paulo tornou-se uma organização política “discreta”, quase secreta, que coordenava as políticas de diversos partidos e organizações de esquerda, incluídas aí as FARC – Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia e o MIR – Movimiento de Izquierda Revolucionária, no Chile. Como alertava Olavo de Carvalho em suas colunas jornalísticas, “As Farc são o principal fornecedor de drogas ao traficante Fernandinho Beira-Mar; enquanto o MIR é o acionista maior da indústria latino-americana de sequestros, que já teve entre suas várias vítimas os brasileiros Washington Olivetto e Abílio Diniz.”

Mas preciso chegar a um ano antes disso. Em 1989 Lula foi visitar Fidel em Cuba, como informado no livro A Vida Secreta de Fidel, de Juan Reinaldo Sanchez. Lá Fidel chamava Lula de “futuro presidente do Brasil”. Realmente, trabalharam arduamente para tomar o poder a todo custo e instaurar na América Latina o que foi perdido no Leste Europeu (palavras do Foro, não minhas).

Vê-se que a classe jornalística como um todo silenciou-se sobre o Foro de São Paulo por anos, e tentou silenciar os poucos falantes também, como José Carlos Graça Wagner, que tinha acesso aos documentos do Foro, e Olavo de Carvalho, amigo de Wagner, que utilizou o material para começar a publicar sobre a existência desta organização “discreta”. O Foro sempre foi uma cabeça, coordenando diversos tentáculos.

         Mas é proibido no Brasil a existência de partidos políticos subordinados a organizações internacionais, como determina a Lei 9.096/1995, que diz em alguns de seus dispositivos: “Art. 5º A ação do partido tem caráter nacional e é exercida de acordo com seu estatuto e programa, sem subordinação a entidades ou governos estrangeiros. […] Art. 28. O Tribunal Superior Eleitoral, após trânsito em julgado de decisão, determina o cancelamento do registro civil e do estatuto do partido contra o qual fique provado: I – ter recebido ou estar recebendo recursos financeiros de procedência estrangeira; II – estar subordinado a entidade ou governo estrangeiros; […] Art. 31. É vedado ao partido receber, direta ou indiretamente, sob qualquer forma ou pretexto, contribuição ou auxílio pecuniário ou estimável em dinheiro, inclusive através de publicidade de qualquer espécie, procedente de: I – entidade ou governo estrangeiros;”.

Em 2006 e 2014 o advogado Luís Carlos Crema, tentando salvar o país através do Judiciário, propôs ações judiciais no Tribunal Superior Eleitoral, ações estas julgadas improcedentes de uma forma ou de outra, alertando para a existência do Foro de São Paulo e sua subordinação estrangeira. Em decisão assinada por Gilmar Mendes, o mesmo disse que o Foro era um grupo de debates ideológicos, e não uma organização hierárquica que comandava, de algum modo, o Partido dos Trabalhadores. Sabemos que isso não era e não é verdade. No entanto, essa foi a decisão à época.

O que temos no país é uma compra de consciências, às vezes com dinheiro, às vezes com ideologia assassina genocida, conhecida como comunismo, que solapa qualquer mínima possibilidade de virtude moral ou vergonha na cara, justificando atitudes absurdas que somente ajudam a destruir os brasileiros.

Gostou de “Foro de São Paulo: Crimes de 30 anos“?

Foro de São Paulo
Foto de Gerhard Lipold no Pexels

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

5 dicas para construir um bom relatório gerencial

Rogério de Caro é o autor de “5 dicas para construir um bom relatório gerencial”.

1 – Objetividade
Trabalhar o propósito do relatório é a primeira questão a ser trabalhada no processo de elaboração. Qual é o público-alvo por quem ele será utilizado e apresentado. O documento deve ser objetivo e breve, ir direto ao ponto, evitando desvios que possam desviar o foco e comprometer a apresentação.

2 – Inclua informações relevantes
Selecionar as informações que realmente importam é essencial para a qualidade do relatório.

3 – Utilize critérios para a escolha dos indicadores
Para elaborar um bom relatório escolha bons indicadores, usados pela empresa. Para essa seleção, leve em conta a abrangência, a importância, a simplicidade e outros atributos dos indicadores torna o conteúdo mais consistente e objetivo.

4 – Planeje a apresentação do relatório
Planejar a apresentação é tão importante quanto elaborar. É uma das etapas mais importantes do processo. Se atente ao volume de informações, visto que, para ter objetividade, é preciso filtrar os dados para que somente os relevantes sejam apresentados. A linguagem utilizada na apresentação adequada ao público-alvo.

Por fim, atentar ao modo como as informações serão representadas é outro ponto que merece destaque, principalmente na escolha dos gráficos. E não esqueça do tempo, nada de reuniões muito longas e tenha o controle na apresentação.

5 – Selecione os responsáveis pelos temas / áreas
Importantíssima a participação dos responsáveis por cada tema envolvido (área) garantindo que não falte ninguém. São pessoas com poder de decisão que irão contribuir para o bom andamento da reunião.

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “5 dicas para construir um bom relatório gerencial”?

5 dicas para construir um bom relatório gerencial

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Coronavírus como arma biológica? Vaza informação militar na China

Aquele tipo de notícia que a velha mídia jamais noticiaria: vazou documento militar chinês de cinco anos nos quais se discutiu o uso de um vírus SARS, da mesma família do Coronavírus, como arma biológica contra inimigos do Partido Comunista Chinês, bem como para causar medo na população. O furo de reportagem pode ser conferido na própria emissora australiana que informou para o mundo o achado (https://www.youtube.com/watch?v=kuKPBur_TiI).

No Brasil, o primeiro portal de notícias a transmitir a informação traduzida foi o Terça Livre TV, no qual informou que ontem, domingo, 09/05/2021, a apresentadora do jornal Sky News, Sharri Markson, noticiou detalhes do documento produzido por cientistas militares chineses, que discutiram como o coronavírus pode ser usado como arma biológica. O documento foi elaborado cinco anos antes da pandemia atual.

Foi descrito no documento que o vírus chinês seria uma nova era de armas genéticas, podendo o vírus ser manipulado artificialmente em uma doença humana emergente de um vírus, então transformados em armas e liberados de uma forma nunca vista antes. O nome do artigo chinês, traduzido para o português, é “A origem não-natural da SARS e das novas espécies de vírus sintéticos como armas biológicas genéticas”. Importante ressaltar que um dos autores do documento é Lee Feng, ex-vice-diretor do Bureau de Prevenção de Epidemias da China.

O documento também informa que a recém descoberta capacidade de congelar e secar microrganismos tornou possível armazenar agentes biológicos e pulverizá-los durante os ataques, e que ataques com armas biológicas são mais bem conduzidos durante o amanhecer, crepúsculo, noite ou tempo nublado, porque a luz solar intensa pode danificar os patógenos.

Como se não bastasse, o documento também informa que os principais impactos incluem uma sobrecarga no sistema de saúde do local atingido, e os ataques com armas biológicas têm um efeito muito mais prolongado do que os ataques convencionais, como explosivos. Um ponto considerado no documento é que um vírus pode levar a doenças contagiosas que podem ser transmitidas por vários meios, bem como as armas biológicas não só causarão morbidez generalizada e mortes em massa, mas também induzirão uma pressão psicológica formidável que pode afetar a eficácia do combate.

Em outros pontos, o documento continua alegando que, assim como em outros desastres, as pessoas viverão com medo de ataques por um período considerável de tempo após um ataque, causando danos psicológicos breves ou duradouros, evidenciando que o terror psicológico que as “bioarmas” podem causar é assustador. A jornalista finalizou a situação dizendo que embora as agências de inteligência suspeitem que a Covid-19 pode ser o resultado de um vazamento acidental de um laboratório de Wuhan, não há sugestão de que foi uma liberação intencional.

No entanto, esse artigo secreto militar oferece uma visão rara de como os cientistas de uma das universidades militares mais proeminentes do Exército chinês, no qual altos níveis de pesquisa de defesa foram conduzidos, estavam pensando sobre arma biológica.

Resta saber se a CPI da Covid, no Senado Federal, vai chamar o embaixador chinês para prestar depoimento, ou se os Senadores são apenas homens de geleia, como sempre suspeitamos.

Gostou de “Coronavírus como arma biológica? Vaza informação militar na China“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Mãe, Maravilhosa por natureza

Lorena Pelais é autora de “Mãe, Maravilhosa por natureza”

Maternidade é fantástica, seu corpo dá espaço e abriga um outro novo ser, autossuficiente para produzir alimento, rico em proteínas fundamental à fase inicial da vida.

Mães são imprevisíveis, são os seres mais humanos que podem existir, elas piram, elas surtam, elas podem parecer chatas, porém são incrivelmente encantadoras, suas “obrigações” são inúmeras, suas preocupações incontáveis, são simplesmente loucas, loucas por suas crias.

Tiram forças de onde não tem, superam obstáculos por um amor maior, tornam-se “autoimunes” quando se trata de seus filhos, saúde de ferro, nem parecem que ficam doentes.

Não possuem super poderes, mas são tão fortes para não demonstrarem suas fraquezas, pois no fundo elas são mulheres, moças e até meninas cheias de sonhos, bondosas com muitas expectativas.

São generosas sem limites, partilham suas vidas com os pequenos e de “quebra” com toda a família.

Ser Mãe é muito abrangente, se torna educadora, atua em diversas disciplinas, artes , português, matemática, ciências, história, geografia, etiqueta e boas maneiras, entende dialetos, fala em línguas. É mímica, entende “libras” nas fases iniciais.
É médica, enfermeira, nutricionista, cozinheira, mestre cuca, “queimam a mufa” aspiram ser mais completas a cada dia.

São racionais, mas “viram bichos” quando se tratam de seus filhos, acalentam e os protegem com unhas e dentes.
São meteorologista natas, astrólogas, sensitivas de carteirinha, preveem o futuro, antecipam os fatos do presente e guardam docilmente em boas lembranças o passado.

São escritoras, historiadoras, arquivistas, registram e guardam cada dente. Contadoras de histórias, estatutárias sabem em detalhes de aspectos que as crianças nem imaginam, estimam os percentuais dos prós e revés.
Mãe é super protetora, orienta mas os filhos fazem suas próprias escolhas.
Mãe dá asas, ensina a voar, usar freio de pouso e sinaliza a pista para resguardar seus tesouros.

Mãe é uma fase intermediária, é um estágio desafiador do processo, momento de erros e acertos, sem tempo para avaliações finais , mas sempre com recuperações paralelas diárias talvez, são filósofas, pensadoras, estrategistas, malabaristas.
Mães são “polvos” desdobram-se em muitas, realizam inúmeros feitos em apenas 24h por dia, todos os dias, durante 365 dias do ano e vivem nesse círculo da “caverna do dragão”, a roda gigante mostra a saída, mas o portal se mantém fechado ao compromisso de cuidar da dádiva que foi recebida dos Céus, cultua a Fé para se manter firme, forte e de pé.

Com passar do tempo, se tornam Avós, se tornam humoristas “filhos criados trabalho dobrado” , a generosidade está entranhada nos ossos, pele, na alma, não tem como não ser algo além.
Dividi-se em duas, mãe e avó, atenção diferenciada de acordo com a faixa etária, conselhos constantes às crias e “invenção de moda” com os netinhos transfere parte de sua vivência geralmente em trabalhos manuais, reforça as regras de etiqueta, olha sério pras peripécias, mas já não distribui tantos puxões de orelha (exclusividade reservada).

Bisavós, essas são as mais estilosas, alegres, o tempo pode não ser o melhor aliado “exauriu” suas forças nas etapas anteriores, geralmente, sem forças para saltar e correr, reforça a importância da disciplina, que “esperto demais se atrapalha” relembra seus tempos de menina , fala sobre paciência e das mudanças das últimas décadas vividas, a beleza não é tão aparente, se torna quase irreconhecível, mas deixa sua alma gravada passada com tanta sabedoria.

Mamãe Maravilha desenvolve seus dons e aceitam todas as etapas da vida, se doa, cuida e cresce lado a lado com suas crias.

De geração em geração, etapas e mais etapas ser Mãe é evoluir conscientemente ou inconscientemente dia após dia.

Feliz dia das Mães!! 💖
Lorena Pelais ॐ∞

Gostou da nossa matéria “Mãe, Maravilhosa por natureza.“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

A triste falência do Judiciário do Brasil

O Poder Judiciário do Brasil é um conjunto de órgãos responsáveis por julgar os conflitos com base nas leis. Muito lindo, quando verdade. Temos magistrados que se comportam como deuses gregos, conflitando entre si, mas permanentemente unidos contra os mortais. Às vezes, contra os outros Poderes também.

Magistrado significa “superior”. A ideia é essa mesmo. Um ser superior, que por estudar muito, julga os conflitos entre as pessoas. Desde a Antiguidade, as pessoas em conflito buscaram outras pessoas que resolvessem o conflito proposto. Os governantes eram os julgadores, em sua maioria. Às vezes se buscava um árbitro, alguém de confiança das partes, com boa reputação, considerado sábio e independente, que usaria do bom senso e da moral coletiva para decidir. A decisão era quase sempre aceita por motivo de força moral: o julgador é alguém tão sábio que a decisão dele é melhor.

Com o aumento do Estado, foi-se criando estruturas administrativas, com juízes iniciantes julgando e juízes antigos revisando, o que chamamos hoje de juízes e desembargadores. Mas como o mais importante é a cultura, esta cultura jurídica foi se imiscuindo na cultura burocrática, de modo que o juiz tornou-se um cumpridor de regras administrativas, que se sente livre somente quando vai julgar.

Aí fica o perigo maior, pois ele vai deixar ali todo o conjunto de frustrações do dia, justamente na decisão que vai afetar as pessoas comuns, mas não afetará a remuneração dele.

Imaginemos um cenário em que o magistrado tem o salário proporcional à qualidade das decisões? Isso já existe. Chama-se arbitragem. O árbitro é contratado justamente por ser conhecido por ter decisões corretas, centradas, de boa qualidade, emitidas em tempo hábil. O árbitro não grita com as partes, não ameaça de prisão, não manda calar a boca. O árbitro é o oposto do magistrado. Assim, somente comprovando que possui um serviço de ótima qualidade é que o árbitro ganha seu dinheiro. O magistrado não. Pode emitir as piores decisões, que a remuneração continua lá, último dia útil do mesmo mês do trabalho. Nem precisa esperar cinco dias úteis.

O Judiciário faliu. Falência vem do latim fallere, que significa “faltar”. O que falta não é uma estrutura do Judiciário, mas sua função é que falta. A função de pacificar conflitos se torna cada vez mais rara. Um dia será inexistente. Um Judiciário preocupado com prerrogativas, garantias, remuneração, lagostas, vinhos premiados.

O Judiciário falta. A pacificação dos conflitos é o oposto. Criam-se cada vez mais conflitos, a julgar pelo que vemos no Supremo Tribunal Federal, que nos últimos três anos vem tendo decisões absurdamente casuais, ou seja, cada caso se julga com uma interpretação casuística da lei, de acordo com a cara do freguês. Não somente ele, mas o Tribunal Superior Eleitoral também não fica para trás. Um dia tratarei do mesmo nesta coluna.

Uma proposta que deixo aqui: salário do magistrado proporcional à média de votos. Após cada audiência e cada decisão, cada parte atribui uma nota de um a dez, sendo um completamente insatisfeito, e dez completamente satisfeito. Ao final do mês, um sistema eletrônico contabiliza a média dos votos, sendo dez o teto salarial do cargo, e um o piso salarial do país, ou seja, um salário mínimo. Como a parte mais sensível do ser humano é a conta bancária, o que teremos?

Magistrados preocupadíssimos com a justiça de suas decisões, procurando convencer as partes da alta qualidade daquela decisão. Para evitar problemas óbvios, é melhor que contador de votos dos usuários do Judiciário fique online 24 horas, para consulta pública.

Imagine-se, então, na pandemia. Juízes determinando lockdown em municípios, e a população convocada em peso para votar sobre a decisão do juiz, afetando diretamente seu salário. Será a primeira vez que veremos o magistrado se preocupar com as consequências sociais da sua decisão, já que inexiste isso hoje. Simplesmente decidem aquilo que ele quer, não importa o que a parte ou seu advogado alegue. Palavras ao vento em cada audiência e sustentação oral.

E para os magistrados que disserem que estou sendo injusto, e que é muito difícil ser julgador, aconselho de pronto: peça exoneração e busque um emprego mais fácil. Dizem que advogar é molezinha.

Gostou de “A triste falência do Judiciário do Brasil“?

A triste falência do Judiciário do Brasil
A triste falência do Judiciário do Brasil. Foto: pixabay

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Panqueca de espinafre

Rosângela Lopes é autora de “Panqueca de espinafre”

Rendimento: 15 panquecas médias.
Ingredientes
3 ovos;
300 ml de leite;
1/2 xícara de queijo parmesão ralado;
folhas de 1 pé de espinafre (branqueá-las passando na água fervente por 3 minutos e depois na gelada);
sal e pimenta;
2 xícaras de farinha de trigo aproximadamente.

Modo de preparo
Escorra e esprema bem o espinafre.
Bata todos os ingredientes no liquidificador com metade da farinha e vai acrescentando o restante aos poucos até dar o ponto cremoso e não muito ralo.

Aqueça a frigideira e unte com manteiga ou azeite. Com uma concha pequena faca as medidas e coloque no meio e vai girando até cobrir toda frigideira. Vire e frite do outro lado.

Recheie como preferir (frango com catupiry; carne seca; presunto e queijo; ricota temperada etc) a minha fiz com frango desfiado, cubra com molho bechamel ou outro de sua preferência.

Molho bechamel

Ingredientes
1 colher de sopa cheia de manteiga;
1 colher de sopa cheia de farinha de trigo;
500 ml de leite;
nos moscada, sal e pimenta a gosto.

Modo de preparo
Derreta a manteiga e acrescente a farinha, mexa bem e deixe dourar. Jogue o leite de uma vez e com um fouet não pare de mexer até engrossar. Tempere com sal, pimenta e nos moscada. Deixe mais ralo acrescentando mais leite se precisar. Despeje em cima das panquecas prontas. Sirva imediatamente.

Gostou de “Panqueca de espinafre“?

Panqueca de espinafre
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Despedida

Lorena Pelais é autora de “Despedida”.

Assustador como derrepente tivemos nossas vidas transformadas.
Pessoas assustadas, “quarentena” interminável, mudanças de hábitos, vidas ceifadas.

Inúmeras perdas em todo canto do mundo deste planeta, o mistério da vida , as crescentes especulações aos enigmas que envolvem a morte, chamada de “vida eterna”, uma viagem sem previsão de reencontro, não resta menor dúvida, os que ficam não conseguem superar com facilidade, é difícil lidar com a ausência e a saudade.

Do riso ao choro, do drama a graça, das desgraças uma comédia da vida urbana na íntegra com riquezas de detalhes, cada aspecto de certa forma tocou diretamente os inúmeros espectadores independente de quais meios de comunicação tenha sido usado, cada um de nós , teve sua história contada com doses exageradas de bom humor, leveza , toda tristeza revertida em uma bela gargalhada.

Em tempos tão difíceis, a doce lembrança de bordões inesquecíveis ficam registradas no coração dos que aqui ficam.

“Borocoxozinha é a sensação de uma nação, sem poder assistir teus córneos show, uma pessoa rica riquíssima de alegria contagiante, de energia além de 220volts sua partida será algo difícil de acreditar e que jamais vai colar a palavra Adeus!”.

Uma passagem brilhante, em cada personagem a transparência da alma a sinceridade do ser humano por trás do papel, presenteou nossos dias com muito amor, risadas e alegrias, se doou, compartilhou sua vida com graciosidade para uma platéia desconhecida, partiu, deixando um pouco de ti marcado em cada um dos que te assitia , se essa era sua missão, caminhe certo que foi belamente cumprida, lamentamos somente porque não estávamos preparados ainda.
Encantou, emanou alegrou, despertou amor com humor transformou vidas , os “pensares”, os “conceitos” , jamais serão os mesmos , fez da própria vida uma “piada” recorde de bilheteria, com glamour, beleza, agradável a ser vivida.

Inacreditável…
Porque os bons morrem jovens??
Já dizia Renato Russo/ Legião Urbana.

No espetáculo da vida, ao fechar das cortinas, apagar as luzes, o mais difícil é dizer: – Vai com Deus! 😭

Meus sinceros sentimentos a todas às famílias vítimas da pandemia!!!

Ao amigo que gostaria de ter conhecido Paulo Gustavo, condolências à família, sempre será lembrado, um ser bem quisto e amado, nos deixa uma dentre muitas lições que rir é um ato de resistência!

💔 Lorena Pelais ॐ∞

Despedida
Foto de cottonbro no Pexels

Gostou de “Despedida”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

O pedido de demissão do Ministério Público

Desde que a pandemia surgiu, o Ministério Público do Brasil pareceu ter pedido demissão de suas funções institucionais. De acordo com nossa esquecida e vilipendiada Constituição da República, o Ministério Público tem como uma de suas funções zelar pelo respeito aos Poderes Públicos e serviços públicos, inclusive medidas para a garantia dos mesmos.

Com a permissão e o aval do Supremo Tribunal Federal, que atou as mãos do Executivo Federal, em clara retaliação, no mínimo, ideológica, delegou os poderes para tratar da pandemia aos governadores e prefeitos, que, legislando por decretos, sem necessidades de leis estaduais ou municipais, terminaram com direitos básicos, como ir e vir.

No entanto, o Ministério Público tomou uma decisão: fechou os olhos, tapou os ouvidos, e se escondeu no porão de casa.

Vimos um Ministério Público que se preocupava em trancar mais ainda quem já estava com problemas econômicos. Quem sabe os membros do Ministério Público não lembram que as pessoas comuns precisam trabalhar de domingo a domingo para ganhar seu sustento, que não é uma remuneração polpuda na conta bancária, mas sim um valor que pode ser de centavos no dia?

Acontecendo diversos absurdos, como policiais e guardas municipais destruindo direitos individuais, espancando pessoas em praias e praças, soldando portas de lojas… enfim, o Ministério Público pediu demissão do trabalho, mas não do salário, desligou as luzes e foi para casa aproveitar a quarentena vip, com queijos, vinhos e patês. Ou iFood mesmo.

No entanto, vimos o Ministério Público atuar para proteger as pessoas sim. Ações judiciais e administrativas foram propostas para questionar o porquê de certos prefeitos não decretarem lockdown! O Ministério Público usou seu poder e influência para aumentar, e não diminuir, a violação aos direitos individuais e coletivos. Vimos este órgão público agir para trancar pessoas, e não libertá-las.

Os operadores do direito são um produto de seu meio. No Direito se estudam certas teses de “transformação social” e “princípios acima das leis”, em que num ambiente difuso e gasoso, não se encontram regras concretas nas quais a população pode se sustentar. Assim, o povo dá mais valor às regras imutáveis da Bíblia do que numa lei que pode não apenas ser alterada do dia para noite, mas que tem interpretação volúvel, conforme o sabor do momento.

Este mesmo Ministério Público, ao se demitir do trabalho, esqueceu quem paga seu salário. O contribuinte. Se este contribuinte decidir parar de pagar impostos, num ato de desobediência civil, o Ministério Público ficará sem salário, e vai precisar dar muita aula em cursinho preparatório para se sustentar e pagar seu iFood. A arrogância precede a queda.

Gostou de “O pedido de demissão do Ministério Público“?

O pedido de demissão do Ministério Público
Foto: Divulgação

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Momentos de Incertezas

Rogério de Caro é o autor de “Momentos de Incertezas”.

O artigo de hoje é sobre como estamos enfrentando o momento atual.
Se voltarmos para o ano de 2019, vamos nos deparar com uma vida normal, mas
que na verdade estava muito acelerada, profissional, pessoal e com a chegada de
um novo presidente. As expectativas eram muito grandes para sairmos de números
e situações adversas. Em fevereiro de 2020 começamos conviver com algo novo e
desconhecido a COVID 19, transformando tudo que nos rodeia.

Uma doença pouco conhecida, trazendo muitas vítimas, os nossos hábitos foram
mudados rapidamente com o isolamento social e na carona trouxe a crise
econômica, operando em um ritmo mais lento e aumentando o desemprego e os
medos da morte, desemprego, a perda sem despedida e etc.

Como conviver com esta situação?
Acredite não são os mais fortes que sobreviverão e sim os que se adaptarem mais
rápido.

Então siga as orientações da ciência, cuide da sua saúde mental e física e cuide dos
mais necessitados.

Se estiver com ansiedade, stress, insônia, baixo rendimento no trabalho, irritado,
busque ajuda, não é o momento de ser o super homem, se cuide.

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “Momentos de Incertezas”?

Momentos de Incertezas

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Beleza Oculta

Lorena Pelais é a autora de “Beleza Oculta”, confira:

Não se trata de imagens visíveis a olho nu, relaciona-se a sentimentos vindos da alma.
Alegria e tristeza, do medo à superação, da angústia ao refrigério e por aí vai…

Incontável , imensurável, disponível a quem sente.
Empatia, compaixão compartilham parte das sensações que o outro pode sentir, nunca com a mesma intensidade, cada um tem seu jeito próprio e tempo certo para sentir, individualmente, os conceitos, sentimentos que habitam um ser jamais serão os mesmos do outro, possuem semelhanças e com imaginário deduzimos a sensação que o outro possa sentir.

O que fere a uns por tempo, pode durar segundos para o outro, que abstrai e reverte essa energia transformando em uma experiência “positiva” menos dolosa.
Tudo depende do ângulo, ponto de vista.

Relacionar a beleza aos momentos difíceis é a tarefa mais árdua, é justamente quando estamos totalmente envolvidos em algo de corpo e alma , onde tudo parece interminável e insolúvel.

Somos assim em nossa maioria, extremistas , imediatistas e um tanto dramáticos por assim dizer. Quando na verdade, tudo parece perdido , esquecemos que sempre surge uma inesperada luz.

“Quando uma porta se fecha, duas novas se abrirão!”
Momento em que o que aparenta ser impossível se torna possível repleto de novas possibilidades inimagináveis.

Fé, foco e determinação, quem te ampara , não te desampará.

“Não existe vitória sem luta, a luta nos eleva a glória”, não de vencer a guerra, mas sim de derrubar os gigantes que nos habitam, criados pela nossa própria mente, superando-os um a um.

Obter clareza dos fatos vivenciados, com lucidez, maturidade, sabedoria o que for mais conveniente e próximo ao seu ser no momento da experiência.

Não importam, todas as situações existentes te encaminham para algo maior e melhor imperceptível à razão momentânea , que foge nosso conhecimento imediato, mas que lá na frente, bem adiante reconheceremos que tudo era preciso e necessário.

Trabalhe a aceitação em sua vida atual, “tudo que não mata te fortalece”, poderás padecer por alguns intermináveis segundos , mas retomará às rédeas no segundo seguinte , pronta, renovada, revigorada para novos desafios mais à frente.

E, é mais ou menos assim que é..
A vida inicia e finda a cada adormecer na verdade já “nascemos mortos”, temos metas a cumprir até chegada da vida eterna no paraíso.

O céu é o limite e a prova final fazemos aqui!
Observemos o belo que há dentro e em cada um de nós, apreciar a beleza Oculta que carregamos esse é nosso grande e próprio mistério a ser descoberto.

Lorena Pelais ॐ∞.

beleza oculta
Foto de Anna Shvets no Pexels

Gostou de “Relações sociais e o fluxo da vida”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Descanse o cérebro

O artigo de hoje é sobre como tratamos o nosso corpo em especifico o nosso cérebro, esta caixa de comando maravilhosa. Descanse o cérebro…

Quando não temos limites para o trabalho ou qualquer tipo de atividade, com certeza poderemos vir a ter problemas de saúde, estou dizendo de saúde mental.

Antes da pandemia muitos vinham em um muito forte, trabalhando muitas horas, buscando metas de vendas, prazos apertados, promoções, constantes viagens, estudando e sempre querendo o melhor.

Tudo Isso já trazia uma pressão muito grande sobre as nossas mentes. Só que em 2020 e 2021 chegou uma nova fase na nossa vida, o trabalho home office e o medo da doença e morte, medo de perder o emprego a perda de amigos e parentes, tudo isso está na nossa mente e causa a doença mental.

Os primeiros sinais da doença são irritabilidade, falta de sono, baixa produtividade,
ansiedade, enxaqueca e finalizando na depressão.

A solução começa por você, pelo equilíbrio no que faz e o quanto descansa.
Seguem algumas dicas bem simples:

  • Trabalhe 60´e de um descanse 10´
  • Pratique exercícios físicos
  • Brinque com os seus filhos e pets
  • Relaxamento de pelo menos 15´ Yoga
  • Assista um bom filme e ou leia um livro
  • Evite a TV e filtre o que assista
  • Mídias sociais use de forma moderada e evite Fake News

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “Descanse o cérebro”?

Descanse o cérebro

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Mulheres Revolucionárias: Mária Telkes

Formada em físico-química na Universidade de Budapeste, Mária Telkes decidiu se tornar cidadã norte-americana em 1937, onde começou a trabalhar para a Westinghouse Electric onde foi capaz de desenvolver instrumentos que convertiam calor em energia elétrica.

Mulheres Revolucionárias: Mária Telkes

Logo começou a trabalhar em dispositivos termoelétricos movidos a luz solar no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) como parte do Projeto de Conversão de Energia Solar, e em 1939 se destacou por uma de suas invenções mais importantes, o destilador solar que convertia água salgada em potável. Com o novo sistema, foi possível entregar água para soldados que lutavam na Segunda Guerra Mundial e diminuir as demandas em lugares onde a água era escassa, como as Ilhas Virgens.

Continuou trabalhando com energia solar durante toda a sua vida, mas um dos projetos de maior destaque foi a construção da primeira residência aquecida com energia solar em Massachusetts.

Além disso, também ajudou a desenvolver materiais capazes de suportar as temperaturas extremas do espaço.

Ao longo de sua carreira, recebeu diversos prêmios por sua grande contribuição ao mundo.

..

Gostou de “Mulheres Revolucionárias: Mária Telkes?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no História e Luta e no Blog PS toda semana.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Relações sociais e o fluxo da vida

Lorena Pelais é autora de “Relações sociais e o fluxo da vida”

De nada adianta uma vida, sem ter com quem dividi-la.

Bem assim ….
A nossa história depende de outras.
Nossa estrada se cruza com caminhos que nem sempre conhecemos com riqueza de detalhes, mas que fazem parte da nossa jornada.

O medo de se lançar ao que é novo muitas vezes nos consome, se torna maior do que possamos imaginar, enfraquecendo nossa vontade de tentar e se jogar de corpo e alma em novas oportunidades que a vida secretamente nos reserva , mas que de uma forma ou de outra precisam ser completadas para que possamos finalizar ciclos, iniciar outros que por medo muitas vezes aprazamos.

Repetitivo, sei que é….
Mas sinto a necessidade de expor o pensamento que não somos feitos para vivermos sós.
Até nossa chegada, quantas pessoas nos antecederam , o quanto nós esperamos para vir ao mundo e porquê alguns insistem afirmar que a solidão é a melhor experiência da vida?!?

Não vou negar que nos conhecermos o suficiente é imprencidível para amar a convivência com nós mesmos, para sermos “autoalegres” é ter certeza de que somos capazes de sermos felizes de nós conosco mesmos, mais gratificante se torna quando conseguimos doar esse conhecimento, compartilhando uma vida em comum, formando uma família, perpetuando nossa existência com nossos descendentes, participando e atuando seja como for na vida de alguém além de nós mesmos ampliando o significado da vida, explorando o real motivo de estar vivo e viver.

Qual a serventia de nossos feitos e conquistas se não temos com quem dividir os bons e maus momentos que passamos.
E quando tropeçamos é tão reconfortante ter alguém para nos acalentar, ajudar, amparar e se necessário nos pôr de pé novamente, um tropeço pode levar uma queda , o dia a dia pode ser tão exaustivo que renovar o fôlego para dar continuidade sozinho me parece árduo , improvável, mas não impossível.

Por mais que nós queiramos nos sentir autossuficientes , ainda sim , sou muito a favor à interação entre os seres de todas as espécies, com respeito, dedicação e afeto todas as relações são possíveis e terem momentos ternos inesquecíveis que ficaram reservadas no coração e na mente.

Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Relações sociais e o fluxo da vida”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Adele

Denize Amaro é autora de “Adele”.

O artigo de hoje será todo em inglês! Aproveite para treinar sua leitura e também sua
pronúncia, conferindo o áudio no Spotify.

Boa leitura e bons estudos!

I love reading about people who are inspiring. Adele is certainly one of them.

She was born on May 5 th , 1988 in London. Adele is a singer-songwriter who has sold
millions of albums worldwide. She’s won a total of 15 Grammys as well as an Oscar.
With sales of over 120 million records, Adele is one of the world’s best-selling music
artists.

Adele’s voice is one of a kind. Her lovely and emotional performance of “Someone
Like You” at the British Awards on February 15th (2001) led the song to become
number one in the UK.

Making music for her ears

Adele revealed to Rolling Stones that she doesn’t have time to worry about her weight,
and would rather chow down on fine foods than hit the gym.

‘I love seeing Lady Gaga’s boobs and bum. I love seeing Katy Perry’s boobs and bum.
Love it. But that’s not what my music is about. I don’t make music for eyes, I make
music for ears.’ (Rolling Stones, 2011)

Despite all the talking, she may have lost more than 100 pounds over the past couple of years. Adele commented on her weight loss while hosting Saturday Night Live last year.

She keeps on charming people. In person, Adele is unguarded and funny. She talks fast, uses different voices, tells filthy jokes onstage (“What do you call a blonde standing on her head? A brunette with bad breath.”) 

Personal Life

She started dating charity entrepreneur Simon Konecki in 2011. Angelo, their son, was
born the following year. They got married in 2017 but split in 2019. By the way, Adele
and Simon reportedly needed mediators to carve up their £140 million fortune.

Adele was raised by a single parent, her mom Penny. Her father was absent most of her
childhood.

TEACHER DENIZE AMARO
GRADUADA EM LETRAS COM LICENCIATURA EM ESPANHOL, LECIONA
IDIOMAS HÁ 21 ANOS.
PARA AULAS PARTICULARES @denizeteacher

https://www.imdb.com/name/nm2233157/bio
https://en.wikipedia.org/wiki/Adele
https://www.rollingstone.com/music/music-news/adele-opens-up-about-her-inspirations-looks-and-stage-fright-79626/
https://www.hellomagazine.com/tags/adele/
https://www.mirror.co.uk/all-about/adele

Adele

Gostou de “Adele”?

Assine nossa Newsletter, e receba nossas publicações em seu email. Então, aproveite e leia mais sobre Gringuei.

Universo Paralelo

Lorena Pelais é autora de “Universo Paralelo”.

Embora tenhamos muitas dúvidas sobre o universo e seu funcionamento, nossa relação de existência nesse espaço físico tão grandioso o qual chamamos de casa, o planta Terra, que existem vidas em outros planetas , que a viagem a Marte seja a mais sonhada para alguns, que os seres possuem características similares a nossa, mas sua aparência não é tão “formosa” como a nossa, que os seres extra terrestres possuem “superpoderes” capazes de ler mentes e mover objetos e a mais destacável de todas sua pele geralmente é verde.

Uauuuuu, quantas suposições temos, se já é difícil cuidarmos das nossas próprias vidas, porque nos interessamos tanto a compreender a existência de seres em outros planetas?!?
Porque os consideramos tão grandiosos?!?
Quando na verdade, cada um carrega individualmente um poder consigo.

Não seria muito mais fácil, tentarmos nos compreender primeiramente , saber exatamente para que e como funciona cada parte de nossa mente?

Sei que tudo pode parecer uma grande bobagem, poderia eu estar imergida em meu universo Paralelo nesse momento, onde suponho minha coexistência, onde todas as pesquisas , estudos estejam verdadeiramente certos, ao invés de, estudarmos a mente do povo que aqui habita e tentar aperfeiço-lá para assim tentarmos sanar um pouco das dores causadas pelos desencontros que ocasionamos com a nossa própria existência.

Em sua maioria, em quase sempre todos momentos, partimos contra as leis da criação, não seguimos a risca os mandamentos, outrora questionamos que as escrituras foram registradas por meros homens comuns, questionando inclusive que talvez esteja desatualizada com o avançar dos tempos…

Não sou estudiosa, apenas uma entusiasta, mas percebo que nos deram regras simples e não conseguimos segui-las, seria desvio de caráter, ou por tendências naturais do espírito?!?

Respostas que em sua maioria não a teremos tão facilmente, não existe um órgão de serviço de proteção ao crédito da existência, ou uma sociedade preservadora dos direitos inquestionáveis , nem mesmo um confessionário de respostas celestiais imediato.

Sabe, a criação do universo pode ter sido gerada através de uma grande explosão, onde supostamente ainda não havia Deus e nem mesmo não existia nada.

Somos livres para cremos no que nos faz sentir melhor, mas temos que elevar sim a mente e pensar, se partimos do princípio que antes o universo era escuro e nada havia, houve uma explosão e surgiu Deus , dando início à obra da criação, dias da semana foram criados, a escuridão passou a ser temporária e representada pela lua, indicado o anoitecer, a luz se fez presente, o dia carrega a esperança de um amanhecer melhor , vidas foram criadas.

Que existem vidas em toda parte do universo, sempre será algo contestável.
Que civilizações antigas tinham métodos próprios para contagem do tempo, criações foram desenvolvidas aprimorando métodos que utilizamos e perpetuarão, que somos capazes de ir além do que vemos, chegar a patamares desconhecido, mas sob orientação de “fonte desconhecida”, que brilhantemente nos conduz a um lugar melhor.

Porque nos fechamos tanto a novas informações, acreditando que somos conhecedores de muitos mistérios, onde nossa mente é um grande universo com partes escuras que talvez jamais encontrem a luz ,ou seja, do Sol ou Divina que assim permaneceram as idéias imergidas na finita escuridão interior que habitamos .

Já imaginou que talvez sejamos seres tão primatas que não estejamos preparados para conhecer os “dominadores” dos poderes ocultos da nossa própria mente e por esse motivo não tivemos a devida apresentação.

A vida nos apresenta universos paralelos a todo instante, desde que chegamos o céu e o inferno, o plano que vivemos entre a carne e o espírito é o limiar.

Tantos avanços, tantas tecnologias, tantos conhecimentos e de que forma é associado pela mente?
Como fazemos uso de todas as descobertas o quão evoluímos com elas?

Como nos sentimos diante das regras , das orientações prévias que recebemos?

Falamos sempre o externo, esquecendo de priorizar o íntimo e primordial a mente.

Assim como somos o Universo, todos temos nosso próprio Universo Paralelo, nosso faz de conta, nossos medos, inseguranças, até mesmo vestígios de vidas que aparentemente não vivemos, de tempos que desconhecemos, lembranças saudosistas de imagens, fragrâncias, sabores de experiência que nunca tivemos.

Universo Paralelo
Foto de Rakicevic Nenad no Pexels

Que existe explicação, existe , mas convence a todos o que você ou eu acreditamos que possa ser a “verdade completa” ou apenas uma de todas as faces que podem ser apresentadas, muitas teorias, pouca prática e assim seguimos na dúvida da expansão do universo sem conhecer o universo individual que nos habita .🎇

Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Universo Paralelo”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Tiradentes e a “Derrama”

José Wellington é autor de “Tiradentes e a “Derrama”” e da coluna “Fala José …”

No século XVIII, devido à exploração desmedida, essa economia entrou em decadência e os proprietários não tinham mais como pagar o quinto e outros tributos, acumulando dívida com o governo. Logo, foi criada a derrama como forma de cobrança dos impostos atrasados. A Coroa Portuguesa confiscava os bens dos devedores, como móveis, joias e propriedades.

Pagávamos 20% lutando e indo para a forca, hoje pagamos 40% para reino de Brasília em silêncio.

Falando em impostos …

A reforma tributária afeta uma gama maior de setores, passando por associações comerciantes, lojistas, confederações de serviços, grandes grupos industriais, prefeituras e governos estaduais, além do próprio consumidor final. A mudança no sistema de impostos também teria mais implicações do ponto de vista do funcionamento da economia brasileira.

Fatores político-institucionais também explicam a diferença nas perspectivas para as matérias. Nos bastidores, parlamentares avaliam que o governo federal trabalha mais ativamente pela aprovação da reforma administrativa, e faz “corpo mole” para avançar com a tributária.

Depois de muitas idas e vindas, o colegiado foi designado em fevereiro de 2020. Desde então, foram realizadas 13 reuniões e 10 audiências públicas, mas a apresentação do relatório por parte do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) tem sofrido sucessivos adiamentos, em meio a dificuldades de entendimento político.

A comissão corre riscos de ser dissolvida, sem conclusão sobre um texto de reforma tributária possível, fruto de maior convergência entre os parlamentares.

Com informações adicionais de InfoMoney.

Gostou de “Tiradentes e a “Derrama”?

Tiradentes e a "Derrama"
Foto de Mikhail Nilov no Pexels

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira mais em Fala José. Confira nosso parceiro Dica App do Dia. Fique por dentro das últimas notícias das Cidades do Grande ABC.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Os esmaltes da Avon que secam em 60 segundos, visto no BBB21

Com o tema Passou, Secou, a Prova do Anjo trouxe para os brothers e sisters a linha Pro Color 60: uma linha de esmaltes da Avon que secam em apenas 60 segundos, devido à sua fórmula exclusiva, que também é 5 free – livre das 5 substancias que mais causam alergias e irritações: formaldeído, tolueno, DBP (dibutilftalato), resina tosilamida/formaldeído e cânfora.

A prova desafiou os participantes em uma dinâmica de agilidade para encontrarem diferentes cores de esmaltes em um minuto, revelando as mais de 20 tonalidades disponíveis de Avon Pro Color 60, que também traz diferenciais no pincel com mais de 700 cerdas, e que garante aplicação rápida e sem muito esforço, com cor viva em apenas uma camada.

O break da prova também teve super destaque em um novo formato integrado: durante o intervalo de 60 segundos, Thelminha, Mari Gonzalez e Dani Calabresa pintaram as unhas com e conversaram sobre a prova e os produtos, revelando os kits temáticos que foram lançados para o público poder ter a experiência do reality com os esmaltes em casa: eles trazem seleções de cinco cores que traduzem os moods do programa (brigas, romance, diversão) e vêm em uma embalagem especial de nécessaire em formato de boca.

esmaltes da Avon que secam em 60 segundos
Os esmaltes da Avon que secam em 60 segundos. Avon Brasil

Os kits temáticos Avon Pro Color 60 BBB 21 estão disponíveis e-commerce e com as representantes de beleza da marca em todo o país. Conheça cada kit:

Kit Caça Likes

Com cores minimalistas, ele garante looks básicos, sem erro. Os tons disponíveis são: Branco Supremo, Rosa Pétala, Nude Sutil, Nude Areia e Nude Sofisticado.

esmaltes da Avon que secam em 60 segundos
Avon Brasil

Kit Eu Assumo Meus BOs

Traz uma poderosa seleção de vermelhos elegantes e clássicos: Vermelho Ícone, Vermelho Royal, Vermelho Perfeito, Vinho Clássico e Vermelho Bordô.

esmaltes da Avon que secam em 60 segundos
Avon Brasil

Kit O Brasil Tá Vendo!

Uma variedade de cores divertidas, para quem gosta de ter as unhas sempre coloridas: Viva Pink, Azul Petróleo, Coral Fashion, Rosa Moderno e Roxo Profundo.

esmaltes da Avon que secam em 60 segundos
Avon Brasil

Kit Aqui Tem Outra Braba

Para personalidades fortes, esse kit traz tons de preto, vermelho e marrom: Vinho Clássico, Vinho Romântico, Vermelho Bordô, Preto Total e Cinza Sedutor.

Avon Brasil

Kit Tá Suave Tá On!

Esse kit celebra as cores românticas, destacando tons de rosa sutis e criativos: Rosa Pétala, Rosê Delicado, Vinho Romântico, Nude Sutil e Rosa Moderno.

Avon Brasil

Todos os produtos indicados pela marca poderão ser adquiridos com uma revendedora Avon ou pelo e-commerce (https://www.avon.com.br). SAC: 0800 708 2866, de segunda a sábado das 8h às 20h.

(©️ 2021 TM Endemol Shine Group B.V sob licença Globo)

Sobre a Avon: Avon, parte do grupo Natura &Co desde 2020, é uma das maiores empresas de venda direta no mundo. Fundada em 1886, trabalha pela elevação da autoestima, democratização da beleza e a promoção do empreendedorismo feminino. Desde 1958 no Brasil, concentra no país sua maior operação, com cerca de 1,3 milhão de pessoas na força de vendas. Avon é mais do que uma empresa de beleza: é um movimento global pela autonomia das mulheres, com um modelo de negócios ancorado na inovação, geração de oportunidades e na ampliação de suas habilidades empreendedoras, com o objetivo de fortalecer as economias e impactar positivamente a sociedade. Seu portfólio diverso inclui produtos inovadores e de alta tecnologia, com marcas reconhecidas mundialmente como as linhas de maquiagem Avon e Color Trend, as linhas de cuidados Renew e Avon Care e os perfumes Far Away e 300km. Além disso, suas revistas também oferecem diversos itens para Moda & Casa. Para obter mais informações sobre a Avon, visite o site: www.avon.com.br

Gostou da nossa matéria “Os esmaltes da Avon que secam em 60 segundos, visto no BBB21“?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia as Últimas Notícias. Conheça nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Vontade de comer doces

Rosângela Lopes é nutricionista e autora de “Vontade de comer doces”

Primeiro é fundamental identificar o que causa essa vontade em você, ela pode ser emocional, carências nutricionais (cromo, zinco e magnésio), hiper estímulo das papilas gustativas ou um desequilíbrio na suas refeições (pouca proteína e excesso de carboidrato).

Algumas estratégias podem te auxiliar quando tiver vontade de comer doces, você não precisa eliminar de vez os doces da sua vida, o que você deve ter em mente é consumir com moderação.

*Café amargo, diminui a vontade de consumir doce;

*Chocolate 70% cacau, por conter menos açúcar você consome menos quantidade e o cacau diminui a vontade de doces;

*Escovar os dentes após as refeições.Essas são algumas estratégias que você pode utilizar no seu dia a dia.

Treine o seu paladar, ele é totalmente adaptável. Experimente e insista em novos sabores, por exemplo cítrico e amargo, logo você se acostuma com menos doce. 
Consulte um Nutricionista e vai te orientar.

Gostou de “Vontade de comer doces“?

Vontade de comer doces
Rosângela Lopes é nutricionista e autora deste artigo. Foot: Divulgação

Então, assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu e-mail. Não deixe de comentar logo abaixo também. Leia mais da autora Rosângela Lopes. Siga-a no Instagram.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Bruma

Lorena Pelais é autora de “Bruma

Ela pregava “felizes para sempre”
Mas no fundo sabia que isso era coisa de menina
Sua mente reflexiva, transitava no passado, futuro e presente
Dormia e acordava
Sorria e chorava
Pensava e escrevia

Sua alma sempre ativa
A cada pulsação seu coração cansado sofria
Sonhava com possibilidades de uma vida que não tinha.

Sonhar não era o erro
Descobrir que viver não era assim tão perfeito
Como sua mente lhe dizia
Amar não era o plano
Liberdade não tinha preço
Da da saudade ao desespero

Desesperada, da saudade de um tempo que sua vivência desconhecia
Sentimentos que atualmente ela nem sabia que existiam

Como é possível??
Sentir saudade do desconhecido (abstrato, aparentemente dito)
Questionava-se, tentando compreender seus porquês.

bruma lorena pelais
Foto de Mati Mango no Pexels

Porque a vida parecia ser tão mágica, encantadora e envolvente, saudade de quando assim se sentia
Porque a vida parece uma “guerra fria”?
Combatente, guerreira sentiu-se em uma guerra que na verdade não existia.

Porque amar??
Buscava entender ao menos, o que verdadeiramente sentia.
Saudade do tempo que seu coração parecia gelado e ninguém nele havia.

Saudade e o tempo perfeitamente conectados
Sensações e a vida interligadas profundamente
Sentir-se perdida
Acreditava que o que sentia, era saudade de tudo aquilo que ela nem mesmo viveu, simplesmente desconhecia

E assim segue, vive em busca de descobrir verdadeiramente o que sente
Em meio tantos enigmas que sua mente abruptamente a conduzia 🛤️

🌻Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou de “Bruma”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Dríade da mente

Lorena Pelais é autora de “Dríade da mente”

Sabe aquela sensação, acho que não sou daqui, pois é, eu tenho desde sempre, passeio em mim, não sei vocês, mas é um hábito involuntário, perambular em meus pensamentos.

Saio do presente, passo por ontem, anteontem, outrora, antrolas, dantes, chego a sentir que não pertenço a esse tempo, por sorte não é tão ruim de adaptar por aqui.
Esquisito é se deparar com tantas emoções e sentimentos, sensações que muitas vezes não queremos senti-las, mas que somos forçadas a vivê-las para compreender a essência de tal momento e praticar empatia com o próximo, sentir as mesmas dores e alegrias na carne e ter os nervos saltar sobre a pele.

Nítido e espantoso ver a própria linha do tempo, a infância “meus antepassados”, a adolescência tudo o que eu não deveria ou talvez devesse ser, rsrs, destemida era bom, sem limites nem tanto, a juventude, um diamante em processo de lapidação…
A fase adulta, uma mente em busca de paz.

Atípico, mas necessário “sair da realidade”. Noutrora estamos ligadas “entranhadamente”, entranhas e mente conectadas ao “mundo real”.
O pensamento vagueia, seja bem vinda de volta a realidade, aos problemas, as dificuldades, ao desânimo, a todos os “quiproquós” cotidianos que podem ser incontáveis, somados e ampliados de acordo com a perspectiva do momento.

Sinto vontade de chorar, rir, correr, socar, gritar, xingar, implodir, explodir. Particularmente, às vezes, sinto vontade de morrer por um dia e ressuscitar no dia seguinte, seria uma experiência incrível e assustadora, regressar quando tudo já estivesse mais calmo, porque passar, desaparecer só em conto de fadas como em um passe de mágica.
Mas sim, milagres existem!!
Nossas percepção de tempo na Terra é bem diferente do que os astros relacionam entre si, enfim, estamos aqui, vivendo a agonia do dia após dia, buscando a melhor realidade em cada aurora.

Difícil saber, crescer e ser confrontada que “conto de fadas” não existem , sinceramente, sempre me recuso a acreditar, juro em meu íntimo que eles existem , só não aconteceu pra mim ainda, rsrsrs

Mas se eu parar, pensar bem, revirar minhas lembranças, noto que já houve muitas partes eloquentes.

Seria a junção dos bons momentos, com toda a emoção envolvida, minimizando os dias mais cinzentos, capaz de criar uma narrativa de um bom conto de fadas real?!?

Quem nunca?!?
Quem nunca se encantou com os contos de fadas?!?
A importância que dávamos aos personagens, quem os lia, fazia toda a diferença, a “bruxa má” sempre se destacava, não só pela maldade, mas sim pela risada, a gargalhada é uma variável, de engraçada a assustadora.

Dríade da mente
Dríade da mente

Aí, me pergunto, seria a entonação atribuída ou meu estado de Espírito naquele momento que fazia da bruxa má engraçada , ora assustadora, o que me influenciava era o narrador ou minha perspectiva?!!

A realidade e conto de fadas não seriam a mesma coisa dependendo do ponto de vista?!?

Costumam dizer que conto de fadas não existem, porque sempre damos mais atenção a frase: “E vivevam felizes para sempre!”

Recentemente, minha caçula, que tem um temperamento mais …. Forte, explosivo, altruísta, sem pavio, chorona, uma bebê que cresce e não sabe lidar bem com as mudanças…. Nem sei bem, conheço alguns traços, mas não todos ainda, me disse:
“- Mamãe, princesas não precisam de príncipes, princesas podem ser rainhas sem reis!”

Woowwwwwwww
Por essa eu não esperava, a primogênita esboçou um sorriso tímido, amante de finais felizes e admiradora de histórias de amor, mas que não recusa presenciar uma boa treta, rsrs arregalou os olhos e calou-se, concordando com a irmã.

Gente, nesse momento percebi que toda a nossa vivência em comum e elas com pensamentos tão “pra frente” me senti ultrapassada, antiguidade que talvez nem mesmo minha finada avó talvez acreditasse , que talvez exista só pra mim ou que possa ser uma realidade para todos?!? Óh, dúvida cruel!!!
A dor nos enraiza somente o “trash” , aniquilando todo o resto.

E os momentos bons, os “anos dourados”, toda a emoção de cada conquista, não daria um bom trecho de um conto?!?

Se tivéssemos nossa história contada por terceiros, ou se criássemos, ao final arrancaria suspiros da mesma forma, independente da estrutura, quantidade de versos, passado, presente ou futuro, os personagens são os mesmos em sua maioria, não mais como antes, algo mais moderno, o que amarra é o desenrolar e o final que temos , como o final até o momento parece incerto, porque não guardar todos os bons e os mais ou menos de todos os momentos , adicionar a doçura de uma rapadura , “doce mas é dura” .
A falta de cifrões é um detalhe, sua ausência aguça todo nosso processo de criação.

Imaginação…
Da realidade a ficção, do mito a utopia, transformando a vida em bela a ser vivida.

🌻Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou de “Dríade da mente”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

O Líder trabalha +

Rogério de Caro é autor de “O Líder trabalha +”.

Trabalhando +, quero destacar que muitas pessoas que buscam uma promoção de líder, ou executivo ou outro cargo de direção dentro de uma empresa.

Pode se iludir com os benefícios que este cargo traz, como aumento salarial, ajuda de custo, carro, escola dos filhos, plano de saúde e etc. Vê o tamanho da equipe e áreas que será responsável, fica orgulhoso e o ego vai as alturas.

Engano de quem pensa assim, por trás disso tudo pode ter um monte de problemas. Com tantas pessoas na minha equipe terei uma carga de trabalho menor. Terá que se dedicar as atividades inerentes ao novo cargo, como planejar, desenvolver controles, fazer avaliações, ajustes de percurso e se relacionar com pessoas. A responsabilidade cresce e de forma exponencial e os riscos acompanham, em muitas promoções o promovido não entende que o seu papel mudou, ele passa a ser o gestor de pessoas e isso complica muito.

Sugiro que fique atento ao que considerei neste artigo e busque se preparar melhor para o novo cargo e considere sim que irá trabalhar muito mais do que trabalhava antes.

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “O Líder trabalha +”?

O Líder trabalha +

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Mulheres Revolucionárias: Marie Van Brittan Brown

Em uma época onde a criminalidade só aumentava e muitas vezes não era possível contar com a ajuda da polícia para a segurança, Marie Van Brittan Brown percebeu que se quisesse se sentir mais protegida, deveria fazer o trabalho por conta própria.

Mulheres Revolucionárias: Marie Van Brittan Brown

Na década de 1960, o racismo e o medo em homens e mulheres era muito comum, mesmo dentro da própria casa. Com a ajuda de seu marido,

Pensando nisso, Marie começou a planejar como faria para que conseguisse saber quem estava em sua porta de qualquer lugar de sua casa. Com a ajuda de seu marido, Albert Brown, que era técnico em eletrônica e assim criaram o primeiro sistema de segurança residencial.

O sistema funcionava com câmeras e microfones bidirecionais vinculados com uma televisão, possibilitando áudio e imagem ao vivo quando alguém estivesse na porta de sua casa, podendo ser identificado facilmente. Além disso, ele também contava com um botão para ligar imediatamente para a polícia e um controle remoto que trancava as fechaduras das portas.

Em 1969 Marie e Albert conseguiram uma patente pelo design do projeto.

Gostou de “Mulheres Revolucionárias: Marie Van Brittan Brown?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no História e Luta e no Blog PS toda semana.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

O Líder se comunicando com a chefia

Considero que uma das habilidades das mais importantes no mercado de trabalho e na vida pessoal é como nos comunicamos. Quando considero um líder, este olhar fica mais criterioso, porque esta posição exige que a comunicação com os seus liderados seja, clara, simples e efetiva.

Quando a comunicação é com os seus superiores, ela não é a mesma de quando se comunica com o seu grupo. A comunicação com os superiores, tem que ter um equilíbrio muito grande e discernimento para falar sobre pessoas, trabalhos e situações críticas.

Esta posição pode mudar o destino de uma pessoa ou mudar o caminho definido para um trabalho, deu para entender o tamanho da responsabilidade e importância.

A sua postura tem que ter personalidade marcante, isso não quer dizer que ele seja contra tudo e todos, mas sempre demonstrando e equilíbrio e bom senso.

Considero que o líder é o cara da solução, buscando alternativas, analisando riscos e identificando oportunidades para empresa.

Ele faz a diferença e quando isso ocorre sua participação e contribuição passa a ser considerada como muito importante.

Entenderam as duas formas de se comunicar e as suas respectivas importâncias?

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “O Líder se comunicando com a chefia”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

CPI da covid-19, caixa de pandora para prefeitos e governadores

Já pensou como seria uma CPI para prefeitos e governadores, sobre atuação destes na pandemia da covid-19? Estamos em uma guerra política e jurídica no bom sentido da coisa, vivemos tempos de instabilidade entre os poderes, imagina uma CPI onde seria uma caixa de pandora nas prefeituras e estados? A sociedade vai ficar perplexa com tantos valores gastos sem licitações e explicações plausíveis, acho que essa caixa da covid-19 seria 10 vezes maior que a de pandora.

O Supremo Tribunal Federal determinou a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar a atuação do governo federal e eventuais omissões no enfrentamento da pandemia de Covid-19.

A ordem para a instalação do que está sendo chamada de CPI da Covid partiu do ministro Luís Roberto Barroso, atendendo a um pedido protocolado na Corte por senadores.

Alessandro Vieira, do Cidadania do Sergipe, e Jorge Kajuru, do Cidadania de Goiás, apresentaram a ação judicial.

Ao todo, 31 senadores assinaram um pedido de criação da CPI, em 15 de janeiro, quatro a mais que os 27 exigidos pelo regimento do Senado.

Eles recorreram ao STF porque não foram atendidos por Rodrigo Pacheco, do DEM de Minas Gerais, que, como presidente do Senado, é o responsável por abrir o procedimento na Casa.

Ao mesmo tempo em que determinou a abertura da CPI no Senado, Barroso encaminhou o caso para ser analisado pelos demais ministros da Corte, em plenário.

Gostou de “CPI da covid-19, caixa de pandora para prefeitos e governadores?

CPI da covid-19, caixa de pandora para prefeitos e governadores
Ministro Luís Roberto Barroso durante sessão extraordinária do STF / Crédito: Carlos Moura/SCO/STF

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira mais em Fala José. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

O silêncio dos inocentes

José Wellington é o autor de “O silêncio dos inocentes”

Caso Nardoni, caso Bernardo e agora o pequeno Henry. Um ser que tinha que amar e cuidar mesmo sendo padrasto, se escondeu no nome de “Doutor”, se escondeu na grande casta da política do Rio de Janeiro, precisamos de leis mais fortes precisamos que Deputados e senadores, junto com o judiciário, revejam as leis do nosso país, nesse momento quantos Bernardos, quantas Isabelas e Henrys estão sofrendo em silêncio.

De acordo com o Cremerj, a investigação pode culminar em advertência ou até na cassação do registro profissional de Jairinho. Formado em Medicina numa universidade particular da Baixada Fluminense no ano de 2004, o mesmo em que se elegeu vereador pela primeira vez – carregando o termo “doutor” nas urnas -, ele nunca chegou a exercer de fato a profissão.

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio (Cremerj) informou, ainda na quinta-feira (09/04), que abriu uma sindicância interna para apurar a situação de Jairo Souza Santos Junior, o Dr. Jairinho.

No cenário político, o presidente do Solidariedade, Paulinho da Força, afirmou que, como pai e avô, repudia qualquer tipo de violência contra crianças e espera que os fatos sejam apurados e esclarecidos o mais rápido possível.

Um dia antes da prisão de Jairinho, o partido havia decidido pelo afastamento temporário do parlamentar, que é investigado pelo caso desde o dia 8 de março, quando Henry morreu. E no dia seguinte, o partido decidiu pela expulsão do deputado. “Diante dos novos fatos revelados, a Executiva Nacional do Solidariedade, em conjunto com a Estadual do partido, resolve expulsar, de forma sumária…” afirma em nota o Solidariedade.

Jairinho também deve ser julgado pelo Conselho de Ética da Câmara dos Vereadores ainda nesta quinta-feira. Pelo menos dois integrantes do colegiado, Chico Alencar e Teresa Bergher, já anteciparam que pretendem pedir o afastamento imediato do parlamentar de suas funções. Alencar acrescentou que posteriormente também vai propor a cassação do vereador.

Gostou de “O silêncio dos inocentes?

O silêncio dos inocentes
Dr. Jairinho, namorado de Monique Medeiros da Costa e Silva, mãe do menino Henry Borel, sae da Delegacia de Polícia da Barra da Tijuca(16ªDP) após prestar depoimento sobre a morte do menido de 4 anos.

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Leia mais do nosso colunista José Wellington. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

R$ 85,4 mil a mais de saúde para Deputados, e você ?

Nessa semana vimos que somos escravos da era moderna, além de pagar impostos exorbitantes vamos pagar também o aumento de reembolso com saúde de 171% para deputados Federais e seus familiares, no Brasil não à nada pior que não possa piorar, barriga cheia nunca vai olhar para uma barriga vazia!!

O reembolso, que passou de R$ 50 mil para R$ 135,4 mil por despesa, é referente a gastos fora do plano de saúde de primeira linha, com cobertura nacional provido pela Câmara a que os deputados federais e sua família tem direito, denominado Pró-Saúde. O custo é subsidiado e fica em 630 reais por mês com coparticipação de 25% por gasto, também reembolsáveis. Além disso, também existe o Departamento Médico da Câmara, com médicos e profissionais de saúde para consultas gerais e emergências, exames e até pequenos procedimentos cirúrgicos, sem custo. Segundo o texto assinado por Lira, o valor anterior foi definido em 2015 e estava defasado. A Mesa Diretora da Câmara se baseou na Variação de Custo Médico-Hospitalar, a chamada “inflação médica”, para estabelecer o reajuste.

“Nos últimos anos, a chamada ‘inflação médica’ tem superado o índice oficial de inflação: Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O fenômeno, inclusive, não tem se restringido ao Brasil”, diz o documento. “É de amplo conhecimento que a Medicina tem avançado cada vez mais, principalmente com o uso das tecnologias modernas, o que tem pressionado os custos para cima. Some-se a isso a maior demanda do público pelo acesso a serviços de saúde e o envelhecimento da população, tudo contribuindo para a elevação dos custos com saúde.”

Gostou de “R$ 85,4 mil a mais de saúde para Deputados, é você ??

R$ 85,4 mil a mais de saúde para Deputados, é você ?
foto externa Palácio do Congresso Nacional foto Rodolfo Stuckert 08.06.09

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Confira as notícias do Brasil. Confira nosso parceiro Dica App do Dia.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Mulheres Revolucionárias: Hedy Lamarr

Hedy Lamarr foi uma estrela de Hollywood na década de 1940, mas o papel mais interessante que já interpretou, foi ser ela mesma.

A atriz austríaca era razoavelmente famosa em seu país, mas decidiu se aventurar em terras norte americanas para fugir do nazismo.

Mulheres Revolucionárias: Hedy Lamarr

Certo dia percebeu que um dos clientes de seu marido, Friedrich Mandl, era Benito Mussolini e percebendo a situação em que se encontrava, resolveu se separar. Mandl era um dos homens mais influentes da Áustria e mesmo sendo contra o nazismo, apoiava o fascismo.

Após fugir do casamento, em 1937, foi para os Estados Unidos atrás de uma nova vida. Conseguiu um contrato com o chefe dos estúdios MGM, Louis B. Mayer, e a partir daí sua carreira crescia cada vez mais.

Conforme os anos passavam, Hedy ficava cada vez mais preocupada com a sua família, que ainda estava na Áustria e correndo risco de vida, já que o nazismo estava tomando conta do país.

Aflita com toda a situação, decidiu tomar uma atitude e criar uma espécie de torpedo. Com todos os anos observando seu marido trabalhando, percebeu que o torpedo era o que mais precisava de ajustes, já que até um inimigo poderia interceptar o sinal.

Começou a estudar e montar um plano com seu amigo, George Antheil. Os dois trabalharam nessa invenção por meses, até que conseguiram transmitir um sinal de rádio sem que houvesse nenhuma interrupção ou intercepção. Levaram o projeto para o Conselho Nacional de Inventores e algum tempo depois, o próprio presidente do conselho admitiu a ideia e aconselhou que fosse usado como sistema dentro da Marinha.

Mas quando o projeto chegou aos ouvidos do presidente dos Estados Unidos, ele se recusou a aceitar um projeto de uma mulher.

Foi apenas em 1962, na  Crise dos Mísseis, que experimentaram pela primeira vez em um combate real. Depois de um tempo, o sistema que Hedy havia intentado foi utilizada para criar novas tecnologias, como o WI-FI e o GPS.

Para conhecer mais da vida da atriz, é possível ler o livro baseado em sua história, A Única Mulher, de Marie Benedict. E assistir ao documentário Bombshell.

Gostou de “Mulheres Revolucionárias: Hedy Lamarr?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no História e Luta e no Blog PS toda semana.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Amor…

Amor… é uma troca de interesse egoísta?!?

É cada coisa que aparece.
Saber que vivemos em um mundo caótico, que temos nossas próprias dificuldades internas e o mundo nos “entuba” uma série de desventuras

Eu te pergunto, porquê e pra que questionar o Amor?!?

Descabido?!?
Não sei.
Dúvida é uma opção humana natural
Mas associar o amor ao egoísmo e troca de interesse, sinceramente acho que é um tanto demais.

Um sentimento sublime, excelsa da natureza e sua criação.

1 Coríntios 13. Paulo fala da excelência da caridade — A caridade, um amor puro, excede e supera quase todas as outras coisas. … 3 E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse caridade, nada disso me aproveitaria.

amor
Photo by Orlando Allo on Pexels.com

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

Noto que não só porque não o sentimos verdadeiramente, creio que não somos capazes de julgar.

Julgo por mim mesma, jurava ter amado alguém, até o nascimento das minhas crias, e olha que fui avisada que quando os filhos nascem sentimos algo crescer no peito de forma inexplicável, não considerava possível, as retas finais das gestações são variadas e incômodas , verdade seja dita, o processo é legal e tal, tem o lance da curiosidade de conhecer quem te habita mas sentimentos inexplicáveis, como seria isso?!?

Eu pensava medo, é provável, sou inexperiente e tal, novidade, mudanças, alterações de rotinas, choro, alimentação, putz só via os contras.

Óbvio, eu desconhecia o momento da chegada, o choro é sinal de vida e saúde, alimentação ato de amor natural, sem sacrifício, “incômodo” por ser algo novo, parece ser desconfortável, não dura tanto, logo passa a ser prazeroso, gratificante e lindo, momento de intimidade plena e início de laços finitos.

Questionar o amor entre pessoas é realmente necessário?!?

Não vejo serventia alguma….
Quantas vezes sentimos uma imensa vontade de sorrir feitos bocós, que somos invadido por uma alegria sem fundamento, que nos sentimentos felizes tudo junto e misturado ao mesmo tempo.

Uauuuuu, isso não seria Amor?!?
Ver beleza na simplicidade, ser invadida por bons sentimentos, receber e ofertar sorrisos espontâneos, se alegrar em ver a alegria alheia, ter a bondade correndo em suas entranhas inundando a mente e vivenciando momentos de paz.

Isso é Amor?!?
Crer no inesperado
Sentir o impalpável
Não encontrar palavras, figuras, nada para decifrar o quanto tão bem se sente, ainda sim não seria amor.

Inefável é o Amor, egoísta pode ser, por ser imensurável suas formas e ausência de explicações para singelos atos que transformam o ser e a experiência humana dia após dia .

Ame involuntariamente, compulsivamente, descontroladamente, sinta os extremos, se jogue de corpo e alma, amor próprio, amor ao próximo, ame simplesmente por amar, pelo bem que o amor te faz sentir-se com você mesma.

Ou se preferir uma experiência sem solo, “Nunca Ame Ninguém!”

Lorena Pelais ❤️ ॐ∞

Gostou de do novo artigo da autora?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu emai. Aproveite, leia mais artigos da autora Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Aprenda a controlar as emoções

Rogério de Caro é autor de “Aprenda a controlar as emoções”.

Existem alguns truques que ajudam a você ter um melhor controle sobre as suas emoções. Primeiro de tudo você tem que conhecer como elas acendem no seu dia a dia. Qual situação? Em que momento?

Sabendo um pouco disso, você já deu o primeiro passo para melhorar seu controle emocional. Seguem algumas dicas:

• Na grande maioria das vezes, o descontrole emocional irá exigir decisões sob pressão e racionalidade, pense em aceitar determinado problema a solução pode não estar a sua mão

• Muitas vezes não é necessário decidir sob forte emoção, decida quando estiver mais tranquilo e tenha refletido. Está comprovado que a tomada de decisão sob forte emoção, não será a melhor solução.

• Se em determinada situação, você sente que irá alterar o seu controle emocional, procure evitar esta situação, saia de onde estiver, tome um café e desvie a atenção. É impressionante, precisamos de poucos segundos para enganar o nosso cérebro.

• Faça o exercício da respiração esta é uma forma infalível de retomar o controle emocional. Feche os olhos aspire o ar pelo nariz de forma profunda, segure um pouco e depois solte pelo nariz e boca de forma mais lenta. Repita pelo menos 10 vezes.

• Pratique meditação diariamente te ajudara muito no equilíbrio das emoções

*** Se o seu problema for mais grave procure um profissional para ajuda-lo

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “Aprenda a controlar as emoções”?

Aprenda a controlar as emoções

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Controle Emocional

Este é o tema do momento, a falta de controle emocional, Inteligência Emocional, autoconhecimento e etc. Trabalhar sob pressão, cumprir prazos, alta expectativa é algo que acontece com qualquer um, na vida pessoal, estudos e trabalho.

Perder o controle emocional, trará consequências ruins na sua vida pessoal, saúde, estudos e profissional. A dificuldade com o controle emocional, pode levar a doenças como stress, depressão, problemas com estômago, relacionamentos e podendo comprometer a carreira profissional.

Entenda as suas emoções, o ser humano é extremamente emocional, uma crise ou período de pressão podem trazer fortes emoções, como medo, raiva e ansiedade. Existe também uma relação direta com a convivência familiar na infância, se vivenciou grandes traumas, uso de drogas, álcool, pais problemáticos, agressões, perda familiar podem causar problemas emocionais que perdurem pela infância e a idade adulta e se não procurar ajuda para tratar esse problema, ele acompanhara por toda a vida.

Algumas pessoas tem dificuldade de tratar com o novo ou de tomar uma decisão de bate pronto é o medo de vem de uma forma congelante, que causa pânico, que gera o descontrole emocional.

No próximo artigo daremos algumas dicas de como superar a falta de controle emocional.

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “Controle Emocional”?

Controle Emocional
Foto: Thinkstock

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Gerando ganhos para a empresa

Rogério de Caro é autor deste artigo “Gerando ganhos para a empresa”

Como disse no artigo anterior muitas vezes se identifica a oportunidade e a necessidade de melhoria, mas se cai na armadilha esta bom assim, eu não ganho nada com isso, o meu chefe só sabe dizer não e etc.

Proponha mudança de processos que gerem ganhos substanciais à empresa. Poderá existir resistência. Custeie o potencial de economia, anualize e apresente de forma bem simples, sem grandes detalhes. Cultive a curiosidade, quando perguntarem apresente e esteja aberto a sugestões que melhorem a proposta.

Promova o treinamento de funcionários. Ele tem como objetivo principal unir gestores e colaboradores em um propósito único: possibilitar a operação eficiente e a expansão da empresa. Atividades desenvolvidas em treinamentos promovem padronização de práticas que beneficiam os funcionários e a empresa.

Promova uso da tecnologia de modo amplo, novas tecnologias auxiliam nos processos de comunicação interna, relativos a treinamento de funcionários. Os serviços de videoconferências, mensagens e textos promovem uma comunicação instantânea, trazendo maior agilidade na troca de dados e informações.

Redução de custo. Sua experiência é muito importante e pode trazer economias em mudança de processos, ou sugestão de mudança.

Ganho com oportunidade. Uma sugestão com ganho de oportunidade, que você pode ter visto no concorrente, ou pela sua empresa não estar operando, sempre é bem-vinda. Ganho de produtividade é bem-vinda. Pode atender melhor o cliente ou melhorar o processo.

Ganho na carreira, os ganhos promovidos para a empresa, podem reverter em ganho na sua carreira, em salário, treinamento e até promoção. Um bom caminho é o bom senso, sem cobrança como moeda de troca e sim pelo reconhecimento.

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “Gerando ganhos para a empresa”?

Gerando ganhos para a empresa

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Mulheres Revolucionárias: Annette Kellerman

Annette Kellerman nasceu com raquitismo e achou a solução na natação, aos 13 anos já estava saudável mas não desistiu do esporte e conseguiu quebrar vários recordes mundiais. Com tantas conquistas impressionantes, resolveu organizar exibições onde fazia saltos ornamentais e nadava em um aquário repleto de peixes, era uma grande atração e depois de tantos shows, acabou se tornou uma grande empresária.

Mas acabou sendo presa em 1907 pois defendia o direito das mulheres se vestirem como quiserem, época onde usar maiô era proibido, então cometeu atentado ao pudor quando foi vista em uma praia com essa peça de roupa. Ficou presa apenas um dia mas acabou vendo o incidente como uma oportunidade e criou sua própria linha de trajes de banho, sendo todas impróprias para a época.

Mulheres Revolucionárias: Annette Kellerman

Alguns anos mais tarde, em 1914, entrou para o mundo cinematográfico fazendo o papel de sereia no filme A Filha de Netuno, onde aparecia de maiô da cor de sua pele e em um filme preto e branco, parecia que estava nua.

Já em 1916 participou do filme A Daughter of the Gods onde desta vez fez uma cena de fato nua, com apenas seus longos cabelos cobrindo seus seios, sendo a primeira cena com nudez nas telonas. A repercussão do filme foi muito grande, chegando a ser censurado em vários lugares, mesmo com o filme e as atuações de Kellerman sendo aclamados pela crítica.

Após ter feito toda sua carreira nos Estados Unidos, ao final de sua vida decidiu voltar para o país onde nasceu, na Austrália, para levar uma vida tranquila com seu marido até morrer, em 1975.

Gostou de “Mulheres Revolucionárias: Annette Kellerman?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no História e Luta e no Blog PS toda semana.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Ideias que geram ganhos

Rogério de Caro é autor deste artigo “Ideias que geram ganhos”

Trabalhamos por muitos anos em determinadas funções e somos pessoas experientes que temos a facilidade de identificar oportunidades de ganhos no processo ou para a empresa.

Mas identifiquei porque algumas pessoas nada fazem para propor a mudança
como segue:
• Esta envolvido no trabalho do dia a dia e não quer se envolver em mais
trabalho,
• Alguns pensam não fui contratado para isso, não faz parte do meu trabalho
• O que eu ganho com isso, se não ganhar nada também não faço nada
• O meu chefe nem me escuta e não quer saber de nada

Muitas vezes a empresa em que trabalham, pode se encontrar em situação difícil e não nos atentamos que podemos contribuir para colaborar e ajudá-la a sair da situação atual.

Se vamos dar algo pensando em retribuição acredito que não é o melhor caminho, eu nunca adotei esta postura, primeiro faço e se acharem que eu mereço serei reconhecido e posso te dizer que os resultados foram satisfatórios.

Vou deixar algumas perguntas que faço, quando me deparo com pessoas nesse caminho.
1- Se você acha que a proposta de mudança que tem, traz um ganho ou melhoria, só por que não vai algo agora, você não propõe a mudança? É isso mesmo?
2- Quando você apresenta a proposta de que forma você faz? Só fala, não coloca mais detalhes, como tempo de trabalho, simplificação do processo e ganhos de valores?
3- Você compartilha com amigos para se certificar que o caminho esta correto?
4- Quando apresenta ao seu gerente e ou diretor da a devida importância para apresentar a sua proposta?

No próximo artigo vamos dar algumas dicas de como apresentar e chamar a atenção dos superiores.

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “Ideias que geram ganhos”?

Ideias que geram ganhos

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Qualidades necessárias de um líder

Rogério de Caro é autor deste artigo “Qualidades necessárias de um líder”

O que fazer quando temos um líder despreparado? Considero uma situação complexa e delicada, em que a empresa e a liderança devem tomar a iniciativa de chamar o líder e expor o problema com a maior transparência possível.

Proponha e negocie um plano a ser executado a quatro mãos, depois chame o grupo
comunique e peça a colaboração de todos. O apoio emocional nesta hora é de fundamental importância, e que a chefia acredita nele.

Invista na formação do líder a empresa e ele líder, ele é que tem de buscar soluções, então tenha iniciativa.

Vá buscar conhecimento com um coach ou mentor é uma forma de acelerar o processo.

Invista no estudo de habilidades fundamentais para um líder e as pratique:
1- Aprenda e delegar
2- Aprenda a dar feedback
3- Aprenda escutar, antes de falar
4- Aprenda a liderar
5- Desenvolva a equipe

6- Trabalhe em equipe e para equipe
7- Melhore a sua comunicação
8- Estude sobre a sua área de atuação
9- Aprenda sobre empatia e pratique
10- Forme novos lideres

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “Qualidades necessárias de um líder”?

Qualidades necessárias de um líder
Empresário que Sobe Escadas – Conceito de Progressão na Carreira

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

O TAL DO PRESENT PERFECT – parte 3

Denize Amaro, autora do artigo “O tal do present perfect”

Vamos descomplicar esse tempo verbal que é motivo de muitas dúvidas para os estudantes de inglês! Se você não leu os artigos anteriores, clique nos links abaixo para conferir as explicações.

LINK – Parte 2

Vamos continuar falando sobre situações nas quais empregamos o PRESENT PERFECT ao invés do SIMPLE PAST.

Já falamos sobre:
 Tempo indeterminado
 Acão que começou no passado e continua até o momento presente

E agora, vamos falar sobre ações recentes: Fatos que acabaram de acontecer. Usamos normalmente a palavra JUST, para enfatizar essa ideia.

  • I’ve just called Mark. He said he is coming over for dinner. (Eu acabei de ligar para o Mark. Ele disse que virá para o jantar.)
  • She’s just corrected my test. (Ela acabou de corrigir meu teste.)
    Nos exemplos acima, poderíamos também usar o Simple Past. A frase continuaria correta e com o mesmo sentido.

    ONCE, TWICE, NEVER:
    Ao falar quantas vezes fizemos algo, ou se nunca o fizemos, usamos Present Perfect.
  • I’ve climbed the Mount Everest twice. (Eu escalei o Monte Evereste duas vezes.)
  • They’ve never eaten Japanese food. (Eles nunca comeram comida japonesa.)
  • She has never ice-skated. (Ela nunca patinou no gelo.)

    Ações que vêm acontecendo repetidamente nos últimos dias, semanas, etc.:
  • I’ve had these terrible headaches for weeks. (Estou tendo essas terríveis dores de cabeça por semanas.)

    No exemplo acima, a ênfase está na repetição da ação. A pessoa pode ou não estar com dor de cabeça no momento em que fala, mas o quadro (dor de cabeça) continua se repetindo.
  • She’s made a lot of friends over the past few days. (Ela fez muitos amigos nos últimos dias.)

    Ação passada que tem impacto no presente.
  • I’ve lost my keys. (Eu perdi minhas chaves.)

    Acredito que esta seja uma das ideias mais importantes para se ter em mente sobre o Present Perfect. Uma ação passada que tem impacto no presente. No exemplo acima, o locutor perdeu suas chaves, em um momento passado indeterminado, e como ele ainda não as encontrou, essa ação tem um impacto no seu presente.
  • I’ve already had lunch. I am not hungry. (Eu já almocei. Não estou com fome.)
  • She’s had an accident and she is in the hospital right now. (Ela sofreu um acidente e está no hospital agora.)

Got it? Keep up the good work and have fun with English!

O TAL DO PRESENT PERFECT

TEACHER DENIZE AMARO LECIONA IDIOMAS HÁ 21 ANOS. GRADUADA EM LETRAS COM LICENCIATURA EM ESPANHOL.

PARA AULAS PARTICULARES @denizeteacher

Gostou de “O TAL DO PRESENT PERFECT – parte 3”?

Assine nossa Newsletter, e receba nossas publicações em seu email.Então, aproveite e leia mais sobre Gringuei.

O TAL DO PRESENT PERFECT – parte 2

Denize Amaro, autora do artigo “O tal do present perfect – parte 2”

Vamos descomplicar esse tempo verbal que é motivo de muitas dúvidas para os estudantes de inglês! Se você não leu o artigo anterior, clique no link abaixo para conferir as primeiras explicações sobre o Present Perfect:

LINK – Parte 1
Relembrando a estrutura:

SUJEITO + HAVE/HAS + PARTICÍPIO PASSADO DO VERBO PRINCIPAL

Vamos focar agora em quais situações no passado iremos usar PRESENT PERFECT!
Tempo indeterminado: Quando vamos falar de algo e não vamos mencionar QUANDO a ação aconteceu.

As vezes não a sabemos, ou simplesmente não é importante para ser mencionada. Nesses casos, O QUÊ aconteceu é mais importante do que QUANDO aconteceu.

  • I ate pepperoni pizza last night.
  • I have eaten pepperoni pizza, and I loved it!

    No segundo exemplo, não sabemos quando o locutor comeu a pizza. O importante é que ele a comeu, e gostou!
  • I was in China in 1995.
  • I have been to China and it was incredible!

    Nesse contexto, o present perfect é então usado para falar ou perguntar sobre coisas que já fizemos em algum momento, lugares onde estivemos, etc. Usaremos muito as palavras ALREADY, YET, EVER, BEFORE, entre outras.
  • Have you ever been to Chicago? – Você já esteve em Chicago? Em algum momento da sua vida, você esteve em Chicago?
  • Have you already read “Harry Potter”? – Você já leu “Harry Potter”?
  • He hasn’t spoken to me yet. – Ele ainda não falou comigo.
    Acão que começou no passado e continua até o momento presente: Como cantava Bono Vox: “I still haven’t found what I am looking for….” – Eu ainda não encontrei o que estou procurando….

    Frases como “Eu trabalho na GM há 5 anos” ficam corretas no presente na língua portuguesa, mas, em inglês, devemos usar Present Perfect. São ações que começaram em algum momento no passado, não vamos mencionar quando, e elas ainda são verdadeiras.
  • I have worked at GM for 5 years. – Nessa frase, o locutor começou a trabalhar na GM há 5 anos e continua trabalhando lá. Se ele não trabalha mais na GM, deve usar simple past.
  • I worked at GM for 5 years. Now, I work at Samsung.

    Usaremos muito as palavras Since e For. (Desde e Por)
  • We’ve lived here our whole life. (Nós moramos aqui nossa vida toda. Ou, nós temos morado aqui nossa vida toda.)
  • She has studied there since she was little. (Ela estuda lá desde que era pequena)
  • Mary has had her hands full since her baby was born. (Mary tem estado muito ocupada desde que seu bebê nasceu.)
  • They haven’t talked to me for 3 days. (Faz 3 dias que eles não falam comigo.)

I hope you have studied hard! Keep up the good work!

O TAL DO PRESENT PERFECT

TEACHER DENIZE AMARO LECIONA IDIOMAS HÁ 21 ANOS. GRADUADA EM LETRAS COM LICENCIATURA EM ESPANHOL.

PARA AULAS PARTICULARES @denizeteacher

Gostou de “O TAL DO PRESENT PERFECT – parte 2”?

Assine nossa Newsletter, e receba nossas publicações em seu email.Então, aproveite e leia mais sobre Gringuei.

Mulheres Revolucionárias: Ada Lovelace

Durante o século XVIII, Ada Lovelace se tornou a primeira programadora da história. Podemos dizer que muito das evoluções científicas e tecnológicas se devem, em parte, a ela.

Nos dias 8 e 15 de outubro é celebrado o Ada Lovelace Day, uma comemoração criada pela ex-diretora executiva do Open Rights Group, Suw Charman-Anderson, para dar mais visibilidade aos grandes feitos de mulheres ao longo dos anos.

Mulheres Revolucionárias: Ada Lovelace

Assim que nasceu, em 1815, seu pai (o famoso poeta Lord Byron) ficou extremamente desapontado por Ada não ser menino e decidiu deixar sua filha e esposa por esse motivo.

Sua mãe, Anne Isabella Milbanke, era matemática e estimulou os estudos da filha desde muito jovem, dando ênfase nos ensinamentos de matemática e ciências.

Também conheceu grandes personalidades que acabavam virando seus tutores, como o conhecido pai do computador, Charles Babbage.

Sendo uma criança muito criativa, aos 12 anos já tinha ideias para a criação de máquinas, já que após seu estudo sobre anatomia de pássaros, teve a ideia de construir um mecanismo a vapor em forma de cavalo com asas que voava.

Quando tinha 28 anos fez a tradução de um artigo escrito por Luigi Menabrea sobre uma máquina de calcular mas também adicionou algumas anotações próprias, dicas de como a máquina poderia ser programada. A publicação de seu trabalho aconteceu em 1843, muitos anos antes do mundo sequer ter a capacidade de por os conhecimentos de Lovelace em prática.

Ela acreditava que qualquer coisa poderia ser transformada em números e depois, reproduzidas, assim como os computadores atuais.

Infelizmente Ada faleceu muito jovem, pois estava com câncer uterino.

Foi apenas em 1953 que suas ideias foram estudadas e colocadas em prática. A Linguagem de Programação Ada foi criada em sua homenagem.

Gostou de “Mulheres Revolucionárias: Ada Lovelace?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no História e Luta toda semana no Grande ABC e descubra mais matérias como esta no blog PS.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Líder Despreparado

Rogério de Caro é autor deste artigo “Líder Despreparado”

Um líder não é escolhido porque sabe tudo e pode tomar qualquer decisão. É escolhido para reunir o conhecimento disponível e então criar os pré-requisitos para a realização do trabalho.

Elabora os sistemas que lhe permitem delegar responsabilidade para as operações do dia-a-dia.”

Chego a compara-lo a um maestro. O maestro tem a capacidade técnica musical, mantem o controle sobre os músicos e está atento e controlando cada um dos músicos, e mantem o controle sobre a qualidade do espetáculo e sobre a plateia presente.

O líder que não está preparado, está fadado ao fracasso, ele terá dificuldade em liderar a sua equipe, todos vão perceber e será muito difícil ele manter a equipe focada.

Oito sinais que um líder não está preparado:
1 – Incapacidade de decidir
2 – Falta de controle emocional
3 – Perde o foco
4 – Derrotismo

5 – Fuga em situações difíceis
6 – Falta de humildade
7 – Não ter empatia
8 – Não busca o conhecimento, e não é auto de data

O que fazer? No próximo artigo vamos dar algumas sugestões para resolver este problema.

Sua carreira pode decolar de forma muito mais rápida e consistente, entre em contato:
Whatsapp: 11 94777 9496
email: rogerio@rogeriodecaro.com.br
Site: www.rogeriodecaro.com.br

Gostou da nossa matéria “Líder Despreparado”?

Líder Despreparado

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, fique ligado nas notícias e matérias do jornal assim que estiverem online. Então, aproveite e leia sobre Carreiras e Trabalho, com os ensinamentos de Rogério de Caro.

Benefícios da Couve e a Importância do Nutricionista

Rosângela Lopes é nutricionista e autora de “Benefícios da Couve e a Importância do Nutricionista”.

A couve pertence à família Brassicaceae, assim como o brócolis e a couve-flor. Ela fornece vários nutrientes ao nosso organismo, como as vitaminas C, A e do complexo B; minerais como potássio, cálcio e ferro.

Benefícios da Couve e a Importância do Nutricionista

Ela pode ser consumida crua, cozida ou em sucos, por exemplo, possuindo vários benefícios à saude como:
• Melhora o sistema imunológico ajudando a aumentar as defesas do corpo;
• Reduz o inchaço no corpo, pois é rico em polifenóis, substâncias antioxidantes;
• Possui poucas calorias, sendo uma excelente opção nas refeições;
• Regula o intestino e melhora a flora intestinal, pois é rica em fibras, que auxiliam os movimentos intestinais;
• Contribui para a saúde dos ossos e dos dentes, devido à sua composição rica em cálcio e fósforo;
• Previne o envelhecimento precoce, pois é rica em antioxidantes e vitamina C, que ajudam a proteger a pele dos danos oxidativos; 
• A couve também contém ácido fólico, que é uma vitamina essencial durante a gestação.

Você tem o hábito de consumir couve? Deixe nos comentários como você prefere.

Qual a Importância de um Nutricionista?

O nutricionista é o profissional da área da saúde especializado em estudar as necessidades nutricionais do ser humano, afim de possibilitar que as pessoas tenham mais qualidade de vida e façam melhores escolhas alimentares para sua rotina.

Embora quase sempre estejam associados a dietas de emagrecimento, o trabalho de um nutricionista vai muito além disso. O que faz um Nutricionista:

• Profissional habilitado para prescrição de dietas;
• Realiza avaliação Nutricional completa;
• Solicita exames laboratoriais para uma melhor conduta;
• Planeja o cardápio de acordo com a sua rotina;
• Promove educação nutricional;
• Auxilia mulheres durante a gestação e após o parto;
• Orienta a introdução alimentar para bebês e crianças;
• Melhora o rendimento na atividade física; 
• Orienta sobre alergias alimentares, entre tantas outras vantagens.

Esses são alguns dos benefícios de se consultar com um nutricionista, embora a alimentação seja o nosso maior foco, você não deve nos procurar apenas quando quer emagrecer ou ganhar massa muscular.

Gostou de “Benefícios da Couve e a Importância do Nutricionista“?

Então, assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu e-mail. Não deixe de comentar logo abaixo também. Leia mais da autora Rosângela Lopes. Siga-a no Instagram.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

Romances

Lorena Pelais é autora de “Romances”

Usado muito por jovens, quem nunca ouviu a seguinte frase:
“- Um lance é um lance e não um romance!”
Hahaha, do nada me surgiu essa frase na mente, pensei bem ….
Revirei minhas lembranças e constatei: por mais “dura” que uma pessoa aparente ser, em seu íntimo existe o desejo de amar, se apaixonar verdadeiramente por alguém.

Essas experiências afetivas são excelentes, no início são belas como uma linda rosa , mas contêm espinhos que podem perfurar a alma.

Por que o amor é tão bom, mas sempre nos faz chorar?!?

Sentimentos….
O coração é um órgão vital, mas ele tem suas tramas e põe a mente em segundo plano em fração de segundos.

close up of couple holding hands
Romances … foto de Pixabay, no Pexels.com

Como é bom se render a um sentimento que te embala de alegria e prazer levando o êxtase por dias e noites, uma sensação interminável que te envolve levando sua mente a lugares desconhecidos por alguns segundos ….

Putz, aí está o grande lance, geralmente a ausência de palavras é bem comuns, o desejo berra desesperadamente e palavras se tornam apenas um detalhe como outro qualquer.

Muitas vezes nada fica claro, não se sabe se é um lance ou se trata de um romance, mas pra que pensar nisso? Afinal o coração está 100% ativo e a mente momentaneamente de férias por assim dizer, definir é apenas um título , ou quem sabe estabelecer regras na maioria das vezes é melhor serem desconhecidas devido experiências anteriores, apreciar os momentos de intensidade faz muito mais sentindo do que “preocupar-se” com detalhes, que seja bom enquanto dure.

O que muitas vezes não levamos em consideração é que um lance pode virar um romance e o romance avançar para relações duradouras sem aviso prévio nenhum e mantido na mesma falta de diálogo inicial, o tempo passa, a companhia é boa, os momentos divididos são bem interessantes e afinal compromissos são planejáveis.

Não que de fato seja bem assim que aconteça, mas de uma maneira ou de outra este suposto início é um início dentro de muitos outros com enredos similares.

Mas o que ninguém assume para si mesmo a imensa vontade e o “inalcançável” desejo de ter alguém, soa como uma besteira ou uma bobagem, pensamento voltado a mulheres pela natureza romântica que nos é “entubada” por meio de conto de fadas, história que nos antecedem e por aí vai…

O lance é que tanto homens como mulheres têm o mesmo pensamento em relação a sentimentos, uns interiorizam outros exteriorizam para ambos os sexos.

man and woman staring at each other
Romances … foto de cottonbro, no Pexels.com

Àquela sensação de início é tão cativante e envolvente que logo pensamos, será ótimo passar o resto da minha vida ao lado desta pessoa, imagine todos os nossos dia assim ….
Parece um sonho!!!

Sonho meu, sonho seu, uma grande ilusão, o que não sabemos é que em algum momento a cabeça volta à ação e o coração sai de férias sem explicação é justamente quando nos deparamos com os defeitos, os maus hábitos e somos inundados por uma suposta “frustração” ou com o pensamento de “onde amarrei minha cabra”, “onde eu estava com a cabeça que não vi isso!!” entre outros questionamentos que surgem ao avançar do tempo de convivência.

Ninguém se apresenta com uma carta de recomendação, registrado sua última experiência, suas tendências, seus costumes, sua cultura e crenças, não se trata de uma entrevista de emprego, é sobre duas pessoas que enfatizaram suas afinidades, preferências e “amaram” o tempo que estiveram juntos falando sobre assuntos aleatório, sem fundamento muitas vezes que se permitiram trocar uma ideia e que de repente surgiu uma faísca capaz de causar um grande incêndio.

“O gramado do vizinho sempre é mais bonito” , todas as relações quando vista de fora são muito mais atraentes do que verdadeiramente se apresentam no interior de uma casa com as portas fechadas.
Uma bela fachada pode ser construída, bons recursos implantados, alta tecnologia, reparos que aumentem o bem estar, autoestima , fisicamente a última geração de todos os recursos disponíveis dentro do alcance financeiro, um esteriótipo perfeito, “harmonia”, beleza, fotos de comercial de margarina, pessoas felizes, problemas só os matemáticos.

Aí que está a desilusão humana….
A nossa fragilidade de reconhecer, assumir e identificar nossos próprios sentimentos podem se confundir com quem está ao seu lado, já pensou nisso? Estilo ” eu me agarrava a ela por que eu não tinha mais ninguém!!”

Às vezes, rola uma transferência de sentimento, uma preocupação excessiva, porque afinal queremos bem quem está ao nosso lado como companheiro (a), queremos o bem de nossos amigos e familiares, automaticamente queremos o melhor para quem está conosco dia a dia, assim como nosso bem pessoal, engraçado como “bem pessoal” soa como uma vontade de querer estar bem, mas que pode ser “visto” como “bem material” aguçando um sentimento de posse involuntário e é justamente nesse momento que perdemos as rédeas de toda a situação e surgem as pequenas desavenças infundadas e intermináveis sem motivos aparentes para um, mas fundamentado o bastante na mente do outro que o faz.

Não que seja necessário um acordo para iniciar uma relação, não que haja perguntas estratégicas como se fosse necessário e impressindivel traçar o perfil psicológico a cada encontro, não que seja um talk show com perguntas e respostas rápidas , seria tudo muito mecanizado.

Romances
Romances … Foto de Flora Westbrook, no Pexels.com

Mas que as relações fossem mais estreitas e que pudéssemos estar com 50% do coração e da mente juntas em todo o tempo, para não sermos emotivos demais nem racionais excessivos ou de menos, que tenhamos a balança entre a razão e a emoção , com empatia, lucidez, compaixão e paciência, um tônico perfeito para lidar com nós mesmos e com o nosso par nas atitudes mais bizarras sem que saísse do ponto zero ao extremo instantemente e irredutíveis fora da escala e com ouvidos bem abertos para ouvir o outro e a nós mesmos e assim ponderar o todo da situação.

Em todas as relações estamos pré dispostos a ter bons e maus momentos, quando se trata de relações afetivas como: um lance, um romance, namoro ou casamento os dois últimos titulados são regados de anseios, perspectivas, planos e uma dose estupenda de intolerância onde nos tornamos irracionais complicando as coisas mais simples, aprisionando a mente a padrões que muitas vezes não encaixam-se a nós, cada casal, são dois seres distintos que dividem um mesmo “espaço comum”, nem sempre, mas com objetivos pessoais diferentes, não é porque são um casal que devem ser apenas um ser, seremos sempre dois seres com características bem diferentes que precisamos nos entender para compreender a necessidade do outro e assim vivermos o meu, o nosso “felizes para sempre” de acordo com as nossas “regras”, a nossa maneira, com todo amor, respeito e carinho que possa haver neste ou em qualquer outra parte do mundo.

Não ser somente uma bela foto de comercial de margarina, mas viver os belos momentos juntos conhecendo as qualidades e defeitos amando-as como um todo e para sempre.

Amor ….
Condicional ou incondicional
Podemos dividi-lo em inúmeras doses generosas e compartilhá-lo por todo o universo ao invés de trancá-lo e torná-lo restrito a quem supostamente merece, quanto mais doamos, mais recebemos e podem vir de fontes jamais esperada.

Bons sentimentos que sejam imortais na alma e na mente, um encontro perfeito da razão com a emoção, entrelaçadas pelo Amor que sentem um pelo outro, mas sem palavras e ações para assumir, amenizando a possível dor do desencontro interno que nos causam repentinamente devastando nosso ser deixando feridas que nem sempre o tempo ou um novo Amor é capaz de curar.

Um lance, um romance quando avança não foi tolice, foi porque tinha que ser, simples assim!!

Não cobre, não julgue, não condene, não mude, adapte-se para uma excelente convivência, busque qualidade ao invés de críticas, empenhe-se nos bons feitos, permita enxergar o melhor, descarte o que não presta e não guarde ódio nem rancor , não levam a nada.

Romances
Romances … foto de Jackson David, no Pexels.com

Dance conforme a música, dance na chuva , viva bem pra você, por você, os riscos são altos, os bons sentimentos são os que verdadeiramente fazem a diferença, capaz de mudar tudo que te cerca , envolver, contagiar, irradiar a todas as relações da “formiguinha ao gigante”.

Tenha um coração bom e uma mente aberta!!
Lorena Pelais, ॐ∞

Gostou de “Romances”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Romances. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Junte-se a 1.322 outros assinantes

10 filmes e documentários para entender o feminismo

É importante que todos entendam como é ser uma mulher e que tenham conhecimento sobre a luta que as mulheres passam todos os dias. Então aproveite o mês das mulheres para atualizar sua lista de filmes e documentários, assim, você pode entender melhor sobre o que realmente é essa batalha.

Miss Representation 

She’s beautiful when she’s angry

Virou o jogo: a história de Pintadas

Nanette

 As Sufragistas 

Explained 

Feminists: what were they thinking

Estrelas Além do Tempo

Libertem Angela Davis 

Mary Shelley

Conhece algum filme ou documentário que não foi citado nessa lista? Deixe nos comentários!

Gostou de “10 filmes e documentários para entender o feminismo”?

Então, aproveite e assine nossa newsletter e seja noticiado assim que publicarmos novas matérias! Ah, leia mais sobre o que acontece no História e Luta toda semana no Grande ABC.

8 de Março

Dia internacional das mulheres, 8 de Março

A luta pelos direitos de igualdades, começou há muito tempo e perpetua até os dias atuais.

Ser mulher, é uma tarefa “árdua”, temos que ser muito fortes pra isso, exige preparo físico e mental, requer muita sabedoria em todos os aspectos, o mais legal que mulheres nascem graduadas e se especializam dia após dia, a Vida nos oferece essa incrível condição sem nem mesmo em alguns casos termos presenciado o ensino tradicional em escolas, sabedoria nata.

Esse é um grande privilégio, ser mulher, ser considerado o “sexo frágil”, quando na verdade somos verdadeiras Mulheres Maravilhas espalhadas pelo mundo inteiro cada uma com sua crença, classe social, cultura e etnia, sensacional fazer parte de um grupo tão autêntico, que tentam nos manter em anonimato subestimado “frágil”, quando na verdade somos “Super Girls”.

Em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) assinou o primeiro acordo internacional que afirmava princípios de igualdade entre homens e mulheres.

Em 1975 comemorou-se oficialmente o Ano Internacional da Mulher e em 1977 o “8 de março” foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas.

“O 8 de março foi momento marcado , onde retrata todas as mobilizações para a “conquista” de direitos e para discutir as discriminações e violências morais, físicas e sexuais ainda sofridas pelas mulheres.

Não que atualmente vivamos em um verdadeiro mar de rosas, houve melhora, porém existem aspectos que podem ser ampliados , a luta não chegou ao fim e não devemos fechar nossos olhos , devemos manter a luta para que qualidades de vida social e profissional melhorem e impedir que ocorram retrocessos capazes de ameaçarem as melhorias alcançadas em diversos países”, a luta é árdua e será contínua, pois nossa sociedade se diz avançada, porém possuem conceitos retógrados , não podemos abrir do que temos e ainda temos muito mais por vir.

Somos fortes, sábias, praticamente imbatíveis, estamos à frente de muitos projetos diários, somos administradoras natas, demonstramos isso com o cuidado que temos com o nosso lar e com a família, estamos a frente de fogões e damos volta ao mundo como Amelia Earhart nas nuvens observando a imensidão do mar.

Somos Estrelas Além do Tempo

Como Katherine Johnson (matemática) que contribuiu com a primeira volta na órbita da Terra.

Mae Jemisson 1ª astronauta mulher e negra, que afronta hein!!
Super merecido, engenheira química e cursou medicina.

Mamie Phipps Clark, psicóloga social, pai médico, sofreu efeitos de segregação educacional e toda a família sofria discriminação por serem negros onde moravam.

8 de Março

Não podemos esquecer da nossa ilustríssima Chiquinha Gonzaga, muito à frente de seu tempo, casou-se muito cedo , não concordou com os termos em que foi inserida precocemente aos 16 anos em uma vida conjugal, mãe a princípio de 3 filhos, casou novamente e engravidou novamente, pode criar apenas um de seus quatro filhos, sofreu muito preconceito por ser “mãe solteira” e desquitada era uma afronta para a sociedade. Se dedicou à música , regeu a primeira orquestra brasileira e contribuiu com o samba, eternizada por sua marchinha de carnaval.

Minha história não tem nada a ver com a delas, putzzzz!!

Diversas áreas feitos explêndidos, assim como nós, atuamos sem currículo em vários segmentos cotidiano.

Mas não tenho notoriedade em meus feitos, isso é o que menos importa!!!

Todas estamos debaixo de um mega holofote dia e noite, porque somos mulheres!!!

Sabe o que todas nós temos em comum?!?
Um sonho, um objetivo, garra e muita força de vontade!

Independente da história, da estrada , dos feitos , somos poderosas e muito capazes.

8 de março é todo dia, nossas lutas são diárias!!!!
Cada conquista é grandiosa, contudo, merecemos muito mais!!!

Feliz dia da mulher pra você , pra mim, para todas as guerreiras de corpo e alma de “aspirantes” a “brigadeiras”, somos tudo um pouco inclusive doces e sutis capazes de conquistar o mundo e todo universo.

Parabéns para nós!!!
Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “8 de Março”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Um olhar. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.

Um olhar …

Lorena Pelais é autora de “Um olhar …”

Alegria
Tristeza
Medo
Possibilidades
Oportunidades
Chances

“Um olhar sincero” humano é capaz de reverter o mundo.
Este te possibilita novas oportunidades, temos a chance de realizar algo novo, participar de novas empreitadas, mostrar nossos conhecimentos, compartilhar, doar, interagir, agregar, inúmeras são as possibilidades e oportunidades envolvidas.

Desenvolver-se
Todos passarão a ter novas perspectivas, doses de esperanças são lançadas, expandindo-se mundo a fora.
Emanaremos ainda mais amor, paz, alegria e esperança.

Às vezes, tenho a sensação que as pessoas parecem tão cansadinhas, esgotadas física e mentalmente, o que em alguns momentos comprometem o rendimento pessoal, sem estímulos, em meio o caos e desventuras vividas.
Uma dose de ânimo muda tudo em todo o processo!!!

Nossa sociedade anda tão carente de bons sentimentos, possibilidade é a palavra mais que perfeita para hoje, fôlego para galgar novos objetivos, traçar novas conquistas, aperfeiçoar relações internas aperfeiçoando relações externas, irradiando aos quatros cantos do mundo.

Notam a dimensão?!??

Existem momentos que tudo parece tão ….. esquisito, indiferente, desanimador, tudo parece tão confuso, complexo, irredutível, a dor se faz profunda, sofrimento se fim.

Visão turva no cega, cerrando os olhos para o futuro promissor que cada um de nós temos por direito, mérito pessoal, exclusivo e intransferível….

Isso me lembra a personagem Tristeza do filme infantil Divertidamente

” -Ah, tudo tão triste!!”
Tristeza faz jus ao nome , triste e engraçado ao mesmo tempo, a expressão desanimada, o peso não permite erguer-se, rasteja-se em uma melancolia interminável, realmente tristeza da cabeça aos pés, sem perspectivas, reconhece a importância que a Alegria tem.

Enquanto isso, Alegria em sua euforia sem fim, arrasta a Tristeza por todo canto para reverter a situação e voltarem a sala de comando, Alegria esteve sempre a frente até ali.

Cada uma com sua importância e conhecimentos distintos, dividem o mesmo espaço e cada uma em seu quadrado por assim dizer.

Acho graça, não de rir da tristeza alheia, mas das atitudes comportamentais da Tristeza e por sem querer e ter que reconhecer que a Tristeza tem seu papel importante, assim como, O Medo, O Raiva e A Nojinho, personagens do filme referido.

Nós momentos de tristeza sempre surge uma mão amiga, uma palavra de consolo, um afeto inesperado, uma compaixão jamais vista, um ombro amigo e até um “colo acolhedor”.

Paraaaaa, tristeza tem importância, onde, quando e por quê????

Pirou????
É pireiii!!! E daí???
A Tristeza tem sua importância assim como a Alegria, a tristeza nos aproxima ou afasta de pessoas, sensibilidade, essência, não sei ….
“Mas é na hora da tristeza que conhecemos nos verdadeiros amigos!”

Não nascemos para viver a sós.
Estamos ligados direta e indiretamente a partir do momento que ocupamos a mesma esfera, uns mais próximos, outros distantes até os “confins” do universo (devido longevidade).

São tantas as situações, ninguém está preparado para lidar com tudo e com todas as situações apresentadas pela vida sozinhos, somos pegas desprevenidas, nos deixamos abater, sem margem de dúvida, as reações são as mais diversificadas: gritar, pedir ajuda, afastar , interiorizar.

Quem nunca???

Somos humanos e possíveis conhecer todos os sentimentos na carne ou superficialmente essa experiência facilita conhecer , sentir e dissolver pendências emocionais, precisamos conhecer primeiramente para saber como agir.

Amor
Paz
Alegria
Saúde
Prosperidade
Sucesso

Que sejam infinitas, como tudo de bom tem que ser em nossa vida.

Esteja acessível a receber!!!
Somos envoltos por uma atmosfera tão grandiosa, muita luz no guia, orientando, mostrando novos horizontes, novas descobertas, novidades incontáveis!!

Superar, reverter a tristeza é dar oportunidade para sentimentos alegres façam morada em cada um de nós.

Gratidão da alegria à tristeza ou vice e versa, se bem que a gratidão é notória e óbvia quando sai da tristeza à alegria, essa sim parece ser mais significativa.

Seja sensível para perceber que pessoas, sentimentos, situações cotidianas, cada um tem sua importância, sempre há uma grande lição.

O melhor está sendo preparado para cada um de nós em alguma parte do planeta.

Paz de Espírito para compreender as lições vividas.
O mundo pode parecer cruel, mas esteja receptivo ao melhor que ele tem a nos oferecer.

Um olhar
Photo by Barcelos_fotos on Pexels.com

Amor e alegria para suavizarem a tristeza eliminando a raiva, o medo e tudo que comprometa seu aperfeiçoamento.

Quem acredita sempre alcança.
Tenha Fé e Esperança!!

Busque SER melhor a cada instante, lembre-se sua existência é o seu principal investimento hoje e sempre.
Seja o melhor que somos capazes de SER
Existência com qualidade!!!

Grande abraço
Lorena Pelais ॐ∞

Gostou de “Um olhar”?

Assine nossa Newsletter e receba nossas publicações em seu email, como esta Um olhar. Aproveite, leia mais artigos da autora de “Mundo…”, Lorena Pelais. Veja também nosso parceiro Entre Séries.